SlideShare uma empresa Scribd logo
Linux Educacional
Mídias e Tecnologias Vivemos em um cenário de constantes e aceleradas mudanças, provocadas pelos avanços científicos e tecnológicos, afetando nosso modo de comunicação, de relacionamento pessoal; enfim com o mundo ao nosso redor. Neste contexto, as novas mídias e tecnologias invadem nosso cotidiano, acelerando e aprofundando as transformações.
BREVE HISTÓRIA DO LINUX O nome  Linux surgiu da mistura de Linus + Unix. Devido ao  alto custo de equipamento, técnicos e sistemas, estes equipamentos era utilizados por  pesquisadores, universidades e militares .
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],SEMELHANÇAS ENTRE WINDOWS E LINUX
Microsoft Word  BrOffice Writer  Microsoft Excel  BrOffice Calc Micros. PowerPonit  BrOffice Impress Windows Explorer  Dolphin
Internet Explorer  FireFox  Konqueror Nero  K3B, Brasero Média Player  Amarok Prompt Comando  Terminal Konsole Bloco de Notas  Kate, Kedit, Gedit MSN a MSN,  Kopete, Pidgin Skype  Skype Photoshop  Gimp CorelDRAW  Inkscape Adobe Reader  PDF Okular
Bloco de Notas  Kate, Kedit, Gedit MSN  aMSN,Kopete, Pidgin Skype  Skype Photoshop  Gimp
CorelDRAW  Inkscape Adobe Reader  PDF Okular
1. Linux trabalho com sistema de arquivos EXT4 mais rápido o acesso aos dados 2. Windows usa partição NTFS 3. Linux não pega vírus 4. Linux trabalha com permissões de acesso DONO.GRUPO.OUTROS 5. Windows não se preocupa muito com a permissão de acesso e execução 6. Sistema de segurança do Linux é superior ao Windows 7. Windows é mais popular no uso comercial e residencial 8. Linux está com uma interface gráfica mais agradável e fácil, justamente para cair nas graças do usuário final 9. Windows sai uma nova versão anualmente 10. Linux sai uma nova versão a cada 6 meses e anualmente VANTAGENS
MONTAR:  inicia a partição ou dispositivo para leitura e gravação Diskt, PenDrive, CD-Rom, 2º HD DESMONTAR:  finalizar a partição ou dispositivo para leitura e gravação Diskt, PenDrive, CD-Rom, 2º HD LEITURA: É a permissão de  Abrir um documento Pode  Editar o documento na tela do seu computador (somente leitura) GRAVAÇÃO: É a permissão de  Salvar as alterações no computador MONTAR / DESMONTAR
PENDRIVE 4 Gb MONTAR: mount /dev/sdb1 /media/pendrive DESMONTAR: umount /dev/sdb1 /media/pendrive CD-ROM 720 Mb MONTAR: mount /dev/cdrom /media/cdrom DESMONTAR: umount /dev/cdrom /media/cdrom
HD SLAVE – 320 Gb PARTIÇÃO NO PRÓPRIO HD - Linux(ext3) -> Windows(ntfs) mount -t ntfs-3g /dev/sda5 /mnt/win -o umask=0,silent HD EXTRA – partição NTFS (Windows) mount -t ntfs-3g /dev/sdb1 /mnt/hd2 -o umask=0,silent HD EXTRA – partição EXT3 (Linux) mount -t ext3 /dev/sdc1 /mnt/hd3 -o umask=0,locale=utf8
[object Object],LINUX  DUCACIONAL
Linux Educacional ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O "Portal Domínio Público ", lançado em novembro de 2004 (com um acervo inicial de 500 obras), propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime, colocando à disposição de todos os usuários da rede mundial de computadores -  Internet  -  uma biblioteca virtual  que deverá se constituir em referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral. Este portal constitui-se em um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu  principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas  (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou  que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal . Desta forma, também pretende contribuir para o desenvolvimento da educação e da cultura, assim como, possa aprimorar a construção da consciência social, da cidadania e da democracia no Brasil. http://www.dominiopublico.gov.br/
 
 
O RIVED é um programa da Secretaria de Educação a Distância - SEED, que tem por objetivo a produção de conteúdos pedagógicos digitais, na forma de objetos de aprendizagem. Tais conteúdos primam por estimular o raciocínio e o pensamento crítico dos estudantes, associando o potencial da informática às novas abordagens pedagógicas. A meta que se pretende atingir disponibilizando esses conteúdos digitais é melhorar a aprendizagem das disciplinas da educação básica e a formação cidadã do aluno. Além de promover a produção e publicar na Internet os conteúdos digitais para acesso gratuito, o RIVED realiza capacitações sobre a metodologia para produzir e utilizar os objetos de aprendizagem nas instituições de ensino superior e na rede pública  de ensino.  http://www.rived.mec.gov.br /
www.mec.gov.br/seed/tvescola
 
A TV Escola Saiba mais sobre a TV Escola Grade de Programação Acompanhe a programação do Canal TV Escola no seu Estado Lista das Coordenações Estaduais de EAD Salto para o Futuro Conheça o Salto para o Futuro Biblioteca Veja as publicações da TV Escola Conteúdos Complementares Textos e site interessantes Fale Conosco Dúvidas, críticas e sugestões
Ferramentas de Produtividade ou    softwares aplicativos IMPRESS
[object Object],[object Object],BrOffice Writer
BrOffice Impress ,[object Object],[object Object],[object Object]
BrOffice Calc ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Gêneros e formatos televisivos
Gêneros e formatos televisivosGêneros e formatos televisivos
Gêneros e formatos televisivos
sergioborgato
 
Teoria da comunicação generos e formatos atualizado
Teoria da comunicação   generos e formatos atualizadoTeoria da comunicação   generos e formatos atualizado
Teoria da comunicação generos e formatos atualizado
Anselmo Brandi
 
Apresentação plano marketing digital
Apresentação plano marketing digitalApresentação plano marketing digital
Apresentação plano marketing digital
Nw Mídia
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
Lucas Pelaez
 
Plano de negócio e plano de marketing
Plano de negócio e plano de marketingPlano de negócio e plano de marketing
Plano de negócio e plano de marketing
Anselmo Lino Bispo
 
Marketing empresarial
Marketing empresarialMarketing empresarial
Marketing empresarial
loko089
 
Conceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos MídiaConceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos Mídia
Rede Globo
 
Como montar um plano de Midia[1]
Como montar um plano de Midia[1]Como montar um plano de Midia[1]
Como montar um plano de Midia[1]
sschlumbom
 
Midia Conceitos BáSicos
Midia Conceitos BáSicosMidia Conceitos BáSicos
Midia Conceitos BáSicos
Cesar Pallares
 

Destaque (17)

Formatos radiofonicos
Formatos radiofonicosFormatos radiofonicos
Formatos radiofonicos
 
Gêneros e formatos televisivos
Gêneros e formatos televisivosGêneros e formatos televisivos
Gêneros e formatos televisivos
 
Teoria da comunicação generos e formatos atualizado
Teoria da comunicação   generos e formatos atualizadoTeoria da comunicação   generos e formatos atualizado
Teoria da comunicação generos e formatos atualizado
 
Apresentação plano marketing digital
Apresentação plano marketing digitalApresentação plano marketing digital
Apresentação plano marketing digital
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
 
Plano de negócio e plano de marketing
Plano de negócio e plano de marketingPlano de negócio e plano de marketing
Plano de negócio e plano de marketing
 
Marketing digital planejamento
Marketing digital planejamentoMarketing digital planejamento
Marketing digital planejamento
 
Marketing empresarial
Marketing empresarialMarketing empresarial
Marketing empresarial
 
Superposição Midia
Superposição MidiaSuperposição Midia
Superposição Midia
 
Marketing Empresarial
Marketing EmpresarialMarketing Empresarial
Marketing Empresarial
 
Estrategias de midia
Estrategias de midiaEstrategias de midia
Estrategias de midia
 
Conceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos MídiaConceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos Mídia
 
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e TáticaPlanejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
 
Como montar um plano de Midia[1]
Como montar um plano de Midia[1]Como montar um plano de Midia[1]
Como montar um plano de Midia[1]
 
Midia Conceitos BáSicos
Midia Conceitos BáSicosMidia Conceitos BáSicos
Midia Conceitos BáSicos
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
 
Apresentação de mídia
Apresentação de mídiaApresentação de mídia
Apresentação de mídia
 

Semelhante a Linux educacional

Programas essenciais para computadores
Programas essenciais para computadoresProgramas essenciais para computadores
Programas essenciais para computadores
MariaLuisa223
 
IntroduçãO A EducaçãO Digital
IntroduçãO A EducaçãO DigitalIntroduçãO A EducaçãO Digital
IntroduçãO A EducaçãO Digital
guestd6ed01
 
Linux Educacional 3.0
Linux Educacional 3.0Linux Educacional 3.0
Linux Educacional 3.0
Alice Barros
 

Semelhante a Linux educacional (20)

Programas essenciais para computadores
Programas essenciais para computadoresProgramas essenciais para computadores
Programas essenciais para computadores
 
Módulo i
Módulo iMódulo i
Módulo i
 
Tecnologias Digitais na EJA
Tecnologias Digitais na EJATecnologias Digitais na EJA
Tecnologias Digitais na EJA
 
Módulo I - Linux Básico
Módulo I - Linux BásicoMódulo I - Linux Básico
Módulo I - Linux Básico
 
Curso do Proinfo
Curso do Proinfo Curso do Proinfo
Curso do Proinfo
 
Windows e seus aplicativos
Windows e seus aplicativosWindows e seus aplicativos
Windows e seus aplicativos
 
Curso introdução ao Software Livre
Curso introdução ao Software LivreCurso introdução ao Software Livre
Curso introdução ao Software Livre
 
Impress - SóNia Cerqueira, nº 6937
Impress - SóNia Cerqueira, nº 6937Impress - SóNia Cerqueira, nº 6937
Impress - SóNia Cerqueira, nº 6937
 
So aula 14_multimídia
So aula 14_multimídiaSo aula 14_multimídia
So aula 14_multimídia
 
IntroduçãO A EducaçãO Digital
IntroduçãO A EducaçãO DigitalIntroduçãO A EducaçãO Digital
IntroduçãO A EducaçãO Digital
 
FLISOL Porque usar Software Livre Bruno Alexandre Barbosa Chucky
FLISOL Porque usar Software Livre Bruno Alexandre Barbosa ChuckyFLISOL Porque usar Software Livre Bruno Alexandre Barbosa Chucky
FLISOL Porque usar Software Livre Bruno Alexandre Barbosa Chucky
 
Linux Educacional 3 Fabio
Linux Educacional 3  FabioLinux Educacional 3  Fabio
Linux Educacional 3 Fabio
 
SoftwareLivre GNU LInux Conceitos Apresentação Geral Aplicativos
SoftwareLivre GNU LInux Conceitos Apresentação Geral AplicativosSoftwareLivre GNU LInux Conceitos Apresentação Geral Aplicativos
SoftwareLivre GNU LInux Conceitos Apresentação Geral Aplicativos
 
Slides de introdução oficina linux 2011_nte 03
Slides de introdução oficina linux 2011_nte 03Slides de introdução oficina linux 2011_nte 03
Slides de introdução oficina linux 2011_nte 03
 
Utilitarios Digitais
Utilitarios DigitaisUtilitarios Digitais
Utilitarios Digitais
 
Sistemas Operacionais, Ferramenta Case & Front-End
Sistemas Operacionais, Ferramenta Case & Front-EndSistemas Operacionais, Ferramenta Case & Front-End
Sistemas Operacionais, Ferramenta Case & Front-End
 
Sistema operacional linux
Sistema operacional linuxSistema operacional linux
Sistema operacional linux
 
FLISoL 2014 Aquidauana - Porque usar Software Livre
FLISoL 2014 Aquidauana - Porque usar Software Livre FLISoL 2014 Aquidauana - Porque usar Software Livre
FLISoL 2014 Aquidauana - Porque usar Software Livre
 
Introd. Educ. Digital-1ª unidade-acampana
Introd. Educ. Digital-1ª unidade-acampanaIntrod. Educ. Digital-1ª unidade-acampana
Introd. Educ. Digital-1ª unidade-acampana
 
Linux Educacional 3.0
Linux Educacional 3.0Linux Educacional 3.0
Linux Educacional 3.0
 

Linux educacional

  • 2. Mídias e Tecnologias Vivemos em um cenário de constantes e aceleradas mudanças, provocadas pelos avanços científicos e tecnológicos, afetando nosso modo de comunicação, de relacionamento pessoal; enfim com o mundo ao nosso redor. Neste contexto, as novas mídias e tecnologias invadem nosso cotidiano, acelerando e aprofundando as transformações.
  • 3. BREVE HISTÓRIA DO LINUX O nome Linux surgiu da mistura de Linus + Unix. Devido ao alto custo de equipamento, técnicos e sistemas, estes equipamentos era utilizados por pesquisadores, universidades e militares .
  • 4.
  • 5. Microsoft Word BrOffice Writer Microsoft Excel BrOffice Calc Micros. PowerPonit BrOffice Impress Windows Explorer Dolphin
  • 6. Internet Explorer FireFox Konqueror Nero K3B, Brasero Média Player Amarok Prompt Comando Terminal Konsole Bloco de Notas Kate, Kedit, Gedit MSN a MSN, Kopete, Pidgin Skype Skype Photoshop Gimp CorelDRAW Inkscape Adobe Reader PDF Okular
  • 7. Bloco de Notas Kate, Kedit, Gedit MSN aMSN,Kopete, Pidgin Skype Skype Photoshop Gimp
  • 8. CorelDRAW Inkscape Adobe Reader PDF Okular
  • 9. 1. Linux trabalho com sistema de arquivos EXT4 mais rápido o acesso aos dados 2. Windows usa partição NTFS 3. Linux não pega vírus 4. Linux trabalha com permissões de acesso DONO.GRUPO.OUTROS 5. Windows não se preocupa muito com a permissão de acesso e execução 6. Sistema de segurança do Linux é superior ao Windows 7. Windows é mais popular no uso comercial e residencial 8. Linux está com uma interface gráfica mais agradável e fácil, justamente para cair nas graças do usuário final 9. Windows sai uma nova versão anualmente 10. Linux sai uma nova versão a cada 6 meses e anualmente VANTAGENS
  • 10. MONTAR: inicia a partição ou dispositivo para leitura e gravação Diskt, PenDrive, CD-Rom, 2º HD DESMONTAR: finalizar a partição ou dispositivo para leitura e gravação Diskt, PenDrive, CD-Rom, 2º HD LEITURA: É a permissão de Abrir um documento Pode Editar o documento na tela do seu computador (somente leitura) GRAVAÇÃO: É a permissão de Salvar as alterações no computador MONTAR / DESMONTAR
  • 11. PENDRIVE 4 Gb MONTAR: mount /dev/sdb1 /media/pendrive DESMONTAR: umount /dev/sdb1 /media/pendrive CD-ROM 720 Mb MONTAR: mount /dev/cdrom /media/cdrom DESMONTAR: umount /dev/cdrom /media/cdrom
  • 12. HD SLAVE – 320 Gb PARTIÇÃO NO PRÓPRIO HD - Linux(ext3) -> Windows(ntfs) mount -t ntfs-3g /dev/sda5 /mnt/win -o umask=0,silent HD EXTRA – partição NTFS (Windows) mount -t ntfs-3g /dev/sdb1 /mnt/hd2 -o umask=0,silent HD EXTRA – partição EXT3 (Linux) mount -t ext3 /dev/sdc1 /mnt/hd3 -o umask=0,locale=utf8
  • 13.
  • 14.
  • 15. O "Portal Domínio Público ", lançado em novembro de 2004 (com um acervo inicial de 500 obras), propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime, colocando à disposição de todos os usuários da rede mundial de computadores - Internet - uma biblioteca virtual que deverá se constituir em referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral. Este portal constitui-se em um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal . Desta forma, também pretende contribuir para o desenvolvimento da educação e da cultura, assim como, possa aprimorar a construção da consciência social, da cidadania e da democracia no Brasil. http://www.dominiopublico.gov.br/
  • 16.  
  • 17.  
  • 18. O RIVED é um programa da Secretaria de Educação a Distância - SEED, que tem por objetivo a produção de conteúdos pedagógicos digitais, na forma de objetos de aprendizagem. Tais conteúdos primam por estimular o raciocínio e o pensamento crítico dos estudantes, associando o potencial da informática às novas abordagens pedagógicas. A meta que se pretende atingir disponibilizando esses conteúdos digitais é melhorar a aprendizagem das disciplinas da educação básica e a formação cidadã do aluno. Além de promover a produção e publicar na Internet os conteúdos digitais para acesso gratuito, o RIVED realiza capacitações sobre a metodologia para produzir e utilizar os objetos de aprendizagem nas instituições de ensino superior e na rede pública de ensino.  http://www.rived.mec.gov.br /
  • 20.  
  • 21. A TV Escola Saiba mais sobre a TV Escola Grade de Programação Acompanhe a programação do Canal TV Escola no seu Estado Lista das Coordenações Estaduais de EAD Salto para o Futuro Conheça o Salto para o Futuro Biblioteca Veja as publicações da TV Escola Conteúdos Complementares Textos e site interessantes Fale Conosco Dúvidas, críticas e sugestões
  • 22. Ferramentas de Produtividade ou softwares aplicativos IMPRESS
  • 23.
  • 24.
  • 25.