SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
Introdução à Arquitetura de
Computadores e Sistemas
Operacionais
Professor: Mauro Jansen
Lógica binária, portas
lógicas e circuitos
Versão: 02/2018
Prof. Mauro Jansen
Lógica
• Discute o uso do raciocínio em alguma
atividade
• É o estudo normativo do raciocínio válido
em:
– Filosofa
– Matemática
– Ciëncia da computação
• Examina as formas que a argumentação
pode tomar, quais são verdadeiras e quais
são falsas
Prof. Mauro Jansen
Operações lógicas
• As operações lógicas são estudadas
pela álgebra de boole (George Boole)
• A álgebra de Boole trabalha com
apenas duas grandezas: falso ou
verdadeiro.
• As duas grandezas são representadas
por 0 (falso) e 1 (verdadeiro).
• Nos circuitos lógicos do computador,
os sinais binários são representados
por níveis de tensão.Introd.Arq.Computadores e SO
Sistemas de Numeração 3
Prof. Mauro Jansen
Abstração: entendendo o
complicado
•A abstração é uma operação mental
que, ao estudar um objeto, nos
permite concentrar-nos em detalhes
mais gerais / importantes e ocultar
detalhes mais específcos
•Do latim “abstracione”, que signifca
“separação”
•Em outras palavras, abstrair é
simplifcar
Prof. Mauro Jansen
Exemplo de aplicação do
conceito de abstração
●
Para usar um carro é necessário conhecer
todos os detalhes internos de construção do
carro (motor, injeção eletrônica, velas,
válvula, pistão, etc.) ??
Prof. Mauro Jansen
Níveis de abstração de
hardware
Processador
ULA, registradores
Portas lógicas
Circuitos eletrônicos
Molécula, átomo
Computador
Dispositivos de Entrada,
Saìda e E/S
Proces-
sador, Memòria, etc
Placa mãe, chipset,
barramentos
Molécula, átomo
x
COMPLEXIDAD
E
COMPLEXIDAD
E
AC, X, Y
-
+
-
+
NÍVEL 4
NÍVEL 3
NÍVEL 2
NÍVEL 1
NÍVEL 0
NÍVEL 4
NÍVEL 3
NÍVEL 2
NÍVEL 1
NÍVEL 0
Prof. Mauro Jansen
Portas lógicas
• As portas lógicas são os elementos mais
básicos e elementares de um sistema de
computação.
• Elas são responsáveis por realizar as
operações lógicas sobre os bits.
• Podem ter uma ou mais entradas, mas
sempre uma só saída
• Os valores de entrada e saída são números
binários.
• Cada porta lógica realiza uma tarefa trivial.
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Tabela verdade
•Tabela que mostra todas as possíveis
entradas e as respectivas saídas
resultantes para uma porta lógica
OR
a b x
0 0 0
0 1 1
1 0 1
1 1 1
a x 2
a b x
1 2 2
2 2 4
3 2 6
4 2 8
5 2 10
Tabela verdade da
Operação OR (ou)
Tabela verdade da
Multiplicação por 2
a x 2
a b x
6 2 12
7 2 14
8 2 16
9 2 18
10 2 20
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica NOT (negação)
• NOT: inverte a entrada.
Expressão: x = a’ ou x = a
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica OR (OU)
• OR: retorna 1 se uma das entradas é
1.
Expressão: x = a + b
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
OR
a b x
0 0 0
0 1 1
1 0 1
1 1 1
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica AND (E)
• AND: retorna 1 se ambas as entradas são
1.
Expressão: x = a x b
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica NOR (not OR)
• NOR: é uma porta OR e uma porta NOT
combinadas. O resultado é exatamente o
inverso da porta OR.
• Expressão: x = (a + b)’
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica NAND (not AND)
• NAND: é uma porta AND e uma porta NOT
combinadas. O resultado é exatamente o
inverso da porta AND.
Expressão: x = (a x b)’
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica XOR (eXclusive
OR)
• XOR: retorna 1 somente se apenas uma
das entradas é 1.
Expressão: x = a  b
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Porta lógica NXOR
(Not eXclusive OR)
●
NXOR: é uma porta XOR e uma porta NOT
combinadas. O resultado é exatamente o
inverso da porta XOR.
Expressão: x = (a  b)'
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
NXOR
Prof. Mauro Jansen
A porta lógica NAND é uma
porta universal
• Combinações de portas NAND podem
ser usadas para simular todas as
outras.
• Por este motivo, a porta NAND é
considerada uma porta universal.
• Isso signifca que qualquer circuito
pode ser expresso pela combinação
de portas NAND.
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
A porta lógica NAND é uma
porta universal
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
NOT
AND
OR
Prof. Mauro Jansen
Apresentação das portas lógicas
em circuitos eletrônicos
• As portas lógicas são encontradas no
mercado encapsuladas em chips de silício.
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Apresentação das portas lógicas
em circuitos eletrônicos
●
Nos computadores atuais, encontram-se dentro
do processador e de vários outros
componentes, que substituem milhares ou
milhões dos chips de silício
Prof. Mauro Jansen
Circuito lógico
• É um conjunto de portas lógicas interligadas para
resolver um problema maior.
• Todas as portas podem ser combinadas. As regras
são:
– Saídas não devem ser ligadas com outras
saídas
– Saídas podem ser ligadas em entradas de
outras portas
– Entradas podem ser combinadas com outras
entradas (duas ou mais entradas recebendo o
mesmo valor de entrada)
Redes de Computadores
Introdução, histórico e conceitos
Prof. Mauro Jansen
Exemplo: circuito detector de
números primos, c/ 3 bits
●
Caso um número primo seja inserido nas portas A, B
e C, a saída X será 1. Caso contrário, 0.
ENTRADAS S
dec a b c x
0 0 0 0 0
1 0 0 1 0
2 0 0 0 1
3 1 1 1 1
4 1 0 0 0
5 1 0 1 1
6 1 1 0 0
7 1 1 1 1
Prof. Mauro Jansen
CPU elementar
●
CPU com 3 operações lógicas (NOT, OR e AND)
e 1 aritmética (soma):
Fonte: www.bpiropo.com.br/fpc20060130.htm
Prof. Mauro Jansen
Circuito lógico de uma ULA
Prof. Mauro Jansen
Programa simulador Logisim
●
Permite projetar e simular circuitos digitais
●
Para obter o programa no laboratório:
●
Clique em Meu computador ou windows
explorer
●
Clique em Rede
●
Procure o computador 03LAB0130D
●
Entre na pasta compartilhado – programa
●
Copie o arquivo logisim para o seu
computador
Prof. Mauro Jansen
Exercícios práticos no Logisim
●
Represente e teste os circuitos lógicos abaixo
1)NAND com 1 porta AND e 1 porta NOT
2)NOR com 1 porta OR e 1 porta NOT
3)NXOR com 1 porta XOR e 1 porta NOT
4)X = A+B+C
5)X = A*B*C
6)X = A'+B'
7)X = (A+B)'
8)X = A+B*C
9)X = (A+B)' * (C+D)
Prof. Mauro Jansen
Conclusão
●
Todo o tipo de processamento realizado pelos
processadores na verdade é isso aí que você
acabou de ver:
●
zeros e uns passando dentro de várias
portinhas lógicas como as mostradas no
exemplo do detector de números primos. É
isso que seu microprocessador faz o tempo
todo em que seu computador está ligado.
Obviamente em uma escala muito maior e
mais complexa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

periféricos de entrada, saída e mistos
periféricos de entrada, saída e mistosperiféricos de entrada, saída e mistos
periféricos de entrada, saída e mistosRaquel Guimaraes
 
Caderno de exercícios Sistemas digitais - Portas lógicas
Caderno de exercícios  Sistemas digitais - Portas lógicasCaderno de exercícios  Sistemas digitais - Portas lógicas
Caderno de exercícios Sistemas digitais - Portas lógicasCarlos Pereira
 
Aula 01 - História da Computação
Aula 01 - História da ComputaçãoAula 01 - História da Computação
Aula 01 - História da ComputaçãoSuzana Viana Mota
 
Introdução a Informática
Introdução a InformáticaIntrodução a Informática
Introdução a InformáticaDaniel Brandão
 
Aulas 10 e 11 - Álgebra de Boole
Aulas 10 e 11 - Álgebra de BooleAulas 10 e 11 - Álgebra de Boole
Aulas 10 e 11 - Álgebra de BooleJocelma Rios
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)Vitor Hugo Melo Araújo
 
Resumo básico de introdução à informática
Resumo básico de introdução à informáticaResumo básico de introdução à informática
Resumo básico de introdução à informáticaDaiana de Ávila
 
Aula02 - Componentes de um Computador
Aula02 - Componentes de um ComputadorAula02 - Componentes de um Computador
Aula02 - Componentes de um ComputadorSuzana Viana Mota
 
Noções básicas de computação hardware
Noções básicas de computação   hardwareNoções básicas de computação   hardware
Noções básicas de computação hardwareJocelma Rios
 
Exercícios de hardware software
Exercícios de hardware softwareExercícios de hardware software
Exercícios de hardware softwarejocaco
 
Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)marconesilfer
 
Introdução à Programação
Introdução à ProgramaçãoIntrodução à Programação
Introdução à ProgramaçãoMario Sergio
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionaisvini_campos
 
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeração
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeraçãoArquitetura de Computadores: Sistemas de numeração
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeraçãoAlex Camargo
 
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruçõesArquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruçõesAlex Camargo
 
0770 Dispositivos e Periféricos
0770 Dispositivos e Periféricos 0770 Dispositivos e Periféricos
0770 Dispositivos e Periféricos Ribeiro Lelia
 
Fonte de alimentação
Fonte de alimentaçãoFonte de alimentação
Fonte de alimentaçãoCarlos Pereira
 
Manutenção e montagem de computadores
Manutenção e montagem de computadoresManutenção e montagem de computadores
Manutenção e montagem de computadoresJoka Luiz
 
Estrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informáticoEstrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informáticoSusana Oliveira
 

Mais procurados (20)

periféricos de entrada, saída e mistos
periféricos de entrada, saída e mistosperiféricos de entrada, saída e mistos
periféricos de entrada, saída e mistos
 
Caderno de exercícios Sistemas digitais - Portas lógicas
Caderno de exercícios  Sistemas digitais - Portas lógicasCaderno de exercícios  Sistemas digitais - Portas lógicas
Caderno de exercícios Sistemas digitais - Portas lógicas
 
Aula 01 - História da Computação
Aula 01 - História da ComputaçãoAula 01 - História da Computação
Aula 01 - História da Computação
 
Introdução a Informática
Introdução a InformáticaIntrodução a Informática
Introdução a Informática
 
Aulas 10 e 11 - Álgebra de Boole
Aulas 10 e 11 - Álgebra de BooleAulas 10 e 11 - Álgebra de Boole
Aulas 10 e 11 - Álgebra de Boole
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
 
Resumo básico de introdução à informática
Resumo básico de introdução à informáticaResumo básico de introdução à informática
Resumo básico de introdução à informática
 
Aula02 - Componentes de um Computador
Aula02 - Componentes de um ComputadorAula02 - Componentes de um Computador
Aula02 - Componentes de um Computador
 
Noções básicas de computação hardware
Noções básicas de computação   hardwareNoções básicas de computação   hardware
Noções básicas de computação hardware
 
Exercícios de hardware software
Exercícios de hardware softwareExercícios de hardware software
Exercícios de hardware software
 
Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)Introdução à Informática (Módulo 1)
Introdução à Informática (Módulo 1)
 
Introdução à Programação
Introdução à ProgramaçãoIntrodução à Programação
Introdução à Programação
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
Arduino
ArduinoArduino
Arduino
 
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeração
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeraçãoArquitetura de Computadores: Sistemas de numeração
Arquitetura de Computadores: Sistemas de numeração
 
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruçõesArquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
Arquitetura de Computadores: Barramentos e instruções
 
0770 Dispositivos e Periféricos
0770 Dispositivos e Periféricos 0770 Dispositivos e Periféricos
0770 Dispositivos e Periféricos
 
Fonte de alimentação
Fonte de alimentaçãoFonte de alimentação
Fonte de alimentação
 
Manutenção e montagem de computadores
Manutenção e montagem de computadoresManutenção e montagem de computadores
Manutenção e montagem de computadores
 
Estrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informáticoEstrutura e funcionamento de um sistema informático
Estrutura e funcionamento de um sistema informático
 

Semelhante a Lógica binária, potas lógicas e circuitos lógicos

Semelhante a Lógica binária, potas lógicas e circuitos lógicos (20)

Arquitetura 6
Arquitetura 6Arquitetura 6
Arquitetura 6
 
Capitulo-3-Portas-Logicas-e-Algebra-Booleana.pdf
Capitulo-3-Portas-Logicas-e-Algebra-Booleana.pdfCapitulo-3-Portas-Logicas-e-Algebra-Booleana.pdf
Capitulo-3-Portas-Logicas-e-Algebra-Booleana.pdf
 
ArqOrgCom.ppt
ArqOrgCom.pptArqOrgCom.ppt
ArqOrgCom.ppt
 
Arq orgcom (1)
Arq orgcom (1)Arq orgcom (1)
Arq orgcom (1)
 
Arquitetura 6
Arquitetura 6Arquitetura 6
Arquitetura 6
 
75091103 funcoes-ci-7404-7408-7432-7400
75091103 funcoes-ci-7404-7408-7432-740075091103 funcoes-ci-7404-7408-7432-7400
75091103 funcoes-ci-7404-7408-7432-7400
 
201959_152331_AC 13 - Lógica Digital.pdf
201959_152331_AC 13 - Lógica Digital.pdf201959_152331_AC 13 - Lógica Digital.pdf
201959_152331_AC 13 - Lógica Digital.pdf
 
Aula 05-oac-conceitos-de-logica-digital
Aula 05-oac-conceitos-de-logica-digitalAula 05-oac-conceitos-de-logica-digital
Aula 05-oac-conceitos-de-logica-digital
 
Oac aula04
Oac aula04Oac aula04
Oac aula04
 
26-aula26.pdf
26-aula26.pdf26-aula26.pdf
26-aula26.pdf
 
Logica Digital
Logica DigitalLogica Digital
Logica Digital
 
Apostila de digital aut ss
Apostila de digital aut ssApostila de digital aut ss
Apostila de digital aut ss
 
Aula 05
Aula 05Aula 05
Aula 05
 
Arquitetura_de_computadores_-_Aula__9_e_10_resumo.pdf
Arquitetura_de_computadores_-_Aula__9_e_10_resumo.pdfArquitetura_de_computadores_-_Aula__9_e_10_resumo.pdf
Arquitetura_de_computadores_-_Aula__9_e_10_resumo.pdf
 
Microprogramacao
MicroprogramacaoMicroprogramacao
Microprogramacao
 
Microprogramacao
MicroprogramacaoMicroprogramacao
Microprogramacao
 
Algoritmos
AlgoritmosAlgoritmos
Algoritmos
 
05 circuitos logicos
05   circuitos logicos05   circuitos logicos
05 circuitos logicos
 
oficina de robótica educativa plano de curso
oficina de robótica educativa plano de cursooficina de robótica educativa plano de curso
oficina de robótica educativa plano de curso
 
Introdução às TIC
Introdução às TICIntrodução às TIC
Introdução às TIC
 

Mais de Mauro Pereira

Programação Web - CSS
Programação Web - CSSProgramação Web - CSS
Programação Web - CSSMauro Pereira
 
Redes 7 ferramentas para montagem de redes
Redes 7 ferramentas para montagem de redesRedes 7 ferramentas para montagem de redes
Redes 7 ferramentas para montagem de redesMauro Pereira
 
Exercicio introducao a arquitetura de computadores
Exercicio    introducao a arquitetura de computadoresExercicio    introducao a arquitetura de computadores
Exercicio introducao a arquitetura de computadoresMauro Pereira
 
Sistemas de Numeracao
Sistemas de NumeracaoSistemas de Numeracao
Sistemas de NumeracaoMauro Pereira
 
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1Trabalho para nota da etapa 2 2017.1
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1Mauro Pereira
 
Redes 6 equipamentos ativos da rede
Redes 6 equipamentos ativos da redeRedes 6 equipamentos ativos da rede
Redes 6 equipamentos ativos da redeMauro Pereira
 
Redes 4 endereçamento
Redes 4 endereçamentoRedes 4 endereçamento
Redes 4 endereçamentoMauro Pereira
 
Redes 2 padronização e arquitetura de redes
Redes 2 padronização e arquitetura de redesRedes 2 padronização e arquitetura de redes
Redes 2 padronização e arquitetura de redesMauro Pereira
 
Redes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosRedes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosMauro Pereira
 
6 softwares de manutenção
6 softwares de manutenção6 softwares de manutenção
6 softwares de manutençãoMauro Pereira
 
4.1 softwares e configurações importantes
4.1 softwares e configurações importantes4.1 softwares e configurações importantes
4.1 softwares e configurações importantesMauro Pereira
 
Redes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamentoRedes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamentoMauro Pereira
 
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2Trabalho para nota da etapa 2 2015.2
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2Mauro Pereira
 
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolos
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolosExercicio 1 - conceitos camadas e protocolos
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolosMauro Pereira
 
Guia prático para criar algoritmos
Guia prático para criar algoritmosGuia prático para criar algoritmos
Guia prático para criar algoritmosMauro Pereira
 
Exercicio 2 endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...
Exercicio 2   endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...Exercicio 2   endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...
Exercicio 2 endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...Mauro Pereira
 
Microprocessadores ii arquitetura
Microprocessadores ii arquiteturaMicroprocessadores ii arquitetura
Microprocessadores ii arquiteturaMauro Pereira
 
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)Mauro Pereira
 

Mais de Mauro Pereira (20)

Programação Web - CSS
Programação Web - CSSProgramação Web - CSS
Programação Web - CSS
 
Redes 7 ferramentas para montagem de redes
Redes 7 ferramentas para montagem de redesRedes 7 ferramentas para montagem de redes
Redes 7 ferramentas para montagem de redes
 
Exercicio introducao a arquitetura de computadores
Exercicio    introducao a arquitetura de computadoresExercicio    introducao a arquitetura de computadores
Exercicio introducao a arquitetura de computadores
 
Sistemas de Numeracao
Sistemas de NumeracaoSistemas de Numeracao
Sistemas de Numeracao
 
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1Trabalho para nota da etapa 2 2017.1
Trabalho para nota da etapa 2 2017.1
 
Redes 6 equipamentos ativos da rede
Redes 6 equipamentos ativos da redeRedes 6 equipamentos ativos da rede
Redes 6 equipamentos ativos da rede
 
Redes 4 endereçamento
Redes 4 endereçamentoRedes 4 endereçamento
Redes 4 endereçamento
 
Redes 5 cabeamento
Redes 5 cabeamentoRedes 5 cabeamento
Redes 5 cabeamento
 
Redes 3 protocolos
Redes 3 protocolosRedes 3 protocolos
Redes 3 protocolos
 
Redes 2 padronização e arquitetura de redes
Redes 2 padronização e arquitetura de redesRedes 2 padronização e arquitetura de redes
Redes 2 padronização e arquitetura de redes
 
Redes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitosRedes 1 introducao historico conceitos
Redes 1 introducao historico conceitos
 
6 softwares de manutenção
6 softwares de manutenção6 softwares de manutenção
6 softwares de manutenção
 
4.1 softwares e configurações importantes
4.1 softwares e configurações importantes4.1 softwares e configurações importantes
4.1 softwares e configurações importantes
 
Redes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamentoRedes padroes e cabeamento
Redes padroes e cabeamento
 
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2Trabalho para nota da etapa 2 2015.2
Trabalho para nota da etapa 2 2015.2
 
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolos
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolosExercicio 1 - conceitos camadas e protocolos
Exercicio 1 - conceitos camadas e protocolos
 
Guia prático para criar algoritmos
Guia prático para criar algoritmosGuia prático para criar algoritmos
Guia prático para criar algoritmos
 
Exercicio 2 endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...
Exercicio 2   endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...Exercicio 2   endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...
Exercicio 2 endereços, dispositivos, internet-intranet-extranet, padroes, c...
 
Microprocessadores ii arquitetura
Microprocessadores ii arquiteturaMicroprocessadores ii arquitetura
Microprocessadores ii arquitetura
 
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)
Microprocessadores ii revisão de linguagem de programação (parte2)
 

Lógica binária, potas lógicas e circuitos lógicos

  • 1. Introdução à Arquitetura de Computadores e Sistemas Operacionais Professor: Mauro Jansen Lógica binária, portas lógicas e circuitos Versão: 02/2018
  • 2. Prof. Mauro Jansen Lógica • Discute o uso do raciocínio em alguma atividade • É o estudo normativo do raciocínio válido em: – Filosofa – Matemática – Ciëncia da computação • Examina as formas que a argumentação pode tomar, quais são verdadeiras e quais são falsas
  • 3. Prof. Mauro Jansen Operações lógicas • As operações lógicas são estudadas pela álgebra de boole (George Boole) • A álgebra de Boole trabalha com apenas duas grandezas: falso ou verdadeiro. • As duas grandezas são representadas por 0 (falso) e 1 (verdadeiro). • Nos circuitos lógicos do computador, os sinais binários são representados por níveis de tensão.Introd.Arq.Computadores e SO Sistemas de Numeração 3
  • 4. Prof. Mauro Jansen Abstração: entendendo o complicado •A abstração é uma operação mental que, ao estudar um objeto, nos permite concentrar-nos em detalhes mais gerais / importantes e ocultar detalhes mais específcos •Do latim “abstracione”, que signifca “separação” •Em outras palavras, abstrair é simplifcar
  • 5. Prof. Mauro Jansen Exemplo de aplicação do conceito de abstração ● Para usar um carro é necessário conhecer todos os detalhes internos de construção do carro (motor, injeção eletrônica, velas, válvula, pistão, etc.) ??
  • 6. Prof. Mauro Jansen Níveis de abstração de hardware Processador ULA, registradores Portas lógicas Circuitos eletrônicos Molécula, átomo Computador Dispositivos de Entrada, Saìda e E/S Proces- sador, Memòria, etc Placa mãe, chipset, barramentos Molécula, átomo x COMPLEXIDAD E COMPLEXIDAD E AC, X, Y - + - + NÍVEL 4 NÍVEL 3 NÍVEL 2 NÍVEL 1 NÍVEL 0 NÍVEL 4 NÍVEL 3 NÍVEL 2 NÍVEL 1 NÍVEL 0
  • 7. Prof. Mauro Jansen Portas lógicas • As portas lógicas são os elementos mais básicos e elementares de um sistema de computação. • Elas são responsáveis por realizar as operações lógicas sobre os bits. • Podem ter uma ou mais entradas, mas sempre uma só saída • Os valores de entrada e saída são números binários. • Cada porta lógica realiza uma tarefa trivial. Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 8. Prof. Mauro Jansen Tabela verdade •Tabela que mostra todas as possíveis entradas e as respectivas saídas resultantes para uma porta lógica OR a b x 0 0 0 0 1 1 1 0 1 1 1 1 a x 2 a b x 1 2 2 2 2 4 3 2 6 4 2 8 5 2 10 Tabela verdade da Operação OR (ou) Tabela verdade da Multiplicação por 2 a x 2 a b x 6 2 12 7 2 14 8 2 16 9 2 18 10 2 20
  • 9. Prof. Mauro Jansen Porta lógica NOT (negação) • NOT: inverte a entrada. Expressão: x = a’ ou x = a Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 10. Prof. Mauro Jansen Porta lógica OR (OU) • OR: retorna 1 se uma das entradas é 1. Expressão: x = a + b Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos OR a b x 0 0 0 0 1 1 1 0 1 1 1 1
  • 11. Prof. Mauro Jansen Porta lógica AND (E) • AND: retorna 1 se ambas as entradas são 1. Expressão: x = a x b Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 12. Prof. Mauro Jansen Porta lógica NOR (not OR) • NOR: é uma porta OR e uma porta NOT combinadas. O resultado é exatamente o inverso da porta OR. • Expressão: x = (a + b)’ Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 13. Prof. Mauro Jansen Porta lógica NAND (not AND) • NAND: é uma porta AND e uma porta NOT combinadas. O resultado é exatamente o inverso da porta AND. Expressão: x = (a x b)’ Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 14. Prof. Mauro Jansen Porta lógica XOR (eXclusive OR) • XOR: retorna 1 somente se apenas uma das entradas é 1. Expressão: x = a  b Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 15. Prof. Mauro Jansen Porta lógica NXOR (Not eXclusive OR) ● NXOR: é uma porta XOR e uma porta NOT combinadas. O resultado é exatamente o inverso da porta XOR. Expressão: x = (a  b)' Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos NXOR
  • 16. Prof. Mauro Jansen A porta lógica NAND é uma porta universal • Combinações de portas NAND podem ser usadas para simular todas as outras. • Por este motivo, a porta NAND é considerada uma porta universal. • Isso signifca que qualquer circuito pode ser expresso pela combinação de portas NAND. Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 17. Prof. Mauro Jansen A porta lógica NAND é uma porta universal Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos NOT AND OR
  • 18. Prof. Mauro Jansen Apresentação das portas lógicas em circuitos eletrônicos • As portas lógicas são encontradas no mercado encapsuladas em chips de silício. Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 19. Prof. Mauro Jansen Apresentação das portas lógicas em circuitos eletrônicos ● Nos computadores atuais, encontram-se dentro do processador e de vários outros componentes, que substituem milhares ou milhões dos chips de silício
  • 20. Prof. Mauro Jansen Circuito lógico • É um conjunto de portas lógicas interligadas para resolver um problema maior. • Todas as portas podem ser combinadas. As regras são: – Saídas não devem ser ligadas com outras saídas – Saídas podem ser ligadas em entradas de outras portas – Entradas podem ser combinadas com outras entradas (duas ou mais entradas recebendo o mesmo valor de entrada) Redes de Computadores Introdução, histórico e conceitos
  • 21. Prof. Mauro Jansen Exemplo: circuito detector de números primos, c/ 3 bits ● Caso um número primo seja inserido nas portas A, B e C, a saída X será 1. Caso contrário, 0. ENTRADAS S dec a b c x 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 2 0 0 0 1 3 1 1 1 1 4 1 0 0 0 5 1 0 1 1 6 1 1 0 0 7 1 1 1 1
  • 22. Prof. Mauro Jansen CPU elementar ● CPU com 3 operações lógicas (NOT, OR e AND) e 1 aritmética (soma): Fonte: www.bpiropo.com.br/fpc20060130.htm
  • 23. Prof. Mauro Jansen Circuito lógico de uma ULA
  • 24. Prof. Mauro Jansen Programa simulador Logisim ● Permite projetar e simular circuitos digitais ● Para obter o programa no laboratório: ● Clique em Meu computador ou windows explorer ● Clique em Rede ● Procure o computador 03LAB0130D ● Entre na pasta compartilhado – programa ● Copie o arquivo logisim para o seu computador
  • 25. Prof. Mauro Jansen Exercícios práticos no Logisim ● Represente e teste os circuitos lógicos abaixo 1)NAND com 1 porta AND e 1 porta NOT 2)NOR com 1 porta OR e 1 porta NOT 3)NXOR com 1 porta XOR e 1 porta NOT 4)X = A+B+C 5)X = A*B*C 6)X = A'+B' 7)X = (A+B)' 8)X = A+B*C 9)X = (A+B)' * (C+D)
  • 26. Prof. Mauro Jansen Conclusão ● Todo o tipo de processamento realizado pelos processadores na verdade é isso aí que você acabou de ver: ● zeros e uns passando dentro de várias portinhas lógicas como as mostradas no exemplo do detector de números primos. É isso que seu microprocessador faz o tempo todo em que seu computador está ligado. Obviamente em uma escala muito maior e mais complexa.