thNA00000000000000000000000000 sssaf
Nº 215 – ANO III - Alcântaras, 31 de maio de 2014
ALCÂNTARAS E AS FESTAS JUNINAS
orga...
Muitos GRITOS, poucas VOZES, insultos, provocações, xingamentos
************************************* ************ FIM DE
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Edição 215

193 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
84
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Edição 215

  1. 1. thNA00000000000000000000000000 sssaf Nº 215 – ANO III - Alcântaras, 31 de maio de 2014 ALCÂNTARAS E AS FESTAS JUNINAS organizadores do Arraiá Brilho da Serra se reunirem no Sitio Belém para definir a data, tema e outros detalhes da segunda quadrilha mais tradicional de Alcântaras. Na sede alunos da Escola Francisco de Almeida Monte também já ensaiam para o 3º Quermesse do Chico Monte, previsto para ocorrer no dia 20 de junho. Além dos grupos juninos anteriormente descritos é esperado a realização de mais uma edição do Festival Regional de Quadrilhas do Sitio Norte e do Arraiá Explode Coração do Sitio Silva. Em Alcântaras onde o Festival de Quadrilhas também já tem programação definida a 18ª edição que terá seu tema voltado ao homem do campo propõe de forma a homenagear os agricultores da cidade que unem trabalho e fé para resistir as adversidades causadas pela seca. Como na maioria das cidades do Ceará o Festival de Quadrilhas de Alcântaras deverá ocorrer em Julho e não corre o risco de ser antecipado como ocorrido em 2012 devido o período eleitoral, devendo para este ano uma das maiores festas juninas da região ocorrer no período de 24 a 26 de julho. Redação do Serrano ALCÂNTARAS PERDE DIA DO DESAFIO 2014 Alcântaras que teve como concorrente a cidade paranaense de Antonina teve a menor mobilização de todas as edições a qual concorreu e perdeu esta edição. Segundo os dados disponíveis na homepage no Sesc/SP em 2014 apenas 39.14% de toda população registrou participação, enquanto a concorrente teve mobilização de 43,35%. No município serrano onde a mobilização ocorre desde o ano de 2005 o maior percentual de participantes foi registrado em 2008 quando 80% da população registrou presença no evento. Para esta edição o número de pessoas que participaram registrou 2,86% de pessoas a menos em comparação ao ano passado. Já e, relação a concorrente o número é inferior em 4,21% de participantes o que deixou a cidade serran em desvantagem. Redação do Serrano Nº 215 – ANO III - Alcântaras, 31 de maio de 2014– Impresso Oficial da ECOS RAPIDINHAS 1. RCC realizará Tríduo de Pentecoste nos dia 05,06 e 07 de junho, programação acontecerá na Praça do Mercado, R. Pedro Caetano e Igreja São Vicente com participação dos setores I. II e III; 2 - Secretaria de Saúde intensifica campanha de combate a Dengue no município; 3 – Chuvas voltaram a banhar Alcântaras na última semana; 4 – Escola Estadual inscreveu 100% de alunos do 2º e 3º ano na edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio. 5 – Levantamento aponta que Alcântaras registra em média um acidente de trânsito por mês. “TODAS AS INFORMAÇOES AQUI CONTIDAS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS AUTORES E/OU FONTES CITADAS” . Moradores de Alcântaras, zona norte do Ceará terão bons motivos para aproveitar o período das férias escolares em 2014. Na pequena cidade serrana além da mobilização de torcedores para assistirem os jogos do Mundial os tradicionais eventos juninos também devem movimentar a zona rural. Depois da Comissão Organizadora da 12ª edição do Arraiá Unidos do Suvaco definir a data de apresentação da tradicional quadrilha que ocorre no Sitio Espirito Santo para o dia 19 de julho, na última semana foi a vez dos Ocorrido em milhares de cidades brasileiras no último dia 28 de maio de 2014 o Dia do Desafio teve como objetivo mobilizar o maior números de pessoas para a prática de exercícios físicos num período de no mínimo 15 minutos
  2. 2. Muitos GRITOS, poucas VOZES, insultos, provocações, xingamentos ************************************* ************ FIM DE REAJUSTE DA CAGECE DESAGRADA CLIENTES DE ALCANTARAS A noticia de reajuste na tarifa de água e esgoto da Cagece, antes mesmo de incidir na fatura já tem desagradado usuários de Alcântaras que reclamam do reajuste de 7,5% que passa a vigorar em outras 147 cidades do interior cearense cujo a empresa tem licença de operação concedida pelo Governo do Estado. Em Alcântaras onde o abastecimento regular de água encontra-se comprometido desde julho do ano passado a distribuição tem sido feita devido à captação do líquido em poços tubulares. A Cagece que em 2013 já havia realizado um reajuste de 8,51% de seus serviços para todo o Ceará tem sido alvo de criticas e denuncias na pequena cidade serrana devido as constantes falhas no abastecimento, qualidade da água e atraso na entrega de faturas o que tem deixado insatisfeita parte da população e até virou assunto na tribuna da Câmara de Vereadores. O Serrano que há cerca de quinze dias entrou em contato com a empresa para repassar as indagações de usuários em relação às denuncias feitas ao informativo sobre a qualidade de água distribuída, o atraso na entrega de faturas e informações sobre a incidência do novo reajuste na conta de água obteve até o final desta edição o retorno apenas dos motivos de atraso da entrega da conta de água. Para os usuários que continuam a denunciar a forma como a empresa tem trabalhado no município a Cagece tem olhado apenas para a parte que lhe beneficia e esquecido de respeitar os direitos do consumidor que segundo eles tem pagado por um serviço incompleto. Redação do Serrano EM 2014 ARRECADAÇÃO MUNICIPAL JÁ UTRAPASSA OS R$ 8 MILHÕES As receitas transferidas aos cofres municipal de Alcântaras nestes cinco primeiros meses de 2014 já ultrapassam a casa dos oito milhões de reais. Os dados são do Portal da Transparência dos Municípios do Ceará (TCM) conforme a última atualização realizada no dia 27 deste mês. De acordo com a plataforma disponível para consulta publica de todas as 52 entradas em dinheiro, a maior receita orçamentária até o momento é do repasse do FPM que totalizam R$ R$2.270.685,67. Com menor valor de arrecadação está à cobrança de juros e multas de outros tributos que chegam a apenas R$ 126,16. Os dados relevam ainda que apesar de todo o montante a Prefeitura Municipal já gastou quase R$ 3,2 mil somente com pagamentos e vantagens fixas de pessoal, estando R$ 260 mil direcionados ao pagamento de folha da Câmara Municipal. No geral as despesas do município já ultrapassam os R$ 6 milhões. Ainda conforme o Tribunal de Contas dos Municípios o valor de entrada para este ano equivale a 35% de todas as receitas de 2013 que juntas somaram um total de R$22.793.666,77 (Vinte e dois milhões setecentos e noventa e três mil seiscentos e sessenta e seis e setenta e sete centavos) nos doze meses do ano passado. Redação do Serrano Nº 215 – ANO III - Alcântaras, 31 de maio de 2014Nº 215 – ANO III - Alcântaras, 31 de maio de 2014 ADUTORA DE ALCÂNTARAS ESTÁ ORÇADA EM R$ 2 MILHÕES As obras de construção da adutora emergencial do município de Alcântaras, zona norte do Ceará, devem começar em breve. A cidade que está inclusa na terceira fase de construção de adutoras emergenciais do Governo do Estado teve o lote de execução dos serviços leiloados na ordem de R$ 2 milhões, cujo foi arrematada na manhã da u´ltima quinta-feira, 29 de maio, pela empresa S&V. Segundo o Governo do Estado adutora deste município deve beneficiar cerca de 4.500 pessoas devendo começar de imediato, com prazo de conclusão previsto entre 120 a 160 dias, dependendo da etapa. Em Alcântaras a água que abastecerá a ETA deve ser canalizada do Açude Jenipapo situado na cidade vizinha de Meruoca. Na região norte, além de Meruoca, as cidades de Alcântaras, Sobral ( Jordão) e Irauçuba serão beneficiadas com o programa de construção de adutoras rápidas. Redação Virtual do Serrano ALCÂNTARAS PERDE DIA DO DESAFIO 2014 Ocorrido em milhares de cidades brasileiras no último dia 28 de maio de 2014 o Dia do Desafio teve como objetivo mobilizar o maior números de pessoas para a prática de exercícios físicos num período de no mínimo 15 minutos. A cidade de Alcântaras que teve como concorrente a cidade paranaense de Antonina teve a menor mobilização de todas as edições a qual concorreu e perdeu esta edição. Segundo os dados disponíveis na homepage no Sesc/SP em 2014 apenas 39.14% de toda população registrou participação, enquanto a concorrente teve mobilização de 43,35%. No município serrano onde a mobilização ocorre desde o ano de 2005 o maior percentual de participantes foi registrado em 2008 quando 80% da população. Para esta edição o número de pessoas que participaram registrou 2,86% de pessoa em comparação ao ano passado. Em relação a concorrente o número é inferior em 4,21% de participantes. Redação do Serrano Na boca do Povo A COPA DAS GREVES A menos de quinze dias o Brasil deve tornar-se palco sede do Mundial de 2014. No país onde bilhões de reais foram aplicados em investimento públicos e privados para recepcionar e acomodar os estrangeiros que aqui chegarem as reivindicações também viraram bandeiras de lutas sociais a serem hasteadas nesta Copa. No Ceará onde muitos jogos ocorrerão na Arena Castelão em Fortaleza os manifestos se intesificaram na última semana, quando a insegurança no trânsito tirou a vida de um motorista de um ônibus coletivo. No mesmo estado situações como o atraso nas obras de infraestrutura em aeroportos e outras áreas também são pautas dos movimentos sociais, como no restante do Brasil ameçam paralisar suas atividades como forma de terem direitos garantidos e funções valorizadas por empresários e pelo Governo Brasileiro. A Greve na Copa já chega a mobilizar até mesmo os milhares de voluntários que receberam treinamento para trabalhar no mundial e que agora afirmam que não irão trabalhar de graça. Se por um lado o Brasil pode conquistar o hecampionato neste ano, do outro a imagem do gigante pode ser manchada não de verde e amarelo, mas de vermelho sangue. Por.Francisco Freire

×