Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01

523 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
523
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
126
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01

  1. 1. Sistema ReprodutorSistema Reprodutor HumanoHumano ee GravidezGravidez
  2. 2. Sistema Reprodutor MasculinoSistema Reprodutor Masculino
  3. 3. Testículo Epidídimo Canal Deferente Vesícula Seminal Próstata Canal da Uretra Pênis Bexiga
  4. 4. Funções dos órgãos masculinosFunções dos órgãos masculinos • Testículos: produção dos espermatozoides e testosterona. • Epidídimos: amadurecimento dos gametas (espermatozoides são gametas). • Canais deferentes: transporte dos gametas até a vesícula seminal.
  5. 5. • Vesículas seminais: produzem líquido seminal e armazenam os gametas até a ejaculação. • Próstata: produz líquido prostático (limpa o canal da uretra). • Pênis: órgão de cópula feito de tecido erétil (corpos carvenosos e esponjosos)muito vascularizado.
  6. 6. • Hormônios Masculinos: - FSH (Hormônio Folículo Estimulante): Produzido na hipófise (cabeça) chega aos testículos via sangue e inicia a produção de espermatozoides. - LH (Hormônio Luteinizante): também produzido na hipófise, chega aos testículos e inicia a produção de testosterona. - Testosterona: dá as características
  7. 7. • Espermatozoide: o homem produz cerca de 1000 espermatozóides por segundo e libera de 100 a 500 milhões deles em apenas uma ejaculação.Vivem em média de 24 horas a 3 dias no corpo feminino. Há estudos que dizem que alguns espermatozoides podem viver até 5 dias.
  8. 8. Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
  9. 9. Anatomia Feminina InternaAnatomia Feminina Interna
  10. 10. Ciclo MenstrualCiclo Menstrual • Primeiro dia da menstruação é o primeiro dia do ciclo. • O número de dias de ciclo é diferente em cada mulher (média de 28 dias). • Cada menina nasce com todos os óvulos (ovócito II) formados durante a gestação para a vida toda.
  11. 11. • FSH e LH chegam aos ovários pelo sangue. FSH estimula o crescimento dos folículos e as células foliculares se multiplicam e produzem ESTRÓGENO. • LH faz a maturação do Folículo. Ocorre a OVULAÇÃO e forma o corpo lúteo (“cicatriz”).
  12. 12. •O estrógeno aumenta a espessura do endométrio no útero e ativa a secreção de FSH e LH na hipófise.O endométrio é um tecido importante, pois é nele que o embrião se implanta. •O corpo lúteo produz Progesterona. A progesterona mantém o endométrio no útero. •Estrógeno e progesterona juntos inibem a secreção de FSH e LH na hipófise.
  13. 13. • Porém, sem LH, o corpo lúteo se desentegra e deixa de produzir progesterona e consequentemente o estrógeno também diminui. • Sem nenhum dos quatro hormônios, não havendo fecundação, a mulher menstrua (descamação do endométrio).
  14. 14. Gravidez
  15. 15. Reflita depois: O que você acha da gravidez na adolescênciagravidez na adolescência? Você está preparada (o)?
  16. 16. Métodos Contraceptivos • Pílula Anticoncepcional: Possui estrógeno e progesterona sintéticos. Deve ser usado diariamente e constantemente, no mesmo horário, para manter os níveis de estrógeno e progesterona são constantes. Se não usar corretamente, pode ovular. Ós hormônios da pílula inibem a produção de FSH e LH, por isso a mulher não ovula. Não tome pílula sem consultar um ginecologista antes!
  17. 17. • Anticoncepcional Injetável: mensal ou trimestral. • Anel vaginal: mensal. • Implante anticoncepcional: 6 meses, 1 ano ou 3 anos.
  18. 18. • Pílula do Dia Seguinte: impede a implantação do embrião no endométrio. Não deve ser tomado como uma pílula anticoncepcional. Só em casos de emergência. Uso constante pode não ter o efeito desejado! Há outros métodos para evitar filhos!
  19. 19. • Preservativo masculino (“camisinha”): método eficaz que barra a entrada do espermatozoide no corpo feminino, além de prevenir DSTs. • Preservativo Feminino (“camisinha feminina”): também método eficaz que barra a entrada do espermatozoide no corpo feminino, além de prevenir DSTs.
  20. 20. • Dispositivo Intra-uterino (DIU): feito com cobre, tem efeito espermicida. • Diafragma: feito de borracha, impede a entrada do espermatozoide no útero. Pode ser usado com espermicida.
  21. 21. • Método da Tabelinha: sem relação nos dias férteis. Não é confiável. • Coito interrompido: retirada do pênis antes da ejaculação. Também não é confiável, pois o líquido prostático pode conter espermatozoides.
  22. 22. • Laqueadura: cirurgia que amarra as tubas uterinas. • Vasectomia: cirurgia que corta o canal deferente.

×