SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
A CONTRIBUIÇÃO DA ENGENHARIA AO PROGRESSO CIENTÍFICO
E TECNOLÓGICO AO LONGO DA HISTÓRIA
Fernando Alcoforado*
Este artigo tem por objetivo demonstrar a grande contribuição da Engenharia ao progresso
da ciência e da tecnologia ao longo da história da humanidade. A Engenharia e o
Engenheiro existem desde os mais remotos tempos. Pode-se afirmar que Engenharia e
Engenheiro existem desde o aparecimento do homem na face da Terra. Se entendermos a
Engenharia como a arte de usar a técnica para realizar aquilo que a imaginação humana
concebe, verificaremos que, enquanto existir a humanidade a Engenharia estará presente.
A Engenharia, compreendida como a arte de fazer, consiste em aplicar conhecimentos
científicos e empíricos à criação de estruturas, processos e dispositivos, que são utilizados
para converter recursos naturais em formas adequadas ao atendimento das necessidades
humanas.
A Engenharia é sinônimo de progresso técnico. A Engenharia tem sido utilizada ao longo
da história da humanidade como um meio para a conquista de melhores condições de vida
para a sociedade em todos os países do mundo e também para fins militares. A Engenharia
é o meio através do qual as pessoas podem adquirir condições para habitar melhor, se
transportar com mais rapidez, se comunicar com mais extensão e rapidez, adquirir
conforto e segurança, ter acesso a alimentos mais nutritivos e saudáveis, etc. O bom
funcionamento da Engenharia, portanto, não é de interesse apenas dos profissionais e
empresários do setor. É de interesse de toda a sociedade, sendo também sinônimo de
desenvolvimento. Desde os primórdios da humanidade, muita gente se ocupou de
diversas tarefas que hoje são atribuições do engenheiro que realizaram incontáveis e
magníficas obras de Engenharia da Antiguidade, como o Farol de Alexandria, as
Pirâmides do Egito, os Jardins Suspensos da Babilônia, a Acrópole e o Partenon de
Atenas, os antigos aquedutos romanos, a Via Ápia, o Coliseu de Roma, Teotihuacán no
México, as Pirâmides dos Maias, Incas e Astecas e a Grande Muralha da China, entre
muitas outras obras.
O primeiro engenheiro foi provavelmente Imhotep que projetou e supervisionou a
construção da Pirâmide de Gizé no Egito, uma pirâmide de degraus em Saqqara, por volta
de 2630 a.C.-2611 a.C. Desde a Antiguidade até o século XV, as obras de engenharia
foram muito mais fruto do empirismo e da intuição do que do cálculo e de uma verdadeira
engenharia. A investigação científica, inclusive nas ciências físicas e matemáticas, era
quase mera especulação, em geral sem ter como alvo aplicações práticas. Havia, quando
muito, alguma aplicação com finalidades militares. Leonardo da Vinci e Galileu Galileu,
nos séculos XV e XVII, por exemplo, podem ser considerados os precursores da
Engenharia de base científica porque o que eles fizeram era regido por leis físicas e
matemáticas.
Na história da ciência, chama-se Revolução Científica o período que começou no século
XVI com o Renascimento e prolongou-se até o século XVIII com a Revolução Industrial.
A partir desse período, a Ciência, que até então estava atrelada à Filosofia, separa-se desta
e passa a ser um conhecimento mais estruturado e prático. O Renascimento trouxe como
uma de suas características a utilização de um senso crítico mais elevado e uma maior
atenção às necessidades humanas que permitiu ao homem observar mais atentamente os
fenômenos naturais em vez de renegá-los à interpretação da Igreja Católica que ditava
seu pensamento durante a Idade Média. Eventos marcantes da Revolução Científica, no
início do século XVI, foram a publicação das obras "Das revolucões das esferas celestes"
por Nicolau Copérnico e "Da Organização do Corpo Humano" por Andreas Vesalius. A
publicação do “Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo” por Galileu Galilei
e o enunciado das Leis de Kepler impulsionaram decisivamente a Revolução Científica.
Com a Revolução Científica, os objetivos do homem de ciência e da própria ciência
acabaram sendo redirecionados para uma era livre das influências místicas da Idade
Média. Desde o início da Revolução Científica, há aproximadamente quatro séculos, o
exercício da Engenharia tem evoluído rapidamente com a crescente utilização simultânea
dos conhecimentos obtidos nas mais diversas áreas das atividades científicas. O
nascimento da Engenharia moderna foi consequência de dois grandes acontecimentos que
ocorreram na história da humanidade no século XVIII: a Revolução Industrial na
Inglaterra e o movimento filosófico e cultural denominado de Iluminismo na França. Na
medida em que se desenvolviam as ciências matemáticas e físicas, a Engenharia foi se
estruturando, mas somente no século XVIII foi possível chegar-se a um conjunto
sistemático e ordenado de doutrinas, que constituíram a primeira base teórica da
Engenharia.
A Engenharia moderna se caracteriza pela aplicação generalizada dos conhecimentos
científicos à solução de problemas dedicando-se, basicamente, a problemas da mesma
espécie que a engenharia do passado, porém, com a característica distinta e marcante que
é a aplicação da ciência. É sabido que a Engenharia está presente em todo o setor
produtivo, a saber: nas fábricas, nos canteiros de obras habitacionais e de infraestrutura,
nas universidades, nos laboratórios científicos, nos centros de pesquisas tecnológicas, nos
transportes, na geração de energia, nas comunicações, na produção de alimentos, entre
outros empreendimentos. As grandes mudanças que vêm ocorrendo na vida das pessoas,
no mundo moderno, foram geradas pela tecnologia que é alimentada pelo conhecimento
acumulado e os grandes investimentos em pesquisa e inovação. A humanidade precisa da
Engenharia porque é ela que transforma o conhecimento acumulado em universidades e
centros de pesquisa, públicas e privadas, em produtos e serviços disponibilizados à
sociedade.
A transformação do conhecimento produzido em laboratórios por profissionais de várias
áreas, inclusive engenheiros, cabe aos engenheiros projetar e realizar. Não é à toa que em
todas as definições da engenharia, e são muitas, encontramos as palavras “aplicação
prática de princípios científicos visando à transformação da natureza com economia de
recursos”. O ser humano tem atualmente ao seu dispor produtos que o conhecimento e a
tecnologia se agregam de forma nunca alcançada antes. O futuro aponta agora para a
Engenharia Genética, que associada à informática, oferece enorme possibilidade de
contribuição para solução do problema da fome no mundo. As comunicações instantâneas
globais, os novos produtos químicos e farmacêuticos, a intensificação no consumo e
produção de energia e transportes, o aumento da produtividade agrícola, a incrível
cooperação tecnológica acrescentada à medicina, são exemplos flagrantes dessa
revolução científica e tecnológica.
Modernamente, são inúmeros os empreendimentos no mundo que contaram e contam
com o decisivo apoio da Engenharia tais como as gigantescas usinas hidrelétricas de Três
Gargantas na China e Itaipu no Brasil/Paraguai, edifícios como o Empire State Building
em New York, o Capital Gate na cidade de Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos e o
Kingdom Tower construído na cidade de Jeddah, Arábia Saudita, que possui 275 andares,
atingindo a incrível marca dos 1,6 mil metros de altura, pontes como a mais longa do
mundo sobre o mar de 36,48 quilômetros construída na cidade litorânea de Qingdao na
China e a Rio-Niterói no Brasil, grandes estádios de futebol, shopping-centers,
aeroportos, ferrovias, rodovias e viadutos, navios transatlânticos, navios superpetroleiros
e supergraneleiros, aviões a jato, foguetes e naves espaciais, entre outros.
A Engenharia deve ser entendida, portanto, como uma cultura, aberta para a sociedade,
ativa na promoção de seu desenvolvimento procurando como propósito a melhor
qualidade de vida. Como o desenvolvimento tecnológico depende fundamentalmente da
capacidade em Engenharia, pode-se afirmar que educação, ciência, engenharia e
tecnologia estão intimamente relacionadas. Os engenheiros são os maiores responsáveis
pela concretização das inovações geradas pela ciência e pela tecnologia. A Engenharia é
estratégica para o progresso da humanidade.
* Fernando Alcoforado, 82, condecorado com a Medalha do Mérito da Engenharia do Sistema
CONFEA/CREA, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento
Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor
nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de
sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC-
O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil
(Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de
doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003),
Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI
ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary
Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr.
Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe
Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável-
Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio
Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora
CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática Catastrófica no
Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015), As Grandes Revoluções Científicas, Econômicas e Sociais que
Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016), A Invenção de um novo Brasil (Editora CRV, Curitiba,
2017), Esquerda x Direita e a sua convergência (Associação Baiana de Imprensa, Salvador, 2018, em co-
autoria), Como inventar o futuro para mudar o mundo (Editora CRV, Curitiba, 2019) e A humanidade
ameaçada e as estratégias para sua sobrevivência (Editora Dialética, São Paulo, 2021).

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A CONTRIBUIÇÃO DA ENGENHARIA AO PROGRESSO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO AO LONGO DA HISTÓRIA.pdf

Capítulo1 gestão-de-facilidades
Capítulo1 gestão-de-facilidadesCapítulo1 gestão-de-facilidades
Capítulo1 gestão-de-facilidades
Sesc Rio
 
A tecnologia
A tecnologiaA tecnologia
A tecnologia
Pelo Siro
 
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptxAula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
LeonardoCardoso43425
 
projeto cultura afro brasileira
projeto cultura afro brasileiraprojeto cultura afro brasileira
projeto cultura afro brasileira
culturaafro
 
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
Faga1939
 

Semelhante a A CONTRIBUIÇÃO DA ENGENHARIA AO PROGRESSO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO AO LONGO DA HISTÓRIA.pdf (20)

Capítulo1 gestão-de-facilidades
Capítulo1 gestão-de-facilidadesCapítulo1 gestão-de-facilidades
Capítulo1 gestão-de-facilidades
 
Aula 5 b
Aula 5 bAula 5 b
Aula 5 b
 
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdfevoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
 
A tecnologia
A tecnologiaA tecnologia
A tecnologia
 
Introdução á engenharia
Introdução  á engenharia   Introdução  á engenharia
Introdução á engenharia
 
Arthur girotto
Arthur girottoArthur girotto
Arthur girotto
 
Evolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto HistóricoEvolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
 
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptxAula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
Aula 1 - Engenharia, Ciência e Tecnologia.pptx
 
Notas de Aula 01
Notas de Aula 01 Notas de Aula 01
Notas de Aula 01
 
projeto cultura afro brasileira
projeto cultura afro brasileiraprojeto cultura afro brasileira
projeto cultura afro brasileira
 
Apostila Introdução à EaD (parte 2) 2013
Apostila Introdução à EaD (parte 2) 2013Apostila Introdução à EaD (parte 2) 2013
Apostila Introdução à EaD (parte 2) 2013
 
O que é Tecnologia e como ela evolui_.pdf
O que é Tecnologia e como ela evolui_.pdfO que é Tecnologia e como ela evolui_.pdf
O que é Tecnologia e como ela evolui_.pdf
 
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
Teoria Do Design Aula02 Revisado 2009
 
Trab 11º a bruno
Trab 11º a brunoTrab 11º a bruno
Trab 11º a bruno
 
O impacto da tecnologia no mundo do trabalho
O impacto da tecnologia no mundo do trabalhoO impacto da tecnologia no mundo do trabalho
O impacto da tecnologia no mundo do trabalho
 
Impactos da informática na Ciência e Tecnologia
Impactos da informática na Ciência e TecnologiaImpactos da informática na Ciência e Tecnologia
Impactos da informática na Ciência e Tecnologia
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
 
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
O LIVRO “A ESCALADA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA AO LONGO DA HISTÓRIA” DE FERNA...
 
TECNOLOGIAS SOCIAIS
TECNOLOGIAS SOCIAISTECNOLOGIAS SOCIAIS
TECNOLOGIAS SOCIAIS
 
Assuntos de Interesse - Setembro
Assuntos de Interesse - SetembroAssuntos de Interesse - Setembro
Assuntos de Interesse - Setembro
 

Mais de Faga1939

HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdfHOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
Faga1939
 
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdfCOMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
Faga1939
 
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
Faga1939
 
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
Faga1939
 
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
Faga1939
 
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
Faga1939
 
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
Faga1939
 
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
Faga1939
 
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
Faga1939
 
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
Faga1939
 
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
Faga1939
 
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
Faga1939
 
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
Faga1939
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
Faga1939
 
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdfAQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
Faga1939
 
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
Faga1939
 

Mais de Faga1939 (20)

HOW TO OVERCOME DEPRESSION AND ANXIETY IN THE LIVES OF PEOPLE IN THE WORLD WE...
HOW TO OVERCOME DEPRESSION AND ANXIETY IN THE LIVES OF PEOPLE IN THE WORLD WE...HOW TO OVERCOME DEPRESSION AND ANXIETY IN THE LIVES OF PEOPLE IN THE WORLD WE...
HOW TO OVERCOME DEPRESSION AND ANXIETY IN THE LIVES OF PEOPLE IN THE WORLD WE...
 
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
COMO SUPERAR A DEPRESSÃO E A ANSIEDADE NA VIDA DAS PESSOAS NO MUNDO EM QUE VI...
 
HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdfHOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
HOW TO PLAN CITIES TO COPE WITH EXTREME WEATHER EVENTS.pdf
 
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdfCOMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
COMO PLANEJAR AS CIDADES PARA ENFRENTAR EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS.pdf
 
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
LES OBSTACLES QUI ENTRAVENT LE DÉVELOPPEMENT DU BRÉSIL À L'ÈRE CONTEMPORAINE ...
 
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
THE OBSTACLES THAT IMPEDE THE DEVELOPMENT OF BRAZIL IN THE CONTEMPORARY ERA A...
 
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
L'ÉVOLUTION DE L'ÉDUCATION AU BRÉSIL À TRAVERS L'HISTOIRE ET LES EXIGENCES DE...
 
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
THE EVOLUTION OF EDUCATION IN BRAZIL THROUGHOUT HISTORY AND THE REQUIREMENTS ...
 
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL AO LONGO DA HISTÓRIA E OS REQUISITOS PARA SE...
 
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
 
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
 
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 2)...
 
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
LA MONTÉE DE L'ÉDUCATION DANS LE MONDE DE LA PRÉHISTOIRE À L'ÈRE CONTEMPORAIN...
 
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
THE CLIMB OF EDUCATION IN THE WORLD FROM PREHISTORY TO THE CONTEMPORARY ERA (...
 
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
A ESCALADA DA EDUCAÇÃO NO MUNDO DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA (Parte 1)...
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE ET SES IMPACTS SUR LA SANTÉ DE LA POPULATION MOND...
 
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdfAQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
AQUECIMENTO GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.pdf
 
THIS IS THE FULL COVER OF OUR 21ST BOOK TO BE PUBLISHED BY EDITORA CRV DE CUR...
THIS IS THE FULL COVER OF OUR 21ST BOOK TO BE PUBLISHED BY EDITORA CRV DE CUR...THIS IS THE FULL COVER OF OUR 21ST BOOK TO BE PUBLISHED BY EDITORA CRV DE CUR...
THIS IS THE FULL COVER OF OUR 21ST BOOK TO BE PUBLISHED BY EDITORA CRV DE CUR...
 
ESTA É A CAPA COMPLETA DE NOSSO 21º LIVRO A SER PUBLICADO PELA EDITORA CRV D...
ESTA É A CAPA COMPLETA DE NOSSO  21º LIVRO A SER PUBLICADO PELA EDITORA CRV D...ESTA É A CAPA COMPLETA DE NOSSO  21º LIVRO A SER PUBLICADO PELA EDITORA CRV D...
ESTA É A CAPA COMPLETA DE NOSSO 21º LIVRO A SER PUBLICADO PELA EDITORA CRV D...
 
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
LA SUPERINTELLIGENCE ARTIFICIELLE, SES BÉNÉFICES ET NUIRES ET QUE FAIRE POUR ...
 

Último (6)

SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptxProposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
treinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plásticatreinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plástica
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 

A CONTRIBUIÇÃO DA ENGENHARIA AO PROGRESSO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO AO LONGO DA HISTÓRIA.pdf

  • 1. A CONTRIBUIÇÃO DA ENGENHARIA AO PROGRESSO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO AO LONGO DA HISTÓRIA Fernando Alcoforado* Este artigo tem por objetivo demonstrar a grande contribuição da Engenharia ao progresso da ciência e da tecnologia ao longo da história da humanidade. A Engenharia e o Engenheiro existem desde os mais remotos tempos. Pode-se afirmar que Engenharia e Engenheiro existem desde o aparecimento do homem na face da Terra. Se entendermos a Engenharia como a arte de usar a técnica para realizar aquilo que a imaginação humana concebe, verificaremos que, enquanto existir a humanidade a Engenharia estará presente. A Engenharia, compreendida como a arte de fazer, consiste em aplicar conhecimentos científicos e empíricos à criação de estruturas, processos e dispositivos, que são utilizados para converter recursos naturais em formas adequadas ao atendimento das necessidades humanas. A Engenharia é sinônimo de progresso técnico. A Engenharia tem sido utilizada ao longo da história da humanidade como um meio para a conquista de melhores condições de vida para a sociedade em todos os países do mundo e também para fins militares. A Engenharia é o meio através do qual as pessoas podem adquirir condições para habitar melhor, se transportar com mais rapidez, se comunicar com mais extensão e rapidez, adquirir conforto e segurança, ter acesso a alimentos mais nutritivos e saudáveis, etc. O bom funcionamento da Engenharia, portanto, não é de interesse apenas dos profissionais e empresários do setor. É de interesse de toda a sociedade, sendo também sinônimo de desenvolvimento. Desde os primórdios da humanidade, muita gente se ocupou de diversas tarefas que hoje são atribuições do engenheiro que realizaram incontáveis e magníficas obras de Engenharia da Antiguidade, como o Farol de Alexandria, as Pirâmides do Egito, os Jardins Suspensos da Babilônia, a Acrópole e o Partenon de Atenas, os antigos aquedutos romanos, a Via Ápia, o Coliseu de Roma, Teotihuacán no México, as Pirâmides dos Maias, Incas e Astecas e a Grande Muralha da China, entre muitas outras obras. O primeiro engenheiro foi provavelmente Imhotep que projetou e supervisionou a construção da Pirâmide de Gizé no Egito, uma pirâmide de degraus em Saqqara, por volta de 2630 a.C.-2611 a.C. Desde a Antiguidade até o século XV, as obras de engenharia foram muito mais fruto do empirismo e da intuição do que do cálculo e de uma verdadeira engenharia. A investigação científica, inclusive nas ciências físicas e matemáticas, era quase mera especulação, em geral sem ter como alvo aplicações práticas. Havia, quando muito, alguma aplicação com finalidades militares. Leonardo da Vinci e Galileu Galileu, nos séculos XV e XVII, por exemplo, podem ser considerados os precursores da Engenharia de base científica porque o que eles fizeram era regido por leis físicas e matemáticas. Na história da ciência, chama-se Revolução Científica o período que começou no século XVI com o Renascimento e prolongou-se até o século XVIII com a Revolução Industrial. A partir desse período, a Ciência, que até então estava atrelada à Filosofia, separa-se desta e passa a ser um conhecimento mais estruturado e prático. O Renascimento trouxe como uma de suas características a utilização de um senso crítico mais elevado e uma maior atenção às necessidades humanas que permitiu ao homem observar mais atentamente os fenômenos naturais em vez de renegá-los à interpretação da Igreja Católica que ditava seu pensamento durante a Idade Média. Eventos marcantes da Revolução Científica, no
  • 2. início do século XVI, foram a publicação das obras "Das revolucões das esferas celestes" por Nicolau Copérnico e "Da Organização do Corpo Humano" por Andreas Vesalius. A publicação do “Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo” por Galileu Galilei e o enunciado das Leis de Kepler impulsionaram decisivamente a Revolução Científica. Com a Revolução Científica, os objetivos do homem de ciência e da própria ciência acabaram sendo redirecionados para uma era livre das influências místicas da Idade Média. Desde o início da Revolução Científica, há aproximadamente quatro séculos, o exercício da Engenharia tem evoluído rapidamente com a crescente utilização simultânea dos conhecimentos obtidos nas mais diversas áreas das atividades científicas. O nascimento da Engenharia moderna foi consequência de dois grandes acontecimentos que ocorreram na história da humanidade no século XVIII: a Revolução Industrial na Inglaterra e o movimento filosófico e cultural denominado de Iluminismo na França. Na medida em que se desenvolviam as ciências matemáticas e físicas, a Engenharia foi se estruturando, mas somente no século XVIII foi possível chegar-se a um conjunto sistemático e ordenado de doutrinas, que constituíram a primeira base teórica da Engenharia. A Engenharia moderna se caracteriza pela aplicação generalizada dos conhecimentos científicos à solução de problemas dedicando-se, basicamente, a problemas da mesma espécie que a engenharia do passado, porém, com a característica distinta e marcante que é a aplicação da ciência. É sabido que a Engenharia está presente em todo o setor produtivo, a saber: nas fábricas, nos canteiros de obras habitacionais e de infraestrutura, nas universidades, nos laboratórios científicos, nos centros de pesquisas tecnológicas, nos transportes, na geração de energia, nas comunicações, na produção de alimentos, entre outros empreendimentos. As grandes mudanças que vêm ocorrendo na vida das pessoas, no mundo moderno, foram geradas pela tecnologia que é alimentada pelo conhecimento acumulado e os grandes investimentos em pesquisa e inovação. A humanidade precisa da Engenharia porque é ela que transforma o conhecimento acumulado em universidades e centros de pesquisa, públicas e privadas, em produtos e serviços disponibilizados à sociedade. A transformação do conhecimento produzido em laboratórios por profissionais de várias áreas, inclusive engenheiros, cabe aos engenheiros projetar e realizar. Não é à toa que em todas as definições da engenharia, e são muitas, encontramos as palavras “aplicação prática de princípios científicos visando à transformação da natureza com economia de recursos”. O ser humano tem atualmente ao seu dispor produtos que o conhecimento e a tecnologia se agregam de forma nunca alcançada antes. O futuro aponta agora para a Engenharia Genética, que associada à informática, oferece enorme possibilidade de contribuição para solução do problema da fome no mundo. As comunicações instantâneas globais, os novos produtos químicos e farmacêuticos, a intensificação no consumo e produção de energia e transportes, o aumento da produtividade agrícola, a incrível cooperação tecnológica acrescentada à medicina, são exemplos flagrantes dessa revolução científica e tecnológica. Modernamente, são inúmeros os empreendimentos no mundo que contaram e contam com o decisivo apoio da Engenharia tais como as gigantescas usinas hidrelétricas de Três Gargantas na China e Itaipu no Brasil/Paraguai, edifícios como o Empire State Building em New York, o Capital Gate na cidade de Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos e o Kingdom Tower construído na cidade de Jeddah, Arábia Saudita, que possui 275 andares,
  • 3. atingindo a incrível marca dos 1,6 mil metros de altura, pontes como a mais longa do mundo sobre o mar de 36,48 quilômetros construída na cidade litorânea de Qingdao na China e a Rio-Niterói no Brasil, grandes estádios de futebol, shopping-centers, aeroportos, ferrovias, rodovias e viadutos, navios transatlânticos, navios superpetroleiros e supergraneleiros, aviões a jato, foguetes e naves espaciais, entre outros. A Engenharia deve ser entendida, portanto, como uma cultura, aberta para a sociedade, ativa na promoção de seu desenvolvimento procurando como propósito a melhor qualidade de vida. Como o desenvolvimento tecnológico depende fundamentalmente da capacidade em Engenharia, pode-se afirmar que educação, ciência, engenharia e tecnologia estão intimamente relacionadas. Os engenheiros são os maiores responsáveis pela concretização das inovações geradas pela ciência e pela tecnologia. A Engenharia é estratégica para o progresso da humanidade. * Fernando Alcoforado, 82, condecorado com a Medalha do Mérito da Engenharia do Sistema CONFEA/CREA, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015), As Grandes Revoluções Científicas, Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016), A Invenção de um novo Brasil (Editora CRV, Curitiba, 2017), Esquerda x Direita e a sua convergência (Associação Baiana de Imprensa, Salvador, 2018, em co- autoria), Como inventar o futuro para mudar o mundo (Editora CRV, Curitiba, 2019) e A humanidade ameaçada e as estratégias para sua sobrevivência (Editora Dialética, São Paulo, 2021).