UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ - UNOCHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO <ul><ul><li>Acadêm...
“ As competições olímpicas são megaeventos multiesportivos que resultam em clara oportunidade para o novo modelo de planej...
<ul><li>PEQUIM </li></ul><ul><li>BEIJING – </li></ul><ul><li>2008 </li></ul>
História do urbanismo em Pequim Os indícios de urbanismo na China datam do século XIII, quando os mongóis conquistara aque...
Vista aérea da Cidade Proibida:  Construída entre 1406 e 1420  ocupando uma área de aproximadamente 720.000m². Possui 980 ...
Vista aérea da Cidade de Pequim:  O traçado  original perpendicular aos eixos norte-sul e leste-oeste foi se modificando  ...
Os jogos olímpicos tornaram-se um mega-evento esportivo  capaz de mobilizar amplos recursos materiais e simbólicos,  propi...
Pequim antes das Olimpíadas <ul><li>História Recente da Cidade </li></ul><ul><li>- Em 1982 Pequim aparece na lista das 24 ...
Em primeiro plano, vemos o CBD (Central Business District), com seus prédios modernos. À esquerda, o principal eixo leste-...
Maquete ilustrativa mostrando os edifícios do Centro de negócios de Pequim Fonte:  http://www.janelanaweb.com/viagens/pequ...
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico Os Hutongs Os hutongs foram formados a partir da justaposição de diversas casas g...
Plano Diretor para as Olimpíadas de Pequim Na década de 50, duas correntes de pensamento em urbanismo disputavam idéias no...
Foi prevista a criação de 2 cinturões: o “cinturão do desenvolvimento” que se estende aos subúrbios e tem a função  de abs...
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Destruição do Hutongs Em função das transformações pelas quais Pequim vem passa...
A Infra-Estrutura Construída Estádio de Xangai Estádio olímpico de Shenyang Arena de esgrima  Arena chão yang park -  P E ...
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Implantação do Ninho do Pássaro
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Torre da Rede Chinesa de televisão
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Torre da Rede Chinesa de televisão
P E Q U I M   – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Aeroporto – Norman Foster
A cidade vivenciou uma verdadeira “maquiagem olímpica” para esconder do mundo tudo aquilo que faz parte de seu cotidiano, ...
<ul><li>LONDRES </li></ul><ul><li>LONDON – </li></ul><ul><li>2012 </li></ul>
Os jogos de 2012 em Londres estão designados para o East um programa de renovação e regeneração urbana, especialmente na á...
O principal impacto relacionado aos jogos são as mudanças econômicas e estruturais de maior prazo que derivam do investime...
Parque Olímpico   Vista superior do parque   A chamada  Lower Lea Valley , uma zona moribunda e deprimida deverá ser regen...
L O N D R E S  – Planejamento Estratégico
Vila olímpica hoje  Vila Olímpica em 2012 <ul><li>A residência principal da família olímpica teve construção iniciada em j...
Centro Aquático L O N D R E S  – Planejamento Estratégico
Estádio Olímpico   L O N D R E S  – Planejamento Estratégico
Bibliografia www.eumed.net/libros/2009b/547/Dois%20corredores%20desenvolver%20dois%20cinturoes%20e%20construir%20multiplos...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pequim E Londres Olimpismo

2.741 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.741
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pequim E Londres Olimpismo

  1. 1. UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ - UNOCHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO <ul><ul><li>Acadêmicas: Ângela Pulga Franken </li></ul></ul><ul><ul><li>Angélis Gregory </li></ul></ul><ul><ul><li>Daniela Bruxel </li></ul></ul><ul><ul><li>Taisa Trizotto </li></ul></ul><ul><ul><li>Vaneza Krombauer </li></ul></ul><ul><ul><li>PEQUIM 2008 </li></ul></ul><ul><ul><li>LONDRES 2012 </li></ul></ul>
  2. 2. “ As competições olímpicas são megaeventos multiesportivos que resultam em clara oportunidade para o novo modelo de planejamento e gestão das cidades, calcado na lógica de mercado... No que tange especificamente o urbanismo, percebemos como o olimpismo foi adquirindo grande envergadura, poder e impacto, principalmente depois da 2ª Guerra Mundial. Mais tarde, em um novo contexto, com as políticas neoliberais no poder, o olimpismo se revestiu de um caráter altamente empresarial ” (JESUS, GILMAR MARCARENHAS DE, 2008, PAG.146) O IDEÁRIO URBANÍSTICO EM TORNO DO OLIMPISMO
  3. 3. <ul><li>PEQUIM </li></ul><ul><li>BEIJING – </li></ul><ul><li>2008 </li></ul>
  4. 4. História do urbanismo em Pequim Os indícios de urbanismo na China datam do século XIII, quando os mongóis conquistara aquele território. Desde então o traçado principal da cidade é retangular, com o palácio imperial no centro (vindo a se transformar mais tarde na cidade proibida). Desse centro irradiam os eixos norte-sul e leste-oeste. Isso faz com que até hoje seja fácil se orientar na cidade. Outro ponto importante é a existência de 5 anéis viários, cada um formado por duas avenidas norte-sul e duas avenidas leste-oeste interligadas, concêntricos em relação à Cidade Proibida . Portão da Grandeza Divina – Portão norte da cidade proibida Galeria da Suprema Harmonia Patrimônio Mundial da UNESCO Fonte:.wikipedia.org/wiki/Cidade_proibida P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  5. 5. Vista aérea da Cidade Proibida: Construída entre 1406 e 1420 ocupando uma área de aproximadamente 720.000m². Possui 980 edifícios que exemplificam a tradicional arquitetura palaciana chinesa. Serviu de cenário para o filme “O Último Imperador”. Fonte: Google Earth
  6. 6. Vista aérea da Cidade de Pequim: O traçado original perpendicular aos eixos norte-sul e leste-oeste foi se modificando com o passar do tempo, mas manteve de certa forma uma organização em torno da Cidade Proibida. Fonte: Google Earth
  7. 7. Os jogos olímpicos tornaram-se um mega-evento esportivo capaz de mobilizar amplos recursos materiais e simbólicos, propiciando à cidade a oportunidade de empreender profundas reformas urbanas e projetar-se no cenário mundial. No caso de Pequim, os jogos produziram obras monumentais e serviram para consolidar a imagem da China como super- potência, mas sem conseguir esconder os problemas ambientais, políticos, econômicos e culturais do país . P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  8. 8. Pequim antes das Olimpíadas <ul><li>História Recente da Cidade </li></ul><ul><li>- Em 1982 Pequim aparece na lista das 24 cidades de renome histórico e cultural; </li></ul><ul><li>O Plano Diretor Municipal de Pequim de 1982 reforçava a proteção da cidade antiga; </li></ul><ul><li>O governo demarca áreas de proteção para 202 sítios históricos; </li></ul><ul><li>Em 1985 foram promulgadas as primeiras regras sobre alturas de construção nas áreas urbanas para evitar danos à paisagem da antiga cidade-capital, restringindo o desenvolvimento impensado de arranha-céus; </li></ul><ul><li>Em 1987 o plano de zoneamento ajustou os limites das alturas de construção na cidade antiga e nas áreas centrais de Pequim, impôs limites sobre a taxa de ocupação do solo e providenciou a proteção de corredores paisagísticos e áreas tradicionais; </li></ul><ul><li>Em 1990 o governo municipal anunciou 25 zonas de proteção histórico-cultural. </li></ul>P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  9. 9. Em primeiro plano, vemos o CBD (Central Business District), com seus prédios modernos. À esquerda, o principal eixo leste-oeste da cidade. Mais à esquerda, uma linha de trem e um rio. Mais à esquerda ainda, já saindo da foto, ficam os prédios onde eu morei durante a primeira semana. A avenida que corta o CBD ao meio no sentido norte-sul é o trecho leste do 3.º anel. Fonte: http://www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html
  10. 10. Maquete ilustrativa mostrando os edifícios do Centro de negócios de Pequim Fonte: http://www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html As ruas são, em sua maioria, largas, arborizadas e com calçadas bem cuidadas. Nos hutongs as ruas são estreitas e sem estrutura para a passagem de veículos. Fonte: ttp://www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html Fonte: ttp://www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html
  11. 11. P E Q U I M – Planejamento Estratégico Os Hutongs Os hutongs foram formados a partir da justaposição de diversas casas grandes dotadas de pátios internos. Com o tempo, essas casas foram sendo divididas entre várias famílias, que passaram a compartilhar a porta de entrada e transformaram o pátio em área comum. Atualmente fica difícil identificar os limites entre uma casa e outra, assim como o layout original de cada casa . Apesar de não proporcionarem muito conforto para os moradores nos padrões de hoje, esses bairros tradicionais têm muito mais caráter do que os grandes bairros modernos e suas avenidas. Fonte: http://www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html
  12. 12. Plano Diretor para as Olimpíadas de Pequim Na década de 50, duas correntes de pensamento em urbanismo disputavam idéias no sentido de decidir qual o formato ideal para a capital do país. A escola influenciada pela União Soviética preferia tornar a praça Tiananmen o centro administrativo da cidade. Já outros, como o arquiteto Liang Sicheng, sugeriam a construção de um novo centro administrativo nos subúrbios ocidentais, mais precisamente entre o segundo e terceiro anéis viários com a intenção de proteger a parte velha da cidade de construções modernas. No ano de 1979, a idéia da construção de um novo centro administrativo novamente foi rejeitada. Somente em 1993, quando as pressões inerentes à concentração do tráfego no centro da cidade floresceram, essa discussão, sobre a viabilização de um segundo centro administrativo foi retomada. A proposta de 1993 previa o encaminhamento das indústrias para locais distantes tanto do centro da cidade, quanto da proximidade humana. O problema do trânsito, assim, não estaria resolvido. Para Chen Gang, diretor da Comissão Municipal de Planejamento de Pequim, “após mais de 10 anos de desenvolvimento, as áreas centrais de Pequim estão saturadas (...) a única alternativa que nos restou é o desenvolvimento das áreas periféricas da cidade”. P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  13. 13. Foi prevista a criação de 2 cinturões: o “cinturão do desenvolvimento” que se estende aos subúrbios e tem a função de absorver as industrias; e também o “cinturão ecológico” que tem como objetivo criar uma espécie de parque linear ligando o centro da cidade até as montanhas do oeste. Os objetivos de Pequim com essas mudanças era poder satisfazer as necessidades de uma metrópole e otimizar a rede viária para atender a cerca de 3 milhões de veículos. O grande projeto nesse sentido foi a criação dos anéis viários, já citados Eixo principal no sentido norte-sul P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  14. 14. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Destruição do Hutongs Em função das transformações pelas quais Pequim vem passando, principalmente por causa das olimpíadas os tradicionais Hutongs estão sendo descaracterizados e destruídos. Quando os movimentos preservacionistas começaram a denunciar a situação eram pouquíssimos os exemplares de Hutongs. Passando essa fase, esses movimentos encontraram novos desafios, um deles: a gentrificação, pois as casas antigas com pátios que sobraram se tornaram símbolos de status para os mais ricos. Com dinheiro sendo colocado para fazer a renovação desses espaços, a gentrificação esta mudando todo um modo de vida que ainda subexiste nesses locais. O desenho original dos Hutongs manteve-se intacto até a década de 1940, quando os comunistas tomaram o poder. Nos anos 60 a população cresceu demasiado e várias famílias passaram a ocupar a casa que antigamente era ocupada por apenas uma família. Por necessitarem de espaço, os pátios das casas foram ocupados com cômodos, fazendo com que o espaço deixasse de ser bem iluminado e ventilado, transformando-os em cortiços.
  15. 15. A Infra-Estrutura Construída Estádio de Xangai Estádio olímpico de Shenyang Arena de esgrima Arena chão yang park - P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  16. 16. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída
  17. 17. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída
  18. 18. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Implantação do Ninho do Pássaro
  19. 19. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Torre da Rede Chinesa de televisão
  20. 20. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Torre da Rede Chinesa de televisão
  21. 21. P E Q U I M – Planejamento Estratégico A Infra-Estrutura Construída Aeroporto – Norman Foster
  22. 22. A cidade vivenciou uma verdadeira “maquiagem olímpica” para esconder do mundo tudo aquilo que faz parte de seu cotidiano, mas que é considerado impróprio para a imagem da “nova China”. A maquiagem da cidade incluiu a retirada de mendigos, prostitutas e retirantes das ruas, alguns sendo mantidos em “prisões prorrogadas ou abrigos e outros sendo mandados diretamente para os campos de trabalho. Conclusão P E Q U I M – Planejamento Estratégico
  23. 23. <ul><li>LONDRES </li></ul><ul><li>LONDON – </li></ul><ul><li>2012 </li></ul>
  24. 24. Os jogos de 2012 em Londres estão designados para o East um programa de renovação e regeneração urbana, especialmente na área de Lea Valley, adjacente a Stratford no município de Newham London e envolvem. Newham, Hackney e Tower Hamlets, apresentam áreas socialmente desfavorecidas e diversos espaços abertos e abandonados, que já foram locais de tradicionais indústrias manufatureiras, docas e pátios ferroviários. A área é foco do programa de regeneração regional da Europa, o esquema do Thames Gateway, que consiste em uma área de 81.000 hectares, ele se prolonga 43 milhas na direção Leste, partindo de London’s Towers Bridge ao longo do Estuário do Tamisa, e contém uma população de 3.3 milhões de pessoas. A finalidade disso é que a geração de empregos permaneça próxima a Capital e se espalhe lentamente na direção Leste a partir da cidade, enquanto o desenvolvimento de moradias ao longo do Tamisa crie populações que sejam induzidas a se deslocar para o trabalho dentro da Capital. A distância entre os locais de residência e o mercado de trabalho simplesmente geram um aumento no tráfego diário em Londres, colocando pressão adicional na infra-estrutura de transportes, atualmente frágil, porém em processo de melhorias. L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  25. 25. O principal impacto relacionado aos jogos são as mudanças econômicas e estruturais de maior prazo que derivam do investimento ocorrido na infra-estrutura, transporte, telecomunicações, meio ambiente, instalações esportivas e habitação. Os jogos irão transformar uma das mais pobres e carentes áreas de Londres. Serão criados milhares e empregos e moradias, serão oferecidas novas oportunidades de negócios nas áreas diretamente envolvidas e em toda Londres. Além de importantes melhorias ambientais, espaços ao ar livre, parques. E também através da melhoria total dos estoques residenciais existentes, amenidades sociais, varejos e instalações públicas que esse desenvolvimento contempla, principalmente nos arredores da cidade de Stratford. Os desenvolvimentos de infra-estrutura já planejados para East London enfrentam agora apertados limites de tempo para a conclusão e incluem uma nova estrada e ampliação da malha de trilhos, construção de quarenta pontes e instalação subterrânea de linhas de transmissão. L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  26. 26. Parque Olímpico Vista superior do parque A chamada Lower Lea Valley , uma zona moribunda e deprimida deverá ser regenerada com a construção do Parque Olímpico.Os planos estão sendo desenhados levando em conta aspectos de eficiência energética e ambiental. Prevê-se que as zonas habitacionais para os 17 mil atletas dêem lugar a habitações para 4 mil famílias depois dos jogos. No espaço público, o objetivo dos técnicos é estimular o uso do transporte público, através de uma rede viária hierarquizada, e com um sistema de transportes públicos e circuitos pedonais que liguem os principais pólos do parque olímpico, alem disso será feito um complexo esportivo ao ar livre, bares, cafés e mercados. L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  27. 27. L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  28. 28. Vila olímpica hoje Vila Olímpica em 2012 <ul><li>A residência principal da família olímpica teve construção iniciada em junho do ano passado, na área norte do parque, e poderá abrigar mais de 15 mil pessoas. Haverá 11 quadras (cada uma contando de cinco a sete edifícios) para abrigar as delegações. Após os Jogos Olímpicos, será transformada num grande condomínio residencial e comercial. </li></ul>L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  29. 29. Centro Aquático L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  30. 30. Estádio Olímpico L O N D R E S – Planejamento Estratégico
  31. 31. Bibliografia www.eumed.net/libros/2009b/547/Dois%20corredores%20desenvolver%20dois%20cinturoes%20e%20construir%20multiplos%20centros.htm www.fmauriciograbois.org.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=276:pequim-o-socialismo-e-a-urbanizacao-modelo-sovieticoq-mais-capital-financeiro-&catid=35:opiniao www.revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG83668-5856-521,00-OLIMPIADA+NAO+VAI+MUDAR+A+CARA+DE+PEQUIM+DIZ+ARQUITETO+DE+LONDRES.html esportes.terra.com.br/pequim2008/interna/0,,OI2044616-EI10378,00.html www.janelanaweb.com/viagens/pequim2.html www.bjghw.gov.cn/english/index.asp www.eumed.net/libros/2009b/547/TRANSPORTES%20FERROVIARIO%20Y%20METROVIARIO%20EN%20PEQUIM.htm www.esporte.uol.com.br/outros/ultimas/2004/05/06/ult28u29861.jhtm www.efdeportes.com/efd124/pequim-2008-territorio-cidadania-e-legados.htm www.oglobo.globo.com/blogs/gilberto/post.asp?cod_post=100837 www.portalexame.com.br/revista/exame/edicoes/0913/economia/m0153607.html www2.chinadaily.com.cn/english/doc/2005-07/30/content_464723.htm www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp431.asp www.marketing.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=394:marketing-esportivo-faz-a-festa-em-pequim&catid=41:esportivo&Itemid=100 www.oglobo.globo.com/blogs/gilberto/post.asp?cod_post=100837 www.chinapictures.org/type/travel/beijing/2/ www.oglobo.globo.com/blogs/gilberto/post.asp?t=a-reforma-de-pequim-historica-as-remocoes&cod_Post=82002&a www.piniweb.com.br/

×