Articullações

907 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
907
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Articullações

  1. 1. Articulações em instrumentos de cordas Acadêmicos Lucia Jacinta Patrick Costa Paulo Ulrich Teoria e Percepção Musical III
  2. 2. Significado da palavra “Articular”Significado da palavra “Articular” Segundo diversos dicionários, a palavra articular significa unir pelas juntas, juntar pelas articulações. Produzir os sons da fala: articular uma palavra. Na música não é diferente, pois podemos articular os sons da nossa voz (para fins de canto) ou de nosso instrumento.
  3. 3. ArticulaçãoArticulação Articulações são as diferentes maneiras de se emitirem as notas. Nas partituras, encontram-se diversos sinais de articulação, no qual indicam como deverá ser executada a música segundo a concepção do compositor. A interpretação correta dos sinais acrescenta expressividade às notas e às passagens musicais.
  4. 4. Instrumentos Legatos ou StaccatosInstrumentos Legatos ou Staccatos Basicamente as principais articulação são feitas de forma Legata (ligada) ou Staccatas (destacada). Os instrumentos por sua própria construção já possuem uma característica legata ou staccata. Os de sopros por exemplo, podem ser considerados legatos, pois a duração do som pode ser controlada pelo instrumentista, através de seu sopro. Por outro lado, um violão pode ser considerado um instrumento staccato, pois após tocarmos suas cordas, seu som vai diminuindo, num curto tempo de duração.
  5. 5. Instrumentos Legatos ou StaccatosInstrumentos Legatos ou Staccatos Apesar de cada instrumento possuir uma característica, isso não o impede de fazer articulações contrárias.
  6. 6. Articulações em Instrumentos de cordaArticulações em Instrumentos de corda Os instrumentos de cordas tocados através de arcos podem produzir articulações no qual os instrumentos tocados com os dedos, ou palhetas poderiam ter mais dificuldades de produzir. Apesar de ambos serem instrumentos de cordas, o som dos instrumentos que são tocados com arcos (violino, contra-baixo, violoncelo, etc.) podem ser controlados através do tempo em que o instrumentista passa o arco sobre a corda.
  7. 7. Exemplos de ArticulaçõesExemplos de Articulações Em uma partitura, os principais sinais de articulação são: Legato – é uma ligadura aplicada acima ou abaixo de um grupo de notas. As notas devem ser bem ligadas e sem interrupções, conservando seu valor integral.
  8. 8. Exemplos de ArticulaçõesExemplos de Articulações Staccato – As notas são executadas com destaque, perdendo a metade de seus valores. É indicado pelo ponto de diminuição sob ou sobre a nota. Staccato dolce (ou brando ou meio staccato) – É escrito com ponto e traço ou com pontos e ligadura.
  9. 9. Exemplos de ArticulaçõesExemplos de Articulações Staccato seco (ou grande staccato ou martelato) – É escrito com um pequeno triângulo sob ou sobre a cabeça da nota. Na execução ela é divida em quatro partes, sendo as três ultimas do silêncio. Tenudo (ou sostenudo) – Significa sustentado, ou seja devemos sustentar a intensidade e o valor da nota ao máximo.
  10. 10. Exemplos de ArticulaçõesExemplos de Articulações Accénto – A nota deverá ser bem acentuada. É considerada um sinal de dinâmica e articulação. Arppegiato – Ondulação vertical que precede um acorde. Significa que devemos executar de forma arpejada, ou seja, uma nota sucessiva da outra
  11. 11. Exemplos de ArticulaçõesExemplos de Articulações Pedal – É escrito com a abreviação “ped” na partitura. Significa que temos que deixar ela soando (com uma duração maior) enquanto executamos as outra notas. Fermata – A fermata é o sinal que aumenta o valor da figura. Diferente da ligadura e do ponto de aumento, o tempo acrescido por ela não é computado no compasso. Em outras palavras, ela funciona como uma breve suspensão na contagem da música.
  12. 12. Exemplos de OrnamentoExemplos de Ornamento Mordente – Ondulação horizontal. Significa que temos que fazer ligações rápidas com a nota seguinte da escala. Como se apenas beliscasse a nota seguinte Trinado – É um ornamento musical que consiste na alteração rápida entre duas notas adjacentes, geralmente distantes um semi- tom ou um tom entre si.
  13. 13. Exemplos de OrnamentoExemplos de Ornamento Slide – É escrito com uma linha ligando as duas notas, a de inicio do slide e a do fim. Significa que temos que arrastar o dedo de uma nota para outra Bend – permite alterar a freqüência da nota, levantando a corda para baixo ou para cima e possibilitando a execução de outras
  14. 14. Articulações e ornamentos na guitarraArticulações e ornamentos na guitarra Na guitarra além da partitura se usa muito a tablatura, e como a partitura, ela apresenta algumas articulações e ornamentos que são geralmente representado pela letra inicial. As mais usadas são: H – harmônico artificial h - Hammer on: martelar a nota seguinte; p - Pull off: Puxar a nota; b – bend: levantar a corda para atingir outra nota; br – Bend release: levantar a corda para atingir outra nota e voltar para a inicial; pb – Pré bend: começar na nota alcançada e voltar para a nota de origem;
  15. 15. Articulações e ornamentos na guitarraArticulações e ornamentos na guitarra ~ - Vibrato: vibrar a nota; T – Tapping: dar um tapa com o dedo na nota; / - Slide ascendente: slide para cima - Slide Descendente: slide para baixo
  16. 16. ExemplosExemplos
  17. 17. ExemplosExemplos
  18. 18. ExemplosExemplos
  19. 19. Articulações e ornamentos na guitarraArticulações e ornamentos na guitarra Harmônico Artificial – É uma técnica utilizada em Guitarras Elétricas, que é feita com o auxílio de uma palheta. Consiste em segurar uma nota qualquer no braço da guitarra e tocá-la junto com a parte lateral do polegar abafando de forma suave o som da nota. A nota deve ser tocada com a palheta e logo depois, o dedo deve raspar na corda lateralmente para que haja o que chamamos de "grito". Harmônico Natural – É uma técnica utilizada na guitarra elétrica e no violão. Essa técnica consiste em tocar uma corda solta e logo depois encostar o dedo levemente em um determinado traste da guitarra.
  20. 20. Articulações e ornamentos no BaixoArticulações e ornamentos no Baixo - Slide Ascendente e Descendente que é deslizar o dedo de uma nota a outra; - Bend permite alterar a freqüência da nota, levantando a corda para baixo ou para cima e possibilitando a execução de outras; - Harmônicos naturais e artificiais: notas que executamos no baixo apenas encostando levemente o dedo sobre a corda (bem em cima do traste) Observação: Vou tocar uma música com harmônicos
  21. 21. Técnicas no BaixoTécnicas no Baixo - Pizzicato: Tocar com os dedos - Slap: As cordas são puxadas

×