O slideshow foi denunciado.

Sismos 1

17.546 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Sismos 1

  1. 1. Ciências Naturais 7º ano Consequências da Dinâmica Interna da TerraAtividade Sísmica: riscos e proteção das populações.
  2. 2. ATIVIDADE SÍSMICA Parte I
  3. 3. Objetivos da aula: Relacionar a ocorrência de sismos e vulcões com a dinâmica interna da terra; Explicar a origem dos sismos e das ondas sísmicas; Saber que existem aparelhos que detetam e registam as ondas sísmicas; Conhecer as escalas de Mercalli e de Richter; Interpretar cartas de isossistas; Identificar em Portugal zonas de diferente risco sísmico;
  4. 4. Terra em Transformação Consequências da Dinâmica Interna da TerraAtividade vulcânica Atividade sísmica
  5. 5. A Terra é um planeta Dinâmico! Ela agita-se e treme Sismosfrequentemente...“Poucas são as estruturas, construídas pelo Homem,capazes de resistir às grandes catástrofes naturaiscomo os sismos”- Planeta Terra- Ciências Naturais, Santillana Constância2006
  6. 6. o Movimentos bruscos da crusta terrestre que afetamdeterminadas regiões do globo.o Resultam da libertação de energia em zonas instáveis dointerior da Terra.
  7. 7. Podem resultar de... o Movimentos tectónicos (causa principal)Sismos Naturais o Fraturas ou falhas (no interior das placas litosféricas) o Atividade vulcânica o Abatimento de terrenos (grutas) Sismos artificiais : Microssismos( passagem de um camião na estrada, explosões provocadas pelo homem- minas, pedreiras, bombas)
  8. 8. Origem dos sismos - Movimentos tectónicos
  9. 9. A energia liberta-se sob a forma de vibrações – ondas sísmicas.Estas propagam-se a partir do ponto onde o sismo teve origem – Hipocentro.Local onde o sismo é sentido com maior intensidade – Epicentro. É o ponto dasuperfície terrestre, situado na vertical do hipocentro.
  10. 10. Conceitos básicos
  11. 11. E se o sismo se der debaixo de água?Quando o epicentro de um sismo se localizano mar, pode ocorrer a formação de ondasgigantes- Tsunami ou Maremoto.
  12. 12. Tsunami
  13. 13. Como se detetam e medem os sismos?Aparelhos que detetam eregistam os sismos:Sismógrafos
  14. 14. O registo é feito sob a forma degráfico: Sismograma
  15. 15. Através dos sismogramas é possível determinar:o a hora em que ocorreu o sismo;o a sua duração;o a localização do hipocentro e epicentro;o a magnitude do sismo.
  16. 16. Os sismos podem ser antecedidos por abalos premonitórios e precedidos por réplicas.Abalos Premonitórios: Pequenos abalos que antecedem ao sismo. Estes abalospodem servir de aviso para as populações de que pode vir a ocorrer um grandesismo ou de que um vulcão existente na área está prestes a entrar em erupção.Réplicas: Abalos menos intensos que surgem na sequência de um grandetremor de terra. Corresponde ao reajuste dos materiais no interior da terra.
  17. 17. Como avaliar um efeito de um sismo?• Um sismo pode ser avaliado de acordo com a: – Intensidade: efeitos que o sismo tem na população, construções e ambiente. – Magnitude: quantidade de energia libertada no hipocentro.
  18. 18. Intensidade Escala de Mercalli ModificadaMagnitude Escala de Richter
  19. 19. Escala de Mercalli modificada
  20. 20. Os danos causados por um sismo, não dependem somente da sua violência, mas também de outros factores, como: o Distância ao epicentro; o A região afectada ser ou não habitada; o Tipo de construção; o Grau de preparação da população para agir de modo adequado numa situação de catástrofe.
  21. 21. IsossistasLinhas imaginárias que delimitam zonas de igual intensidade sísmica.
  22. 22. Carta de isossistas1º Localiza-se o epicentro;2º Traça-se sobre um mapa em torno doepicentro linhas curvas que unam pontos emque o sismo atingiu a mesma intensidade A intensidade de um sismo diminui, de um modo geral, com o aumento da distância ao epicentro.
  23. 23. Sismicidade em PortugalPortugal é uma zona de riscosísmico moderado, sendo olitoral a sul da Figueira da Foze o Algarve as zonas de maiorrisco.Açores – Grande actividade sísmica, devido à sua localização nafronteira de placas litósfericas.

×