Artigo redes sociais

368 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo redes sociais

  1. 1. As mídia social ou redes sociais, apresentam características que as tornam muito diferente da mídia tradicional tal como os jornais, as revistas, a televisão entre outras. Primeiro porque ela dependem diretamente de interações entre as pessoas, com a discussão e compartilhamento de informações (com a integração das palavras é construído o significado compartilhamento, usando-se a tecnologia de hoje como o principal canal de comunicação. Aliado a isso, temos a velocidade da navegação da informação que transforma o tempo em “fator crucial” para o sucesso ou fracasso. Assim, as redes sociais só permitem uma chance de seu usuário fazer uma boa impressão dentro de uma determinada comunidade, portanto esta oportunidade deve ser muito bem analisada e utilizada. <br />Algumas das várias funções das redes sócias são:<br /><ul><li>Aprender sobre seus clientes, parceiros, empregados, consumidores, etc.;
  2. 2. Oferecer e compartilhar um conteúdo bom e útil;
  3. 3. Criar Comunidades de clientes, parceiros, consumidores, empregados;
  4. 4. Atrair pessoas para determinados conteúdos de interesse focal;
  5. 5. Apoiar nos negócios das empresas;
  6. 6. Satisfazer as necessidades dos clientes, parceiros, empregados, etc.;</li></ul>Estas funções passam a ser mapeadas nas seguintes tarefas descritas abaixo:<br /><ul><li>Compartilhamento de fotos e vídeos;
  7. 7. Compartilhamento de Informação, exemplo: Wikipédia, Craiglist (anúncios independentes);
  8. 8. Leitura, escrita de blogs e fazer comentários;
  9. 9. Participar Sites de avaliação;
  10. 10. Participar de Sites de Votações ;
  11. 11. Ter dados e informações nas diversas “Nuvens”, que nada mais são que arquivos remotos;</li></ul>O conteúdo apropriado para os usuários é vital, principalmente quando este os ajuda a alcançar seus principais objetivos. É vital oferecer precisamente o que o usuário necessita, no exato momento que surge esta necessidade e na forma mais precisa. Este conteúdo é geralmente oriundo de uma comunidade que aborda determinados assuntos, onde é fundamental a existência uma figura de influência para o sucesso da comunidade ou uma determinada indústria em questão.<br />Hoje em dia, tanto no mundo pessoal quanto no corporativo, o objetivo principal é: Comunicar e Colaborar; como afirma Philip Kotler em seu recente livro “Marketing 3.0”: , estamos na era da participação e da colaboração, motivado entre outros, pela disseminação do uso de computadores (devido ao baixo custo e a sua incorporação no mind set das culturas em geral) e da internet, pela consolidação dos sistemas open source e pela rápida convergência das comunicações com os “smartphones” que, muito mais que telefones móveis, são ferramentas de produtividade e entretenimento. Além disso, ainda temos a nova onda de armazenamento remoto - “Cloud Computing” que permite o acesso da informação pessoal em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. <br />Um exemplo interessante de estratégia de consolidação de marca é a “DropBox” oferece gratuitamente 2 Gb na nuvem para usuários com a possibilidade de expansão para até 8 Gb quando estes usuários indicam novos usuários. <br />Casos assim mostram que a transformação do marketing atual para o marketing do Futuro, ainda de acordo com Kotler uma necessidade para a sobrevivência das empresas.<br />As Disciplinas do MarketingMarketing de HojeMarketing de amanhãGerência de Produto Produto, Preço, Promoção, e Lugar CocriaçãoGerência de ClienteSegmentação, almejar e posicionamento;ComunidadesGerência da MarcaConstrução da MarcaConstrução de Caráter<br />Tabela 1<br />No quadro abaixo há uma descrição das principais ferramentas utilizadas na mídia social/rede social:<br />FunçõesFerramentasEscutaGoogle filters, RSS, Twitter, Facebook, Communities, Radian6, Social search engines (Google, Blekko, Technorati…)EscreverFóruns, blogs (Wordpress, Blogger…), wiki (Sharepoint, Drupal…)LerRSS, digg, tumblr, TechnoratiVer Flickr, Slideshare, Youtube, VimeoConversarTwitter, IM, Quora, BBM, TextoCompartilhar, colaborarComunidades, wiki (MindTouch, Sharepoint,Iknow), Conexão. votaçãoDel.icio.us, reddit, Facebook, Google, TumblrProfiles, MarcasLinked In, Twitter<br />Tabela 2<br />Um ponto que merece citação no cenário atual das mídias sociais é que esse foco no compartilhamento de dados, de experiências e emoções traz uma necessidade de integração entre as mídias sociais, uma vez que quando um usuário se cadastrada em uma delas, pode acessar outra rede com mesmo usuário e senha; Isto facilita o compartilhamento de informações e o aproveitamento das informações que já foram arquivadas anteriormente. Softwares de mídia social são de grande interesse tanto para as organizações privadas, organizações do setor público e simples usuários (pessoas físicas) .<br />Também vale destacar é que estas ferramentas podem fornecer às empresas; Um exemplo muito divulgado aconteceu com a IKEA (empresa escandinava de móveis ) que viu-se obrigada a voltar atrás na troca da fonte (tipologia) utilizada em sua marca devido à repercussão negativa juntos aos consumidores, via Twitter.<br />A figura abaixo mostra um grande ecossistema onde o canal internet acoplado aos dispositivos móveis é o grande responsável por esse tipo de acontecimento. Nele fornecedores, clientes, parceiros e empregados, formando um Ecossistema Social Corporativo onde todos, independente de sua responsabilidade, passam a ter a capacidade de influenciar nas decisões internas e externas das empresas.<br />Figura 1<br />Entretanto, embora as redes sociais apresentem claros pontos positivos para as empresas, como novas oportunidades para compartilhar informações e interagir com os clientes, também está claro que existem perigos e desvantagens, como:<br /><ul><li>O surgimento de uma grande quantidade de informação inútil, o que já provocou o surgimento de necessidade de softwares com objetivo de filtrar as informações obtidas. Embora ainda rudimentares, já começam a surgir alguns filtros mais inteligentes que fazem a filtragem na forma semântica e não sintática. Um exemplo é o Iknow, da Intersystems (intersystems.com), que permite associações lógicas resultando numa informação precisa e útil.
  12. 12. A exposição de informações confidenciais tanto pessoais quanto corporativas.
  13. 13. A perda de foco interno no trabalho, que pode, além de comprometer a imagem da empresa, afetar negativamente a cultura impactando negativamente no capital intelectual.</li></ul>As vantagens corporativas para uso de mídia social acabam pesando mais na balança, como a possibilidade de atrair funcionários a proporcionar um ambiente de trabalho colaborativo e criativo, analisar problemas e soluções de forma holística e a geração do valioso capital intelectual, este pertencente exclusivamente às empresas.<br />Finalizando, podemos afirmar que o uso das mídias sociais nas empresas e por parte delas é uma realidade da qual ninguém pode fugir e muitas organizações vem trabalhando na formalização de regras para este uso, tanto para o uso interno quanto externo (quadro abaixo).<br />Uso InternoRedes sociais dos empregados;Redes de Clientes(contratos, propostas);Redes de Parceiros (contratos, margens).Uso externoFuncionário de rede sociais;O suporte técnico e atendimento aos clientes;Marketing;Informações de clientes.<br />Tabela 3<br />Com a definição dessas regras as empresas podem passar a ser capazes de regular, de acordo com seus preceitos, o uso de redes sociais, evitando o surgimento de muitos problemas.<br />É importante destacar também que o valor de um consumidor (pessoa) nas mídias sociais não se limita apenas à quantidade de dinheiro que estes possam vir a gastar, mas a propensão que eles têm de fazer recomendações, o alcance, a frequência e o impacto de suas influências sociais.  Hoje 73% dos população “On-line” são usuários de uma determinada ferramenta da mídia social<br />Construir uma estrutura para ampliar o mídia social na corporação é um desafio presente, e, para isso é necessário compreender seus objetivos, processos e a estrutura para daí fortalecer as pessoas corretas, com os objetivos, responsabilidades, métricas e recursos corretos.<br />A grande missão para as empresas é de desenvolver conteúdo original e criativo para a rede social com segurança preservando a ética, a cultura da empresa e o capital intelectual desta. O sucesso da ‘mídia social’ depende diretamente da criação de grupos, fóruns com objetivo de fornecer informações úteis para seus membros. <br />Aproveitando mais uma ideia de Kotler: O grande desafio das empresas é fazer uma simples soma sinérgica definida como ‘Social Good’ = Social Enterprise + Social Media’<br />Uma dica: nas mídias sociais, se não tiver nada relevante para falar: não diga nada! <br />Três fatores são imprescindíveis para o sucesso da Mídia Social;<br /><ul><li>As comunidades devem ter pessoas que sejam profundos conhecedores renomados em determinadas Indústrias e assuntos;
  14. 14. Estas comunidades devem produzir uma “Adesão” , isto é; o conteúdo deve motivar as pessoas a agirem. Envolver, engajar.
  15. 15. É necessário que elas produzam riqueza de conteúdo, informação útil, rica,importante e vital.</li></ul> * Fonte: Malcom Gladwell<br />Milton Jeronimides<br />Diretor de Marketing da Intersystems dos Brasil<br />www.Intersystems.com.br<br />

×