LEONARDO, O GÊNIO RENASCENTISTA                                  (AVANÇAR C/O MOUSE)
Leonardo viveu em plenaRenascença, nos séculos XVe XVI, e expressa melhor do    que qualquer outro o espírito daquele temp...
Leonardo  sempre foitido como um      ser  misterioso,        ( O  devido aos     “Homeme    muitos      Vitruviano”, tale...
Muitos acham queLeonardo acreditava que    se seus manuscritosfossem descobertos pela       Igreja, haveria   possibilidad...
LEONARDO PINTOU AINDA  OUTRAS BELÍSSIMAS   MADONAS COM O MENINO JESUS, ONDE A EXPRESSÃO MATERNAL REFLETE UMA INFINITA     ...
O TEMA SE REPETE,  COM DESTAQUEPARA “A MADONNA  DAS ROCHAS” ,    RETRATANDO SÃO JOÃO BATISTA NA INFÂNCIA COM   JESUS CRIST...
Ainda assim, alguns                 atribuem a seus              temores da igreja sua               idéia de escrever da ...
(A ESTRANHA ESCRITA DE LEONARDO)
Embora isso não possa ser realmente provado, muitos acreditam hoje que utilizou       recursos de simbolismo também em pin...
Outros historiadores eespecialistas concluem que     Leonardo gostava simplesmente de distorcercoisas como em um quebra-ca...
Existe ainda a tese  de que escreviaassim porque era  canhoto, e não queria borrar os textos que criava   febrilmente.(“FR...
Provavelmente o seu   perfeccionismo em cadapintura é um dos motivos por    este possuir autoria derelativamente poucas ob...
(‘A ANUNCIAÇÃO”)  Outro possível motivo é que alguns de seus quadros se perderam com o tempo (sendo roubados ou até mesmo ...
Conta-se que havia parado   de pintar por um tempo, estando todo voltado paraseus projetos de invenções,  no convento que ...
Na verdade, muitos   dos personagens    retratados por Leonardo exibem um sereno e misterioso  sorriso como vimosnão apena...
O impossível de se imaginar, é como um homem que viveu cerca de quinhentos   anos atrás, fosse desenvolver teorias e técni...
(“A Morte de Leonardo” – autor: Ingres)  Em março de 1516, Leonardo aceitou o convite de Francisco I, para morar na França...
“De tempos em tempos, o Céu nos envia alguém que não é apenashumano, mas também divino, de modo que, através de seu espíri...
FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA      ENTRE NO SITE: http://www.slidescorepoesia.com             TEXTO E IMAGENS: GOOGLESOM: VI...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Leonardo da Vinci

966 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
966
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Leonardo da Vinci

  1. 1. LEONARDO, O GÊNIO RENASCENTISTA (AVANÇAR C/O MOUSE)
  2. 2. Leonardo viveu em plenaRenascença, nos séculos XVe XVI, e expressa melhor do que qualquer outro o espírito daquele tempo. Ao contrário do homem medieval, que via em Deusa razão de todas as coisas, os renascentistas acreditavam no poderhumano de julgar, de criar e construir.
  3. 3. Leonardo sempre foitido como um ser misterioso, ( O devido aos “Homeme muitos Vitruviano”, talentos que homenagem possuía. Sua a Vitrúvio,capacidade e arquiteto da conheciment Roma o em muitas antiga, áreas apaixonadoproclamaram por -no como um proporções. dos maiores ) gênios da
  4. 4. Muitos acham queLeonardo acreditava que se seus manuscritosfossem descobertos pela Igreja, haveria possibilidades de sercondenado, devido ao seu conteúdo científico considerado como herético pela mesma.Apesar disso, os quadros religiosos de Leonardo estão entre as maiscélebre obras arte, como “Santanna, a Virgem e o Menino”.
  5. 5. LEONARDO PINTOU AINDA OUTRAS BELÍSSIMAS MADONAS COM O MENINO JESUS, ONDE A EXPRESSÃO MATERNAL REFLETE UMA INFINITA TERNURA.
  6. 6. O TEMA SE REPETE, COM DESTAQUEPARA “A MADONNA DAS ROCHAS” , RETRATANDO SÃO JOÃO BATISTA NA INFÂNCIA COM JESUS CRISTO, EPISÓDIO JAMAIS NARRADO NOS EVANGELHOS, MAS QUE RECEBEU MAIS DE UMA VERSÃO DE LEONARDO.
  7. 7. Ainda assim, alguns atribuem a seus temores da igreja sua idéia de escrever da direita para a esquerda (inverso da escrita), de modo que, somente mediante um espelho seus manuscritos podia ser decifrados. (“DAMA COM ARMINHO” - CECÍLIA GALLERANI, AMANTE DODUQUE DE SFORZA, PATRONO DE LEONARDO, CONSIDERADO UM DOS MAIS BELOS QUADROS DA RENASCENÇA.)
  8. 8. (A ESTRANHA ESCRITA DE LEONARDO)
  9. 9. Embora isso não possa ser realmente provado, muitos acreditam hoje que utilizou recursos de simbolismo também em pinturas, mascarando mensagenscomprometedoras, que iam de encontro às convicções da época. A tese é esboçada no livro “O Código Da Vinci”, em que no famoso quadro “A Santa Ceia”, a figura à direita de Cristo é interpretada como sendo do sexo feminino, mais precisamente Maria de Madalena, cujo ângulo de inclinação em relação a Cristo forma uma
  10. 10. Outros historiadores eespecialistas concluem que Leonardo gostava simplesmente de distorcercoisas como em um quebra-cabeça e formar anagramas,ou que sua escrita invertida era na verdade um códigopara proteger seus esboços contra espiões.
  11. 11. Existe ainda a tese de que escreviaassim porque era canhoto, e não queria borrar os textos que criava febrilmente.(“FRANCHINO GAFFURIO, UM MÚSICO”)
  12. 12. Provavelmente o seu perfeccionismo em cadapintura é um dos motivos por este possuir autoria derelativamente poucas obras, em comparação com outrosgênios. Alegou, por exemplo, que a demora na conclusão da Santa Ceia devia-se ao fato de estar há um anoprocurando entre as pessoas da rua um modelo que transmitisse a verdadeira maldade no rosto, para oretrato de Judas Escariotes. (“Leda e o Cisne”)
  13. 13. (‘A ANUNCIAÇÃO”) Outro possível motivo é que alguns de seus quadros se perderam com o tempo (sendo roubados ou até mesmo destruídos), devido àsua maneira polêmica de retratar desde cenas religiosas até retratos.Um outro motivo seria a dispersão de seu talento multifacetado, que reforçava a fama de demorar muito a entregar suas obras.
  14. 14. Conta-se que havia parado de pintar por um tempo, estando todo voltado paraseus projetos de invenções, no convento que lhe deraacolhida. De repente, teria entrado em sua sala de trabalho a esposa de um comerciante, LisaGherardini, encomendando- lhe seu retrato. Leonardointerrompeu seu trabalho e ficou olhando para ela, fascinado. Deixou de lado subitamente o que estava fazendo para criar o maiscélebre retrato da História da Pintura: a “Mona Lisa”, que dizem exibir umenigmático sorriso. Consta ainda que Leonardo se afeiçoou tanto ao quadro
  15. 15. Na verdade, muitos dos personagens retratados por Leonardo exibem um sereno e misterioso sorriso como vimosnão apenas na “Mona Lisa”, mas também em “Santanna, a Virgem e o Menino”,em “Leda e o Cisne” e na imagem de “SãoJoão Batista, ao lado.
  16. 16. O impossível de se imaginar, é como um homem que viveu cerca de quinhentos anos atrás, fosse desenvolver teorias e técnicas em tantas áreas, desde apintura até a ciência moderna, antecipando inúmeras descobertas, entre elas o helicóptero, o pára-quedas, o escafandro e o tanque de guerra.
  17. 17. (“A Morte de Leonardo” – autor: Ingres) Em março de 1516, Leonardo aceitou o convite de Francisco I, para morar na França e ganhou uma propriedade rural. O rei considerava Leonardo um homem superior e desejava desfrutar desua amizade. Outra visita é a do secretário do Cardeal de Aragon, a quem confessa que dissecaratrinta cadáveres, para seguir o caminho das veias, estudar a junção dos ossos e a disposição dosmúsculos, buscando os segredos do movimento do homem. Ele passa o mês de abril de 1519 na cama, cercado da “Mona Lisa”, “Santana, a Virgem e o Menino” e o “São João Batista”. Em 2 de maio Francisco I o visita mais uma vez. Leonardo da Vinci morre nos braços do rei, que
  18. 18. “De tempos em tempos, o Céu nos envia alguém que não é apenashumano, mas também divino, de modo que, através de seu espírito e da superioridade de sua inteligência, possamos atingir o Céu”.
  19. 19. FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA ENTRE NO SITE: http://www.slidescorepoesia.com TEXTO E IMAGENS: GOOGLESOM: VIVALDI – CONCERTO PARA CORDAS E CRAVO RV 116

×