Como Organizar O Laboratorio

5.964 visualizações

Publicada em

como organizar o laboratório de informática da escola

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.964
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
141
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
124
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como Organizar O Laboratorio

  1. 1. Como Organizar o Laboratório de Informática Aluna Andréa De Carli Especialização em Informática na Educação CINTED/UFRGS Profª Liane Tarouco Internet para Educadores
  2. 2. Sala para o Laboratório Sala com ventilação adequada, cortinas escuras para proteção quanto à exposição dos equipamentos ao sol. Quando iluminação artificial, utilizar lâmpada fluorescente; Paredes pintadas com cores claras e janelas e portas protegidas com grades, para proteção dos equipamentos; Uso do ar condicionado quando necessário para melhor conservação dos equipamentos.
  3. 3. Mobiliário Mesas e cadeiras devem estar ajustadas de maneira que os pés dos alunos possam alcançar o chão; Monitor disposto na altura dos olhos; Armário para que sejam guardados equipamentos e materiais referentes ao laboratório; Organização do ambiente, de mesas e equipamentos dispostos de maneira que o professor possa acompanhar as atividades.
  4. 4. Equipamentos Computador com cd rom, unidade de disco flexível, placa de rede, e sistema operacional instalado nas máquinas (pode ser Windows, Linux, outros); Impressora; Scanner; Estabilizador e Nobreak; Quadro branco.
  5. 5. Instalações Realizada por profissional especializado; Instalação de Hub para os cabos da rede local e quadros de distribuição elétrica longe da porta; Cabeamento da rede; Aterramento de pára-raios; Provedor de acesso à Internet; Tipo de conexão: Discada, ADSL, Rádio,...
  6. 6. Instalações A escola tem a opção de registrar uma página em seu nome. O processo é simples: Acessar o site: www.registro.br Consultar para saber se o nome requerido pela escola está disponível Possuir CNPJ, documento requisitado para domínio G12.BR (domínio destinado à escolas) Contribuir anualmente, taxa de manutenção de R$ 30,00 A escola pode solicitar este registro pelo provedor.
  7. 7. Instalações Conforme a quantidade de computadores conectados e o tipo de serviço, estes computadores podem estar ligados a um Hub Switch (aumenta o desempenho da rede, diminui a ocorrência de erros) e a um Servidor (responsável por serviços de armazenamento de dados, correio eletrônico, imagens, paginas web); Para maior proteção da entrada e saída de dados a escola pode optar por um Firewall (dispositivo de uma rede de computadores que tem por função regular o tráfego de rede entre redes distintas e impedir a transmissão de dados nocivos ou não autorizados de uma rede a outra);
  8. 8. Instalações As escolas não precisam, necessariamente, fazer o registro de nomes para montarem uma página na Web. A escola pode valer-se de opções grátis, tais como o Yahoo, Google, por exemplo; Outra opção muita utilizada são os Blogs. Esta opção pode ser até mais interativa, visto que os alunos orientados pelo professor, podem desenvolver diversas atividades utilizando o Blog.
  9. 9. Software Processador de Texto; Navegadores p/ internet; Editor gráfico; Jogos; Planilhas; Apresentação de Slides; Antivirus; Software de comunicação.
  10. 10. Recursos Humanos Cursos de capacitação para professores e gestores na área da Informática na educação. Cursos para capacitação de monitores para auxiliar no laboratório.
  11. 11. Segurança na Internet Propiciar aos alunos palestras de esclarecimentos quanto aos perigos da internet; Confeccionar cartilhas com o auxílio dos alunos para distribuição na escola; Envolver professores e pais em palestras sobre o assunto.
  12. 12. Planejamento para usar o Laboratório A escola juntamente com sua comunidade escolar precisa reavaliar seu Projeto Político Pedagógico e incluir nele o uso das TICs na educação; O fio da meada não está na tecnologia, mas na prática pedagógica e sua intencionalidade. Quais são os propósitos educacionais? Qual o objetivo de determinada prática pedagógica com o uso do computador?
  13. 13. Planejamento para usar o Laboratório De posse dessas respostas entender como agregar ou incorporar as tecnologias as suas atividades. Troca de experiências com outros professores, debates via rede, troca de idéias, dúvidas. O professor é o responsável pelo clima de cooperação e auto-confiança da turma no laboratório.
  14. 14. Bibliografia Tutorial “Fazendo a conexão “ http://penta3.ufrgs.br/midiasedu/tutoriais/tutorial_Internet/default.h tm Evolução da Internet http://penta3.ufrgs.br/animacoes/indexInternetEvolucao.html Apresentação com áudio (em alguns slides) http://penta3.ufrgs.br/animacoes/InternetComponentes/ Como resolver problemas de conectividade TCP/IP com o Windows XP (http://support.microsoft.com/default.aspx?scid=kb;pt;314067) traceroute (http://www.webopedia.com/TERM/t/traceroute.html) host (http://www.webopedia.com/TERM/h/host.html)
  15. 15. Bibliografia http://www.aisa.com.br/conect3.html http://pt.wikipedia.org http://www.infowester.com/hubswitchrouter.php http://www.forumweb.com.br/artigos/artigos.php?action=file&id=2 58 netstat (http://www.juliobattisti.com.br/artigos/windows/tcpip_p12. asp) Demonstração uso do tracert (http://penta3.ufrgs.br/demonstracoes/tracert/) Vídeo “Guerreiros da Internet” Vídeo quot;Integração de tecnologias, linguagens e representaçõesquot; Material de apoio da disciplina Chats

×