FACULDADE INTEGRADO DE CAMPO MOURÃO
CURSO DE DIREITO
CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA
CONTEMPORÃNEA, DO NÍ...
MILENA ALVES CORREA QUARESMA
CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA
CONTEMPORÃNEA, DO NÍVEL MAIS BAIXO AO MAIS E...
RESUMO
O presente trabalho propõe um raciocínio amplo diante a corrupção e
seus aspectos gerais, principalmente quando vin...
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO............................................................................................ 4
1. A CULT...
4
INTRODUÇÃO
As seguintes articulações têm como principal observância uma
temática importantíssima para a nação, que atual...
5
1. A CULTURA CORRUPTA BRASILEIRA E O ELO COM A ÉTICA E A
MORAL
O ato de corromper, pelo ponto de vista do senso comum at...
6
Esta atrasada reflexão diante ao que ocorre na depravação pública, se
origina obviamente do surgimento de interesses e n...
7
Ao analisar as subseqüentes características de diversos estudos
antropológicos e sociológicos até então disponíveis, é t...
8
De fato, há um grande investimento na educação em países como a
Dinamarca e Finlândia, os índices de corrupção são infer...
9
ferramentas necessárias de aprendizado, sendo que os mesmos devem ser
vistos como um encargo crucial aos devidos comanda...
10
entre os amigos sobre a política, e acima de tudo, o interesse. Interesse que
acaba muitas vezes desviando de seu real ...
11
gerações que inclui em linha reta, as condições de importância fornecidas das
pessoas para as situações, e em geral, so...
12
CONCLUSÃO
As reflexões obtidas em torno do trabalho decorrente sua realização,
detectou exemplos de costumes com péssim...
13
REFERÊNCIAS
ESPECIALISTAS respondem: o brasileiro é corrupto? Disponível em:
<http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA COMTEMPORÂNEA, DO NIVEL MAIS BAIXO AO MAIS ELEVADO.

412 visualizações

Publicada em

Venho por meio deste trabalho, desenvolvido para a obteção de nota semestral no curso de Direito, compartilhar meu pensamento sobre a corrupção do Brasil. Proponho demonstrar como o famoso ''jeitinho brasileiro'' se desenvolve e quais suas consequências para as futuras gerações, mostrando que a partir de agora devemos pensar como um coletivo a fim de melhorar as noções de ética do país.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA COMTEMPORÂNEA, DO NIVEL MAIS BAIXO AO MAIS ELEVADO.

  1. 1. FACULDADE INTEGRADO DE CAMPO MOURÃO CURSO DE DIREITO CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA CONTEMPORÃNEA, DO NÍVEL MAIS BAIXO AO MAIS ELEVADO. MILENA ALVES CORREA QUARESMA CAMPO MOURÃO PR 2015
  2. 2. MILENA ALVES CORREA QUARESMA CORRUPÇÃO, SEUS IMPACTOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA CONTEMPORÃNEA, DO NÍVEL MAIS BAIXO AO MAIS ELEVADO. Trabalho integrador II, apresentado à faculdade integrado de Campo Mourão, como requisito parcial para obtenção de nota na disciplina de Projeto Integrador, ministrado pela Professora Juliana Nunes Coletti Luize, no curso de Direito. CAMPO MOURÃO PR 2015
  3. 3. RESUMO O presente trabalho propõe um raciocínio amplo diante a corrupção e seus aspectos gerais, principalmente quando vinculados à óbice do senso- comum, no qual grande parte da população vem repassando durante varias décadas, por gerações, um conceito equivocado sobre o enunciado proposto, uma vez que, a utilização do termo ''corrupção'' apenas é aceita quando relacionada diretamente a política. Ao denegrir desse modo seu real significado, desviando, contudo, a cultura brasileira da tão esperada moral, é necessário que parte da atenção reflexiva sobre tais impactos seja voltada à resistência costumeira da sociedade, sobretudo quando as pequenas trapaças do dia-a-dia são vistas como episódios normais e veniais, sendo estas posturas habituais totalmente diferenciadas pelo povo das ações corruptas do governo em questões de ética. À vista disto, serão recorridas ás críticas construtivas como aspecto de resolução desta problemática, acrescentando o indispensável objetivo de desconstruir o padrão cultural social imposto no Brasil, a começar do menor nível de corrupção ético-moral, e referindo após, relativamente, as maiores deturpações causadas pelo Estado refletidos para a sociedade. Palavras-chave: Senso-comum. Alienação cultural. Ética. Costumes.
  4. 4. SUMÁRIO INTRODUÇÃO............................................................................................ 4 1. A CULTURA CORRUPTA BRASILEIRA E O ELO COM A ÉTICA E A MORAL....................................................................................................... 5 2. AS CONSEQUENCIAS COSTUMEIRAS DA CORRUPÇÃO PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES ............................................................................ 6 3. A PRAXE BRASILEIRA NO TOCANTE A ALIENAÇÃO DE VOTOS ....... 9 CONCLUSÃO........................................................................................... 12 REFERÊNCIAS ........................................................................................ 13
  5. 5. 4 INTRODUÇÃO As seguintes articulações têm como principal observância uma temática importantíssima para a nação, que atualmente no século XXI em demasia está repercutindo devido aos incontáveis valores desviados por políticos e pessoas que detém o poder em meio a política, desrespeitando a comunidade brasileira ao se manifestarem como exemplares do Estado, apresentando um baixo nível estrutural de caráter. À vista disto, os hábitos predominantes no Brasil serão postos lado a lado ao de países com os níveis corruptos consideravelmente menores, sendo recorridos desde os princípios culturais que foram ocupadores para estruturar os conceitos desses indivíduos, até a apontar para o questionamento das formas que o povo acomoda-se ou não as políticas de governo das próprias nações, tendo desse modo como objetivo identificar os principais motivos dos resultantes problemas que se tem visto ultimamente.
  6. 6. 5 1. A CULTURA CORRUPTA BRASILEIRA E O ELO COM A ÉTICA E A MORAL O ato de corromper, pelo ponto de vista do senso comum atual aponta um significado restritivo, muitas vezes, até a refratar negativamente a visão de sua importância ética, resultando más consequências de comportamento derivada da sociedade contemporânea ao desatender das ''pequenas'' corrupções do dia-a-dia. Os cidadãos que se relacionam entre si, por hábito cultural, creem que este termo apenas far-se-á valer quando citado através da política e as relações do governo, uma vez que em meio destas, os níveis dos danos prejudiciais que envolvem o patrimônio público aumentam drasticamente. Hodiernamente, para coordenar os verdadeiros significados das coisas, e não apenas os conceitos dominados pelo senso-comum, o vocabulário brasileiro se atenta tipicamente a um padrão de norma chamado dicionário, nele cabe-se a utilização das ferramentas de hermenêutica para a interpretação de varias palavras, como, por exemplo, a afamada CORRUPÇÃO, que é preciso ter afinidade por definição ampla: 1 A Depravação. 2 Suborno. 3 Alteração. 4 Sedução.1 Estando o Brasil como um dos países mais corruptos do mundo, deve- se em decorrência disto, haver cobrança e interesse do povo no tocante a esta problemática que vem os confrontando por décadas até então. Em base, alcança um ponto a tornar visível nos dias atuais vários movimentos estudantis, provindos desde partidos políticos até profissionais de escolas públicas protestando contra a terrível estrutura governamental, afim de conquistar por direito as reivindicações que lhe estão sendo negadas. 1 SIGNIFICADO de corrupção. Disponível em: <http://dicionariodoaurelio.com/corrupcao> Acesso em: 15 de setembro de 2015, ás 17:14.
  7. 7. 6 Esta atrasada reflexão diante ao que ocorre na depravação pública, se origina obviamente do surgimento de interesses e necessidades dos protestantes para adquirir meios de melhorias para a sua peculiar qualidade de vida. Dessarte, vive-se uma realidade em que a maioria do povo brasileiro apenas demonstra preocupação com as desigualdades e dificuldades quando esses impasses atingem o patrimônio público e em níveis absurdos. Tornando dessa forma o combate a corrupção irremediável. Mas, e quando se comete a corrupção diariamente em níveis menores também não estaria atingindo a população? Jogar lixo na rua, furar o sinal vermelho, furar a fila indiana no mercado, oferecer benefícios para um guarda de policia desistir da multa devida, ou seja, trapacear, depravar, alterar, contudo, as condições de ética e moral. Todos esses atos são considerados de modo geral uma forma de favorecimento de cunho pessoal, danificando as necessidades das outras pessoas a obtenção dos mesmos direitos, porque se todas as pessoas tornassem de uma vez só corruptas diariamente, o mundo se tornaria um caos. Quando um cidadão corrupto usufrui da lógica de que apenas ele pode praticar tais atos, o egocentrismo paira, e a teoria sobre equidade pública não mais existe como também se torna falha, já que, coerentemente seria hipocrisia, porém ainda não incorreto cobrar satisfações do político ''ladrão'', que por conseqüência segue os mesmos princípios culturais do pequeno sujeito corrupto de obter vantagem individualmente. O impacto negativo até então não estaria apenas na gravidade causada no dano público, mas sim, na carência de reflexão dos costumes éticos da sociedade em geral. A disparidade dos resultantes problemas não está exclusivamente no grau de trapaça ou roubo, mas acima de tudo no pensamento egocêntrico da corrupção ao satisfazer apenas a si mesmo, não se importando com os demais. 2. AS CONSEQUENCIAS COSTUMEIRAS DA CORRUPÇÃO PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES
  8. 8. 7 Ao analisar as subseqüentes características de diversos estudos antropológicos e sociológicos até então disponíveis, é totalmente visível que para haver um país onde os índices de corrupção não estejam absurdamente críticos como o Brasil, necessita-se antes de tudo modificar os primeiros hábitos sociais, que é por onde os mesmos possam de fato interferir no caráter de um futuro cidadão em fase de desenvolvimento. Por exemplo: no cotidiano é quase impossível alguém não ter presenciado uma atitude corrupta ou mesmo a feito, nem que considerada muito ''banal'' aos olhares culturais, como furar uma fila. Podem não parecer graves, porém, há uma grande possibilidade de que sejam a causa de problemas maiores. E, são nesses simples comportamentos que a maneira de observar essas atitudes típicas torna-se normal, igualmente a aceitação do público espectador e comodista às grandes fraudes ao patrimônio público. Com isso, aparentemente, a culpa da anuência presente nas muitas nações que compartilham dessa falha estatal não deve ser centralizada unicamente para os habitantes destas, mas sim, para a rotina de uma coletividade individualista repassada por varias gerações. Abaixo, a opinião do sociólogo Alberto Carlos Almeida e autor do livro ''A cabeça do brasileiro'': É inegável que a nossa classe política vem de uma sociedade que pratica trapaças diárias. E os valores morais de um político são forjados na sociedade em que ele cresceu 2 Diferentemente do Brasil, um dos países que possuem os menores índices de corrupção no mundo - a Dinamarca- adota práticas cotidianas que permitem testar a honestidade do cidadão, como não estabelecer cobradores em trens e ônibus oferecendo ao passageiro a liberdade de escolha para pagar o serviço oferecido. E, por incrível que pareça - e não deveria parecer incrível- todos pagam. 2 ESPECIALISTAS respondem: o brasileiro é corrupto? Disponível em: <http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa/noticia/2015/02/especialistas-respondem-o-brasileiro- e-corrupto-4699991.html> Acesso em: 11 de outubro de 2015, ás 13:42.
  9. 9. 8 De fato, há um grande investimento na educação em países como a Dinamarca e Finlândia, os índices de corrupção são inferiores comparados aos demais, além da participação das mulheres na política serem exorbitantes ao contrapor de forma taxativa na política brasileira. Em outras palavras, verifica- se que a cultura das nações citadas acima são demasiadamente diferenciadas no momento em que, por exemplo, são adeptas a proporcionar mais condições para participação do gênero feminino, considerando que questões de suma importância como essa podem ser bruscamente modificadas por depender dos princípios morais do povo, onde nesse caso, a Dinamarca constituiu um ponderamento equitativo dessemelhante da conduta brasileira. São notáveis os costumes de comportamentos honestos e transparentes contidos nas pequenas atitudes de algumas sociedades pelo mundo, e que ao mesmo tempo, essas ações à vista de algumas pessoas aparentam ser irrelevantes para níveis de interesse político. Todavia, para ocorrer grandes discussões em volta dos problemas sociais de um país, primeiramente, há de rever a consciência não auto-centrada por parte dos próprios cidadãos. Sendo assim, qual seria o motivo da sociedade brasileira encontrar-se na situação de alienação cultural em que esta? Pela a opinião do professor de filosofia e ética política, Roberto Romano: O problema esta no estado, não no povo. Platão e Aristóteles já diziam que, quando o ocupante de um cargo superior age de maneira imoral, as pessoas se autorizam a fazer o mesmo. 3 Ou seja, os governantes de um Estado devem acirrar pelo compromisso de honrar seu povo juntamente a respectiva pátria. Toda a forma de educação representa o principal alicerce dos indivíduos de uma sociedade, e quando nela não é atribuído tanto um bom exemplo de governança quanto as 3 ESPECIALISTAS respondem: o brasileiro é corrupto? Disponível em: <http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa/noticia/2015/02/especialistas-respondem-o-brasileiro- e-corrupto-4699991.html> Acesso em: 11 de outubro de 2015, ás 16:20.
  10. 10. 9 ferramentas necessárias de aprendizado, sendo que os mesmos devem ser vistos como um encargo crucial aos devidos comandantes, o povo assume um posicionamento perigoso. E, por daí em diante, os pais e as mães se subordinam a uma sapiência desfavorável, e ao mesmo tempo repassando deficientemente o displicente aprendizado para as próximas gerações, desfavorecendo, desse modo, a evolução da ausência de empatia para com os demais. Fruto de um investimento barato. A erudição mediana do público em geral é sustentada em grande maioria pelas escolas públicas, e nesses locais não são exigidos apenas métodos de preparação sobre matérias exatas como matemática, física e química, mas, também é onde os alunos passam grande parte do ciclo de suas vidas. Aprendem sobre a moralidade individual, ética, as condições de caráter e por seguinte como se portar diante a sociedade. Com muito efeito, são derivados desses ‘’pequenos e grandes’’ detalhes das estruturas de ensino que comporta um papel valoroso para toda convivência dos futuros cidadãos. Contudo, a mídia possui de outra forma uma atenção gigantesca de pessoas de qualquer idade e nível intelectual, pode ser através de desenhos, jornais, notícias que podem ser errôneas ou qualquer entretenimento que se baseie em coisas supérfluas direcionadas por vezes ao consumismo, ao invés de transferir informações mais importantes que colaboram com o desenvolvimento humano. Dessa forma, além desses objetivos disfarçados de passatempo, a mídia auto-sustenta atravessadamente se dirigindo a acordos externos com poderosos políticos corruptos, manipulando o povo e obtendo um poder de manobrar a opinião de grande parte, excluindo a aspiração particular do telespectador a refletir sobre acontecimentos atuais, dando-lhes respostas prontas e não estimulando a leitura como deveria ser incentivada. 3. A PRAXE BRASILEIRA NO TOCANTE A ALIENAÇÃO DE VOTOS Nos países em que os cidadãos possam optar em escolher o candidato de melhor índole através do voto, como uma democracia, é essencial que o povo saiba a importância do poder que tem nas próprias opiniões, assim como o de mudar as condições do país, seja através do voto, dos simples debate
  11. 11. 10 entre os amigos sobre a política, e acima de tudo, o interesse. Interesse que acaba muitas vezes desviando de seu real objetivo, que deveria ser a política em si e o de mudar para melhor toda uma população, isto é, agir em comunidade. Não obstante, muitas pessoas de diversas aparências como; pastores de igreja ao colaborarem para conduzir seus fiéis a votar em determinado candidato por troca de alguma vantagem; famílias tanto da classe baixa ao substituir a honra em troca das necessidades básicas que o governo não foi capaz de suprir; quanto as consideradas famílias pequeno-burguesas, de sobrenome respeitado pela sociedade e que tiram proveito nas eleições investindo com suas grandes empresas no financiamento de campanhas para os candidatos a qualquer cargo, esses atos são conceituados como corruptos. No Brasil, a frequência com que essas práticas se desenvolvem é muito preocupante, pois quem induz o publico diretamente é o mandante ou o próprio candidato, havendo uma corrupção dupla por parte do político e pela omissão do candidato ‘’alienado’’, aparentando como um ensinamento sistemático e pratico ‘’governamental’’ de que é e deve continuar sendo assim. O maior problema que se torna perceptível ao decorrer do tempo, é o quão normal esses assuntos são tratados pela justiça e juntamente a reação do povo, que se torna mínima, no máximo, uma reclamação breve, mas não a vontade de se informar corretamente sobre o assunto e debater essas questões com a própria comunidade. Pode haver eleições tão manipuladas, das formas mais diversas (com mecanismos que vão desde a compra de votos e a propaganda desleal até a adulteração de resultados), que não significam senão uma encenação para dar fisionomia democrática ao regime. Além disso, os diversos sistemas eleitorais, as qualificações exigidas de eleitores e candidatos e dezenas de outros fatores podem fazer com que as eleições se prestem muito bem a mascarar a ditadura sob a capa da democracia.4 Em conexão com esses comportamentos caracteriza-se por senso- comum uma série de pensamentos costumeiros da sociedade repassados por 4 POLÍTICA, quem manda, porque manda, como manda. Disponível em: <https://mpassosbr.files.wordpress.com/2013/03/joc3a3o-ubaldo-ribeiro-polc3adtica-quem- manda-porque-manda-como-manda.pdf> Acesso em: 12 de outubro de 2015, ás 15:00.
  12. 12. 11 gerações que inclui em linha reta, as condições de importância fornecidas das pessoas para as situações, e em geral, sobre quando e como vão realmente se importar diante de acontecimentos que não devem ser considerados normais e aceitáveis, pelo menos não moralmente. E, aí é que se encontra o pior resultado. Os comentários sobre corrupção, a algum tempo estão sendo impulsionados por várias deturpações e desvios do patrimônio publico. Porém, conforme as reclamações avançam rapidamente, o interesse do povo de resolver o problema é lento, seja em forma de leitura, arte, conscientização da própria família e assim por diante. As pessoas não são educadas a se interessar em como são constituídas as divisões dos poderes no Brasil, como funciona o parlamento, quais são as atitudes tomadas por partidos e pelos políticos, ou se deveriam rever e refletir sobre os próprios pensamentos antes de apoiar algum deles. Dificilmente pesquisam sobre fatos, mas sim, respostas prontas, provindas de revistas em meios com opiniões compradas, e conseguinte, a maioria aceita tais criticas vindas de fontes suspeitas, igualmente ao costume dos demais, para se socializar e não serem vistos como uma oposição, e consecutivamente ser facilmente mais respeitado e apoiado, tornando desse modo um circulo vicioso na vasta cultura brasileira, que com muito esforço e artifícios do Estado poderá um dia ser reformulada com a cooperação do tempo.
  13. 13. 12 CONCLUSÃO As reflexões obtidas em torno do trabalho decorrente sua realização, detectou exemplos de costumes com péssimos fundamentos no Brasil, se o for considerar as circunstancias que exigem uma convivência cotidiana justa. Esse fator faz com que o brasileiro honesto se sinta obrigado a manter uma posição de defesa em relação a constante pressão rotineira de pequenos e grandes atos corruptos de uma maioria, isto quando não resistem a acompanhá-los por ordem natural. Considerando esse pensamento, é correto explanar que as conseqüências são frutos de uma raiz didática, visto que toda a base dos conhecimentos morais e éticos são precários e mal repassados por gerações, formulando a típica conduta brasileira. Antes de ocorrer este círculo vicioso representado por décadas atrás, estariam os governantes, utilizando de um papel exemplificador totalmente proditório ao demonstrar para sociedade como deve-se portar, contando também com as falhas de investimento na educação. Assim sendo, estariam os atuais, responsáveis por dirigir e representar uma nação, pois os mesmos obtém o poder de conscientizá-la, tendo como principal objetivo, ao invés de corromper o dinheiro público, manuseá-lo para investimentos voltados a educação e pudor do público.
  14. 14. 13 REFERÊNCIAS ESPECIALISTAS respondem: o brasileiro é corrupto? Disponível em: <http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa/noticia/2015/02/especialistas- respondem-o-brasileiro-e-corrupto-4699991.html> Acesso em: 11 de outubro de 2015, ás 13:42. ESPECIALISTAS respondem: o brasileiro é corrupto? Disponível em: <http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa/noticia/2015/02/especialistas- respondem-o-brasileiro-e-corrupto-4699991.html> Acesso em: 11 de outubro de 2015, ás 16:20. POLÍTICA, quem manda, porque manda, como manda. Disponível em: <https://mpassosbr.files.wordpress.com/2013/03/joc3a3o-ubaldo-ribeiro- polc3adtica-quem-manda-porque-manda-como-manda.pdf> Acesso em: 12 de outubro de 2015, ás 15:00. SIGNIFICADO de corrupção. Disponível em: <http://dicionariodoaurelio.com/corrupcao> Acesso em: 15 de setembro de 2015, ás 17:14.

×