Apresentação áudio conference 4 t10

438 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação áudio conference 4 t10

  1. 1. 11.03.28Resultados 4T10 &Perspectivas 2011
  2. 2. DisclaimerEsta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem aatual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração a respeito de seu plano de negócios. Afirmaçõesprospectivas incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicamresultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como "acreditar", "prever", "esperar","contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante.Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversosfatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos,expectativas, estimativas e intenções expressos nesta apresentação.Em nenhuma hipótese a Companhia ou suas subsidiárias, seus conselheiros, diretores, representantes ou empregadosserão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ounegócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danosconseqüentes, indiretos ou semelhantes.A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmaçõesprospectivas ou análise das diferenças entre as afirmações prospectivas e os resultados reais.Esta apresentação e seu teor constituem informação de propriedade da Companhia, não podendo ser reproduzidos oudivulgados no todo ou em parte sem a sua prévia anuência por escrito. 2
  3. 3. Agenda Destaques & Eventos Subsequentes Desempenho Econômico-Financeiro Mineração Gás Natural Empreendimentos 3
  4. 4. DestaquesCapitalização de R$ 1,3 bilhão para financiar os empreendimentos-chave MPX Parnaíba e MPXColombia.Na Colômbia, recursos identificados superam 4 bilhões de toneladas de carvão, suportandoprodução anual de 35 milhões de toneladas.Pré-viabilidade ambiental da infra-estrutura logística na Colômbia atestada com a emissão deDAA para o porto dedicado a e dispensa de apresentação para a ferrovia de 150 km.Sucesso exploratório extraordinário na Bacia do Parnaíba, onde testes indicaram potencialprodutivo de até 3,4 milhões de m3 por dia em apenas um dos poços.Posicionamento diferenciado para capturar crescimento projetado do segmento de geração agás: única geradora privada com integração entre geração de energia e suprimento de gás.Maior portfólio de crescimento na América do Sul: Empreendimentos licenciados somam11GW, com a emissão das licenças ambientais para a construção de 3.300 MW a gás natural noSuperporto do Açu e de 2.100 MW a carvão no Chile.Progresso médio de 90% nas obras das usinas Energia Pecém, MPX Pecém II e MPX Itaqui, comgeração de 10 mil empregos. 4
  5. 5. Desempenho Econômico Financeiro Posição de Caixa em dez/2010, incluindo depósitos vinculados Controladora: R$ 566,0 milhões Consolidado: R$ 854,2 milhões Conta Controladora ConsolidadoAportes em Pecém I, II e Itaqui R$ milhões dez/10 set/10 dez/10 set/10 R$ 193 milhões em 2010 Ativo Circulante 668,6 565,5 1.661,5 1.131,1 Ativo Realizável a Longo Prazo 297,2 274,5 1.006,4 306,4 Dívida Bruta em dez/2010 Ativo Permanente 1.074,3 982,0 3.611,7 3.115,8 Total do Ativo 2.040,1 1.822,0 6.279,6 4.553,2 R$ 2.607,1 milhões 89% Longo Prazo Passivo Circulante 322,5 71,9 1.395,7 862,4 Passivo Não Circulante 4,3 21,6 3.182,3 1.919,2 Participações Minoritárias - - 43,4 43,1 Patrimônio Líquido 1.713,3 1.728,5 1.658,2 1.728,5 Total do Passivo 2.040,1 1.822,0 6.279,6 4.553,2 5
  6. 6. Despesas Operacionais da Controladora Despesas Operacionais Controladora Valor justo de Stock Options (IFRS): (Em milhares de reais) 4T10 4T09 % Var R$ 16,1 milhõesDespesas 6 10 Reclassificação de R$ 6,5 milhões de Pessoal e administradores (45.634) (31.634) 44,3% Ativo Diferido para Despesas (IFRS) Material (45) (44) 3,6% R$ 4,3 milhões devido a dissídio de Serviços de terceiros (10.027) (12.254) -18,2% 6,63%. Arrendamentos e aluguéis (2.674) (693) 285,9% Seguros (83) (198) -57,8% Tributos (102) (72) 41,2% Outras despesas (1.351) (2.397) -43,6% Total (59.915) (47.291) 26,7% R$ 1,9 milhões devido a pagamentosDepreciação e amortização (203) (148) 37,9% relativos ao aluguel da nova sede Total (60.119) (47.439) 26,7% 6
  7. 7. Capitalização de R$ 1,3 bilhão Estrutura Debêntures conversíveis Volume R$ 1,0 Bi – R$ 1,3* Bi (R$ 600M BNDES + R$ 200M EB + R$ 200M Gávea) Prazo 3 anos Indexador e Spread IPC-A + 4,00% aa Preços de Conversão R$ 43,0/ação Principal indexado a IPC-A e Pagamento Anual do Spread (4%)* Com 0% e 100% do free float acompanhando 7
  8. 8. CCX: a "Carajás" do Carvão de Alta Qualidade e Baixa Emissão Geologia única e privilegiada Mais de 100 camadas 22 camadas>1.5m de espessura 8 camadas>3m de espessura Potencial de >1.6 bilhões de toneladas mineráveis Logística integrada garante custos competitivos Ferrovia de 150km: plana e paralela a rodovias já existentes Porto dedicado de águas profundas 8
  9. 9. Sistema de Mineração de Baixo Custo e Larga Escala Produção: 35 milhões de toneladas por ano Custos competitivos de mineração: custo estimado de US$25/t para mineração subterrânea Custos logísticos extremamente competitivos: 150km de ferrovia + porto dedicado de águas profundas 9
  10. 10. Blocos de Gás Natural Onshore com Recursos de 15 Tcf Descobertas Bloco % MPX Poço Prospecto Status OGX-16 Califórnia Concluido OGX-22 Fazenda São 23,3% ConcluidoPN-T-68 José (33.3% * 70%) OGX-34 Em progresso Bom Jesus desde 13/02 Potencial Portfolio Recursos Potenciais de aprox. 15 Tcf OGX-16 OGX-22 Pressão de Vazão máxima de Produção Potencial de 15 M m³/dia 1.900 psi produção de de Aproximadamente 20 prospectos mapeados 3.4M m3/dia (AOF) Chamas de aprox. 15m de Pressão de 1.950 altura psi Cronograma de Perfuração Chamas de aprox. Ano 2010 2011 2012 Total 20m de alturaNúmero de poços 3 9 3 15 2 sondas onshore em operação 10
  11. 11. Integração com Complexo de Geração de Energia de 4.000 MW Estrutura Acionária OGX 1/3 2/3 PETRA OGX Maranhão 70% 30% 30% 70% Blocos UTE Exploratórios 11
  12. 12. Maior Portfólio de Crescimento em Geração na América do Sul 11 GW em empreendimentos licenciados Gás Natural MPX Parnaíba (1863 MW) MPX Açu (3300 MW) Carvão MPX Açu (2100 MW) MPX Sul (727 MW) MPX Seival (600 MW) MPX Castilla (2100 MW) Renováveis Solar: MPX Tauá (1 MW) 12
  13. 13. MPX Castilla: Maior Empreendimento Licenciado no Chile Licença ambiental robusta para 2.100 MW: processo de 4 anos Empreendimento Integrado: Usina + Porto de Águas Profundas + Planta de Dessalinização Localização Estratégica SIC: Sistema Interconectado Central (90% do PIB & 92% da população) Grande demanda reprimida de energia e água Concessão e licença do porto emitidas 13
  14. 14. MPX Açu: Maior Empreendimento Licenciado no SE do Brasil Licença ambiental para 5.400 MW (3.300 MW gás + 2.100 MW carvão) Localização Estratégica no Superporto do Açu Próxima às acumulações de gás descobertas na Bacia de Campos Potencial fornecedora de energia para as indústrias do Complexo Industrial do Superporto do Açu Alta competividade na venda de energia devido ao benefício da auto-produção compartilhada 14
  15. 15. Usinas com Energia Contratada Iniciam Operação no 2S11 Energia contratada noleilão A-5 de 2007 3T11 4T11 2012 3T12 2013 • Energia Pecém • MPX Itaqui Construção MPX Pecem II Spot¹ Receita Fixa Bruta: R$ $ 242,2 MM/y² 3T08 Construção MPX Itaqui Spot¹ Receita Fixa Bruta: R$ 269,7 MM/y² Construção Energia Pecem Spot ¹ Receita Fixa Bruta: R$ 255,1 MM/y²4T07 1T09 2T09 *Energia Pecém é uma parceria de 50/50 entre a MPX Energia e a EDP Energia contratada no leilão A-5 de 2008: **PPA – Power Purchase Agreement ¹ Energia vendida no mercado spot antes do início das PPAs • MPX Pecém II ² Em dez/2010 Progresso médio de 90% na construção. 10 mil empregos gerados. Equipes de operação contratadas e em fase final de treinamento. Receita mínima garantida de aproximadamente R$ 500 milhões em 2012 e superior a R$ 750 milhões a partir de 2013. Financiamentos de longo prazo integralmente aprovados e 73% desembolsados. 15
  16. 16. Energia Pecém: 720 MW iniciando operação no 2S11 Energia Pecém (720 MW) EPC 87% 16
  17. 17. MPX Pecém II: 365 MW iniciando operação no 1S12 MPX Pecém II (365 MW) EPC 80% 17
  18. 18. MPX Itaqui: 360 MW iniciando operação no 2S11 MPX Itaqui (360 MW) EPC 85% 18
  19. 19. www.mpx.com.brwww.ebx.com.br www.descubraebx.com.br www.youtube/grupoebx www.eikebatista.com.br www.flickr.com/photos/grupoebx Todos os direitos reservados para MPX Março/2011

×