Apresentação sertanejo

9.101 visualizações

Publicada em

Apresentação sertanejo

  1. 1. Manifestações Musicais Populares Professor Julio Pereira O SERTANEJO – CONTEXTO HISTÓRICO DE UM ESTILO MÚSICAL BASTANTE ESCUTADO NA ATUALIDADE Acadêmicos: Charles Gregory (Graduação em Música/Licenciatura) Everson Silveira (Graduação em Música/Licenciatura) Patrick Silva (Graduação em Música/Licenciatura) Tiago Kreutz (Graduação em Música/Licenciatura)
  2. 2. Contextualizando o Sertanejo O que é o sertanejo? A palavra sertanejo é derivada da palavra sertão. Usando- a como adjetivo, estaremos caracterizando o sujeito como aquela pessoa vive no sertão. Sinônimos da palavra sertanejo: caboclo, caipira, casacudo, jagunço, matuto, rude, silvestre e tabaréu. Entretanto, a música sertaneja tem sua origem a partir da região sul do sertão, ou seja, a região caipira.
  3. 3. Contextualizando o Sertanejo A história deste estilo musical pode ser dividida em quatro fases: •O sertanejo caipira (ou sertanejo raiz) a partir de 1929; •O sertanejo em transição, com uma temática já mais amorosa e conservadora a partir de 1945; •O sertanejo romântico a partir de 1961; •O sertanejo universitário a partir de 1994.
  4. 4. A origem do Sertanejo O grande pioneiro desse movimento foi o jornalista e escritor Cornélio Pires. Ele costumava trazer para os grandes centros os costumes dos caipiras, desde encenações teatrais à cantores de estilos como o Catira, por exemplo. O primeiro registro de um grupo de música Sertaneja foi datado em 1924 (A Turma Caipira de Cornélio Pires), formada por violeiros como Ferrinho, Sebastiãozinho, Caçula, Arlindo Santana, Mariano, Cornélio Pires e Zico Dias. No final da década de 20 começou a surgir as primeiras duplas, como: Mariano e Caçula, Zico e Ferrinho, Sorocabinha e Mandy. A maioria deles eram violeiros das turmas do Cornélio.
  5. 5. A turma caipira de Cornélio Pires.Foto histórica de 1929, vendo-se da esquerda para a direita, em pé: Ferrinho, empunhando a "puíta", Sebastião Ortiz de Camargo (Sebastiãozinho), Caçula, Arlindo Santana; sentados: Mariano, Cornélio Pires e Zico Dias.
  6. 6. Como era tocado o Sertanejo Caipira O sertanejo caipira era tocado a partir da utilização de violas e dueto vocal. Esta tradição segue até os dias atuais, tendo a dupla geralmente caracterizada por cantores com voz tenor (mais aguda), nasal e uso acentuado de um falsete típico. Enquanto o estilo vocal manteve-se relativamente estável ao longo das décadas, o ritmo, a instrumentação e o contorno melódico incorporaram aos poucos elementos de gêneros disseminados pela indústria cultural. No ano de 1939 a dupla Raul Torres e Serrinha inovaram introduzindo à música sertaneja o violão
  7. 7. Segunda fase do Sertanejo Caipira Uma nova fase na história da música sertaneja teve início após a Segunda Guerra Mundial, com a incorporação de novos estilos, como: a guarânia e a polca paraguaia e, mais tarde, o corrido e a rancheira mexicanos. Além disso, ouve a inserção de novos instrumentos como o acordeom por exemplo. A temática das letras foi tornando-se gradualmente mais amorosa, conservando, todavia, um caráter autobiográfico. Na década de 70 a dupla Milionário e José Rico sistematizou o uso de elementos da tradição mexicana mariachi com arranjos de violino e trompete para preencher espaços entre frases e golpes de glote que produzem uma qualidade soluçante na voz.
  8. 8. O Sertanejo Romântico A introdução de instrumentos elétricos, como a guitarra, foi um dos marcos para o início da fase moderna do sertanejo. O sertanejo romântico tem como principal temática, letras que falam de paixões (o amor) e da terra sertaneja. Neste período os locais de performance da música sertaneja eram originalmente o circo e alguns rodeios (local onde começou a se tornar mais popular atualmente). Além disso as músicas sertanejas começaram a ser tocadas em rádios AM na década de 70. Depois começou a ser tocadas em rádios FM na década de 80, até se entender para televisão, sendo tocado em programas e até sendo trilha sonora de novela.
  9. 9. O Sertanejo Romântico No período do sertanejo romântico houve uma crescente influência da música country norte-americana e da estética cowboy, observada nas suas vestimentas características e também no maior interesse pelas festas de rodeio e feiras agropecuárias. Contra essas tendências na qual o sertanejo se teve influência, reapareceram nomes como da dupla Pena Branca e Xavantinho, que adequaram sucessos da MPB à linguagem das violas. O sertanejo cada vez mais foi se expandindo, surgindo mais duplas e grupos musicais do estilo que fizeram muito sucesso nas décadas de 80 e 90, que mantiveram e ainda mantém o sertanejo como um dos estilos mais ouvidos. Este fator foi o ponta-pé inicial para a geração atual do sertanejo.
  10. 10. O Sertanejo Universitário Tudo começou com João Bosco e Vinícius, uma dupla sertaneja que passou a cantar suas músicas de maneira um pouco mais agitada onde se destacava a valorização do acústico. Essa variação de estilo passou a ter mais aceitação com o aumento da popularidade da dupla sertaneja César Menotti e Fabiano. Dentre os vários estilos musicais pelos quais os adolescentes demonstram suas preferências, o que se destaca é o Sertanejo Universitário. Estilo musical que mudou muito de sua forma convencional, já que alguns instrumentos como a sanfona, se tornaram mais eletrônicos, assim, tornando a música com um ritmo um pouco mais acelerado.
  11. 11. O Sertanejo Universitário Apesar de muito recente, esse novo estilo musical denominado Sertanejo Universitário, vem “fazendo a cabeça” de adolescentes e jovens, pois se destaca pelas músicas empolgantes, de fácil memorização e bastante interação com o público. São músicas que falam de amor, muitas vezes aquele amor sem compromisso, de alegria, nada de baixo astral nem de fossa, são músicas “pra cima” como se costuma dizer. As principais características do Sertanejo Universitário se evidenciam pela mistura de estilos tais como o Pop, Axé, Rock, mas não deixa de utilizar elementos específicos do estilo Sertanejo, como a performance em duplas com primeira e segunda voz.
  12. 12. Principais músicos e compositores do sertanejo Alvarenga e Ranchinho Raul Torres e Florêncio SERTANEJO CAIPIRA
  13. 13. SERTANEJO CAIPIRA Tonico e Tinoco Tião Carreiro e Pardinho Pena Branca e Xavantinho Irmãs Castro
  14. 14. SERTANEJO ROMÂNTICO Léo Canhoto e Robertinho Chitãozinho e Xororó Zezé Di Camargo e Luciano Milionário e José Rico
  15. 15. SERTANEJO UNIVERSITÁRIO João Bosco e Vinícius César Menotti e Fabiano Fernando e Sorocaba Michel Teló
  16. 16. COMO TRABALHAR EM SALA DE AULA
  17. 17. NOSSAS CONCLUSÕES! A música sertaneja, assim como outros diversos estilos musicais, veio construindo sua história, sofrendo algumas mudanças. Tais mudanças só colaboraram para que o estilo musical viesse a crescer. Começando com musicas simples tocadas apenas por uma viola e vozes, o sertanejo se expandiu com seus diversos compositores ao longo de sua história.
  18. 18. REFERÊNCIAS MARTINS, Sérgio. A vez do Sertanejo Universitário. Revista Veja. São Paulo, Edição 2046, p., fev.2008. História da Música Sertaneja! Disponível em <http://sertanejo.musicblog.com.br/8281/Historia-da-musica- Sertaneja> acesso em: 3 de abril de 2013. Sertanejo – Conheça a história deste ritmo musical. Disponível em < http://www.clickgratis.com.br/letras-de- musicas/noticias/sertanejo-conheca-a-historia-deste-ritmo-musical/> acesso em: 3 de abril de 2013.
  19. 19. REFERÊNCIAS Origem do Sertanejo. Disponível em: <http://meusertaosertanejo.wordpress.com/2009/06/17/historia-do- sertanejo/> acesso em: 3 de abril de 2013. Musica Sertaneja Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%BAsica_sertaneja > acesso em: 3 de abril de 2013.
  20. 20. MUITO OBRIGADO,

×