Depoimento Rakell

1.710 visualizações

Publicada em

Link do Jornal da Unidade da diretora de Vendas Viviane Almeida

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Depoimento Rakell

  1. 1. Queridas Empresárias da Beleza!!!Segue abaixo depoimento quente/quente/quente!!A Rakell Aguiar é uma diretora de Gyn, que eu vi nascer. Ela entrou na Mk num eventoque eu fiz a apresentação do plano de carreira e tenho muito orgulho de ter participadodeste crescimento. Ela está a caminho da conquista do Cruze e fez em março seus primeiros100.000 pts!!! Ela é filha MK da Diretora Natália Borges.Você conhece pessoas que dizem que não têm tempo?....então veja abaixo, o ritmo de vidaque a Rakell tinha.Ela está com uma DIQ, a Ana Carla, que está indo no mesmo passo da mãe, no primeiro mêsde qualificação fechou mais de 37.000 pts, uau!!!Goiânia foi considerada por muitas pessoas como uma cidade "parada", onde MK nãoacontece, então segue o ditado "não existe mercado parado, existe gente parada"! Euacredito que em qualquer cidade, pode-se fazer um grande negócio. O Rio a mesma coisa,tem gente que diz...."o Rio é parado"....eu não acho, pois com 6 meses de diretorado, fecheio meu carro rosa lá e hoje a Diretora Flávia Póvoa está com um crescimento incrível e jáconquistou o Cruze!!! Todas podemos!!! Tem que ter ousadia!O bônus da Rakell, neste mês, foi o equivalente a 22 salários mínimos, e você tambémpode!!! Leia e se inspire!Um ano de diretorado! Parece que foi ontem que eu fazia aquela aula de automaquiagemque mudaria o rumo de toda uma vida! Natália Borges enxergou em mim um potencial e meofereceu o negócio na hora e eu sempre falo para ela: “Você foi muito ousada em ofereceresse negócio para a coordenadora do curso de uma faculdade!”. Glória a Deus pela suaousadia! Porque a maioria das pessoas menospreza o trabalho de "vendedora de cosméticos".Mas os números são animadores - o Brasil é o segundo maior consumidor de cosméticos domundo; temos um dos melhores cosméticos do mundo, com qualidade internacional e preçocompetitivo! Não tem como dar errado!Iniciar em Mary Kay foi mais uma das loucuras que eu fiz em minha vida! Tanto trabalho –acordada às 6 horas da manhã, às 7h10 já estava em sala de aula, no curso de Jornalismo daPUCGO. Ficava até às 10h30. Ia para casa, almoçava, pegava o Dante, então com 1 aninho elevava para a escolinha. Entrava na coordenação de Jornalismo da Fasam às 14 horas. Às 17 jásaía para pegar o Dante na escola e voltava para casa. Às 18 horas já estava de volta à Fasamonde ficava até às 22h30. Chegava em casa por volta das 23 horas. Isso de segunda à sexta-feira. Como eu fazia Mary Kay? O tempo todo! Levei à sério nosso ditado: “Respira, está háum metro de você e tem pele, fale de Mary Kay!” Afinal de conta, eu fiz um pedido “Safira” nomeu primeiro mês de MK e tinha que trabalhar para pagar, já que não tinha nenhuma reserva,caso o negócio não desse certo.Mas uma grande paixão foi nascendo dentro de mim. Ensinar sempre foi a minha paixão, otalento que Deus me deu! Ensinar beleza então... minha casa sempre foi o ponto de encontrodas amigas para se arrumarem antes da balada. Sempre fui a referência de produtos, roupas,tudo ligado à beleza. Me apaixonei por fazer Sessões de Cuidados com a Pele, não há nada queme divirta mais!
  2. 2. O rendimento inicial me “chocou”. Mesmo nunca tendo trabalhado com vendas, conseguivender 3 mil reais em meu primeiro mês nesta empresa. Isso foi para mim realmente ummarco. Sentir-me valorizada, reconhecida pelo meu trabalho, estar em meio a tantas mulheresmaravilhosas, inteligentes e prontas para me ajudar realmente me conquistou!E então eu decidi tornar-me uma diretora de vendas! Mas o que era isso? Bem, o traje era bembonito! Elas sempre tinham treinamentos diferenciados (morria de raiva quando eu não podiaouvir o treinamento delas), falavam que a remuneração era boa e a carreira crescente. Adorolidar com pessoas. Não tem como dar errado!No entanto, desenvolver o Dom da Iniciação foi realmente um diferencial! Lembro-me deum treinamento que tive, no dia do meu aniversário, 23 de novembro de 2010, quandotambém pedi demissão do cargo de coordenadora do curso de Jornalismo da Fasam e queperguntei à Diretora Nacional Elisa Castro qual era o segredo de iniciar sem ser insistente.Ela disse: “Atraia! Atraia com o seu sucesso e a sua alegria”. Desde então, iniciar virou umasedução! Oferecer uma oportunidade de negócio às mulheres que pode fazer por elas o quefez por mim, não tem preço! É um grande prazer para mim ouvir cada uma das histórias desucesso, acompanhar o “enriquecimento de cada uma dessas vidas”.Hoje, um ano após a finalização da minha qualificação quantos prêmios: o Treinamento paraNovas Diretoras em São Paulo (ganhei a passagem para São Paulo, da minha diretora, por terfeito 80 mil pontos na minha qualificação e também a hospedagem da Mary Kay, em um hotelsuuuper legal), onde conheci uma pessoa maravilhosa, minha irmã diretora Ivyna Malerba! Aviagem para Comandatuba, onde pude desfrutrar de 3 dias maravilhosos ao lado das minhasirmãs diretoras de Goiânia e conhecer amigas tão lindas como Fernanda Cravo e DeryleneFerreira. O Seminário Mary Kay 2012 então – Almoço Especial, Diretora Estrela, Coquetel daRealeza, Segunda Princesa da Corte de Iniciação, jóias! Ufa! Em um ano e meio de Mary Kayconquistei muuuito mais que em 10 anos de carreira como jornalista.E o que eu fiz de diferente: NADA! Sempre fui uma profissional dedicada, que sempreprocurou fazer o melhor, mas que sempre sentiu no coração a desvalorização do mercado eo sentimento de que o meu trabalho valia mais, mas que não me pagavam o quanto eu valia.Não tive medo de começar em Mary Kay simplesmente porque sempre confiei na minhacompetência e TODOS, TOOOODOS AO MEU REDOR, também me deram muito apoio. Nuncaouvi uma palavra sequer de que esse negócio pudesse dar errado para mim, pelo contrário,sempre me diziam que logo, logo, eu iria estar de CARRO COR-DE-ROSA!E hoje, o sucesso do meu Negócio Mary Kay eu atribuo à minha formação como Jornalista e àminha especialização em Marketing e Comunicação. Não haveria outro curso melhor para umadiretora Mk fazer, simplesmente porque dominamos as duas mais valiosas ferramentas domundo atual - a comunicação escrita e a oral! Hoje, além da líder da Magníficas, a consultorade beleza que cuida das clientes, também sou a Assessora de Comunicação da minha empresaMary Kay! O gerenciamento do meu Facebook é um trabalho realizado baseado nos meusconhecimentos em Comunicação! Totalmente estratégico!Quero aqui agradecer ao meu esposo Maykell Guimarães, meu amor, meu marido que eutanto amo, que esteve ao meu lado todo esse tempo, “suportando o brilho dessa estrela que
  3. 3. reluz”! Ao meu filho lindo que já sabe que “as meninas Mary Kay ganham muito dinheiro” ereconhece de longe um perfil Mary Kay (ele vê uma mulher de vestido, salto alto e bonita e mefala – Mamãe, é diretora Mary Kay!) rsss!À minha mãe MK, Natália Borges, eu agradeço de coração por toda a paciência de me ensinartudo o que sabe! Por ter insistido para que eu me aproximasse de Deus, porque só ele poderiame ajudar, quando eu não conseguisse encontrar a solução! Você é um instrumento de Deusem minha vida!À diretora executiva elite Isolda Rodrigues - esta mulher maravilhosa com quem eu tiveo prazer de aprender tanto. Não só de MK, mas principalmente, de ser mulher e esposadedicada!À todas as minhas amigas diretoras de Goiânia que me são mais próximas - Juliana Martinse Nana, Ofélia, Eloisa, Lucélia, Lorena, Wanessa, Carol... é ótimo ter vocês como colegas detrabalho!À minha equipe maravilhosa, eu quero agradecer em nome da minha Diretora em QualificaçãoAna Carla Jacob, minha segunda princesa de vendas, meu furacão Magníficas! Ana Carla Jacobrepresenta toda a força da mulher brasileira que quer mudar de vida e não tem medo dofracasso – é mãe, esposa dedicada e amorosa, uma vendedora exímia e está aprendendo aliderar como uma líder Mary Kay tem que ser – PELO AMOR! Você Ana é o meu orgulho, nuncame arrependerei de ter oferecido este negócio à você!E às minhas Magníficas, o meu muito obrigado! Vocês são a razão da minha luta! A razão dasminhas leituras diárias para ser uma líder servidora, que lidera pelo amor (mas quem amaeduca!)! Vocês sabem que “cada puxão de orelha” que eu dou em vocês é na verdade umagrande declaração de amor, porque o meu objetivo é dar a vocês a transformação de vida queeu tive, de poder ter tempo para a minha família e trabalhar em uma empresa que me valorizaem todos os sentidos! Vamos todas juntas! Rumo ao topo, porque lá é o nosso lugar!Isolda RodriguesA Vontade de Deus só irá levá-la aonde a Graça de Deus puder protegê-la!"Rompendo em fé, rumo a Buenos Aires!Afinal, agindo Deus, quem impedirá?

×