SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Água – Fonte de felicidade
O mar foi algo que sempre apreciei, uma forma de vida invulgar; a
água cristalina, aquela simplicidade. Quando lá vou, consigo entrar dentro
do meu próprio ser, lavar-me por dentro, limpar as más influências. Se
calhar, é por isso que eu vou lá com tanta frequência. Há pessoas negras
por dentro, que respiram o ar que o demónio respira. Para mim, nadar entre
a inocência do fundo do mar é como purificar o meu interior, retirando,
assim, os desprezíveis comentários dessas pessoas. Por vezes, sinto a falta
de um “alguém” que me possa compreender.
Um dia, estava eu numa praia com falésias íngremes e areia fina e
sinuosa quando encontrei um homem, já de certa idade, sentado à beira-
mar, que, de alguma forma, me fez aproximar dele. Tomou a iniciativa e
interpelou-me:
– Não te sentes incompleto? Não sentes um vazio? Ouve, dentro de ti
existe um elemento que, provavelmente, já conheces, mas não sabes o seu
verdadeiro significado – a água.
Perplexo, ouvia o homem, atenta e cautelosamente.
– Para além de ser um bem essencial à vida no Planeta Terra, é ainda
um elemento espiritual. É fonte de vida e regeneração. É pura e
mensageira. Tenta procurar o teu lado sentimental e compreensivo, pois é o
que a representa. Sempre que entras na água do mar, estás a entregar-te ao
teu próprio destino. As ondas representam os movimentos das tuas
emoções. Porque é que será que elas estão sempre agitadas? Há algum
ódio, rancor, angústia no teu “ser”?
Fechei os olhos e, quando os abri, senti que estava preparado para o
encontro com a realidade que é a vida. Ergui-me, espreguiçando, e sorri.
Este foi o modo como consegui expressar o meu agradecimento àquele
grande e nobre homem. Entrei para o princípio do mar, mas não encontrei o
fim, apenas descobri a felicidade. Até ouso dizer que, a partir daquele dia,
me comecei a sentir como um ser descendente das águas do mar…
É tão doce e ternurento como uma balada de mãe e, para torná-la breve,
leve e suave, é absolutamente necessário pousar um momento em nós, em
mim… Não só o olhar, mas também o pensamento e, ao prolongar esse
momento, conseguir deixar-me entregue ao meu rumo já predestinado,
lembrando-me das águas vivas, senhoras do meu reino azul. Águas que
transbordam alegria e vida, pelo que é preciso deixar de parte a turbulência
e as tempestades. Nenhuma mente as aprecia e nenhuma água as quer...
Vejo uma luz direita ao céu, o meu céu interior que me dá a
oportunidade de abandonar o passado e navegar em águas tranquilas,
verdadeiras, de paz, de um azul tão genuíno que me permite compreender o
que são realmente. Por vezes, penso que gostava de conhecer melhor as
pessoas que me rodeiam, gostava que todos fossem límpidos como a água
do mar, mas não podem, porque são humanos e os humanos cometem
erros.
Como era, é e continuará a ser a água pura que Deus criou para o
Homem... O H2O formado por dois átomos de hidrogénio e um de
oxigénio, representando apenas um: a vida, com dois lugares no amor e um
na dedicação. Esta é uma ideia que me leva a crer que Deus, para criar a
água, teve ajuda de uma energia e de um brilho que demonstram que,
embora os planetas estejam separados, cada um no seu canto,
simultaneamente estão aliados por uma força. Essa força é a gravidade,
também conhecida como união. E é com união, com vivacidade, com
paixão que eu atribuo todos os dias da minha curta vida ao mar, o meu
companheiro autêntico que me ajuda a tomar uma decisão, a sonhar, a
viver… De uma coisa tenho a certeza: acima de tudo, o mar é fonte de
mistérios, algo que nunca eu nem ninguém teremos acesso, um elemento
que jamais dominaremos.
Ana Rita Coelho
Mariana Passarinho
Pedro Botas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Sinfonia Da Vida
Sinfonia Da VidaSinfonia Da Vida
Sinfonia Da Vida
 
Quarto de lua
Quarto de luaQuarto de lua
Quarto de lua
 
Crystal SoéLis Sanches Uma Flor Para Você
Crystal SoéLis Sanches Uma Flor Para VocêCrystal SoéLis Sanches Uma Flor Para Você
Crystal SoéLis Sanches Uma Flor Para Você
 
Pacto com a felicidade
Pacto com a felicidadePacto com a felicidade
Pacto com a felicidade
 
Amar Se Aprende Amando
Amar Se Aprende AmandoAmar Se Aprende Amando
Amar Se Aprende Amando
 
Calendário Mensal: Outubro 2010
Calendário Mensal: Outubro 2010Calendário Mensal: Outubro 2010
Calendário Mensal: Outubro 2010
 
A arte de ser feliz
A arte de ser felizA arte de ser feliz
A arte de ser feliz
 
\"Mar\"
\"Mar\"\"Mar\"
\"Mar\"
 
Um pedacinho
Um pedacinhoUm pedacinho
Um pedacinho
 
Guião santiago de compostela
Guião santiago de compostelaGuião santiago de compostela
Guião santiago de compostela
 
Uma prece
Uma preceUma prece
Uma prece
 
Luis de camoes (1)1º b luis, hudson, stefano
Luis de camoes (1)1º b luis, hudson, stefanoLuis de camoes (1)1º b luis, hudson, stefano
Luis de camoes (1)1º b luis, hudson, stefano
 
Acalme Meus Passos
Acalme Meus PassosAcalme Meus Passos
Acalme Meus Passos
 
Existem os caminhos
Existem os caminhosExistem os caminhos
Existem os caminhos
 
Área de Amor
Área de AmorÁrea de Amor
Área de Amor
 
Aria De Amor Hh
Aria De Amor HhAria De Amor Hh
Aria De Amor Hh
 
Tuas flores
Tuas floresTuas flores
Tuas flores
 
Pactocoma felicidade (1)
Pactocoma felicidade (1)Pactocoma felicidade (1)
Pactocoma felicidade (1)
 
Iatamyra Rocha
Iatamyra RochaIatamyra Rocha
Iatamyra Rocha
 
O jardim
O jardimO jardim
O jardim
 

Semelhante a Água - Fonte de Felicidade

Poemas votacao
Poemas votacaoPoemas votacao
Poemas votacaobearnoso
 
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simses
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simsesO irresistivel cafe de cupcakes- mary simses
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simsesJuFlores98
 
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosaO Ciclista
 
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoaFarrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoaarchibald29
 
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagensPOESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagensTerreza Lima
 
Revista Outras Farpas Quarta Edição
Revista Outras Farpas Quarta EdiçãoRevista Outras Farpas Quarta Edição
Revista Outras Farpas Quarta EdiçãoActon Lobo
 
Apresentação poemas sobre o mar
Apresentação poemas sobre o marApresentação poemas sobre o mar
Apresentação poemas sobre o marLucilia Fonseca
 
Ilhados sentimentos
Ilhados sentimentosIlhados sentimentos
Ilhados sentimentosnildavieira
 

Semelhante a Água - Fonte de Felicidade (20)

Mergulhar
Mergulhar Mergulhar
Mergulhar
 
Poemas votacao
Poemas votacaoPoemas votacao
Poemas votacao
 
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simses
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simsesO irresistivel cafe de cupcakes- mary simses
O irresistivel cafe de cupcakes- mary simses
 
Alegria Gratidao
Alegria GratidaoAlegria Gratidao
Alegria Gratidao
 
Eugénio de andrade
Eugénio de andradeEugénio de andrade
Eugénio de andrade
 
Ler o mar
Ler o marLer o mar
Ler o mar
 
Um mar de poemas !
Um mar de poemas !Um mar de poemas !
Um mar de poemas !
 
Boneca De Sal
Boneca De SalBoneca De Sal
Boneca De Sal
 
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa
2014 09-07 - ler e aprender gn sec - mar - sofia pedrosa
 
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoaFarrapos de poesia e som com f.pessoa
Farrapos de poesia e som com f.pessoa
 
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagensPOESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
 
Falando ao oceano
Falando ao oceanoFalando ao oceano
Falando ao oceano
 
POESIAS COM SABOR DE ABRAÇO.pdf
POESIAS COM SABOR DE ABRAÇO.pdfPOESIAS COM SABOR DE ABRAÇO.pdf
POESIAS COM SABOR DE ABRAÇO.pdf
 
Seguir a Jesus
Seguir a JesusSeguir a Jesus
Seguir a Jesus
 
Revista Outras Farpas Quarta Edição
Revista Outras Farpas Quarta EdiçãoRevista Outras Farpas Quarta Edição
Revista Outras Farpas Quarta Edição
 
Riacho e o pantano
Riacho e o pantanoRiacho e o pantano
Riacho e o pantano
 
O mar na poesia
O mar na poesiaO mar na poesia
O mar na poesia
 
Apresentação poemas sobre o mar
Apresentação poemas sobre o marApresentação poemas sobre o mar
Apresentação poemas sobre o mar
 
Ilhados sentimentos
Ilhados sentimentosIlhados sentimentos
Ilhados sentimentos
 
Concurso - 3.º ciclo
Concurso - 3.º cicloConcurso - 3.º ciclo
Concurso - 3.º ciclo
 

Mais de PAFB

O planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoO planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoPAFB
 
Marquês de pombal power-point
Marquês de pombal  power-pointMarquês de pombal  power-point
Marquês de pombal power-pointPAFB
 
Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13PAFB
 
Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12PAFB
 
Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6PAFB
 
Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1PAFB
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravosPAFB
 
Valores humanos justiça
Valores humanos   justiçaValores humanos   justiça
Valores humanos justiçaPAFB
 
Valores humanos ética
Valores humanos   éticaValores humanos   ética
Valores humanos éticaPAFB
 
Valores humanos disciplina
Valores humanos   disciplinaValores humanos   disciplina
Valores humanos disciplinaPAFB
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanosPAFB
 
Valores humanos paz
Valores humanos   pazValores humanos   paz
Valores humanos pazPAFB
 
O peixe azul
O peixe azulO peixe azul
O peixe azulPAFB
 
Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9PAFB
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8PAFB
 
Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7PAFB
 
Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5PAFB
 
Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3PAFB
 
Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4PAFB
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2PAFB
 

Mais de PAFB (20)

O planeta cilíndrico
O planeta cilíndricoO planeta cilíndrico
O planeta cilíndrico
 
Marquês de pombal power-point
Marquês de pombal  power-pointMarquês de pombal  power-point
Marquês de pombal power-point
 
Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13Ficha de leitura 13
Ficha de leitura 13
 
Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12Ficha de leitura 12
Ficha de leitura 12
 
Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6Ficha de leitura 6
Ficha de leitura 6
 
Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1Ficha de leitura 1
Ficha de leitura 1
 
Revolução dos cravos
Revolução dos cravosRevolução dos cravos
Revolução dos cravos
 
Valores humanos justiça
Valores humanos   justiçaValores humanos   justiça
Valores humanos justiça
 
Valores humanos ética
Valores humanos   éticaValores humanos   ética
Valores humanos ética
 
Valores humanos disciplina
Valores humanos   disciplinaValores humanos   disciplina
Valores humanos disciplina
 
Valores humanos
Valores humanosValores humanos
Valores humanos
 
Valores humanos paz
Valores humanos   pazValores humanos   paz
Valores humanos paz
 
O peixe azul
O peixe azulO peixe azul
O peixe azul
 
Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9Ficha de leitura 9
Ficha de leitura 9
 
Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8Ficha de leitura 8
Ficha de leitura 8
 
Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7Ficha de leitura 7
Ficha de leitura 7
 
Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5Ficha de leitura 5
Ficha de leitura 5
 
Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3Ficha de leitura 3
Ficha de leitura 3
 
Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4Ficha de leitura 4
Ficha de leitura 4
 
Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2Ficha de leitura 2
Ficha de leitura 2
 

Água - Fonte de Felicidade

  • 1. Água – Fonte de felicidade O mar foi algo que sempre apreciei, uma forma de vida invulgar; a água cristalina, aquela simplicidade. Quando lá vou, consigo entrar dentro do meu próprio ser, lavar-me por dentro, limpar as más influências. Se calhar, é por isso que eu vou lá com tanta frequência. Há pessoas negras por dentro, que respiram o ar que o demónio respira. Para mim, nadar entre a inocência do fundo do mar é como purificar o meu interior, retirando, assim, os desprezíveis comentários dessas pessoas. Por vezes, sinto a falta de um “alguém” que me possa compreender. Um dia, estava eu numa praia com falésias íngremes e areia fina e sinuosa quando encontrei um homem, já de certa idade, sentado à beira- mar, que, de alguma forma, me fez aproximar dele. Tomou a iniciativa e interpelou-me: – Não te sentes incompleto? Não sentes um vazio? Ouve, dentro de ti existe um elemento que, provavelmente, já conheces, mas não sabes o seu verdadeiro significado – a água. Perplexo, ouvia o homem, atenta e cautelosamente. – Para além de ser um bem essencial à vida no Planeta Terra, é ainda um elemento espiritual. É fonte de vida e regeneração. É pura e mensageira. Tenta procurar o teu lado sentimental e compreensivo, pois é o que a representa. Sempre que entras na água do mar, estás a entregar-te ao teu próprio destino. As ondas representam os movimentos das tuas emoções. Porque é que será que elas estão sempre agitadas? Há algum ódio, rancor, angústia no teu “ser”? Fechei os olhos e, quando os abri, senti que estava preparado para o encontro com a realidade que é a vida. Ergui-me, espreguiçando, e sorri. Este foi o modo como consegui expressar o meu agradecimento àquele grande e nobre homem. Entrei para o princípio do mar, mas não encontrei o fim, apenas descobri a felicidade. Até ouso dizer que, a partir daquele dia, me comecei a sentir como um ser descendente das águas do mar… É tão doce e ternurento como uma balada de mãe e, para torná-la breve, leve e suave, é absolutamente necessário pousar um momento em nós, em mim… Não só o olhar, mas também o pensamento e, ao prolongar esse momento, conseguir deixar-me entregue ao meu rumo já predestinado, lembrando-me das águas vivas, senhoras do meu reino azul. Águas que transbordam alegria e vida, pelo que é preciso deixar de parte a turbulência e as tempestades. Nenhuma mente as aprecia e nenhuma água as quer... Vejo uma luz direita ao céu, o meu céu interior que me dá a oportunidade de abandonar o passado e navegar em águas tranquilas, verdadeiras, de paz, de um azul tão genuíno que me permite compreender o que são realmente. Por vezes, penso que gostava de conhecer melhor as
  • 2. pessoas que me rodeiam, gostava que todos fossem límpidos como a água do mar, mas não podem, porque são humanos e os humanos cometem erros. Como era, é e continuará a ser a água pura que Deus criou para o Homem... O H2O formado por dois átomos de hidrogénio e um de oxigénio, representando apenas um: a vida, com dois lugares no amor e um na dedicação. Esta é uma ideia que me leva a crer que Deus, para criar a água, teve ajuda de uma energia e de um brilho que demonstram que, embora os planetas estejam separados, cada um no seu canto, simultaneamente estão aliados por uma força. Essa força é a gravidade, também conhecida como união. E é com união, com vivacidade, com paixão que eu atribuo todos os dias da minha curta vida ao mar, o meu companheiro autêntico que me ajuda a tomar uma decisão, a sonhar, a viver… De uma coisa tenho a certeza: acima de tudo, o mar é fonte de mistérios, algo que nunca eu nem ninguém teremos acesso, um elemento que jamais dominaremos. Ana Rita Coelho Mariana Passarinho Pedro Botas