KAYKY
Todos juntos por
29/05/15 Sexta-feira • Ano III Ed. Quinzenal Nº 50 • Lagoa da Prata, S. A. do Monte, Moema, Japaraí...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
oPInIÃo2
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Carta ao Leitor
JULIAno ro...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
PoLÍTICA4
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Quando os prefeitos assum...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
EConoMIA 5
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Foto: Jéssica Ribeiro
LAgoA ...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
PoLÍTICA6
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
EM SAnTo AnTÔnIo do MonTE...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
PoLÍTICA 7
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Vereador contesta números
ap...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
PoLÍTICA8
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
EM LAgoA dA PrATA
CUrSoS ...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
PoLÍTICA 9
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
SAMonTE E PEdrA do IndAIÁ
FA...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
CoTIdIAno10
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Lagoa da Prata
comemora...
Untitled-1 1 26/05/15 09:52
E para fechar
a noite...
Página 4
Página 3
O efeito
afrodisíaco do
chocolate
Página 2
Seu namo...
vai adorar ganhar roupas de presente
Você ama seu namorado, aquele
resmungão de coração grande e estô-
mago maior ainda, m...
ESPECIAL DIA DOS NAMORADOS
Que tal esquentar ainda mais a re-
lação oferecendo deliciosos chocola-
tes ou até mesmo uma ma...
ESPECIAL DIA DOS NAMORADOS
nada melhor que aquela
esticadinha no motel
Ir no motel é algo pra-
zeroso e sempre uma
ótima p...
35 dicas para economizar na
organização do casamento
	 Durante o planejamento do casamento dos seus sonhos,
muitas noivas ...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
CoTIdIAno16
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
EM LAgoA dA PrATA
FESTI...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
CoTIdIAno 17
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
família de Kayky luta cont...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
EM LAgoA dA PrATA
III MoTo SUnSET O III Moto Sunset está c...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
Treinamento
funcional emagrece
e define músculos
Modalidade tr...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
CoLUnISTAS20
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Causos e Prosas
JoSÉ A...
ConFIrA 8 dICAS
AnTES dE LIgAr E
FAZEr o SEU PEdIdo!
1•Caso você tenha muita pressa, evite fazer pedidos em
horáriosdepico...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
SoCIAL22
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Kelisson e Juliana
Juliana...
WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br
VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO
SoCIAL 23
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
lucas e Kely boy e emilsa
And...
FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg
ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO
CooPErATIVISMo24
29.05.2015
SEXTA-FEIRA
Creonice Maria oli...
Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 50
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 50

711 visualizações

Publicada em

http://www.jornalcidademg.com.br
>Acesse e veja mais notícias
Jornal Cidade - Ano III - Nº 50 - 29 de Maio de 2015
Principais notícias das cidades do centro-oeste mineiro. Notícias de Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte, Moema, Pedra do Indaiá e Japaraíba.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
711
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
231
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Cidade - Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e região - Ano III Nº 50

  1. 1. KAYKY Todos juntos por 29/05/15 Sexta-feira • Ano III Ed. Quinzenal Nº 50 • Lagoa da Prata, S. A. do Monte, Moema, Japaraíba e Pedra do Indaiá • 7.000 Exemplares Separadas há 40 anos, mãe e filha podem se reencontrar em Lagoa da Prata Pág. 18 Veja matéria completa na pág. 17 Pág. 09 Pág. 04 Pág. 06 LP é a 2ª cidade no ranking de geração de empregos em Minas Gerais “Meio ambiente não é prioridade e projetos podem parar”, avisa secretária Jaqueline Filgueiras LP investe mais de 27 milhões de reais em obras e veículos desde 2013 lagoa da prata lagoa da prata S. A. DO MONTE Páginas 11 a 14 sicoob.com.br Abra uma Poupança Sicoob. E deixe seu porquinho livre para fazer tudo que não pode quando está cheio de moedas. Poupe no Sicoob Crediprata lagoa da prata Família luta contra o tempo para conseguir tratamento da doença O garoto sofre de Distrofia Muscular Progressiva Duchenne, uma doença degenerativa que, se não tratada a tempo, pode levar à morte. Kayky ao lado dos pais, Juliana e Ewerton
  2. 2. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO oPInIÃo2 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Carta ao Leitor JULIAno roSSI |juliano@jornalcidademg.com.br Em tempos de crise, quem sai na frente deixa os concorrentes para trás O mundo está cheio de pessoas e empresas reativas. E isso é contagioso e perigo- so. Esse conceito é atribuído a quem acredita que a culpa sempre está no outro ou em situações externas. Reativas são as pessoas que vivem re- clamandodasituaçãoeconô- mica,dosjuros,doclima,dovi- zinho,doconcorrente,dachu- va, do sol, reclamam de tudo e justificam o seu fracasso à existência desses fatores ex- ternos. Um exemplo clássico desse tipo de gente é o perso- nagemHardy,umahienapes- simista nos desenhos do Zé Colmeia,cujobordãoemtodos osepisódiosera“Euseiquenão vaidarcerto...Oh,dia!Oh,céus! Oh,azar!”. O país vive uma situação de retração econômica que exige cautela nos negócios e investimentos. Mas isso não pode ser motivo para que as pessoas deixem de viver e os empresários deixem de em- preender. No meio empresa- rial,éprecisomuitomaiscriati- vidade,arrojoedisposiçãopa- ra encantar o cliente. E quem sedestacaesainafrente,dei- xaosconcorrentesparatrás. Na semana passada fui a umalojacomprardetermina- doprodutoetiveumapéssima experiência.Oestabelecimen- toestavavazio.Fiqueiaproxi- madamenteunstrêsminutos observando a vitrine até que uma funcionária teve a “boa vontade” de vir me atender. Com uma cara emburrada e semamenorboavontade,res- pondeucomnomáximoduas palavrasatodasasminhasdú- vidas.Comoéqueodonodes- sa loja pretende vender com umatendimentodesses?Eles costumamreclamarqueoco- mércioestáruim,mascomum atendimentopéssimoédees- perarqueestejaruimmesmo. Tem um amigo meu, proprie- tário de uma outra empresa, queéoHardyempessoa.Eis- socontagiaosseusfuncioná- riostambém. Se as empresas preten- demsedestacarecolherosfru- tos no momento de bonança econômica, precisam repen- sar a sua estratégia: encantar ocliente,comprodutoseofer- tas,eocuparoimagináriodos consumidorescompublicida- deeficienteecriativa. Felizmente ainda temos muitasempresasqueinovam e encantam o cliente em La- goa da Prata. Como consumi- dor,tiveduasexperiênciaspo- sitivasrecentemente,naÓtica Acuidade Visual e na Aranto. Todas as pessoas, das funcio- náriasaosproprietários,sem- preatendemcomalegria,com entusiasmo,prestezaededica- ção.Ambasasempresaspos- suemgestãomodernaeconec- tada com as exigências des- se novo cenário. Certamente existemoutraslojascomesta mesmavisão,masqueoexem- plodelassirvadereferênciaa outros empresários queestão paradosnotempoàmercêdos fatoresexternos. AASSEMBLEIA LEGISLATIVA TRABALHA SEMPARAR. VEJAOQUEAASSEMBLEIAFEZNESSESÚLTIMOSDIAS: Saibamais:www.almg.gov.br/acompanhe/noticias. TVAssembleianasuacidade:www.almg.gov.br/acompanhe/tv_assembleia/sintonia. Pararecebernotíciassobreosassuntosdeseuinteresse,cliqueem“Recebaasnossasnotícias”esecadastre. CONFIRAOUTROSTRABALHOSDOSDEPUTADOSQUETAMBÉMAFETAMASUAVIDA: SEGURANÇAPÚBLICA AssembleiaprocurasoluçõesparaasdívidasdoHospitaldasClínicas SamuelLibânio,emPousoAlegre. DeputadospropõemalternativasparareaberturadehospitalemLagoaSanta. Interrupçãodasatividadesdeixoutrabalhadoresemoradoresdesamparados. ParlamentaressugeremacriaçãodeProgramadeCirurgiaPlásticaReconstrutiva deMamanaredepública. Deputadosdiscutemformasdediminuiraviolênciacontraosidosos. ParlamentarescobramdeempresaresponsávelporobrasnoAeroporto deConfinsmedidasquerecuperemaslagoasdomunicípio. DeputadosreivindicamaoExecutivoacriaçãodepolíticaspúblicasque apoiemindústriasdeenergiasalternativas. ParlamentaressugeremmarchadosprodutoresmineirosaBrasília parareivindicararenegociaçãodasdívidasruraisemedidasde estímuloaosetor. Deputadosunemforçascommunicípiosmineradorespela aprovaçãodoMarcoRegulatóriodaMineraçãonoCongresso Nacional.Medidatrarámaisimpostospara asprefeituras. DeputadosvistoriamCerespdeContagemecobrammedidasparaacabar comasuperlotação. ParlamentaresvãointercederaogovernopelainstalaçãodeDelegacia RegionalemViçosaepeloaumentodonúmerodepoliciaisnaregião. DeputadoscobramregularizaçãonosrepassesdoEstadopara escolasdeeducaçãoespecial. AssembleiaapoiaimplantaçãodepolodaUFMG noSul deMinas. DeputadosorganizamciclodedebatesequartaediçãodaMarcha ContraoCrackeOutrasDrogas. SAÚDE MEIO AMBIENTE EDUCAÇÃO AGRICULTURA DIREITOS HUMANOS COMBATEÀSDROGAS MINERAÇÃO Deputadosquestionamconcessionáriaresponsávelereivindicamque duplicaçãodaBR040,entreJuizdeForaeBrasília,comecepelotrecho mineiro,queéomaisperigoso. ParlamentaresexigemprovidênciaseDERanunciarecapeamentodasMGs 230,187e462,naregiãodePatrocínio. Assembleiapropõemedidasparagarantirmaissegurançaparaquem trafegapelaMG030,entreBHeNovaLima. TRANSPORTE DeputadosapoiamprojetoqueobrigaDetranadivulgarvalor arrecadadocommultasedestinododinheiro. Parlamentaresexigemregrasclarasparacálculodetarifasem estacionamentosdeveículos. ParlamentaresapoiamdistribuiçãodebolsasdeestudosdaFapemig paramanutençãodoBalletJovemdaFundaçãoClóvisSalgado. DEFESA DO CONSUMIDOR CULTURA Comissão Extraordináriadas Mulheresvai garantirmaior participaçãofeminina napolítica. Deputados defendem acriaçãode delegacia paracrimesraciais edeintolerância. Assembleia criaaComissão Extraordinária deProteção dosAnimais.
  3. 3. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO PoLÍTICA4 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Quando os prefeitos assumem uma cidade, obviamente, eles sabem das dificuldades, que são muitas e eles têm razão. O repasse do governo federal é muito pouco e do governo estadual é quase nada. Porém, não podemos, de forma alguma, é ficar pelos cantos, reunindo prefeitos com prefeitos, falando dos mesmos problemas e não encontrando solução. Cada prefeito tem que arrumar o seu caminho. PAULo CÉSAr TEodoro - Prefeito Municipal Vice Roberto do Tuim e Prefeito Paulo César Teodoro lP investe mais de 27 milhões de reais em obras e veículos desde 2013 LAgoA dA PrATA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Levantamento feito pela SecretariaMunicipaldeFazen- da de Lagoa da Prata, a pedido doJornalCidade,mostraqueo município de Lagoa da Prata estáaplicando,emdoisanose meiodegestãodaadministra- ção municipal, mais de 27 mi- lhõesdereaisem28obras,equi- pamentos,aquisiçãode39veí- culos e serviço de iluminação pública. Naentrevistaaseguir,opre- feito Paulo César Teodoro fala sobre os investimentos feitos peloseugoverno,numcenário deincertezaseconômicasedifi- culdadesorçamentáriasencon- tradaspelamaioriadosmunicí- pios.Teodorotambémfoiques- tionadosobreduaspromessas decampanhaqueaindanãosa- íramdopapeletemsidomoti- vodereivindicaçãoporpartede vereadores, empresários e co- munidade,quesãoarevitaliza- çãodaGuardaCivilMunicipale ainstalaçãodascâmerasdemo- nitoramento. Jornal Cidade: A maioria dos municípios brasileiros passa por sérias dificuldades orça- mentárias.Quaisforamasme- didastomadaspeloseugoverno paraqueLagoadaPratapudes- se investir, com recursos pró- prios,maisde15milhõesdere- aisemobras,veículoseequipa- mentos? PauloTeodoro:Primeirofizemos umaeconomia.Chegamosaqui naprefeituraeencontramosa cidadecomasmesmasdificul- dadesdeoutrosprefeitos:proble- masfinanceirosesemestrutu- ra. Adotamos uma política de austeridade, com economia e otimizamososrecursospúbli- cos.Nãofoinadafácil.Amaio- riadospolíticosqueradminis- trarcomtapinhanascostas.Não quercobrarimpostoenemdívi- daativa.Chegamosaquicomo propósitodeorganizaracidade, cobrarosimpostosdevidos,eco- nomizarodinheiropúblicoede- volvê-losemobraseserviços. JC:Osmunicípiosrecebemvá- riosrepassesdosgovernoses- tadualefederalquedevemser aplicados,obrigatoriamente,em setoresespecíficos,comosaúde eeducação.Essesrecursosche- gamaomunicípioindependen- tementedogovernoqueesteja àfrentedacidade.Alémdessas verbas,deacordocomorelató- riofeitopelaSecretariaMunici- paldeFazenda,LagoadaPrata recebeumaisde12milhõesde reaiseminvestimentosdosgo- vernosestadualefederal.Como sedeuaarticulaçãoparaqueos cofrespúblicosrecebessemes- semontante? Paulo Teodoro: O que fizemos foisimples.Abrimosasportas dacidadeparaqualquerdepu- tadoquequisesseajudar.Lagoa daPrataprecisavadeapoio.Há muito tempo não tinha inves- timentodenenhumdeputado. Deputadovinha,recebia15mil votosenãofazianadapelapo- pulação.Abrimosacidadeere- cebemosdiversasemendaspar- lamentares.Oresultadofoiex- tremamentepositivoeestamos nocaminhocerto. JC:Osprefeitos,emsuamaioria, têmconcentradomuitosesfor- ços em reclamar da situação econômica,dafaltadedinhei- ro ede outros problemas. Mas vocês,prefeitos,asvezessees- quecemdequeforameleitospa- raencontraremasalternativas eapresentaremresultadoàpo- pulação... Paulo Teodoro: Na realidade, quandoosprefeitosassumem uma cidade, obviamente, eles sabem das dificuldades, que sãomuitaseelestêmrazão.O repasse do governo federal é muito pouco e do governo es- tadualéquasenada.Elestrans- feremasresponsabilidadesde- lesparaosmunicípios.Porém, não podemos ficar de braços cruzadosesperandoqueomi- lagreaconteça,pois,napolítica, nãovaiacontecernunca.Apo- pulaçãoconfiaemvocêatarefa deadministraracidadeevocê temquebuscarasolução.Tem queconseguirumasoluçãoca- seiraparaatrairinvestimentos eeconomizaromáximodere- cursos. Não podemos, de for- maalguma,éficarpeloscantos, reunindoprefeitoscomprefei- tos, falando dos mesmos pro- blemasenãoencontrandoso- lução.Cadaprefeitotemquear- rumaroseucaminhoebuscar apoiojuntoaosgovernos,aosou- trosprefeitos,àsempresas,àas- sociaçãocomercial,juntoàCâ- mara.Infelizmente,emLagoada Prata,temostrêsvereadoresque achamquenãoéfunçãodovere- adorbuscarrecursos.Overeador podeserparceirodoExecutivo. Eletambémfoieleitoparaajudar aadministraracidade,nãosóle- gislarefiscalizar,mas,sim,bus- carrecursosesoluções.Edentro dessaperspectiva,façoquestão de mencionar o nome dos ve- readoresquecontribuírampa- raconseguirmosessesinvesti- mentosde12milhõesdereais. Sãoeles:AdrianoMoraes,Adria- noMoreira,CaboNunes,Pauli- nhodaCompuway,NegodaAm- bulânciaeprofessorDi-Gianne. JC:Doisitensdoplanodegover- noqueosenhoreovice-prefei- toRobertodoTuimapresenta- ramduranteacampanhaelei- toraltêmsidocobradosporvá- riaspessoas,comoainstalação dascâmerasdemonitoramento eorevitalizaçãonaGuardaCivil Municipal.Qualaprevisãopa- raqueessaspromessassaiam dopapel? Paulo Teodoro: Em relação à GuardaMunicipal,precisamos reorganizaraparteadministra- tivadacorporação.Serárealiza- doembreveumseminárioem Lagoa da Prata com uma das maiores autoridades do Brasil emgestãodeguardascivis.Ele vainosorientarsobrequaloca- minhocorretoaseguir.Depoisdisso,vamos defatoreestruturaraGuardaMunicipal.Em relaçãoàscâmerasdemonitoramento,na últimasexta-feiraesteveaquinomunicípio umaempresaquefezomapeamentodos pontos.Elesvirãonovamentenasexta,dia 29,paraapresentarumestudotécnico.Em brevejáteremosolançamentodoeditalpa- racontrataraempresa.Éumcompromisso meuedoRobertoinstalarascâmeras. Investimentos com recursos do próprio município ultrapassam 15 milhões de reais
  4. 4. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO EConoMIA 5 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Foto: Jéssica Ribeiro LAgoA dA PrATA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Lagoa da Prata ficou na 2ª posição no ranking da evolução do emprego for- mal, em levantamento feito nos 110 municípios minei- ros com mais de 30 mil ha- bitantes, no mês de abril de 2015. Os dados foram divul- gados na semana passada pelo Cadastro Geral de Em- pregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao Mi- nistério do Trabalho e Em- prego (MTE). Em abril foram registra- das823admissõese367des- ligamentos, o que resultou numa evolução de 456 no- vos postos de trabalho. “En- tretanto,essesdadosnãode- vem ser analisados por um único mês, sob pena de su- gerirumatendênciaequivo- cada. Prova disso é que em março de 2015 ocupamos apenas a 21ª posição de em- pregabilidade no estado de Minas Gerais. Mas, de qual- quer maneira, Lagoa da Pra- tafiguraentreascidadesque maisgerampostosdetraba- lhonoestado”,PauloRoberto AgostinhoPereira,presiden- tedaAssociaçãoComerciale EmpresarialdeLagoadaPra- ta. Os bons números regis- tradosemLagoadaPrata,de acordocomopresidente,de- vem-seàdiversidadedaeco- nomiadomunicípio.“Nãote- mosumaeconomiaestrutu- radaemapenasumsegmen- to específico, o que nos ga- rante um pouco mais de se- gurançaemrelaçãoàscrises financeiras, pois enquanto umramosentemaisosefei- tosdobaixoconsumo,outros se mantêm fortes”, afirmou. O secretário municipal de Desenvolvimento Eco- nômico, Carlos Henrique Lacerda, comemorou o re- sultado obtido pelas empre- sas locais. ““Lagoa da Prata é umlugarqueaindageraem- prego e oferece oportunida- des. Hoje, quando uma pes- soaédemitida,elaachainte- ressantemontarumnegócio próprio, tanto é que é possí- velvermuitaspequenasem- presas,àsvezes,atéfamilia- res”, frisou. OprefeitoPauloCésarTe- odorotambémavaliouodes- taque da cidade no ranking de empregabilidade em Mi- nas Gerais. “Lagoa da Pra- ta se tornou um porto segu- ro para quem quer investir e abrir um negócio. Esse nú- mero positivo é reflexo de umtrabalhosériofeitopelas indústrias,peloscomercian- tes,pelosprestadoresdeser- viço,pelaAssociaçãoComer- cialetambémpelaAdminis- tração Municipal. Quando os empresários vão montar umaempresaemumadeter- minadacidade,elesavaliam vários pontos, como o esco- amento da produção, quali- ConsulteoSINEdeLagoadaPrata(Av.BeneditoValadares,331Sala05,Centro)paraver ofertas de vagas de emprego. ficação da mão-de-obra, se- gurança pública, sistema de saúde público, infraestrutu- radacidade,enfim,estudam todaasituaçãodomunicípio. Isso Lagoa da Prata tem. Es- tamostrabalhandonesseru- monageraçãodeempregoe renda”, conclui Teodoro. dAdoS gErAIS Paracatu ocupou a pri- meiraposiçãonorankingde empregabilidade do mês de abril divulgado pelo Caged, com saldo positivo de 467 novospostosdetrabalho.Em segundolugarvêmLagoada Prata,seguidadeJuizdeFo- ra,Alfenas,GuaxupéeFrutal. Poroutrolado,BeloHorizon- te está na última colocação dolevantamento,comsaldo negativode4.453empregos. Na penúltima colocação es- táItabira,queperdeu1.195va- gas de trabalho em abril. No mês passado, o pa- ís registrou queda de 0,24% noestoquedeempregosfor- mais,oquerepresentaredu- ção de 97.828 postos de tra- balho, resultado de 1.527.681 admissões contra 1.625.509 desligamentos.MinasGerais perdeu 6.964 empregos. Paulo Roberto Pereira, ACE/CDL Lagoa da Prata Carlos Henrique Lacerda, Sec. Desenv. Econômico Lagoa da Prata é a segunda cidade no ranking de geração de empregos em Minas gerais
  5. 5. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO PoLÍTICA6 29.05.2015 SEXTA-FEIRA EM SAnTo AnTÔnIo do MonTE CoPA SAMonTE CArd O início da Copa Samonte Card de futsal foi adiado, a competição que teria início no dia 4 de junho foi remarcada para o dia 11 às 19hs. O adiamento se deve à utilização do Poliesportivo Dr.Renato Azeredo para festividades escolares e religiosas na data. “Meio ambiente não é prioridade e projetos podem parar”, avisa secretária Jaqueline filgueiras S. A. do MonTE dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Após a renúncia do ex- -prefeito Wilmar Filho, o atual mandatário Dinho do Brazassumiuaadministra- çãomunicipalejácomeçou a reorganizar a casa, inclu- sive, com a demissão de funcionários, como a enge- nheiraambientalqueseriaa responsávelpelaagênciado InstitutoEstadualdeFlores- tas (IEF). Para a secretária de Meio Ambiente, Jaqueli- ne Filgueiras, esta exonera- ção foi impensada e poderá gerargravesconsequências paraomunicípio.“Seelenão revir a situação da secreta- ria e não readmitir a enge- nheira, nós temos que rein- cidir o contrato com o Esta- do, que é do IEF. Nós demo- ramos mais de um ano para conseguir essa agência pa- ra Santo Antônio do Monte, que seria inaugurada ago- ra, e cancelamos a inaugu- raçãoatéqueseresolvaasi- tuação. Essa ajuda do IEF é muito bem vinda e iríamos trabalhar diretamente com o governo. De qualquer for- ma não tem como a Secre- tariadeMeioAmbientefun- cionar sem um engenheiro ambiental”, afirmou. No dia 26 de março, Fil- gueiras foi apostilada pelo ex-prefeitoWilmarFilhopor meio da portaria 378/2015. “Continuo como secretária de Meio Ambiente, só que apostilada. Nessa mesma data o prefeito me comuni- cou que não ficaria mais a frente do cargo por motivos pessoais e, principalmen- te, pela saúde. Foi aí que co- muniqueiquemeucompro- misso se encerraria ali, pois sou funcionária de carreira, meu compromisso político era com ele. Após Dr. Wil- mar ter renunciado, na ter- ça (12/5) eu fui até o gabine- te e coloquei o meu cargo à disposiçãodoDinho,issoeu gostaria de deixar bem cla- ro”, afirmou. Jaqueline ainda frisou que conversou com o atual prefeito para que ele tivesse aliberdadedenomearoutra pessoa para o cargo. “Eu co- muniqueiquenãoteriainte- resse em continuar frente à pasta da Secretaria de Meio Ambiente, pois já apostilei, então meu salário não mu- da nada, estou perto de apo- sentar. Estou com um pro- blema sério de saúde e vou fazer uma cirurgia. Que ele tivesse a liberdade para no- mear alguém da confiança dele, que julgasse compe- tente, para que eu pudesse passar o trabalho, os proje- tos e ir apresentando a se- cretaria passo a passo. Aqui é muito complexo e nós te- mos vários projetos em an- damento”, destacou. ProJEToS PodEM PArAr Paraela,existemmuitos projetos da secretaria que nãopodemparar.“Eudemo- reidezanosparamontares- saestrutura.HojeaSecreta- ria Municipal de Meio Am- biente de Santo Antônio do Monteéconsideradaamais organizada do centro-oeste de Minas Gerais. Eu recebi o título entre as trinta me- lhores secretárias do Brasil e quem me indicou a rece- ber foi a Funasa. Às vezes, prefeito, vice-prefeito e ve- readores não visitam a se- cretaria para ver o trabalho, mas nós temos vários pro- jetos. E se o prefeito não ti- veraconsciênciadecolocar uma pessoa, tudo vai parar”, afirmou. Jaqueline destacou que sempre se esforçou pa- ra equipar a secretaria. “A maioria dos bens da secre- taria não foram dados pe- la prefeitura. É fruto de pro- jetos e recursos promovi- dos pela própria secretaria. Nós temos quatro veícu- los, computadores de últi- ma geração, quatro impres- soras e internet, tendo hoje umaestruturainvejável.So- mos a única secretaria que tem o Plano de Gestão Inte- grada de Resíduos Sólidos, aprovado por lei e reconhe- cido pelo Estado. Temos um plano de saneamento bási- co que foi aprovado por lei e sem custo nenhum para o município, enquanto Lagoa da Prata, que a gente gosta muito de comparar, pagou 1,5 milhão de reais em um plano de saneamento bási- co. A gente tem que apren- der a fazer política e esque- cer a politicagem”, frisou. Prestes a se aposentar, a secretáriadissequejácum- priu a sua missão e afirmou que o atual prefeito tem ou- tras metas para a adminis- tração municipal. “No dia que eu conversei com o Di- nho,elemedissequeaprio- ridade dele seria a saúde e que nas outras secretarias ele estaria revendo a situ- ação. Não me mostrou ne- nhum interesse pela Secre- taria de Meio Ambiente, o que é lamentável”, afirmou. “MEIo AMBIEnTE nÃo É PrIorIdAdE” Segundo Filgueiras, a secretaria tem vários pro- jetos em andamento. “Es- tamos unindo a sociedade civil com os poderes públi- cos para formar um Code- ma de peso, mas se não ti- ver um parecer enviado pe- lasecretariaeassinadopelo técnico, volta na hora. Uma SecretariadeMeioAmbien- te sem um engenheiro é o mesmo que abrir um hospi- tal que não tenha médico. A secretaria é autossustentá- vel,ataxaqueelarecebepor mês é o suficiente para pa- gar um engenheiro, porém, todoessedinheirovaiparao fundo de desenvolvimento ambiental,queégeridopela SecretariadeMeioAmbien- te e Codema. Nós não pode- mos pagar salário, mas po- demosfazerapartirdecom- pra feita”, afirmou. Jaqueline também sa- lientou que tentou mos- trar o seu ponto de vista pa- ra o atual prefeito, mas ele não quis ouvir seus argu- mentos e explicações. “En- tão, mediante a esta situa- ção, eu não vejo outra saída anãosertornarpúblicaasi- tuação.Agenteficatristede saber que o meio ambiente nãoéprioridade,aessaaltu- ra em que as questões am- bientais são a bola da vez. Mas politicamente não é prioridade, são poucos polí- ticos que priorizam o meio ambiente, mesmo porque não dá voto, você nunca vai verumpédeipêiràurnavo- tar”, disse. De acordo com Filguei- ras, muitos projetos vão pa- rar,comoareformadaAsso- ciaçãodoCatadoresdeSan- toAntôniodoMonte(ASCA- SAM), que até o momento, segundo a secretária, não se teve o apoio do governo municipal. “Esperamos no futuro poder contar com o apoio do prefeito Dinho do Braz. Esses projetos ficarão parados e não depende de mim.Euvoumeafastarpara fazer essa cirurgia e não sei quando retorno”, afirmou. Todos os meses a Se- cretaria de Meio Ambiente de Santo Antônio do Monte emite um parecer de pontu- alidade, principalmente da coleta seletiva, para os go- vernos estadual e federal. “Dia 29 vence o prazo pa- ra o Ministério das Cidades sobre os Resíduos Sólidos. Quemfazissoéoengenhei- ro. As penalidades por falta da pontualidade dessas in- formaçõeséasuspensãode recursos para saneamen- to básico. Para finalizar, eu espero que a população de SantoAntôniodoMonteen- tenda o meu lado, que já me apostileieestoumeaposen- tando, e compreenda o lado do prefeito também, porque algumas medidas, algumas demissões foram necessá- rias. Mas fico esperançosa que nosso prefeito rever- ta esse quadro mais rápido possível”, destacou. o oUTro LAdo O governo de Santo An- tônio do Monte informou por meio da assessoria de comunicação que “todas as secretarias e departa- mentos estão passando por adaptações e mudanças desde que o Prefeito Dinho do Braz assumiu o cargo. Este processo ainda não foi concluído, portanto no mo- mento não é possível defi- nir todas as mudanças, in- cluindo número de demis- sões. A Secretaria do Meio Ambiente não ficará sem um responsável, mas terá suaestruturaalterada.Ono- medonovoresponsávelpe- lo setor está em definição”, informou a nota enviada ao Jornal Cidade. “São poucos os políticos que priorizam o meio ambiente, mesmo porque não dá voto, você nunca vai ver um pé de ipê ir à urna votar”, disse Jaqueline. Foto: Maurício Costa Em entrevista ao Jornal Cidade, secretária faz um alerta ao governo sobre os projetos ambientais em S. A. do Monte
  6. 6. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO PoLÍTICA 7 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Vereador contesta números apresentados pelo Jornal Cidade S. A. do Monte ainda possui receita por habitante maior do que Lagoa da Prata e Bom despacho noTA dA rEdAÇÃo Cortina de fumaça S. A. do MonTE dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br OJornalCidade,naedição veiculada no dia 15 de maio, apresentou um quadro com- parativo dos orçamentos dos municípios da região com o objetivo de mostrar ao leitor o potencialdeinvestimentodas administraçõesmunicipais.A proposta da matéria foi ques- tionaraafirmaçãodepolíticos deSantoAntôniodoMonteque argumentamqueacidadenão possuidinheiroparaexecutar obraseprestarserviçosquesa- tisfaçamasexpectativasdosci- dadãos.OvereadorLuisAntô- nioResende,nodia11demaio, afirmou durante a reunião da Câmara:“Nãotemadministra- dorquepassouaquiquefaçaa prefeiturafuncionarcomosre- cursosquetem.Euapostoque nãofunciona.Oprefeitocortou tudooquepodiacortar.Nãotem dinheiro.Nãotemcomoamá- quinafuncionar”,disse.Confor- meatabelaabaixo,SantoAntô- niodoMontepossuiamesma realidadeorçamentáriadeou- trosmunicípioseestáatéemsi- tuaçãomelhordoqueLagoada PrataeBomDespacho. No quadro comparativo dos orçamentos dos municí- Vejaabaixoográficocor- reto com as receitas corren- teslíquidasobtidaspelosmu- nicípios. Santo Antônio do Namatemática,existeuma regrabásicanaqualaordemdos fatoresnãoalteraoproduto.To- davia,aordemdosafazeresorga- nizaasuavida.Comoobjetivode mostrarqueasfinançasdeSan- to Antônio do Monte não estão tãocapengascomoqueremfa- zeracreditarospolíticoslocais, emboraoJornalCidadetenhain- terpretadoequivocadamenteas planilhasdisponíveisnositedo TribunaldeContas,asinforma- ções corretas no quadro acima mostramqueomunicípiopos- suiumasituaçãoeconômicase- melhanteàdosdemaismunicí- pios,superioratédoqueasrecei- tasdeLagoadaPrataeBomDes- pacho,considerandoosvalores por habitante. O vereador Luis Resende,funcionárioa32anos Monte possui um orçamen- to,porhabitante,maiordoque Lagoa da Prata e Bom Despa- cho – cidades de maior por- daprefeitura,quepossuilargaex- periênciaemcontabilidadepú- blica,foiquemapontouoerrode interpretaçãodareportagemem umapalestra“espetacular”mon- tadanoplenáriodaCâmaraMu- nicipal.Maselenãoreconheceu que, mesmoassim, comos nú- meros reais, os cofres de Santo Antônio do Monte estão em si- tuação normal aos dos demais municípios. Em Lagoa da Pra- taépossívelverdiversasobrase investimentosdaprefeitura.Em BomDespacho,idem.EemSan- toAntôniodoMonte?Comofoia gestãododinheirodopovones- sesdoisanosemeiodegoverno? Éaordemdosafazeresque organizaanossavida.Enoser- viçopúblico,issopodesercon- textualizado por decisões e es- te – e no mesmo patamar de Cláudio, município com pra- ticamente a mesma popula- ção. colhas. As escolhas feitas pe- lo governo e Câmara, até o mo- mento,foramasmaiseficientes eimpessoais? Políticossãopagos,emuito bem pagos, para encontrarem assoluçõeseapresentaremre- sultados.Enãoparaficarrecla- mandoqueestáfaltandodinhei- ro.Senãotemcompetênciapara administrarcomosrecursosque tem,porqueescolheuserpolíti- co? Quandoumcandidatocolo- caoseunomeàdisposiçãoem uma eleição, pressupõe-se que eleconheçaarealidadedomu- nicípio,aslimitaçõeseaspoten- cialidades,etenhaumplanopara encontraralternativasqueme- lhoremaqualidadedevidados cidadãos. pios, veiculado na última edi- ção, o Jornal Cidade interpre- tou e informou equivocada- mente os números apresen- tados.Tomandocomobaseos orçamentos previstos para o anode2014,foiinformadoque SantoAntôniodoMonteobte- veumareceitaporhabitanteno valorde2.568reais,aopassoque BomDespachoteriaarrecadado 1.854eLagoadaPrata,1.656. Baseadonessesnúmeros, overeadorLuisAntonioResen- de - que é servidor do municí- pio há 32 anos – usou a Tribu- naPopulardaCâmaradeSan- toAntôniodoMonte,nasessão dodia18demaio,paracontes- tarosvaloresinformadospelo jornaleapresentarasreceitas corretas,nocaso,osvaloreslí- quidosobtidospelomunicípio noexercíciode2014.“Asinfor- maçõessãocomplexas.Quan- dofalamosemOrçamento,es- tamosfalandodaReceitaEsti- madaouprevistamaisaDespe- saFixada.OOrçamentoéelabo- radonoanoanterioràsuaexe- cução,porexemplo,oorçamen- toemexecuçãonoexercíciode 2015foiapresentadoemagosto de2014.Portanto,algumasRe- ceitas e Despesas podem não ocorrer conforme o que esta- vaprevisto.Destaforma, oOr- çamento mostra o que estava Previsto e não o que foi exata- mentegastoourecebido”,expli- cou. Resende ainda falou das dificuldadesdeseadministrar o município, que possui 1.125 quilômetros quadrados deex- tensão,comoitoescolasrurais, enquanto Lagoa da Prata pos- sui442quilômetrosquadrados deextensãoeapenasumaes- colarural.Overeadortambém apresentoudadossobregastos comomerendaetransportees- colar, despesas de saúde e ilu- minaçãopública.“Gostariaque fossemcolocadososnúmeros faladosaqui.Ospróximoscan- didatos estão prometendo as coisas.Apopulaçãovaicobrar, porque naverdade nãotem.O cobertor é curto. Não tem má- gica”,afirmou. Luis Resende é vereador e funcionário da prefeitura
  7. 7. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO PoLÍTICA8 29.05.2015 SEXTA-FEIRA EM LAgoA dA PrATA CUrSoS grATUIToS A Sec. Mun. de Desenvolvimento Econômico comunica que estão abertas as inscrições para os cursos de Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Pessoal. Serão 60 vagas. Os cursos serão ofertados nas dependências da Secretaria no período da noite. Faça sua Pré-Matrícula no SINE. Estação de Tratamento de Esgoto de LP deve entrar em operação até o final de julho LAgoA dA PrATA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Aprevisãoédodiretordo SAAEAntôniodePáduaLima Sampaio. Segundo ele, a Es- tação de Tratamento de Es- goto (ETE) de Lagoa da Prata necessita de 25 funcionários paraentraremoperação.“Um processoseletivoserámonta- do até o final de junho, para, em julho, se não houver con- tratempos, finalmente ter- mos a ETE em pleno funcio- namento”,disseSampaio. No último dia 19, funcio- nários da construtora San- tanna, técnicos da CODE- VASF (Comissão de Desen- volvimento dos Vales São FranciscoeParnaíba)emem- bros da CBHSF (Comitê de Bacias Hidrográficas do São Francisco) vieram a Lagoa da Prata fazer a entrega ofi- cial das obras da ETE – Esta- Um processo seletivo será montado até o final de junho, para, em julho, se não houver contratempos, finalmente termos a ETE em pleno funcionamento. TonInHo SAMPAIo Diretor do SAAE ção de Tratamento de Esgo- to. Como parte da programa- ção, inspecionaram as Esta- ções Elevatórias e toda a re- de coletora de esgotamento sanitário. Em seguida, com a pre- sença do prefeito Paulo Teo- doro, do diretor do SAAE An- tônioSampaio,dodiretorad- junto do SAAE Astácio Neto, do secretário de Meio Am- biente Lessandro Gabriel e dos vereadores Di-Gian- ne, Nêgo da Saúde e Adriano Moraes, além de funcioná- rios do SAAE, da prefeitura e da construtora, foram acio- nados os motores e demais componentes da estação. O teste foi aprovado pelos téc- nicoseaETEjáestáemcon- diçõesdefuncionamento. AETEéumaobraexecu- tada com recursos federais, através do PAC, que custou aproximadamente 32,5 mi- lhõesdereais.Aestaçãoestá pronta desde agosto de 2014 e, de acordo com o diretor do SAAEAntôniodePáduaLima Sampaio,problemasburocrá- ticosnaconcessãodaslicen- Trabalhos terão início após a contratação de 25 funcionários por meio de processo seletivo Fotos: Ascom Prefeitura LP ETE está pronta desde agosto de 2014 e ainda não entrou em operação por falta de licenças ambientais Prefeito, diretores do SAAE, secretário e vereadores acompanharam a entrega da obra ças ambientais atrasaram o iníciodeseufuncionamento. A autorização provisória paraoperaçãofoiemitidape- loCOPAMnodia6demaio.
  8. 8. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO PoLÍTICA 9 29.05.2015 SEXTA-FEIRA SAMonTE E PEdrA do IndAIÁ FALTA dE EnErgIA A Cemig informa que um defeito na subestação de Pedra do Indaiá, provocou o desligamento de energia elétrica na própria cidade e em Camacho, Itapecerica e S. A. do Monte no inicio desta semana. A Empresa informa, ainda, que está apurando as causas do defeito na subestação. LAgoA dA PrATA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Umrequerimentodeau- toriadapresidentedaCâma- ra de Lagoa da Prata, a vere- adora Quelli Couto, aprova- donasessãoordináriadaúl- tima segunda-feira (25/03), trouxeaodebateapolêmica das horas-extras feitas pe- lo vereador Adriano Morei- ra, que também é servidor na secretaria de Assistên- cia Social. Quelli solicitou ao secretário de Adminis- traçãoJoséOctavianoRibei- roeàresponsávelpelosetor de pessoal da prefeitura que enviem um relatório com a descrição das horas-extras realizadaserecebidaspelos ocupantesdosempregospú- blicosdeassistentessociais epsicólogosdaSecretariade Assistência Social. Tudo começou com as Vereadores Quelli e Adriano Moreira em rota de colisão na Câmara Municipal Fotos: Divulgação declaraçõesdeAdrianoMo- reiraduranteumadiscussão deoutrorequerimentonase- ção do dia 4 de maio. Ao de- fender-sedeinsinuaçõesda vereadoraCidaMarcelinode que estaria obtendo vanta- genspolíticasepessoaispor meio de seu trabalho como servidormunicipal,overea- dor disse que, além das seis horas diárias previstas em sua função efetiva, está re- alizando outras três horas- -extras no setor de habita- Na mira da vereadora Quelli, Adriano Moreira parte para o ataque contra a colega ção, totalizando nove horas diárias de trabalho. Morei- ra realizou 49 horas-extras duranteomêsdeabril,rece- bendo um adicional de 50% por cada hora realizada. Como as reuniões ordi- nárias da Câmara aconte- cem nas segundas-feiras, às 16h, a vereadora Quelli suspeita de que há incom- patibilidade de horários en- tre as funções de servidor municipal e vereador exer- cidas por Adriano Morei- Câmara pede informações sobre horas- extras na assistência Social ra e questionou os critérios daSecretariadeAssistência Socialaoconcederobenefí- cio das horas-extras ao ser- vidor/vereador. “Temos re- cebido inúmeras reclama- ções de cidadãos que bus- cam atendimento nos Cen- tros de Referência de Assis- tência Social (Cras). Eles re- latamafaltadefuncionários quepossamrealizarasativi- dadesrotineirasdosetor.Se é verdade que o município vem pagando horas-extras para alguns servidores, me parecemaisprudentequese nomeiemnovosservidores. Temosumconcursopúblico emvigoreprofissionaisque cobram essas nomeações”, argumentou a vereadora. Quelliameaçourecorrer ao Ministério Público caso sejam apuradas irregulari- dades no exercício das du- as funções do vereador/ser- vidor.“FalopravocêAdriano Moreira, na condição de ve- reador.Vocêtrabalhade12h às 18h (na Assistência So- cial) e está sempre presen- te nas reuniões da Câmara. O que se pode deduzir é que você deve horas para a pre- feitura. Não sei como fun- ciona a questão de você fa- zerhora-extra.Oquededuzo é que você fica devendo ho- ras no banco. Vejo uma in- compatibilidade do seu ho- rário de servidor e de vere- ador.Vocêestápresenteem todas as nossas reuniões, que começam 15h, 15h30, 16h. Espero que a documen- tação venha e as medidas que eu tiver que tomar, vou tomar”, disparou a vereado- ra. o oUTro LAdo Ao fazer a sua defesa, o vereador Adriano Moreira afirmouquesempredáasa- ídanocartãodepontonaSe- cretaria de Assistência So- cial quando precisa partici- par das reuniões da Câmara e ironizou a vereadora. “Ne- nhum vereador seria imbe- cil de trabalhar aqui com o cartão no ponto. Essa ques- tão de Ministério Público é interessante. A vereadora foicitadaemumacondena- ção. Quem comete um cri- me é um criminoso e quem está às margens da lei é um marginal.Então,muitagen- te é condenada pela justiça e fica jogando pedra no te- lhado dos outros. Pelo me- nos,souconcursadoefaçoo meutrabalho.Tenho22anos deprefeituraecincoconcur- sos públicos. É o sujo falan- do do bem lavado”, finalizou Moreira.
  9. 9. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO CoTIdIAno10 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Lagoa da Prata comemora o dia do Meio Ambiente Foto: Divulgação LAgoA dA PrATAdA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br A Secretaria de Meio Ambiente em parceria com o movimento “Eu viro a carranca para defender o Velho Chico”, realizará programação em comemoração ao dia do meio ambiente. O evento acontecerá no dia 3 de ju- nho. Confira: 8:30h - Visita na ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) - Somente para técnicos e autoridades. 9:30h - Passeata em defesa do rio São Francisco - saindo da E. E. José Teotônio de Castro até a Praça da Matriz. 9:30h - Exposição temática na Praça da Matriz - “Eu viro a carranca para defender o Velho Chico”, e distribuição de mudas de plantas. ifMg abre inscrições para professor de curso técnico em Moema réu do mensalão mineiro, Eduardo Azeredo é contratado por r$25 mil MInAS gErAIS VIA rÁdIo ITATIAIA www.radioitatiaia.com.br Um ano e três meses após renunciar ao cargo de deputado federal, o ex-go- vernador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB), réu no processo do mensa- lão mineiro, está de empre- go novo. O ex-parlamentar, de 66 anos, trabalha agora na Federação das Indús- triasdoEstadodeMinasGe- rais (Fiemg). O ex-governa- dor foi contratado como di- retor executivo para as áre- as internacional e de ciên- cia, tecnologia e inovação da entidade de classe. O sa- lário é de R$ 25 mil men- sais, conforme informado pela federação. Segundo sua assessoria de imprensa, a contratação pela federação ocorreu por- que a entidade tem conhe- cimento da experiência de Azeredo nas áreas em que passou a atuar na federa- ção. Foto: Divulgação MoEMA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br O Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) rece- be na quinta (28) e na sex- ta-feira (29) as inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à contratação de profes- sor para atuação em cur- so técnico do Pronatec. A vaga é para a cidade de Moema. De acordo com o edital, o contratado irá trabalhar como professor de portu- guês instrumental no cur- so de Técnico de Análises Clínicas. Os interessados devem se inscrever na Es- cola Municipal Caramuru, que fica na Rua Caetés, nº 480, no Centro de Moema. É exigida graduação na área da disciplina oferta- da ou afins. A remunera- ção é de R$ 50 por hora de atividade. O resultado da seleção será divulgado no portal do IFMG. O edital terá va- lidade de um ano, conta- do a partir da data de ho- mologação do resultado, e poderá ser prorrogado por igual período a critério da coordenação geral do Pro- natec. Vaga é para professor de português no curso de Análises Clínicas. Interessados devem se inscrever nos dias 28 e 29 de maio
  10. 10. Untitled-1 1 26/05/15 09:52 E para fechar a noite... Página 4 Página 3 O efeito afrodisíaco do chocolate Página 2 Seu namorado vai adorar ganhar roupas de presente
  11. 11. vai adorar ganhar roupas de presente Você ama seu namorado, aquele resmungão de coração grande e estô- mago maior ainda, mas está cansada de vê-lo com aquele estilo clássico de roupa de quem fugiu do cativeiro? Pois saiba que é possível fazer algo a respeito. Aqui você encontrará 4 dicas infalíveis para conven- cer seu príncipe encantado a se vestir melhor e parar de pedir a mãe dele para comprar roupas. Apro- veite o dia dos namo- rados e dê um ta- lento no visual de quem você ama. Não tente mu- dar o estilo dele, mas sim aperfei- çoá-lo Lembre-se, você está com seu namorado por- que ele é da maneira que é, portanto, não tente fazer com que ele pare de usar as camisetas do metal dando uma pólo listrada com números bordados pra ele, não funcionará. Respeite suas cren- ças e tente entender seus gostos. Ser sutil é ter es- tilo Quando seu namorado era moleque, ele sonhava em ser um Wolverine, um Indiana Jones, um Rambo ou algum ou- tro herói durão. Primeiro ele mostrava isso com suas lancheiras coloridas, de- pois com suas mochilas estampadas e por fim eram camisetas com desenhos cheios de atitude. Agora ele cresceu e embora tenha aposentado a lancheira e a mochila, ainda insiste em camisetas coloridonas cheias de estampas ou com frases ora rebeldes, ora engraçadinhas? Você adora ele ser culturalmente um nerd, mas já não pode dizer o mesmo a respeito de suas roupas? Explique para ele que existem mais chances dele se assemelhar ao Wolve- rine se utilizar uma camiseta branca slimfit lisa somada a um bracelete de couro, uma calça jeans sem lavagem e uma bota marrom, do que se ele estiver usando aquela camiseta com a capa da revista número um dos x-men e qual- quer outra coisa junto. Futebol não é só camisa de time Seu namorado adora futebol, mas não é um adorador qualquer. É um fanático e isso às vezes é meio chato, principalmen- te quando ele insiste em ir com a camisa do time em todos os aniversários de fa- mília aos domingos. Você não tem nada contra ele usar ca- misa do time às vezes, mas gostaria que ele fosse um pouco menos monotemá- tico? A solução está mais próxima do que você imagina, ao invés de tentar afastá- -lo de sua paixão, faça o oposto e apro- xime-se, você, dela. Hoje, praticamente todos os times têm lojas próprias e nelas é possível en- contrar uma linha de itens “casuais”, es- tas peças normalmente são produzidas em algodão tradicional e não em tecido de sportswear. Comece a presenteá-lo com elas. Aos poucos ele irá se acostumar a ir pro almoço na casa dos seus pais com algo que represente o time dele sem que esta peça precise ser necessariamente um uniforme. Desperte o espartano que há no seu namorado Um dos problemas mais comuns do vestuário masculino é encontrar homens que não usam o tamanho adequado de roupas para seus corpos. Então como fazê-lo utilizar roupas com a modelagem correta? Não basta chegar e dizer que este ou aquele é o ta- manho correto, é preciso que argumente com seu namorado que o tamanho certo fará com que ele fique automaticamente mais em forma, sem que seja preciso fa- zer nenhum exercício. Mesmo que ele seja magro e ache que uma camisa maior o deixará mais forte, explique que é exatamente o contrário, o olhar enxerga a pessoa e nota incons- cientemente que faltam músculos para preencher aquela peça, o tornando ain- da mais magro. vai adorar ganhar roupas de presentevai adorar ganhar roupas de presente Você ama seu namorado, aquele resmungão de coração grande e estô- mago maior ainda, mas está cansada de vê-lo com aquele estilo clássico de roupa de quem fugiu do cativeiro? Pois saiba que é possível fazer algo a respeito. Aqui você encontrará 4 dicas infalíveis para conven- cer seu príncipe encantado a se vestir melhor e parar de pedir a mãe dele para comprar roupas. Apro- veite o dia dos namo- rados e dê um ta- lento no visual de quem você ama. dar o estilo dele, mas sim aperfei- çoá-lo Lembre-se, você está com seu namorado por- que ele é da maneira que é, portanto, não tente fazer com que ele pare de usar as camisetas do metal dando uma pólo listrada com números bordados pra ele, não funcionará. Respeite suas cren- ças e tente entender seus gostos. Ser sutil é ter es- tilo ESPECIAL DIA DOS NAMORADOS
  12. 12. ESPECIAL DIA DOS NAMORADOS Que tal esquentar ainda mais a re- lação oferecendo deliciosos chocola- tes ou até mesmo uma maravilhosa cesta de presente para o seu amor? Vários estudos já comprovaram que o chocolate consumido da for- ma certa é benéfico para a nossa saúde. O chocolate amargo, por exemplo, reduz riscos de ataque car- díaco. Durante a gravidez, consumir chocolate também traz outros bene- fícios, como a Renata contou aqui. O chocolate é nutritivo, contém vi- taminas e sair minerais e ainda traz substâncias que estimulam a produ- ção deserotonina, o famoso hormô- nio do bem-estar e prazer. Por falar em prazer, dá uma olhada no que um estudo britânico revelou: o cho- colate excita mais do que um beijo apaixonado. Para chegar à essa conclusão, uma equipe de cientistas analisou o comportamento de diversos casais. Com eletrodos colados à cabeça e monitores cardíacos no tórax, os casais precisavam cumprir uma “ár- dua” tarefa: deixar um pedaço de chocolate preto derreter na boca e depois precisavam se beijar. O cho- colate dobrou os batimentos cardí- acos dos 12 voluntários, todos na faixa dos 20 anos, o que levou os cientistas britânicos a concluírem que a excitação provocada pelo chocolate é maior do que a gerada pelo beijo. O doce, portanto, está mais do que liberado. Se você vive de dieta ou em guerra com a ba- lança, não sofra: hoje existem várias opções de chocolates light por aí. Mais poderoso que um beijo!
  13. 13. ESPECIAL DIA DOS NAMORADOS nada melhor que aquela esticadinha no motel Ir no motel é algo pra- zeroso e sempre uma ótima pedida para um dia especial como o dia dos namorados. Mas, será que todo mundo se comporta como deveria neste local tão sigiloso e íntimo? Veja algumas dicas que nem sempre todo mundo leva em conta, e passe uma noi- te agradável e românti- ca com seu amor! 1. Será que todo mundo vai saber que eu fui ao motel? Para evitar problemas, use o corredor e as áreas comuns do motel ape- nas para entrar e para sair do estabelecimento. Jamais fique passeando pelo ambiente! No caso de qualquer necessida- de (manutenção, serviço de quarto, imprevistos), use o telefone e chame a recepção. Os funcio- nários do motel são treinados para manter a discrição em qualquer situação. 2. Você vai para o motel direto do tra- balho e precisa de um banho antes de partir para a diversão Peça licença e diga que precisa ficar chei- rosa para ele. Apesar da ansiedade, seu parceiro vai esperar feliz. Permita que ele faça o mesmo, mas respeite a privaci- dade do rapaz, ok? Tal- vez ele também queira se perfumar com calma antes de partir para os finalmentes. Compar- tilhar uma ducha pode ser uma preliminar ma- ravilhosa, mas só se for para refrescar e tirar o suor do corpo. Se o ba- nho precisar ser mais pesado, é melhor cada um usar o banheiro se- paradamente. De qual- quer forma, se ele der sinais positivos, nada impede que você invada o banho dele no finalzi- nho, né? 3. Tem fila na entra- da... Motéis costumam ter filas grandes no Dia dos Namorados, finais de semana e feriados. Para evitar situações delica- das, limite-se a trocar beijinhos e carinhos le- ves durante a espera. 4. E a camisinha? O ideal é tratar disso antes de chegar ao mo- tel. Se o cara se negar a usar, você simplesmente não precisa ter meias- -palavras: não faça qual- quer concessão quando o assunto é usar camisi- nha. É a sua saúde que está em jogo. 5. Sinto que temos questões sobre o nos- so relacionamento para resolver antes do sexo Tudo na vida tem hora e lugar, e discutir a relação não é coisa para se fazer no motel. Se há questões de rela- cionamento, resolva-as em casa. Depois, vocês podem até comemorar isso com sexo, no mo- tel. Mas nada de deixar pendências para resol- ver por lá. Não há nada mais brochante. 6. E depois do sexo? Após os últimos ca- rinhos e aquela fase de relaxamento, é sempre a mulher quem tem a prioridade para usar o banheiro. Nessa hora, vale dar uma olhadinha no relógio. É normal perder a noção do tem- po. Vocês podem ficar o tempo que quiserem no quarto do motel, mas exceder o período solicitado na entrada sempre gera a cobrança de uma nova diária. Os homens bem educados dificilmente vão ficar apressando você, mas se notar que o tempo está acabando, tenha bom senso e seja breve ao se arrumar. 7. Adorei as toalhi- nhas. Posso levar para casa? Os quartos passam por vistoria após a sua saída. Se algo estiver fal- tando, você vai passar por um baita constran- gimento, além de poder parar na delegacia. Se gostar de algum item, li- gue na recepção e ofere- çase para comprá-lo. Há estabelecimentos que têm até tabela de venda de peças do quarto. 8. Quem paga a con- ta? O correto é o homem pagar o primeiro jantar, o primeiro motel, a pri- meira viagem... Nas oca- siões seguintes, ele até pode se oferecer para pagar se esse assunto não tiver sido combi- nado com antecedên- cia. Mas é de bom-tom oferecer-se para rachar a conta. Agora, se nada for combinado antes e ele pedir para dividir as despesas, cartão verme- lho para esse rapaz.
  14. 14. 35 dicas para economizar na organização do casamento Durante o planejamento do casamento dos seus sonhos, muitas noivas poderão ficar desanimadas com o custo de to- dososdetalhes.Comomuitaspessoaspossuemumorçamen- tolimitado,nósmostramosaquialgumasformasdeeconomi- zarnocasamentosemprejudicaraqualidadeeabelezadeste diaúnicoeespecial.Escolhaoquepodefuncionarnoseucaso. Quantomaisidéiasvocêusar,maisconseguiráeconomizar. ComoEconomizarno Casamento-DicasGerais 1-Quantomaisformalforocasamento,maiscaroeleserá. 2 -Ao pedir orçamentos, seja específica e diga exatamente o quequer.Destaformavocêevitaque,nahoradefecharocon- trato,ofornecedordigaque“esteitemnãoestavaincluídona- quelepreço”. 3 -Antes de fechar um contrato, leia-o cuidadosamente para certificar-sedequevocêrealmenteestálevandooualugando oquefoiprometido. 4-Sevocêfizerasreservascombastanteantecedência,certifi- que-sedequeháumlimiteparaoaumentodepreços. 5-Pensenapossibilidadedeofereceroprópriovasinhodeflo- resdadecoraçãocomolembrancinhaouescolhaalgosimples esignificativo. 6-Convitescomenvelopesforrados,caixinhasespeciais,entre outros,sãoquasesempremaiscaros.Prefiraummodelosim- pleseelegante. 7-Alugueovestidodosseussonhos.O1ºalugueléumaótima opçãoenãosaitãocaro. 8-Escolhaumbuquêquecombinecomoestilodoseuvestidoe prefiraasfloresdaestaçãoqueestarãomaisbaratas. 9 -Ao invés de comprar, alugue o máximo de coisas que vo- cêpuder. EscolhendoaData,HorárioeLocal 10-Parafazerbonsnegóciosreserveolocalcombastantean- tecedência. 11-Evitedataspróximasaosferiados.Issodificultaoacessoaos serviçoseencareceopreçodetudo. 12-Diminuaotempodarecepçãode4a6horaspara3a4horas. 13-Case-sepelamanhãouàtarde.Muitossalõesjápossuem reservasparaoperíodonoturnoepoderãoreservaroshorários diurnosparavocêporumcustomenor. 14 - A menos que seja algo bem simples para pouquíssimas pessoas,esqueçaaideiadeoferecerarecepçãoemsuaprópria casa.Emborapareçaumaopçãomaisbarata,casaremcasare- quer o dobro de cuidados e pode acabar virando uma grande dordecabeça. Família,AmigoseConvidados 15-Reduzaalistadeconvidados.Façaumalistacontendoso- menteosconvidados“obrigatórios”eacrescenteoutrosapenas seoorçamentopermitir. 16-Eviteconvidarmuitasdaminhasepajens.Seocasamento fordemanhãouàtarde,nãoénecessáriaapresençadecrian- ças.Quandovocêasconvida,éindelicadonãoseoferecerpara pagaraconfecçãooualugueldostrajes. 17-Mandaatradiçãoqueanoivausealgumacoisavelha,algu- macoisanova,algumacoisaazulealgumacoisaemprestada. Pegueemprestadoomáximodecoisasquevocêpuder:ovéu, asjóias,astaçasparaobrinde,etc. 18 -Você conhece alguém que poderia alugar um espaço ou solicitar um serviço com desconto? Peça ajuda a essa pessoa ecomprometa-seareembolsartodasasdespesasqueelativer. 19-Evitedelegartarefasaparenteseamigos,amenosqueeles insistammuitoemajudar. DecoraçãodoCasamento eAlimentação 20-Seonúmerodeconvidadosforpequeno,nãohánecessida- dedereservarumaigrejagrande.Escolhaumamenor,mascer- tifique-sedequetodosficarãobemacomodados(sentados).Is- soevitagastosdesnecessárioscomadecoração,alémdecriar umambientemaisíntimoeaconchegante. 21 -Não gaste demais com a decoração da igreja. Não há ne- cessidade de decorar todos os bancos com arranjos e encher oaltardeflores.Deixeparacapricharumpoucomaisnadeco- raçãodafesta. 22-Pensenapossibilidadededividiroscustosdadecoração daigrejacomasoutrasnoivasdodia. 23-Antesdereservarocarro,adecoraçãodasmesas,etc.,ve- jaseolocalescolhidoparaarecepçãonãoofereceestesservi- çosporumpreçomaisbaixo(contantoquesejamdequalidade). 24-Frangoemassassãomaisbaratosdoquecarnevermelha efrutosdomarenemporissosãomenossaborosos. 25-Deacordocomohorárioescolhidoparaocasamento,não énecessáriooferecerumalmoçooujantar.Existemoutrasop- çõesbemmaisemcontaemuitoelegantescomo:cafédama- nhã,coqueteloubolocomchampanhe. 26-Encomendedoisbolos:umdecoradomenor,apenaspara cortar na hora das fotos e outro simples, sem decoração, mas domesmosaborqueserácortadonacozinhaparaserservido aosconvidados. 27-Nãoénecessárioservirváriassobremesas.Umdelicioso bolodecasamentojáésuficiente.Sequiserpoderátambémser- viralgumasfrutasfrescas. 28-Tenhacuidadoaonotificaraquantidadefinaldeconvida- dosaobuffet.Sevocêdisser300eforemapenas250,vocêesta- rápagandoporestes50quenãoirãocomparecer. Transporte,Música,FotoeVídeo 29-Escolhaumcarrobonitonoqualvocêpossaseacomodar confortavelmentecomoseuvestidodenoiva,masquenãose- jaomaiscaro. 30-ContratarumDJ,umúnicomúsicoouumapequenaban- dapode sairbemmaisemcontadoque contratarumabanda completaouumaorquestra. 31-Fotoscomtratamentosespeciaiscostumamsermaisca- ras.Peçafotografiassimples,masnãoabramãodeumbomfo- tógrafo. Evite 32-Comprarumvestidodequalidadeduvidosa.Aeconomia nãovaleadordecabeçaeodesgostoquevocêterá. 33-Pegarmuitastarefasparavocêetentarfazertudosozinha emcasa.Pesquisandobastantevocêencontraráconvites,doci- nhos,buquêselembrancinhasporótimospreços. 34-Contratarumfotógrafoouumvideomakeramador.Ore- sultadopodeserdesastroso. 35-Servirbebidasdemarcasdesconhecidas. DicadaRedação Aproveitetodososbrindesedescontosoferecidospelasempre- sas,mesmoquepareçampequenos.Aeconomianovalorfinal serásurpreendente.
  15. 15. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO CoTIdIAno16 29.05.2015 SEXTA-FEIRA EM LAgoA dA PrATA FESTIVAL do PEIXE De 11 de Agosto à 6 de Setembro acontecerá em Lagoa da Prata o Festival do Peixe. Serão muitos bares e restaurantes participantes. Nos dias 11 e 12 de Setembro acontecerá a saideira, com premiações, barracas e shows com Israel Novaes, Raça Negra, Almir Sater e Lu & Robertinho. S. A. do MonTE FonTE: diário de Pernambuco e diário de notícias de Portugal Um dos oito homens mais procurados pela po- lícia italiana foi detido na terça-feira, no Recife, ca- pital de Pernambuco. Ele estava foragido há 31 anos e é acusado de 26 homi- cídios. Pasquale Scotti trabalhava como gerente estadual de uma empre- sa de fogos de artifício, a Piroex Eireli, cuja sede fi- ca em Santo Antônio do Monte (MG). Procurada pela reportagem do Diá- rio de Pernambuco, a em- presa confirmou o cargo do italiano, mas não quis comentar a prisão. O atual dono do Sam- pa Night Club, de onde Scotti foi sócio por quatro meses, disse que recebeu com surpresa a notícia da prisão. O mafioso também foi sócio da Brockers Co- mércio Importação e Ex- portação de alimentos. A suspeita inicial é de que ele recebia, anualmente, a visita de italianos no Bra- sil. Os documentos que ele utilizava, que eram falsos, teriam sido obti- dos em Fortaleza, no Ce- ará. Pasquale Scotti fugiu de uma prisão do seu pa- ís em 1984 depois de con- denado a prisão perpétua por ter sido protagonis- ta de uma guerra no iní- cio dos anos 80 entre fa- ções da Camorra, organi- zação criminosa napolita- na, que resultou em mais de mil mortos. No Brasil, sob o nome de Francisco “Chico” de Castro Visconti, era casado há 18 anos com uma brasileira da qual ti- nha dois filhos. “Foi um tiro surpreen- dente da nossa polícia com a valiosa coopera- ção da polícia do Brasil”, congratulou-se Angelino Alfano, ministro do Inte- rior italiano. Gennaro Ca- pulongo, diretor da Inter- pol em Itália, acrescentou que “foi uma captura im- portantíssima, uma das maiores da história, pro- curámos Scotti no mundo inteiro”. Do Recife, o deti- do vai passar para uma prisão de segurança má- xima em Brasília e depois o caso passa para a esfera dos ministérios do exte- rior dos dois países. Com identidade falsa, um dos homens mais procurados pela polícia italiana era funcionário de empresa de Santo Antônio do Monte Condenado a prisão perpétua em Itália, Pasquale Scotti, da Nova Camorra, fugiu em 1984. Vivia no Recife como Francisco Visconti, considerado “discreto e educado”. PasqualeScottideixasuperintendênciadaPF,noRecife Foto: Divulgação / Polícia Federal
  16. 16. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO CoTIdIAno 17 29.05.2015 SEXTA-FEIRA família de Kayky luta contra o tempo para conseguir o tratamento da doença S. A. do MonTE dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Há cinco anos a família deKaykyMeloMendonça,de 10anos,viveumdrama.Oga- roto sofre com uma doença degenerativa chamada Dis- trofia Muscular Progressiva Duchenne, que comprome- te os músculos e é causada pela ausência de uma prote- ína. De acordo com o pai do garoto, Ewerton Mendon- ça,sedoençanãofortratada até o final da adolescência o filho pode falecer. “A gente vem montando campanhas há muito tempo, não temos ajuda do governo e os remé- dios e fisioterapeuta são tu- do por nossa conta. Na Tai- lândia, o tratamento é feito a partir de células tronco re- tiradas do cordão umbilical. No Brasil, o governo diz que não é um tratamento com- provadoesãocontraesseti- po de tratamento. Para a in- dústria farmacêutica não é viávelaporcentagemdeme- lhoradessetipodetratamen- to.Algunspaísesfazemotra- tamento,sóqueémuitocaro. O tratamento do Kayky fica em torno de 150.000 mil re- ais”, destacou. Atéoscincoanosdeida- de, Kayky foi uma crian- ça normal, corria, brincava e pulava. Mas a doença to- mou conta do corpo dele e o impediu de andar. Segun- do Mendonça, em 2013 sur- giu a oportunidade de uma pequenamelhoraatravésde umtratamentonaTailândia. “Mesmo sendo de apenas 1% a chance, para nós essa pe- quenachanceémuitacoisa. Descobrimosessetratamen- to através da internet, onde umacriançaquetemomes- mo problema foi para lá e te- vealgumasmelhoras.Etam- bém aqui em Santo Antônio doMonte,pormeiodaLeono- ra, que tem distrofia de cin- tura, uma doença grave que atinge as pessoas já na fase adulta. Ela também foi para fora do país e teve uma me- lhora.Otratamentopodeser feito na Tailândia ou na Chi- na, depende para onde vão encaminhar a gente”, afir- mou. A família realizou várias campanhas e conseguiu re- cursos para iniciar o trata- mento na Tailândia e Kayky teveumamelhora.“Essetra- tamento foi muito bom para aparterespiratóriaeimuno- lógica dele. Esse tipo de pa- tologia mata não é pelo fato dapessoaestarparalisada,e sim porque os órgãos vitais começam a paralisar. E, gra- ças a Deus, depois que vie- mos de lá ele está se man- tendo, apresentou uma me- lhoragrande”,destacouopai. Amãedogaroto,Juliana Kelly de Melo, disse que o fi- lho não frequenta mais a es- coladevidoafaltadeumcui- dador.“Aprefeituraestáven- do se consegue esse profis- sional, como ainda não tem, ele não vai à escola. De ma- nhã ele faz aula particular, à tarde ele está fazendo fisio- terapia ou hidroterapia, dre- nagemlinfáticae/outerapia ocupacional”, afirmou. Aqui no Brasil o garoto é acompanhado por uma mé- dica de São Paulo, que faz o tratamento através de corti- coide, vitamina e fisiotera- pia. Para não voltar a ter os mesmos problemas, Kayky precisa voltar à Tailândia e a família precisa desembol- sar mais 150.000 reais. “Não recebemosajudadogoverno enemdaprefeitura.Masnão é só isso. Para o tratamento feito aqui, precisamos pa- gar uma consulta de 850 re- ais,semfalardosexamesde rotina. A medicação que ele usa é muito cara e difícil de encontrar.Tivemosquefazer umapiscinaemcasaporque aqui na cidade não tinha es- trutura para hidroterapia. Comissotemosqueaquecer essa água três vezes por se- mana, o que gera um gasto muito alto com energia. Es- se valor chega a quase 1.000 reais mensais. O tratamen- to aqui no Brasil é caro, mas através do nosso trabalho conseguimos nos manter. Porém, esse tratamento fo- radopaísquecustacercade 150.000 mil reais pesa e fica difícil”, destacou o pai. Mendonça destaca que em momento algum a famí- liaseaproveitadadoençado menino. “Nós ficamos preo- cupados que algumas pes- soas pensem que estamos tirando proveito da situa- ção, mas não é isso, quem conhece a gente sabe que fazemos tudo que podemos e esse tratamento no exte- rior foge das nossas condi- ções. Ele é o único filho que a gente tem, fizemos o pro- pósito de lutar por ele, e ele tambémlutamuito,eleénos- sa injeção diária de motiva- ção. O Kayky é um menino esperto, com muita disposi- ção e que luta muito pela vi- da.Anossapressaemtentar voltar para fazer novamen- teotratamentonoexterioré porque ele já começou a ter dificuldade com os braços”, afirmou. A família ainda agrade- ceu a ajuda que a população de Santo Antônio do Monte e Itapecerica têm dado pa- ra que o Kayky continue re- alizando o seu tratamen- to. “É difícil, é uma luta diá- ria.Agenteagradeceatodos quetêmabraçadoessacausa juntocomagente.Eparaser bem sincero, sem a ajuda da populaçãonãoteríamoscon- seguidolevaroKaykyparao primeiro tratamento fora do Brasil no ano passado. Pois, como eu já havia falado, a gente não consegue man- ter dois tratamentos caros. Mas, graças a Deus, as pes- soas abraçaram o Kayky co- mo filho, se preocupam com ele e querem ajudar de algu- ma forma. A gente vive por causa da fé! “, disse. Fotos: Arquivo Pessoal O garoto sofre de Distrofia Muscular Progressiva Duchenne, uma doença degenerativa que, se não tratada a tempo, pode levar à morte. •bradeSCo - Kayky Melo Mendonça Silva Agência: 2456-2 | Conta: 1003958-4 •CAIXA - Kayky Melo Mendonça Silva Agência: 2743 | Operação: 013 | Conta Poupança: 0109-2 Ficomuitotristeeprincipal- menteindignadoemvercrian- çasmorrendoefamíliassofren- dodevidoaessadoençaarrasa- dora. A cada notícia sobre óbi- tosrelacionadosacriançascom distrofiamuscular, éumafaca- da no coração de cada família queviveissonapeleelutapara manteroseufilhovivoomaior tempopossívelcomasnecessi- dadesporquepassaasaúdebra- sileira. Algumas pessoas ainda noscriticamporlevarnossosfi- lhosparafazertratamentofora do Brasil. Em particular eu não vouentupirmeufilhoKaykyde corticoides e cruzar os braços conscientequeamedicaçãosó retardaporumperíodooinevi- tável,vejabemasituaçãodaex- tintaABDIM(AssociaçãoBrasi- leiradeDistrofiaMuscular),on- de,paraseconseguirvagastem queesperarumóbito,éjusto? Quando a ameaça bate à porta,sóospaissabemadoreo desesperoquenosassalta.Não mevenhamcomaconversaque estãotrabalhandoembuscade cura. Existem diagnósticos de DMcommaisdevinteanos.Saí- mosdoBrasilemmaiodesteano comdestinoaBangkok/Tailân- dia,paraoBetterBeingHospital commeufilhocomacapacida- de respiratória de 78%, sem an- darecomalteraçõescardíacas, para o tratamento de células- -tronco. Voltamos de lá 30 dias depois,meufilhonãovoltouan- dando,masestáhojecomaca- pacidade respiratória de 90% e comapressãoestabilizada,além demuitadisposiçãoemfazeras atividades da vida diária, ativi- dadesessasqueelenãoconse- guiamaisfazerdevidoàfaltade arquejásemanifestava. Não estou aqui para incen- tivar ninguém a aceitar nossas decisões, respeito a opinião de cadaum.Tiveoportunidadede ver um simpósio sobre células troncos no Youtube onde uma pesquisadoradoCentrodeEstu- dosdoGenomaHumanodaUSP, falaque,nostestescomterapias comcélulastroncosdotecidodo cordãoumbilicalemmodelosde camundongosmdx,nãotrouxe- ramamelhoranacondiçãomo- tora,mas,apresentarammelho- ranaparteimunológica.Coinci- dentemente,foioqueaconteceu comotratamentodemeufilho, onde,comresultadosidênticos, poroutrolado,utilizandocélulas mesenquimaisretiradasdosan- guedocordãoumbilical. Émuitodifícilcompreender odirecionamentodaspesquisas no Brasil e os objetivos, já que, paramimoEstadoépaideseus cidadãoseaproteçãodestesde- veestaremprimeirolugareca- da vez mais quero saber, quem decide a vida e a morte em não fazertratamentosemhumanos aquinoBrasilseláforaestãofa- zendo?Seiquenãoéacurapor setratardeumadoençadegene- rativa, mas, se apresentar uma melhoramesmoquesejaporum curtoperíodo,nãovaleapenafa- zer?Oobjetivonãoétentarretar- darahistórianaturaldadoença atéacharumacuradefinitiva? Os pesquisadores nos pe- demparaterpaciênciaqueestão próximodeumresultado,paci- ênciaacreditoquetodosnóste- mosdesobra,oproblemaéque aprogressãoeadegeneraçãoda doençanãotemanossapaciên- cia,érápidaeinexorável,poris- soqueacreditoquesetemosar- masquepodemajudar,porque nãousá-las? ajudeoKaykyaarrecadarodinheiroparao seutratamento!Contribuaatravésdas seguintescontasbancárias: ewerton, pai de Kayky fez um desabafo, publicado no blog união das distrofias disponível em www. uniaodasdistrofias.blogspot.com.br Kayky ao lado dos pais, Juliana e Ewerton
  17. 17. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO EM LAgoA dA PrATA III MoTo SUnSET O III Moto Sunset está confirmado para os dias 2 a 5 de julho. O tracidional encontro de motociclistas será realizado na Praça Capitão José Bahia, em frente a praia municipal de Lagoa da Prata. Em breve informaremos toda a programação e demais informações. Separadas há 40 anos, mãe e filha podem se reencontrar em Lagoa da Prata Moradora de Lagoa da Prata, Ana Lúcia Fonseca espera rever a filha que reside no Triângulo Mineiro LAgoA dA PrATA dA rEdAÇÃo redacao@jornalcidademg.com.br Noiníciodemaio,aagen- te comunitária de saúde Bru- na Gonçalves, do município deItapagipe,noTriânguloMi- neiro,entrouemcontatocom oJornalCidadeesolicitouin- formações sobre o paradeiro deumamulherquefoisepara- dadosfilhospelomarido,em meadosdadécadade1980.Em Itapagipe,aagentefazatendi- mento à dona-de-casa Maria AparecidaRamos,quedeseja reencontraramãeAnaLúcia Fonseca Ramos, 72 anos, que atualmente reside em Lagoa daPrata. Ana Lúcia já conversou, portelefone,comafilhaemos- trou-seansiosaparaoencon- tro. “Peço que ela me perdoe. Nãofoiminhaculpaenemera oqueeuqueria.Durantetodaa minhavidaeuprocureieespe- reiporeles.Apósossofrimen- tos que passei, minha cabeça ficoumuitoruim.Eujánãoti- nhalembrançademuitacoisa. Apanheimuito,sofridemaise euficavanervosa,poisnãoos encontrava.Vouchorardefeli- cidadeaoencontrarminhafi- lhaetambémestoudoidapa- raverosoutrosdois.Seráque vouviveratéodiaqueelache- gar aqui?”, disse ao Jornal Ci- dade. ASEPArAÇÃo Ahistóriacomeçouquan- do Ana Lúcia e seu primeiro marido arrumaram um em- prego em Goiás e se muda- ram de São Paulo, juntamen- te com três filhos. Ela e o es- posoforamtrabalharnames- maempresadedesmatamen- to. A mulher era cantineira e o companheiro tratorista. No local,elapodiaficarcomosfi- lhoseporalialimentá-los. Emoutrapartedacidade, um rapaz contratado para jo- gar futebol em um dos times da cidade se machucou e foi demitido do clube. O dono da empresa onde Ana Lúcia tra- balhavaocontratouparaatu- ar como apontador e a ela foi delegado os cuidados com o novo funcionário, que ainda estava machucado. “Um dia, meuex-marido,commuitoci- úmes,perguntouparaumdos meusfilhos,quetambémfica- vacomigonacantina,seeufi- cavaconversandomuitocom o moço. E o menino respon- deu que sim. O meu ex-mari- dopegoualgumasroupasmi- nhas,colocouemumamalae memandouembora.Fuinum caminhãoquebuscavaospe- ões da empresa”, lembrou a mulher. Tempos depois, o moço que recebia os cuidados de Ana Lúcia ficou sabendo que o seu marido havia lhe ex- pulsado da fazenda por cau- sa de ciúme. “Cheguei à cida- de de Santa Helena de Goiás e fui para a casa de uma co- nhecidaatéarrumarumjeito deiremboraparaoutrolugar. Quandoanotíciacorreu,aque- le moço que eu ajudava ficou indignado e disse que cuida- riademim.Entãoelefoiatrás de mim e disse que se sentia responsável.Fuiemboracom ele, pois estava numa situa- ção muito difícil e não tinha para onde ir. Onde ele mora- va tinham só dois cômodos e acamadele,nemfogãotinha. Eassim,moramosjuntoseti- vemos três filhos. Eu estava grávida do meu ex-marido. Ele aceitou a criança e tive- mosoutrasduas”,destacou. AgrESSÃo Passadoalgunsanos,Ana Lúcia foi ao encontro dos fi- lhosquedeixoucomoex-ma- rido.“Elemeespancou.Fiquei desfiguradaetenhosequelas atéhoje.Nemchegueiaveros meninos.Euestavagrávidae eleseajoelhouemcimadami- nhabarriga.Eusaíefuiembo- ra.Nuncamaiseutivecoragem deverosmeusfilhos”,lamenta. Posteriormente, Ana Lú- ciaeseuatualesposovieram moraremLagoadaPrata,on- de ficaram por pouco tempo, mudando-se em seguida pa- raPirapora,nonortedeMinas Gerais.Comofalecimentodo companheiro,AnaLúciavoltou paraLagoadaPratajuntamen- tecomdoisdostrêsfilhosdoúl- timocasamento. OencontroentreAnaLúcia eafilhaMariaAparecidadeve acontecernaspróximassema- nas.“Euesperoqueminhafilha eosoutrosdoisfilhosestejam bem.Osoutrosdoismoramem RioVerde(GO),masaindaque- roviverparavertodos”,desaba- fa. Ana Lúcia foi separada dos filhos pelo ex-marido Foto: Jéssica Ribeiro Um dia, meu ex- marido, com muito ciúmes, perguntou para um dos meus filhos, que também ficava comigo na cantina, se eu ficava conversando muito com o moço. E o menino respondeu que sim. O meu ex-marido pegou algumas roupas minhas, colocou em uma mala e me mandou embora. Fui num caminhão que buscava os peões da empresa. CoTIdIAno18 29.05.2015 SEXTA-FEIRA
  18. 18. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO Treinamento funcional emagrece e define músculos Modalidade trabalha toda a musculatura de forma diferente e sem monotonia Como funciona o treinamento funcional treino para definir o corpo benefícios do treinamento funcional Para deixar o corpo de- finido, muitas famosas co- mo Ivete Sangalo, Sabrina Sato e Flávia Alessandra es- tãoaderindoaotreinamento funcional. A prática está ga- nhandocadavezmaisadep- tos nas academias especial- mente por ser mais interati- va,completaedivertida,pas- sando longe da monotonia. O personal trainer Luiz Fernando Gatti, explica que otreinamentofuncionalédi- ferenteporquepermitequeo indivíduo acione seus mús- culosearticulaçõesdeforma global, desenvolvendo coor- Para que um treino seja funcional,énecessáriolevar emconsideraçãoasativida- des realizadas por cada pes- soa no dia a dia. Por exem- plo: alguém que trabalha em um escritório de frente para ocomputadorprecisadeum treinodiferentedequemtra- balha em uma linha de pro- dução.Assim,irãoacontecer compensaçõesmuscularese fortalecimentos específicos Com o treinamento fun- cional é possível melhorar o tônus muscular, aumentar a massa magra e diminuir o percentual de gordura, auxi- liandonadefiniçãocorpo.Por movimentar muitos múscu- losnummesmoexercício,au- menta também a frequência Além de ser uma ótima alternativa para quem quer emagrecer de forma saudá- vel,otreinamentofuncional melhora a postura, flexibili- dade, coordenação motora, denação motora, flexibilida- de,agilidade,equilíbrio,força e aptidão cardiorrespirató- ria. “É um formato muito in- teressante,cadatreinosem- pre diferente do outro, por isso exercita o corpo inteiro para cada atividade. “Qual- quer pessoa pode fazer es- se tipo de treinamento, des- dequesejadeacordocomas limitaçõescorporais,especi- ficidadeseobjetivosdecada indivíduo”,afirmaopersonal trainer. Segundo ele, os movi- mentos executados devem integrar todos os grupos musculares e não trabalhar músculosisolados.“Deveser cardíaca, otimizando a quei- ma de calorias e ajudando a perderpeso. A prática pode ser fei- ta com personal trainer, mas vem ganhando espaço tam- bém em muitas academias, quepassaramaofereceramo- dalidade.“Senaacademiaque força, aptidão cardiovascu- lar e muscular. Para iniciantes, é reco- mendado treinar de duas a trêsvezesporsemana.Oper- sonalressaltaaindaaimpor- demaneiraeficaz,utilizando movimentos semelhantes aos realizados diariamente. Quantomaiorasemelhança, maioressãoosganhostanto paraatletasquantoparapes- soas não atletas”, diz. levado em consideração os movimentos naturais que o corporealiza,como:agachar, empurrar, girar, pular, correr, etc. Todos os exercícios são executados nos planos bai- xo, médio, alto, vertical e ho- rizontal. Os equipamentos devemserlivres,comohalte- res,cordas,barras,bolas,fita, elásticos,pranchasdeinsta- bilidade, bastões e o peso do próprio corpo”, explica. vocêfrequentanãotivereste tipodetreinamento,converse comoseuprofessorepeçapa- ra que ele insira alguns exer- cícios funcionais em sua sé- rie.Alémdasacademiasexis- tem estúdios especializados queoferecemsomenteesteti- podetreinamento”,sugere. tância de fazer uma consul- ta médica antes de começar arealizarqualqueratividade física,paraavaliarseuestado de saúde. IveteSangalo,SabrinaSatoeFláviaAlessandrasãoadeptasdotreinamentofuncional Cervelli www.pharlab.com.br facebook.com/pharlab twitter/.com/pharlab Apresentação: • Blisters com 10 comprimidos dor tensional • dor muscular USO ADULTO - USO ORAL SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO Indicações: como analgésico e relaxante muscular no alívio da dor associada a contra- turas musculares, incluindo cefaleia tensional. Composição: orfenadrina, citrato 35mg, dipirona sódica 300mg, cafeína 50mg Farm. Resp: Dr. Domingos J. S. Iannotti CRF/MG: 10.645 - MS: 1.4107.0009.003-5 FENAFLEX ODC® , no tratamento da dor tensional e da dor muscular. NÃO USE ESTE MEDICAMENTO DURANTE A GRAVIDEZ E EM CRIANÇAS MENORES DE TRÊS MESES DE IDADE. MAIO/2015 Anuncio Fenaflex Jornal da Cidade.indd 1 19/05/15 11:12 SAÚdE E BEM ESTAr 19 29.05.2015 SEXTA-FEIRA
  19. 19. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO CoLUnISTAS20 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Causos e Prosas JoSÉ AnTÔnIo |bandeirantes@isimples.com.br Causo do Jeep sem rodas Santoantoniense conhece gaby Spanic, a Paola bracho de “a Usurpadora” Criança você não pode confiar mesmo, tem que es- tar sempre atento. Eu quan- doerameninotrabalhavana oficina do “Zé Zico Perturba- do”,saudosoZéZico.Elecos- tumava sair e deixava a ofi- cina na minha mão, e eu fi- cavaalivigiandoedesentor- tando alguns arames de sol- danomartelo. Elaficavaaliondehojeéa Matriz da Paróquia São João Bosco, mas não existia nada da Igreja, do centro social, ti- nha só o boteco Pito Aceso, muitoantigo. OZéZicosaiu,efiqueiali vigiando.Nessemeiotempo, um conhecido meu, que en- tregava leite na rua, o Zé, fi- lho do Geraldo do Zafá, pas- sou numa “éguinha” com as latas de leite, e eu gritei e o chamei.Medeuumavontade de andar em uma “éguinha” castanha. E eu disse: - Aqui, eu queria dar uma voltinha nessa “éguinha” aí. Ele me respondeu: - Uai, pode, mas euestoucomvontadedean- dar de bicicleta também. Lá na oficina tinha uma bici- cletinha pequena, daquelas com guidão de moto Java. E Wander Rodrigues é fã da atriz Gaby Spanic, a intitulada diva de “A Usurpadora”. Paraele,conheceraatrizfoiuma sensação indescritível. “Foi maravi- lhoso, um momento mágico e único emminhavida,umsonhoquesetor- nou realidade. Não foi fácil, mas não me arrependo de nada que fiz para conhecê-la. Elaédivina!”,afirmou. leiaa matériacompletanosite: www.jornalcidademg.com.br assim nós combinamos que eleiriaandardebicicleta,em umcampinhoqueficavaper- to dali, e eu iria dar uma vol- ta na “éguinha”. Deu até cer- to.Monteinaégua,eoZénes- sa bicicleta e saiu àquela ge- ringonça,eeutambémaque- letrem“istrurdi”emcimada- quela “éguinha” com as latas de leite, andando pra lá e pra cá. Nósalipassandootempo, eoZéZicoresolveuaparecer. Quandoelechegou,aoficina estava sozinha, com aquele tantodechaveeasferramen- tasládentro. Essehomemmegritoue raioucomigocomforça,por- que larguei a oficina sozi- nha, e com razão. Outra pes- soa andando na bicicleta da oficina,jáfoiumerrogrande, eeuaindaabandonei olugar. Bom,aíchegouumclien- te antigo, era o seu Zé Cava- lo de Aço, chegou dirigindo um Jeep; um “Jeepão” bran- coedeixouocarroláparafa- zerumserviço. OZéZicoconsertoueleali por baixo, tirou as rodas, deu certahora,jádetardinhame pediu para apertar as rodas doJeepe testar. Eu sei que naquele meio tempo me destratai, passa- ram três moças bonitas, da- quelas com as “murangas” grandes, na porta da oficina, entreti olhando para elas e nemlembreiderodadeJeep.. Aí, o Zé Zico entra nesse carro e sai acelerando, aqui- lojávirouum“poeirão”;elefoi sentido estrada que vai para Lagoa da Prata, pois não ti- nha asfalto. Quando ele an- dou mais ou menos um qui- lômetro, esse Jeep arrancou as quatro rodas. E eu na ofi- cina esperando ele chegar e nada.Deumahoraparaoutra chega o Zé Zico, branquinho de poeira, todo arranhado, e eu perguntei: Uai, cadê o Je- ep? Mas esse homem foi nu- ma salinha separada da ofi- cina e pegou uma garrucha de dois canos e correu atrás demim,querendomeacertar emexingando, pois esqueci deapertarasquatrorodasdo Jeep. Ocarroarrancouasrodas com ele na saída para Lagoa da Prata, mas esse homem me xingou, e com razão. Até hojeeucorrodoZéZico,mas agoraeucorroédaalmadele.
  20. 20. ConFIrA 8 dICAS AnTES dE LIgAr E FAZEr o SEU PEdIdo! 1•Caso você tenha muita pressa, evite fazer pedidos em horáriosdepico(12hs/13hse20hs/21hs)paranãosepre- ocupar com linhas ocupadas, atrasos ou prazo de entre- ga longo. 2•Em dias de chuva, faça seu pedido com antecedência. 3•Antes de solicitar atendimento confira se a escolha já foidecidida.Casosuasdúvidasemrelaçãoaopedidonão sejamesclarecidaspelocardápio/site,consulteosaten- dentes.Dessaforma,serámaiságilparaatenderatodos. 4•Sempre que houver alguma mudança em seus dados cadastraisinformeaoatendente.Essecuidadopodeevi- tar contratempos. 5•Confirmeositensevaloresdopedidoescolhidoantes de encerrar o atendimento. 6•Casohajaalgumainformaçãooureferênciaimportante paraaentrega,comente.Ex:ointerfonenãoestáfuncio- nando,peçaaomotoboyparachamaroporteiro;onúmero dacasaestáapagado,masficaaoladodacasanúmero71. 7•Faciliteotroco,especialmenteseopedidoforfeitoem grupo. Lembre que o entregador tem outras entregas a fazerequecadaminutopoupadorepercutenotempode entrega do pedido seguinte. 8•Confira o pedido e o troco no momento do recebimen- to. Desta forma, se eventualmente alguma coisa estiver em desacordo poderemos resolver o problema de ime- diato ou da maneira mais rápida possível.
  21. 21. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO SoCIAL22 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Kelisson e Juliana Juliana e dj gustavo Pio rogério e Taís gleici e rafael Marlon e branca Foto Henrique Lacerda Bruna e João Lucas Jean e Amanda estrelando MICHELE PACHECo |michele@jornalcidademg.com.br E vou continuar te amando,Eu não tô nem aíPro o que os outros vão dizer,O que a gente senteNinguém tem nada a ver. Quando fico pensando em você Eu esqueço do mundo pra te ter Seu amor assumiu meu coração Eu não fico um segundo sem te ver rogério e Taísrogério e Taís Bruna e João Lucas Vale a pena sonhar Ter você pra amar Eu quero colo A vida inteira vou te amar rogério e Taísrogério e Taís O cupido chamou minha atenção Pra cuidar e investir nessapaixãoÉ amor, só nós dois
  22. 22. WWW.JornALCIdAdEMg.CoM.Br VOCÊ TAMBÉM FICA BEM INFORMADO NO SoCIAL 23 29.05.2015 SEXTA-FEIRA lucas e Kely boy e emilsa André e Letícia estrelando MICHELE PACHECo |michele@jornalcidademg.com.br boy e emilsaboy e emilsa Há quanto tempo eu esperava Encontrar alguém assim Que se encaixasse bem nos planos Que um dia fiz pra mim Você e eu boy e emilsaboy e emilsa E nesses traços vou tentando descrever... Que mil palavras é tão pouco pra dizer Que o sentimento muda tudo, muda o mundoIsso é o amor
  23. 23. FACEBooK.CoM/JornALCIdAdEMg ACOMPANHE TAMBÉM A NOSSA FANPAGE NO CooPErATIVISMo24 29.05.2015 SEXTA-FEIRA Creonice Maria oliveira gontijo Achei muito válido, tem muita coisa que não sabí- amos.Aprendiquetemos quenoscuidar eoprinci- pal,cuidardasaúde. Solangefreitas Gostei muito. Aprende- mos demais, pois não sa- bíamos o verdadeiro sen- tido da palavra alimenta- ção e hoje estamos sain- dodaquicomesseconhe- cimento. O Dr. Vinícius é muito espontâneo, e nos ensinou muitas coisas. Esperamos que ele volte maisvezes. VeraLúciadeLimaCouto Achei a iniciativa ótima. AquiemMoemaopessoal émuitovaidosoetambém precisadepalestrascomo estaparaaumentaaauto- estima.EujáconheciaoDr. Vinícius e inclusive já fiz tratamento com ele, é um excelentemédico.Apales- tra foi tudo o que nós pre- cisávamosparaodiaadia MariaAparecida FernandesFerreira Achei ótimo. Aprendi a cuidar da saúde e me va- lorizar. OCredipratasem- pre traz alternativas para a valorizaçãodamulher. dEPoIMEnToS dA CIdAdE dE MoEMA rosângeladeJesus Pereira(rosa) Fiqueisurpresa.Nãoespe- ravaquefosseumapales- tratãoboa.Viqueoconte- údo tem tudo a ver comi- go, com a minha rotina. A Crediprataéumafamíliae estáde parabéns pelaini- ciativa. alineCristina, A palestra foi interes- santíssima, pois abordou questões da saúde física, mental e emocional da mulher e a questão da au- toestima. Palestras como essa são importantes no sentidodevalorizarquem você é que quem você po- deser. CeliVeloso Eugosteimuitoporcausa da valorização da mulher e da família. Isso que en- volve a comunidade e as mulheres é muito impor- tante.Nós,mulheres,pre- cisamos de mais oportu- nidadescomoessas. CintiaJorgeTeixeira Lopes Eunãoesperavaessasur- presa.NesseeventoaCre- dipratacolocouemprática aresponsabilidadesocial. Oimportantenãoésóola- do econômico e financei- ro. A cooperativa se preo- cupacomosseusassocia- dosdeumaformageral.Is- soébacana. dEPoIMEnToS dA CIdAdE dE JAPArAÍBA SICooB CrEdIPrATA promove noite de descontração e aprendizado para as mulheres dos municípios de Moema e Japaraíba Nas últimas semanas o SICOOB CREDIPRATA reuniu em Moema e Japaraíba mu- lheres de todas as faixas etá- rias para promover uma noi- tededescontraçãoeinforma- ção. EmMoema,aaçãoacon- teceunodia19demaio,noSa- lãoSãoVicenteeemJaparaíba, nodia26demaio,noSalãodos Vicentinos. Em Moema, o diretor do Sicoob Crediprata, Ivo Gontijo, manifestou que os resultados dos eventos promovidos pelo SICOOB CREDIPRATA têm si- do surpreendente. “Vivemos emmundoemqueaspessoas estãosemprecorrendoeesque- cemdecuidardesiprópria.As- simpodemosperceberoquan- toédifícillevantarestenúmero depessoasqueestiverampre- sentes no evento. Essas mu- lheres estiveram lá para mos- trarquenãoseesqueceramde- las,oqueparanósémuitoim- portante”,frisou. EmJaparaíba,oDiretorFi- nanceiroAntônioClaretrelatou oseventosjárealizadoseapro- jeçãodosnovoseventos,ondeo SICOOBCREDIPRATArealizao seucompromissosocial. Citou que é importante cuidar danossasaúde,comotambém, quecuidarunsdosoutros,sen- doqueapráticadovoluntaria- do, nos diversos seguimentos dacomunidade,faz-nossentir úteiserealizados.Comoexem- plo,manifestouasuagratidão pelo Dr. Vinicius Maia que mi- nistrouvoluntariamentetodas aspalestras. Oeventofoiconduzidope- lomédicoDr.ViníciusMaia,que palestrousobreaimportância daalimentação,práticadeexer- cíciosfísicoseopoderdeelevar aautoestima.“Asmulherespre- cisamassumiropapeldeprota- gonistadesuaprópriavida.Elas precisamentenderquecuidar de si faz com que alcancem grandesobjetivos,masparais- soénecessáriomudaroshábi- tos”,afirmou. Pessoas de Moema presentes no evento Fotos: / Ass. Com. Crediprata Em Japaraíba várias pessoas também compareceram Gerente Renata, Dr. Vinicius, Clarisce e o Diretor Ivo Dr Wantuil, Antônio Claret, Alice, Dr. Vinicius, Clarisce e o Gerente Mardem Fiquei muito feliz de ter sido convidado, principalmente para falar às mulheres. Sabemos que elas levam os conhecimentos para a casa. Temos a certeza de que a mensagem vai chegar às famílias. Quanto mais conhecimento uma população tem, menor o índice de doenças dessa população. Senti-me honrado pela intenção da Crediprata em investir na qualidade de vida e valorizar as mulheres e as famílias. Percebo que o objetivo foi conquistado. dr. VInICIUS MAIA Médico InForME PUBLICITÁrIo

×