SlideShare uma empresa Scribd logo

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PEDAGOGIA GILMARA OLIVEIRA FAEPI-04.pptx

G
G

EDUCAÇÃO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PEDAGOGIA GILMARA OLIVEIRA FAEPI-04.pptx

1 de 19
Baixar para ler offline
FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ- PI
LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA POLO
DE CASTELO DO PIAUÍ
GILMARA MARIA DA SILVA ALMEIDA DE
OLIVEIRA
CASTELO DO PIAUI
OUTUBRO/2018
Autor: Gilmara Maria da Silva Almeida de
Oliveira
Orientador: Prof. Esp. Marcos Soares
INTRODUÇÃO
Nessa pesquisa, nos deparamos sobre tal concepção que acreditamos que a
leitura deva ser um ato critico e reflexivo, não podendo ser identificada
simplesmente como a “decodificação” da palavra escrita. Entendemos que a
compreensão e a significação de todo texto só acontecerá se houver leitura
entrelaçada com a percepção do contexto ao qual o sujeito pertence.
Desse modo, cabe à escola, como espaço formal e institucional, como também à
família e à sociedade em geral, propiciar a todos os alunos e à comunidade mais
ampla o direito de ser leitor, o direito de ler e, conforme seja a situação, exigir que
sejam leitores proficientes. A leitura não somente enriquece conhecimentos como
também proporciona ao leitor momentos de prazer e de reflexão, abre caminhos
para novas oportunidades.
JUSTIFICATIVA
Investigar e socializar conhecimentos sobre processos de promoção da
leitura na escola, considerando, a sua relevância para o desempenho
escolar e a formação humana, uma vez que, as praticas de leitura não
se processam de um momento para o outro, mas devem ser praticadas
por toda a vida, como uma constante no processo de formação
pessoal, profissional e social.
PROBLEMÁTICA
Que situações de aprendizagem contribuem para a formação de alunos
leitores nos anos iniciais do Ensino Fundamental?
OBJETIVO GERAL
• Conhecer as estratégias de leitura que favorecem a formação de alunos
leitores na U. E. Tânia Maria Alves de Abreu.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PEDAGOGIA GILMARA OLIVEIRA FAEPI-04.pptx

Língua Portuguesa - 2º ano.pdf
Língua Portuguesa - 2º ano.pdfLíngua Portuguesa - 2º ano.pdf
Língua Portuguesa - 2º ano.pdfEderson46
 
Actividades y ejercicios para mejorar tu Portugues
Actividades y ejercicios para mejorar tu PortuguesActividades y ejercicios para mejorar tu Portugues
Actividades y ejercicios para mejorar tu Portuguesronaldsaulfernandez
 
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJMaterial Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJValéria Poubell
 
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docx
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docxFormação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docx
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docxLucimeire Cavalcanti
 
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfLíngua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfGorete Santos
 
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfLíngua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfhelenildeprofessora
 
Modelo de apresentação congresso de boas práticas
Modelo de apresentação congresso de boas práticasModelo de apresentação congresso de boas práticas
Modelo de apresentação congresso de boas práticasNRTE
 
Roda de Leitura
Roda de LeituraRoda de Leitura
Roda de Leituraeucineia07
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxEscolaMunicipalMaria16
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxEscolaMunicipalMaria16
 
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdf
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdfprojeto_ler_e_uma_aventura1.pdf
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdfKelianeCastro3
 
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar LOCIMAR MASSALAI
 

Semelhante a TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PEDAGOGIA GILMARA OLIVEIRA FAEPI-04.pptx (20)

Língua Portuguesa - 2º ano.pdf
Língua Portuguesa - 2º ano.pdfLíngua Portuguesa - 2º ano.pdf
Língua Portuguesa - 2º ano.pdf
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Actividades y ejercicios para mejorar tu Portugues
Actividades y ejercicios para mejorar tu PortuguesActividades y ejercicios para mejorar tu Portugues
Actividades y ejercicios para mejorar tu Portugues
 
Língua Portuguesa - 1º ano.pdf
Língua Portuguesa - 1º ano.pdfLíngua Portuguesa - 1º ano.pdf
Língua Portuguesa - 1º ano.pdf
 
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJMaterial Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
 
Língua portuguesa 1º ano
Língua portuguesa   1º anoLíngua portuguesa   1º ano
Língua portuguesa 1º ano
 
Todas as letras
Todas as letrasTodas as letras
Todas as letras
 
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docx
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docxFormação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docx
Formação de leitores críticos lucimeire cavalcanti dias.docx
 
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfLíngua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
 
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdfLíngua Portuguesa - 3º ano.pdf
Língua Portuguesa - 3º ano.pdf
 
Modelo de apresentação congresso de boas práticas
Modelo de apresentação congresso de boas práticasModelo de apresentação congresso de boas práticas
Modelo de apresentação congresso de boas práticas
 
Roda de Leitura
Roda de LeituraRoda de Leitura
Roda de Leitura
 
Oficina i workshop
Oficina i workshopOficina i workshop
Oficina i workshop
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdf
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdfprojeto_ler_e_uma_aventura1.pdf
projeto_ler_e_uma_aventura1.pdf
 
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Ação da Biblioteca Escolar
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
PRODUTO.pdf
PRODUTO.pdfPRODUTO.pdf
PRODUTO.pdf
 
PRODUTO.pdf
PRODUTO.pdfPRODUTO.pdf
PRODUTO.pdf
 

Último

Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxTEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxAssisTeixeira2
 
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)Adriano De Souza Sobrenome
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...excellenceeducaciona
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...Colaborar Educacional
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfAnaRitaFreitas7
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxfran50171
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 

Último (20)

Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptxTEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
TEMPLATE relatório de praticas por aluno.pptx
 
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
RUGAS: MARCAS DE EXPRESSÃO DA VIDA (UM ULTIMATO SOBRE O TEMPO!)
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docxPLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
PLANEJAMENTO ANUAL LINGUA ESPANHOLA 2024 3 ANOS PRONTO.docx
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PEDAGOGIA GILMARA OLIVEIRA FAEPI-04.pptx

  • 1. FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ- PI LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA POLO DE CASTELO DO PIAUÍ GILMARA MARIA DA SILVA ALMEIDA DE OLIVEIRA CASTELO DO PIAUI OUTUBRO/2018
  • 2. Autor: Gilmara Maria da Silva Almeida de Oliveira Orientador: Prof. Esp. Marcos Soares
  • 3. INTRODUÇÃO Nessa pesquisa, nos deparamos sobre tal concepção que acreditamos que a leitura deva ser um ato critico e reflexivo, não podendo ser identificada simplesmente como a “decodificação” da palavra escrita. Entendemos que a compreensão e a significação de todo texto só acontecerá se houver leitura entrelaçada com a percepção do contexto ao qual o sujeito pertence. Desse modo, cabe à escola, como espaço formal e institucional, como também à família e à sociedade em geral, propiciar a todos os alunos e à comunidade mais ampla o direito de ser leitor, o direito de ler e, conforme seja a situação, exigir que sejam leitores proficientes. A leitura não somente enriquece conhecimentos como também proporciona ao leitor momentos de prazer e de reflexão, abre caminhos para novas oportunidades.
  • 4. JUSTIFICATIVA Investigar e socializar conhecimentos sobre processos de promoção da leitura na escola, considerando, a sua relevância para o desempenho escolar e a formação humana, uma vez que, as praticas de leitura não se processam de um momento para o outro, mas devem ser praticadas por toda a vida, como uma constante no processo de formação pessoal, profissional e social.
  • 5. PROBLEMÁTICA Que situações de aprendizagem contribuem para a formação de alunos leitores nos anos iniciais do Ensino Fundamental?
  • 6. OBJETIVO GERAL • Conhecer as estratégias de leitura que favorecem a formação de alunos leitores na U. E. Tânia Maria Alves de Abreu.
  • 7. OBJETIVOS ESPECIFICOS • Identificar as diferentes estratégias de leitura desenvolvidas por professores dos anos iniciais do ensino fundamental anos iniciais. • Caracterizar as práticas de leitura, a periodicidade e razão pelas quais as mesmas são desenvolvidas. • Analisar as práticas de leitura desenvolvida por professoras e como as mesmas contribuem para a formação de alunos leitores.
  • 8. TRAJETÓRIA METODOLÓGICA DA PESQUISA • CARACTERIZAÇÃO DA PESQUISA: Pesquisa bibliográfica Pesquisa de Campo • NATUREZA DA PESQUISA: Qualitativa • CENÁRIO DA PESQUISA: U. E. Tânia Maria Alves de Abreu • INTERLOCUTORES DA PESQUISA: Professoras que atuam nos anos iniciais • INSTRUMENTO DE PRODUÇÃO DE DADOS: Questionários
  • 9. BATISTA (2017) ABRAMOVICH(1997) FREIRE (1998) MELO E MORAES (2014) Teóricos que contribuem com nossa discussão e nossas reflexões. FONSECA (2002) RANGEL (2005)
  • 10. Referencial Teórico • Freire (1998) a leitura não tem fronteiras, compreendendo todo processo de aprendizagem e o princípio se inicia no instante do nosso nascimento. • Abramovich (1997, p. 23), é importante contar histórias mesmo para crianças que já sabem ler, "pois quando a criança sabe ler é diferente sua relação com a história, porem sente um enorme prazer em ouvi- las".
  • 11. Referencial teórico • Silva (2009), é papel do professor refletir coletivamente sobre sua bagagem cultural, cruzando novos horizontes, impenetrado e acionando o mecanismo da aprendizagem, a fim de integrar interdisciplinaridade e planejamento com harmonia e coerência. • Melo e Moraes (2014) afirmam que as atividades de leitura podem ser realizadas desde os primeiros dias de aula, mesmo em se tratando de crianças que ainda não conhecem letra alguma.
  • 12. ANALISE DE DADOS Leitura e formação de leitores Categoria PROFESSORA FADA MADRINHA PROFESSORA CINDERELA PROFESSORA CHAPEUZINHO VERMELHO PROFESSORA RAPUNZEL Leitura e formação de leitores Lemos textos verbais, em diferentes suportes, assegurando a participação dos alunos a interação em sala de aula. Nestes momentos os alunos questionam, sugerindo, argumentando e respeitando a fala dos outros. Trabalho com de textos para trabalhar a leitura no dia seguinte, também faço roda de leitura com representação de personagens e premiação com alguma lembrancinha para quem conseguir lê mais e são bastante proveitosas. Costumamos fazer: roda de leitura, leitura compartilhada, individual e silenciosa, entre outras. Acreditamos que através da leitura os alunos enxergam e compreendem o mundo e seus acontecimentos, bem como, também aprendem com clareza e facilidade, os conteúdos propostos por cada disciplina durante o período escolar. Na escola temos em cada sala o cantinho da leitura com vários livros, as crianças levam para casa um livro todo dia e no outro dia recontam a leitura ou leem para os professores, se ele sabe lê faz a leitura ou reconta o que alguém leu para eles. Faço também a roda de leitura toda semana uma vez.
  • 13. ANALISE DE DADOS Leitura, escolarização e desempenho de alunos na escola CATEGORIA PROFESSORA FADA MADRINHA PROFESSORA CINDERELA PROFESSORA CHAPEUZINHO VERMELHO PROFESSORA RAPUNZEL Leitura, escolarização e desempenho de alunos na escola O desenvolvimento da leitura é de suma importância na oralidade, favorecendo a capacidade de falar adequadamente, preconiza a capacidade de saber escutar o outro, compreendendo e interpretando o que foi dito. A leitura é de fundamental importância para o processo de escolarização, pois é através dela que se os alunos aprendem os conteúdos das diferentes disciplinas do currículo. Durante o período de escolarização de uma criança é de suma importância que tenha ou adquira o habito de leitura para que consiga desenvolver com facilidade as habilidades exigidas em cada ano escolar e em todas as áreas do conhecimento. A leitura é importante para qualquer idade, pois representa um importante instrumento de compreensão do mundo, a família deve iniciar o incentivo e gosta pela leitura e a escola deve continuar com esta tarefa.
  • 14. ANALISE DE DADOS Projetos desenvolvidos pela escola, voltados para a formação de alunos leitores CATEGORIA PROFESSORA FADA MADRINHA PROFESSORA CINDERELA PROFESSORA CHAPEUZINHO VERMELHO PROFESSORA RAPUNZEL PROJETOS DESENVOLVIDOS PELA ESCOLA, VOLTADOS PARA A FORMAÇÃO DE ALUNOS LEITORES Projetos de leitura, como: Pesquisa de autores. O projeto é realizado no decorrer do ano letivo com leitura dos livros dos autores. Biografias e peças teatrais. Sala da Leitura, mergulhando na leitura, piquenique da leitura, entre outros, os projetos que funcionam em todas as turmas, envolvendo toda equipe. Nos anos iniciais as escolas trabalhamos com o Programa Circuito Campeão, que traz em sua rotina as aulas de leitura para que se chegue ao Campeão de Leitura, além deste, a Secretaria de Educação acrescenta o Pódio da Leitura, com premiação para o aluno que ler mais livros no decorrer do ano, e a escola desenvolve o Mergulhando na Leitura, que leva o aluno para uma aula de leitura em um ambiente diferente, ou seja, ornamentando como sugere o nome, e assim sempre surgem outros projetos. Tem o projeto mergulhando na leitura, um dia por semana (uma aula) as crianças são tiradas da sala para irem para a sala de leitura, escolhem um livro e leem e depois recontam para a pessoa que é responsável. Trabalho também com textos diversificados, pois eles não têm livro suficiente para leitura diária. Trabalhamos também o Projeto Soletrando, no primeiro ano é feito com a soletração das palavras das silabas simples e complexas. No final do ano tem a premiação para os campeões. Quem leu mais livros campeão de leitura, e quem soletra corretamente as palavras.
  • 15. ANALISE DE DADOS Tipos de leitura realizadas com os alunos CATEGORIA PROFESSORA FADA MADRINHA PROFESSORA CINDERELA PROFESSORA CHAPEUZINHO VERMELHO PROFESSORA RAPUNZEL TIPOS DE LEITURAS REALIZADAS COM OS ALUNOS Realização de diversidades linguísticas, valorizando as diferenças culturais entre variedades regionais, sociais, vários tipos de gêneros, entre outros. Rodas de leituras. Compreende textos lidos por outras pessoas com diferentes propósitos. Banco de textos para recontagem no dia seguinte, roda de leitura com representação de personagens e premiação com alguma lembrancinha para quem conseguir lê mais e são bastante proveitosas. As leituras realizadas com meus alunos são variadas, como as citadas na pergunta de número 04, e quanto á tipologia, seguimos as habilidades exigidas no ano em que a criança estuda, conhecendo, compreendendo e diferenciando uma grande variedade de generis textuais. Realizo leitura compartilhada na roda de leitura, leitura individual e atividades de leitura em grupo. Leitura do banco de palavras, frases e pequeno texto, trabalho a semana com uma família silábica. Procuro também outros pequenos textos para inserir na rotina semanal e interpretação dos mesmos. Trabalho com vídeos e elaboro perguntas para respostas. A aprendizagem significativa é a qualidade da educação é um compromisso da escola que vive no meio das diversidades.
  • 16. ANALISE DE DADOS Dificuldades para a formação de leitores nos anos iniciais e as possibilidades de reorganização das praticas CATEGORIA PROFESSORA FADA MADRINHA PROFESSORA CINDERELA PROFESSORA CHAPEUZINHO VERMELHO PROFESSORA RAPUNZEL DIFICULDADES PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES NOS ANOS INICIAIS E AS POSSIBILIDADES DE REORGANIZAÇÃO DAS PRÁTICAS Existem várias dificuldades como: os conhecimentos prévios relativos aos gêneros textuais e as interpretações de textos. Envolvendo as crianças em projetos, leituras variadas e etc. Não. Com técnicas e projetos de leitura. Há uma grande dificuldade em formarmos leitores, pois as turmas não são homogêneas, e tem aquelas crianças que mostram uma certa resistência aos projetos de leitura e até mesmo se esquivam de ler um pequeno texto, referente a uma atividade proposta na sala. Além de continuarmos incentivando a leitura com os projetos, podemos varar a metodologia, utilizando a leitura nas mídias, dramatizações, peças teatrais, monólogos, e muitas outras. Sim, existe alunos que veem da Educação Infantil com uma dificuldade muito grande, tenho que trabalhar muito a leitura com esses alunos e as vezes não consigo. A escola deve, portanto, desenvolver projetos de leitura e escrita, levando a criança entrar em contato com os mais variados textos da literatura infantil. O professor deve desempenhar e usar de muitas criatividade, contribuindo para formar o habito de ler no processo de alfabetização, é necessário fazer a criança gostar de ler e escrever. A leitura é um instrumento poderoso do educador e do aluno no processo ensino- aprendizagem, fornecendo a matéria prima para a escrita.
  • 17. CONCLUSÃO Neste estudo investigamos as estratégias de leitura que favorecem a formação de alunos leitores na U. E. Tânia Maria Alves de Abreu. Desenvolvemos pesquisa de natureza descritiva, de abordagem qualitativa, por ser ter sido esta a que melhor se adequou as proposições do estudo. Através dessa tipologia partilhamos os significados sobre as práticas e estratégias de leitura desenvolvidas pelas professoras dos anos iniciais do ensino fundamental. Como vimos, a escola possui um papel muito importante no incentivo ao hábito da leitura pois a mesma é essencial na prática escolar e no seu cotidiano. Os dados apontam que as interlocutoras desse estudo desenvolvem diferentes estratégias de leitura que enriquecem os conhecimentos dos alunos como também proporcionam aos mesmos momentos de prazer e de reflexão, abrindo caminhos para novas oportunidades.
  • 18. CONCLUSÃO Segundo Freire (1997), uma leitura crítica implica na percepção das relações entre o texto e o contexto, que vem sendo constituída com o passar dos anos de nossas vidas. É preciso ter perseverança na leitura, buscando sempre construir um saber que se dará na seleção de leitura, integrando os dados acumulados e associando-os as leituras realizadas.