Desa fios da Acessib i lidade  e m Portais  Gov ernamentais Horácio Soares @horaciosoares Lêda Spelta Workshop Lumis Maio ...
 
<ul><li>Serviços  </li></ul>
<ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul>
<ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de    acessibilida...
<ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de    acessibilida...
<ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de    acessibilida...
<ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de    acessibilida...
Vídeo  trailer VIDEO: Acessibilidade Web:Custo ou Benefício ? Download:  http://acessodigital.net/video.html Em HTML5 com ...
Acessi bilidade  para  quem?
Duas fotos da Lêda testando uma mesa tátil acessível. Juca, sem visão acessando o computador através de um leitor de telas
Lucas, com baixa visão utilizando o software ampliador de tela.
Bernardo, designer e daltônico
Ok, então acessibilidade é para pessoas com deficiência visual, certo?
João,  tetraplégico João (foto de  Maíra Soares   )
João Henriques   deficiente motor utiliza o mouse  com dificuldade.  (  www.euroacessibilidade.com  )  Fotos do deficiente...
Deficientes auditivos não oralizados têm dificuldades com o português.  Chapeuzinho Vermelho em português e na língua de s...
Certo...acessibilidade na Web serve para pessoas que possuem alguma deficiência, certo ?
Pedro e Laura com dispositivos móveis com acesso a Internet. Pedro olhando para seu smartphone e Laura com uma cara desesp...
Marta e suas amigas… A idosa Marta com seu notebook no colo, navega sendo observada por três outras senhoras.
Analfabeto funcional Um em cada cinco brasileiros (20,3%) é analfabeto funcional, de acordo com a Pnad (Pesquisa Nacional ...
Todos nós na primeira experiência. Um criança com camisa social e gravata em frente a um notebook
E finalmente,  o bilionário cego!!! Cifrão desenhado com  moedas douradas
Google, o bilionário cego!!! É apenas um robô que indexa conteúdo em texto. Dilbert fazendo parte do logotipo do Google e ...
Acessibilidade, quais são os custos?
<ul><li>Curva de aprendizagem </li></ul><ul><li>Alto custo no redesign </li></ul><ul><li>Baixo em novos projetos </li></ul...
E os benefícios? Gráfico de barras crescente.
Possibilidade de atingir 100% do público alvo; Foto de um homem olhando pela mira de sua espingarda.
Atender melhor todas as pessoas
Design universal:  uma solução para todos
Uma mão com laço  no dedo indicador Conformidade com o decreto de lei  Decreto nº 5.296   (dez/04) e com a convenção da ON...
Proteção contra processos pela falta da acessibilidade
Visualizar os benefícios  da acessibilidade Manutenção mais rápida e barata, melhor performance…
Valorização da  Diversidade e Responsabilidade Social. Mãos entrelaçadas
Maior visibilidade pelos  sistemas de busca;
Mulher com notebook  em sinal de ok Diferencial competitivo Cachorrinho caregando um enorme osso.
<ul><li>Melhoria da </li></ul><ul><li>qualidade. </li></ul>Mãe e filha felizes na praia dando uma estrela
Principais barreiras de acessibilidade
Elementos sem descrição textual adequada (imagens, flash, etc. ) Menus dropdown e expansível sem acessibilidade p/ teclado...
OnChange em elementos select CAPTCHA Reload Baixo contraste e informações com foco em cores Fontes pequenas e com tamanho ...
Problemas com navegação com mouse e teclado Falta de semântica. Conteúdos/arquivos em formatos proprietários  Vídeo e áudi...
Navegação na prática
Como anda a acessibilidade digital no Brasil? Motivação  pelo  decreto de lei 5296
 
 
 
 
 
 
Resultado: acessibilidade para inglês ver.
Janela   Quebrada Teoria das Janelas Quebradas aplicada à web http://fatorw.com/2007/06/27/teoria-das-janelas-quebradas/
Desafios da acessibilidade em portais governamentais
Fases da acessibilidade:
Fases da acessibilidade: 1) Conscientização
Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação
Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação 3) Mudança de cultura
Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação 3) Mudança de cultura 4) Melhoria contínua
Como incluir acessibilidade em um portal existente com centenas ou até milhares de páginas?
E no redesign de um portal ou em novos projetos?
Importância da escolha de ferramentas para construção e manutenção de portais
Como validar e manter a acessibilidade?
Como validar e manter a acessibilidade?
Profissionais Web
Manual e normas de acessibilidade corporativas para técnicos e conteudistas.
Acessibilidade, novas mídias e tecnologias
A ccessible  R ich  I nternet  A pplications ARIA NOW HTML 4 + ARIA HTML5 + ARIA http://www.abilitynet.org.uk/accessibilit...
iPhone, iPad, and iPod touch: Getting started with VoiceOver for accessibility
Obrigado!  Horácio Soares Lêda Spelta
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desafios da Acessibilidade em Portais Governamentais | Acesso Digital (Horácio Soares e Lêda Spelta)

1.861 visualizações

Publicada em

Workshop Lumis Governo | "Portais a Serviço do Cidadão" - Práticas e Tendências de Acessibilidade, Mobilidade e Redes Sociais nos Portais Governamentais | 17 de Maio de 2011 (DF)

Apresentação de Horácio Soares e Lêda Spelta, da Acesso Digital, referente ao Workshop, realizado pela Lumis, em Brasília, no dia 17 de maio de 2011.

O evento mostrou como instituições de governo do Brasil e do mundo estão estruturando seus Portais e incorporando tendências de ACESSIBILIDADE, MOBILIDADE e REDES SOCIAIS em suas iniciativas, tornando irrestrito o acesso de qualquer cidadão aos serviços, produtos e informações.

PALESTRANTES:

...sobre Acessibilidade: os consultores da empresa Acesso Digital, Horácio Soares e Lêda Lucia Spelta, duas importantes referências do trabalho com acessibilidade no país, apresentarão os principais desafios da condução de iniciativas de acessibilidade em projetos de portais, destacando as boas práticas vigentes e tendências do mercado.

...sobre Redes Sociais: Eduardo Trevisan, Diretor da Agência de Marketing Digital Facemedia, especialista em redes sociais e recentemente premiado pelo Shorty Awards (2011), em Nova York, trará um panorama da aplicação de redes sociais no escopo de governo.

...sobre Mobilidade: Os representantes da Casa Civil da Prefeitura do Rio de Janeiro, Gustavo Miranda e Márcia Costa Lima, apresentarão o projeto “Central de Tele-atendimento 1746”, focado no atendimento aos cidadãos.

Caso tenha interesse em participar de próximos eventos como este envie seu nome, telefone, empresa e e-mail para amanda@lumis.com.br.

Siga a Lumis no Twitter e acompanhe notícias sobre próximos eventos: http://twitter.com/LumisTecnologia


Cordialmente,
Equipe de Marketing Lumis.

Publicada em: Tecnologia, Design
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
53
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • É garantir que a informação esteja disponível e acessível a qualquer hora, local, ambiente, dispositivo de acesso e por qualquer tipo de visitante/usuário, independente de sua capacidade motora, visual, auditiva, mental, computacional, cultural ou social.
  • Teoria das Janelas Quebradas aplicada à web Fator W – Walmar A ndrade http://fatorw.com/2007/06/27/teoria-das-janelas-quebradas/
  • Desafios da Acessibilidade em Portais Governamentais | Acesso Digital (Horácio Soares e Lêda Spelta)

    1. 1. Desa fios da Acessib i lidade e m Portais Gov ernamentais Horácio Soares @horaciosoares Lêda Spelta Workshop Lumis Maio 2011
    2. 3. <ul><li>Serviços </li></ul>
    3. 4. <ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul>
    4. 5. <ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de acessibilidade e Web Standards. </li></ul></ul>
    5. 6. <ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de acessibilidade e Web Standards. </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento. </li></ul></ul>
    6. 7. <ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de acessibilidade e Web Standards. </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacitação. </li></ul></ul>
    7. 8. <ul><ul><li>Avaliação de acessibilidade e usabilidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Adequação aos padrões de acessibilidade e Web Standards. </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacitação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Consultoria. </li></ul></ul>
    8. 9. Vídeo trailer VIDEO: Acessibilidade Web:Custo ou Benefício ? Download: http://acessodigital.net/video.html Em HTML5 com legendas em PT-BR, EN e ES: http://acessodigital.net/video-html5/video-acessibilidade-en.html Videolog: http://videolog.uol.com.br/video.php?id=230205
    9. 10. Acessi bilidade para quem?
    10. 11. Duas fotos da Lêda testando uma mesa tátil acessível. Juca, sem visão acessando o computador através de um leitor de telas
    11. 12. Lucas, com baixa visão utilizando o software ampliador de tela.
    12. 13. Bernardo, designer e daltônico
    13. 14. Ok, então acessibilidade é para pessoas com deficiência visual, certo?
    14. 15. João, tetraplégico João (foto de Maíra Soares )
    15. 16. João Henriques deficiente motor utiliza o mouse com dificuldade. ( www.euroacessibilidade.com ) Fotos do deficiente motor João Henrique utilizando o mouse e outra em sua cadeira de rodas.
    16. 17. Deficientes auditivos não oralizados têm dificuldades com o português. Chapeuzinho Vermelho em português e na língua de sinais (prof. Goulão)
    17. 18. Certo...acessibilidade na Web serve para pessoas que possuem alguma deficiência, certo ?
    18. 19. Pedro e Laura com dispositivos móveis com acesso a Internet. Pedro olhando para seu smartphone e Laura com uma cara desesperada pera seu celular.
    19. 20. Marta e suas amigas… A idosa Marta com seu notebook no colo, navega sendo observada por três outras senhoras.
    20. 21. Analfabeto funcional Um em cada cinco brasileiros (20,3%) é analfabeto funcional, de acordo com a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2009, divulgada pelo IBGE. Homem de costas, sentado de frente para um quadro branco sem nada escrito.
    21. 22. Todos nós na primeira experiência. Um criança com camisa social e gravata em frente a um notebook
    22. 23. E finalmente, o bilionário cego!!! Cifrão desenhado com moedas douradas
    23. 24. Google, o bilionário cego!!! É apenas um robô que indexa conteúdo em texto. Dilbert fazendo parte do logotipo do Google e falando “eu não posso ver”.
    24. 25. Acessibilidade, quais são os custos?
    25. 26. <ul><li>Curva de aprendizagem </li></ul><ul><li>Alto custo no redesign </li></ul><ul><li>Baixo em novos projetos </li></ul><ul><li>Diminui com tempo </li></ul><ul><li>Validação </li></ul><ul><li>Manutenção </li></ul><ul><li>Melhoria contínua </li></ul><ul><li>Mudança de cultura </li></ul>
    26. 27. E os benefícios? Gráfico de barras crescente.
    27. 28. Possibilidade de atingir 100% do público alvo; Foto de um homem olhando pela mira de sua espingarda.
    28. 29. Atender melhor todas as pessoas
    29. 30. Design universal: uma solução para todos
    30. 31. Uma mão com laço no dedo indicador Conformidade com o decreto de lei Decreto nº 5.296 (dez/04) e com a convenção da ONU que ganhou força de lei Decreto 6949 (ago/09) ;
    31. 32. Proteção contra processos pela falta da acessibilidade
    32. 33. Visualizar os benefícios da acessibilidade Manutenção mais rápida e barata, melhor performance…
    33. 34. Valorização da Diversidade e Responsabilidade Social. Mãos entrelaçadas
    34. 35. Maior visibilidade pelos sistemas de busca;
    35. 36. Mulher com notebook em sinal de ok Diferencial competitivo Cachorrinho caregando um enorme osso.
    36. 37. <ul><li>Melhoria da </li></ul><ul><li>qualidade. </li></ul>Mãe e filha felizes na praia dando uma estrela
    37. 38. Principais barreiras de acessibilidade
    38. 39. Elementos sem descrição textual adequada (imagens, flash, etc. ) Menus dropdown e expansível sem acessibilidade p/ teclado e tecnologias assistivas Elementos que simulam, mas não são links e campos de formulário. Aparecimento de novos elementos, áreas e janelas sem aviso e com perda de foco.
    39. 40. OnChange em elementos select CAPTCHA Reload Baixo contraste e informações com foco em cores Fontes pequenas e com tamanho fixo.
    40. 41. Problemas com navegação com mouse e teclado Falta de semântica. Conteúdos/arquivos em formatos proprietários Vídeo e áudios Páginas lentas...
    41. 42. Navegação na prática
    42. 43. Como anda a acessibilidade digital no Brasil? Motivação pelo decreto de lei 5296
    43. 50. Resultado: acessibilidade para inglês ver.
    44. 51. Janela Quebrada Teoria das Janelas Quebradas aplicada à web http://fatorw.com/2007/06/27/teoria-das-janelas-quebradas/
    45. 52. Desafios da acessibilidade em portais governamentais
    46. 53. Fases da acessibilidade:
    47. 54. Fases da acessibilidade: 1) Conscientização
    48. 55. Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação
    49. 56. Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação 3) Mudança de cultura
    50. 57. Fases da acessibilidade: 1) Conscientização 2) Capacitação 3) Mudança de cultura 4) Melhoria contínua
    51. 58. Como incluir acessibilidade em um portal existente com centenas ou até milhares de páginas?
    52. 59. E no redesign de um portal ou em novos projetos?
    53. 60. Importância da escolha de ferramentas para construção e manutenção de portais
    54. 61. Como validar e manter a acessibilidade?
    55. 62. Como validar e manter a acessibilidade?
    56. 63. Profissionais Web
    57. 64. Manual e normas de acessibilidade corporativas para técnicos e conteudistas.
    58. 65. Acessibilidade, novas mídias e tecnologias
    59. 66. A ccessible R ich I nternet A pplications ARIA NOW HTML 4 + ARIA HTML5 + ARIA http://www.abilitynet.org.uk/accessibility2/wp-content/uploads/2009/09/HTML5_Accessibility_faulkner.ppt
    60. 67. iPhone, iPad, and iPod touch: Getting started with VoiceOver for accessibility
    61. 68. Obrigado! Horácio Soares Lêda Spelta

    ×