SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
1
AS INFLUENCIAÇOES ESPIRITUAIS
“Influem os Espíritos em nosso pensamento, e em nossos atos?”.
Muito mais do que imaginais. influem a tal ponto,
que, de ordinário, são eles que vos dirigem.”
(O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, questão 459.)
A assertiva dos Espíritos a Allan Kardec demonstra
que, na maioria das vezes, estamos todos nós —
encarnados — agindo sob a influência de entidades
espirituais que se afinam com o nosso modo de
pensar e de ser, ou em cujas
faixas vibratórias respiramos.
Isto não nos deve causar admiração, pois se analisarmos
a questão sob o aspecto puramente terrestre
chegaremos à conclusão de que vivemos em
permanente sintonia com as pessoas que nos rodeiam,
familiares ou não, das quais recebemos influenciações
através das idéias que exteriorizam, dos exemplos que
nos são dados, e também que influenciamos com a
nossa personalidade e pontos de vista.
Quando acontece de não conseguirmos exercer
influência sobre alguém de nosso convívio e que
desejamos aja sob o nosso prisma pessoal, via de
regra tentamos por todos os meios convencê-lo
com argumentos persuasivos de diferente
intensidade, a fim de lograrmos o nosso intento.
Natural, portanto, ocorra o mesmo com os
habitantes do mundo espiritual, já que são eles
os seres humanos desencarnados, não tendo
mudado, pelo simples fato de deixarem o
invólucro carnal, a sua maneira de pensar e as
características da sua personalidade.
Assim, vamos encontrar desde a atuação benéfica de Benfeitores e
Amigos Espirituais, que buscam encaminhar-nos para o bem, até os
familiares que, vencendo o túmulo, desejam prosseguir gerindo os
membros do seu clã familial, seja com bons ou maus intentos, bem
como aqueles outros a quem prejudicamos com atos de maior ou
menor gravidade, nesta ou em anteriores reencarnações, e que nos
procuram, no tempo e no espaço, para cobrar a divida que contraímos.
Por sua vez, os que estão no plano extrafísico também se acham passíveis das
mesmas influenciações, partidas de mentes que lhes compartilham o modo de
pensar, ou de outras que se situam em planos superiores, e, no caso de serem
ainda de evolução mediana ou inferior, de desafetos, de seres que se buscam
intensamente pelo pensamento, num conúbio
de vibrações e sentimentos incessantes. Essa permuta é contínua e cabe a cada
indivíduo escolher, optar pela onda mental com que irá sintonizar. .
Portanto, a resposta dos Espíritos a Kardec nos dá uma
noção exata do intercâmbio existente entre os seres
humanos, seja ele inconsciente ou não, mas, de
qualquer modo, real e constante.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda Ralm
Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda RalmSeja Bem Vindo ao Grão De Mostarda Ralm
Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda RalmEditora EME
 
A cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaA cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaHelio Cruz
 
Aprentacao o poder do pensamento versao ampliada
Aprentacao   o poder do pensamento versao ampliadaAprentacao   o poder do pensamento versao ampliada
Aprentacao o poder do pensamento versao ampliadaLEONARDO MAC DOWELL
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3jmeirelles
 
A natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vidaA natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vidaSandra Teixeira
 
Comoosespritospodempenetrarnossospensamentos
ComoosespritospodempenetrarnossospensamentosComoosespritospodempenetrarnossospensamentos
ComoosespritospodempenetrarnossospensamentosDeborahARodolfo
 
A Obsessão Que Queremos
A Obsessão Que QueremosA Obsessão Que Queremos
A Obsessão Que Queremosguest441080f8
 
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos 2
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos  2Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos  2
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos 2walcamarra
 
295211 633969997261555000
295211 633969997261555000295211 633969997261555000
295211 633969997261555000Teacher Marcelo
 
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentos
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentosComo os espã ritos podem penetrar nossos pensamentos
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentosGrupo Espírita Mensageiros
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança videoCeile Bernardo
 
Codigo De Etica
Codigo De EticaCodigo De Etica
Codigo De Eticacris
 

Mais procurados (19)

Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - larUniversalismo crstico   apostila - 009 - 2011 - lar
Universalismo crstico apostila - 009 - 2011 - lar
 
Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda Ralm
Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda RalmSeja Bem Vindo ao Grão De Mostarda Ralm
Seja Bem Vindo ao Grão De Mostarda Ralm
 
A cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaA cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntima
 
Aprentacao o poder do pensamento versao ampliada
Aprentacao   o poder do pensamento versao ampliadaAprentacao   o poder do pensamento versao ampliada
Aprentacao o poder do pensamento versao ampliada
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3
 
A natureza dos Espiritos
A natureza dos EspiritosA natureza dos Espiritos
A natureza dos Espiritos
 
Palavra, ouvido, coração
Palavra, ouvido, coraçãoPalavra, ouvido, coração
Palavra, ouvido, coração
 
A natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vidaA natureza humana e o sentido da vida
A natureza humana e o sentido da vida
 
Comoosespritospodempenetrarnossospensamentos
ComoosespritospodempenetrarnossospensamentosComoosespritospodempenetrarnossospensamentos
Comoosespritospodempenetrarnossospensamentos
 
A Obsessão Que Queremos
A Obsessão Que QueremosA Obsessão Que Queremos
A Obsessão Que Queremos
 
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos 2
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos  2Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos  2
Influencia oculta dos espíritos em nossos pensamentos e atos 2
 
295211 633969997261555000
295211 633969997261555000295211 633969997261555000
295211 633969997261555000
 
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentos
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentosComo os espã ritos podem penetrar nossos pensamentos
Como os espã ritos podem penetrar nossos pensamentos
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
Prece aos anjos guardiões
Prece aos anjos guardiõesPrece aos anjos guardiões
Prece aos anjos guardiões
 
Anjo de Guarda
Anjo de GuardaAnjo de Guarda
Anjo de Guarda
 
Influencia dos espíritos
Influencia dos espíritosInfluencia dos espíritos
Influencia dos espíritos
 
Codigo De Etica
Codigo De EticaCodigo De Etica
Codigo De Etica
 
Codigo De Etica
Codigo De EticaCodigo De Etica
Codigo De Etica
 

Semelhante a As influências espirituais em nosso pensamento e ações

Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritosBruno Cechinel Filho
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5hhome
 
Vibrações compensadas lar de amor
Vibrações compensadas   lar de amorVibrações compensadas   lar de amor
Vibrações compensadas lar de amorLorena Dias
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9contatodoutrina2013
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualgrupodepaisceb
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoHelio Cruz
 
43 fluidoterapia-irradiação
43 fluidoterapia-irradiação43 fluidoterapia-irradiação
43 fluidoterapia-irradiaçãoAntonio SSantos
 
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docxDrª Fabia Silva
 
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessãoAssistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessãoRivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Amigos espirituais
Amigos espirituaisAmigos espirituais
Amigos espirituaiselizacouto
 
Infllência dos espiritos
Infllência dos espiritosInfllência dos espiritos
Infllência dos espiritosGraça Maciel
 

Semelhante a As influências espirituais em nosso pensamento e ações (20)

Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 06 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 06 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 06 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 06 doc
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 06 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 06 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 06 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 06 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 06 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 06 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 06 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 06 doc
 
Vibrações compensadas lar de amor
Vibrações compensadas   lar de amorVibrações compensadas   lar de amor
Vibrações compensadas lar de amor
 
PENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTEPENSAR POSITIVAMENTE
PENSAR POSITIVAMENTE
 
Universalismo crístico apostila - 024 - 2011 - lar
Universalismo crístico   apostila - 024 - 2011 - larUniversalismo crístico   apostila - 024 - 2011 - lar
Universalismo crístico apostila - 024 - 2011 - lar
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
 
43 fluidoterapia-irradiação
43 fluidoterapia-irradiação43 fluidoterapia-irradiação
43 fluidoterapia-irradiação
 
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx
210104487 como-usar-o-bastao-atlante-docx
 
A força do pensamento
A força do pensamentoA força do pensamento
A força do pensamento
 
A Prece
A PreceA Prece
A Prece
 
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessãoAssistência espiritual, obsessão e desobsessão
Assistência espiritual, obsessão e desobsessão
 
Amigos espirituais
Amigos espirituaisAmigos espirituais
Amigos espirituais
 
Infllência dos espiritos
Infllência dos espiritosInfllência dos espiritos
Infllência dos espiritos
 
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Apostila 10
 
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Apostila 10
 

Mais de Manoel Gamas (20)

Paonosso l43
Paonosso l43Paonosso l43
Paonosso l43
 
Pensamento e prece
Pensamento e precePensamento e prece
Pensamento e prece
 
A moment of reflection
A moment of reflectionA moment of reflection
A moment of reflection
 
Obsessaoedesobsessao l15
Obsessaoedesobsessao l15Obsessaoedesobsessao l15
Obsessaoedesobsessao l15
 
Paonosso l42
Paonosso l42Paonosso l42
Paonosso l42
 
Paonosso l41
Paonosso l41Paonosso l41
Paonosso l41
 
Maturidadeemocional
MaturidadeemocionalMaturidadeemocional
Maturidadeemocional
 
Paonossol40
Paonossol40Paonossol40
Paonossol40
 
Paonosso l39
Paonosso l39Paonosso l39
Paonosso l39
 
Paonosso l38
Paonosso l38Paonosso l38
Paonosso l38
 
Reecarnacao e evolucao
Reecarnacao e evolucaoReecarnacao e evolucao
Reecarnacao e evolucao
 
Obsessaoedesobsessao l12
Obsessaoedesobsessao l12Obsessaoedesobsessao l12
Obsessaoedesobsessao l12
 
Paonosso l36
Paonosso l36Paonosso l36
Paonosso l36
 
Paonossol35
Paonossol35Paonossol35
Paonossol35
 
Paonosso l34
Paonosso l34Paonosso l34
Paonosso l34
 
Paonossol33
Paonossol33Paonossol33
Paonossol33
 
Paonossol32
Paonossol32Paonossol32
Paonossol32
 
Paonosso l31
Paonosso l31Paonosso l31
Paonosso l31
 
Paonosso l30
Paonosso l30Paonosso l30
Paonosso l30
 
Lifechall
LifechallLifechall
Lifechall
 

Último

O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfSUELLENBALTARDELEU
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 

Último (10)

O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 

As influências espirituais em nosso pensamento e ações

  • 1. 1 AS INFLUENCIAÇOES ESPIRITUAIS “Influem os Espíritos em nosso pensamento, e em nossos atos?”. Muito mais do que imaginais. influem a tal ponto, que, de ordinário, são eles que vos dirigem.” (O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, questão 459.)
  • 2. A assertiva dos Espíritos a Allan Kardec demonstra que, na maioria das vezes, estamos todos nós — encarnados — agindo sob a influência de entidades espirituais que se afinam com o nosso modo de pensar e de ser, ou em cujas faixas vibratórias respiramos.
  • 3. Isto não nos deve causar admiração, pois se analisarmos a questão sob o aspecto puramente terrestre chegaremos à conclusão de que vivemos em permanente sintonia com as pessoas que nos rodeiam, familiares ou não, das quais recebemos influenciações através das idéias que exteriorizam, dos exemplos que nos são dados, e também que influenciamos com a nossa personalidade e pontos de vista.
  • 4. Quando acontece de não conseguirmos exercer influência sobre alguém de nosso convívio e que desejamos aja sob o nosso prisma pessoal, via de regra tentamos por todos os meios convencê-lo com argumentos persuasivos de diferente intensidade, a fim de lograrmos o nosso intento.
  • 5. Natural, portanto, ocorra o mesmo com os habitantes do mundo espiritual, já que são eles os seres humanos desencarnados, não tendo mudado, pelo simples fato de deixarem o invólucro carnal, a sua maneira de pensar e as características da sua personalidade.
  • 6. Assim, vamos encontrar desde a atuação benéfica de Benfeitores e Amigos Espirituais, que buscam encaminhar-nos para o bem, até os familiares que, vencendo o túmulo, desejam prosseguir gerindo os membros do seu clã familial, seja com bons ou maus intentos, bem como aqueles outros a quem prejudicamos com atos de maior ou menor gravidade, nesta ou em anteriores reencarnações, e que nos procuram, no tempo e no espaço, para cobrar a divida que contraímos.
  • 7. Por sua vez, os que estão no plano extrafísico também se acham passíveis das mesmas influenciações, partidas de mentes que lhes compartilham o modo de pensar, ou de outras que se situam em planos superiores, e, no caso de serem ainda de evolução mediana ou inferior, de desafetos, de seres que se buscam intensamente pelo pensamento, num conúbio de vibrações e sentimentos incessantes. Essa permuta é contínua e cabe a cada indivíduo escolher, optar pela onda mental com que irá sintonizar. .
  • 8. Portanto, a resposta dos Espíritos a Kardec nos dá uma noção exata do intercâmbio existente entre os seres humanos, seja ele inconsciente ou não, mas, de qualquer modo, real e constante.