Anúncio
Medicinas Alternativas
Medicinas Alternativas
Medicinas Alternativas
Próximos SlideShares
Terapias alternativasTerapias alternativas
Carregando em ... 3
1 de 3
Anúncio

Mais conteúdo relacionado

Anúncio

Último(20)

Anúncio

Medicinas Alternativas

  1. Inês Pereira 11ºG O que são Medicinas Alternativas? As Medicinas Alternativas ou não convencionais são terapias que não se baseiam nos princípios da medicina científica. São também chamadas "terapias holísticas" para salientar a sua preocupação pelo ser humano como um todo (corpo, alma e espírito), o que inclui muitas vezes um componente espiritual, geralmente baseado na filosofia religiosa de cada terapia particular. A medicina alternativa tem como objectivo a saúde integral do doente, sem recorrer ao uso de químicos e fármacos que na maioria das vezes têm inúmeros efeitos colaterais. Mas não é por isso que as terapias e a medicina alternativa deixam de ser baseadas em estudos científicos. Apesar de eficaz, a medicina alternativa não deve substituir a medicina tradicional, especialmente em casos mais graves. A medicina alternativa deve ser usada para prevenir certas doenças. Exemplos de medicinas Alternativas: Apiterapia: A Apiterapia é uma medicina alternativa que usa produtos da colmeia (mel, propólis, geleia real, cera…) para fins terapêuticos. Este tipo de medicina alternativas oferece-nos a vantagem de os produtos apícolas constituírem um método natural e complementar de nutrição, aumentam a função vital do organismo de modo a evitar doenças mais. Também não apresentam nenhum perigo para a saúde, desde de que o consumidor não seja alérgico aos mesmos. Medicina Ayurvédica ou Ayurveda [Ayur (=vida) + veda (= ciência)]: A Medicina Ayurvédica surgiu na Índia e é considerada a “mãe de todas das medicinas”, por ser uma das mais antigas, com cerca de 5000 anos. Esta medicina tem como base a “ciência da vida”, que engloba a interacção constante entre o corpo, mente, sentidos e espírito bem como entre as relações sociais, meio ambiente, estilo de vida e profissão, sendo o seu principal objectivo “manter a saúde dos saudáveis e curar o sofrimento dos doentes". A Ayurveda não impõe qualquer tipo de regras ou terapias, pois o indivíduo é que tem que obter os conhecimentos do seu corpo, espírito, alma e sentidos. A filosofia baseia-se na teoria dos cinco elementos, sendo eles: céu, ar, fogo, água e terra, podendo-se associar cada elemento a cada dos 5 sentidos. Medicina tradicional chinesa:
  2. A MTC fundamenta-se numa estrutura sistemática e abrangente de natureza filosófica. Esta inclui entre os seus princípios o estudo da relação Yin/Yang, da teoria dos 5 elementos (madeira, metal, água, fogo e terra) e do sistema de circulação de energia pelos meridianos do corpo. Tem como base o reconhecimento das leis fundamentais que governam o funcionamento do organismo humano e sua interacção com o ambiente, segundo os ciclos da natureza. São sete os principais métodos de tratamento da medicina tradicional chinesa: Tui Na, Acupunctura, Moxabustão, Ventosoterapia, Fitoterapia, Terapia Alimentar e práticas físicas relacionadas com a respiração e à circulação de energia. A crença básica da medicina tradicional chinesa é que o corpo humano dispõe de um sistema sofisticado para localizar as doenças e recursos para curar os problemas por si mesmo. Naturopatia A naturopatia é uma terapia que defende e promove tratamentos 100% naturais mas, acima de tudo a Naturopatia é uma filosofia de vida. A Naturopatia é o estudo e o tratamento de doenças, única e exclusivamente através de processos naturais, tais como o tratamento com alimentos, o tratamento com água (hidroterapia), o tratamento com argila (geoterapia), o tratamento com plantas (fitoterapia), entre outros. A Naturopatia defende que são os hábitos nocivos (sono irregular, alimentação desequilibrada, consumo de tabaco, álcool ou drogas) que levam à acumulação de toxinas no corpo, o que leva ao seu mau funcionamento, e consequentemente ao aparecimento de doenças. Ao adoptarmos a Naturopatia como um estilo de vida e se levarmos uma vida equilibrada, prevenimos o aparecimento de doenças. Yoga O Yoga é uma antiga filosofia de vida que teve origem na Índia há mais de 5000. Yoga significa união e através dos seus exercícios conseguimos unir o nosso corpo, a nossa mente e as nossas emoções para que sejamos capazes de agir de acordo com os nossos pensamentos e sentimentos. O objectivo do Yoga é provocar em nós um profundo relaxamento, tranquilidade mental, concentração, clareza de pensamentos e percepção interior, juntamente com o fortalecimento do corpo físico e o desenvolvimento da flexibilidade. Reflexologia: A Reflexologia é uma terapia alternativa na qual o tratamento das doenças dos pacientes é feito através de uma técnica específica de pressão que actua em pontos reflexos precisos dos pés, com o conhecimento de que as áreas reflexas dos pés correspondem a todas as partes do corpo. Todos os órgãos, todas as glândulas e
  3. todas as outras partes do corpo estão dispostas num arranjo similar ao dos pés. A pressão é aplicada nas áreas reflexas dos pés com os dedos das mãos e usando técnicas específicas. Humorterapia e Risoterapia: Estas terapias utilizam o humor e o riso para ajudar a curar as pessoas com doenças físicas ou mentais. Em geral, o riso melhora a saúde física, mental, emocional e espiritual das pessoas. O riso liberta a tensão do diafragma, alivia a pressão sobre o fígado e outros órgãos internos, estimula o sistema imunitário, reduz o stress e ajuda a equilibrar os campos de energia natural do corpo.
Anúncio