IMPOSTOS E TAXASDO GOVERNO FEDERAL DO PT DEIXA  ENERGIA ELÉTRICA MAIS CARA
A tarifa de energia não é definida pela Cemig•   Quem define a tarifa cobrada pela Cemig é o    Governo Federal por meio d...
A tarifa residencial da Cemig é, em valor, a 14a do país   •   Veja abaixo as Tarifas Residenciais Vigentes               ...
A tarifa residencial da Cemig é, em valor, a 14a do país    •   Continua - Tarifas Residenciais Vigentes
Nos últimos 4 anos, as tarifas da Cemig  acumulam reajuste negativo de -5%            2007: + 6,5%            2008: - 17,1...
Impostos, encargos e taxas cobradas na conta de luz  •   Governo federal cobra 14 diferentes taxas e      impostos  •   Go...
Imposto estadual: ICMS                         Imposto estadual: ICMS   •      O governo de Minas dá uma das maiores      ...
Isso significa que cerca de metade das famíliasmineiras não paga imposto estadual (ICMS) na conta                         ...
Isenção total de imposto estadual            praticada em outros estados•   O Estado da Bahia, governado pelo PT há    cin...
Isenção total de imposto estadual  praticada em outros estados
•   Mais de 10 encargos federais são cobrados    na conta de luz de todos os mineiros, inclusive    os de baixo consumo
•   Se o governo federal praticasse a mesma    política de isenção de impostos que Minas    pratica, a conta de luz das fa...
•   Com apenas três (RGR – Reserva Global de    Reversão, CCC – Conta de Consumo de    Combustível, e a CDE – Conta de    ...
Luz para todos•   Com o Programa Luz para Todos, a Cemig realizou    mais de 250 mil ligações de energia elétrica em    pr...
A tarifa da Cemig é impactada por diversos      fatores que acarretam aumento no volume de        investimentos e alto cus...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Impostos e taxas do governo federal do PT deixam energia elétrica mais cara

1.228 visualizações

Publicada em

A tarifa de energia não é definida pela Cemig:
Quem define a tarifa cobrada pela Cemig é o Governo Federal, através da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.
A tarifa residencial da Cemig é, em valor, a 14ª do país.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Impostos e taxas do governo federal do PT deixam energia elétrica mais cara

    1. 1. IMPOSTOS E TAXASDO GOVERNO FEDERAL DO PT DEIXA ENERGIA ELÉTRICA MAIS CARA
    2. 2. A tarifa de energia não é definida pela Cemig• Quem define a tarifa cobrada pela Cemig é o Governo Federal por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.
    3. 3. A tarifa residencial da Cemig é, em valor, a 14a do país • Veja abaixo as Tarifas Residenciais Vigentes continua
    4. 4. A tarifa residencial da Cemig é, em valor, a 14a do país • Continua - Tarifas Residenciais Vigentes
    5. 5. Nos últimos 4 anos, as tarifas da Cemig acumulam reajuste negativo de -5% 2007: + 6,5% 2008: - 17,11% 2009: + 4,87% 2010: - 0,07%
    6. 6. Impostos, encargos e taxas cobradas na conta de luz • Governo federal cobra 14 diferentes taxas e impostos • Governo do estado cobra 1 imposto
    7. 7. Imposto estadual: ICMS Imposto estadual: ICMS • O governo de Minas dá uma das maiores isenções de imposto do Brasil: • Quem consome até 90 kw mês não paga imposto estadual (ICMS) em Minas.
    8. 8. Isso significa que cerca de metade das famíliasmineiras não paga imposto estadual (ICMS) na conta !
    9. 9. Isenção total de imposto estadual praticada em outros estados• O Estado da Bahia, governado pelo PT há cinco anos, cobra 25% de ICMS mesmo das populações de baixa renda.• No Acre e no Sergipe, estados governados pelo PT há anos, são isentos apenas os consumidores carentes que consomem até 50 kWh/mês. Em Minas está isenção é quase o dobro do que concedem os petistas.• Minas tem isenção de ICMS para a população carente maior do que estados administrados pelo PMDB, como o Rio de Janeiro (50 kWh/mês) e Mato Grosso do Sul (50 kWh/mês). continua
    10. 10. Isenção total de imposto estadual praticada em outros estados
    11. 11. • Mais de 10 encargos federais são cobrados na conta de luz de todos os mineiros, inclusive os de baixo consumo
    12. 12. • Se o governo federal praticasse a mesma política de isenção de impostos que Minas pratica, a conta de luz das famílias de baixo consumo seria cerca de 25% mais barata.
    13. 13. • Com apenas três (RGR – Reserva Global de Reversão, CCC – Conta de Consumo de Combustível, e a CDE – Conta de Desenvolvimento Energético) dos 14 encargos, o governo federal arrecadou R$ 6 bilhões de reais nas contas de luz dos mineiros (2003/2010).• Desse total, apenas 10% voltou como investimento direto no setor.
    14. 14. Luz para todos• Com o Programa Luz para Todos, a Cemig realizou mais de 250 mil ligações de energia elétrica em propriedades rurais de Minas, em oito anos• 75% dos investimentos são de responsabilidade estadual, através de recursos próprios e de financiamentos que serão inteiramente pagos pela concessionária.• Cerca de 25% são investimentos diretos do governo federal através de taxas cobradas na conta de luz dos mineiros.
    15. 15. A tarifa da Cemig é impactada por diversos fatores que acarretam aumento no volume de investimentos e alto custo de operação emanutenção das linhas e redes de distribuição entre eles:• 774 municípios no Estado de Minas Gerais;• A maior rede da América do Sul, com 460 mil quilômetros;• 6,9 milhões de consumidores, espalhados por uma área de um país do porte da França;• 45% dos consumidores residenciais da Cemig são beneficiados pela tarifa de baixa renda;• Extenso mercado rural, cuja tarifa é subsidiada conforme legislação nacional;

    ×