Successfully reported this slideshow.

SERRANO 252

257 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

SERRANO 252

  1. 1. NA00000000000000000000000000 sssaf EM ALCANTARAS CHUVAS SUPERAM 2014/2013 E 2012 ções no comparativo com o primeiro trimestre dos últimos três anos. Em 2015, o acumulado pluviométrico de março está abaixo em apenas 1,5mm quando comparado com o ano passado e tem sido melhor que os anos de 2013 e 2014. No município apesar das chuvas já ocorridas terem contribuído para o aumento da vazão de poços artesianos, e surgimento de água em cacimbas, o inverno ainda não foi suficiente para fazer acumular água no Açude Pinga, que encontra-se como volume morto há mais de um ano. Do outro lado, tanto na sede quanto na zona rural o abastecimento de água teve um leve melhora, devido o acumulo de água em cistenas de placas, polietileno e calçadão, além dos primeiros indícios de nascimento de água em olhos d „água e outras fontes hídricas. Na agricultura, o milho e feijão verde ainda não serão cozidos durante a Semana Santa, mas com o atual volume de umidade do solo vai favorecer ambas as culturas não devem ter desenvolvimento afetado pelos próximos trinta dias, quando parte da lavoura já deve ter florido e começado a frutificar. No Ceará para o próximo trimeste as previsões apontam para chuvas abaixo da média e a quadra chuvosa deve seguir até meados do inicio de junho. Redação do Serrano Nº 252 – ANO IV - Alcântaras, 14 de março de 2015 Nº 252 – ANO IV - Alcântaras, 14 de março de 2015– Impresso Oficial da ECOS CHUVAS E O DIA DE SÃO JOSÉ Até o momento a quadra chuvosa de 2015 tem sido regular para os alcantarenses e relativamente melhor do que o mesmo período do ano passado.Apesar de ainda não “fazer água” as chuvas até agora registradas contribuíram para amenizar os efeitos da seca que caminha para um quarto ano no Ceará, devido o aumento da vazão dos poços artesianos, acumulo de água em cistenas e enxarcamento do solo. A vegetação serrana lembra também o tempo de fartura e os dias já não são tão quentes como antes.Apesar de toda essas melhorias segundo a crença popular a confirmação de ocorrência de um bom inverno ou não depende das precipitações do Dia de São ( Padroeiro do Ceará) o que deve ser motivo tensão e ansiedade para muitos munícipes que irão venerar o Santo nas missas programadas para acontecer pela manhã no Distrito de Ventura e pela noite na Matriz de Alcântaras. Em todo o Estado a quinta-feira será de folga devido ser feriado no Ceará. . . Redação do Serrano RAPIDINHAS 1. Compam aprova projeto da II Festa Anual das Arvores de Alcântaras; 2 – Dois raios antigem Sitio Pau Ferrado e matam animais; 3 – Paróquia realiza Virgília 24 Horas voltada a oração pela Paz mundial; 4 – Acervo da Biblioteca Municipal ultrapassa os 7 mil exemplares; 5 – Pais reclamam de mudança de turno na Creche; 6 – Prefeitura constrói segundo abrigo para mototaxistas; 7 – Cutura já iniciou trabalhos para realizar o Festival. . “TODAS AS INFORMAÇOES AQUI CONTIDAS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS AUTORES E/OU FONTES CITADAS” . ADRIANO VARIEDADES Mesmo com a permanência da Seca dois mil e quinze deve ser um ano de maior fartura no campo e na mesa de muitos alcantarenses. A pequena cidade serrana que apesar da quadra invernosa ainda continua em situação de emergência devido a estiagem que assola o Ceará há cerca de quatro anos registrou até o momento melhores precipita -
  2. 2. CRISE ECONÔMICA AFETA ALCANTARAS A crise econômica que o Brasil vive em virtude do arrocho salarial e constante aumento de bens de consumos e imposto já tem impacto negativamente na economia alcantarense. A pequena cidade que tem a maior parte de sua renda concentrada na comercialização de mercadorias do ramo varejista já registra uma redução da margem de lucro e do volume de vendas. Segundo os empresários do setor, a seca, o aumento dos combustíveis e da energia são os principais fatores que levam sedbbbb Nº 252 – ANO IV - Alcântaras, 14 de março de 2015 Nº 252 – ANO IV - Alcântaras, 14 de março de 2015 PROJETO PREVÊ REVITALIZAÇÃO DO TALHADO Um sonho de muitas décadas poderá em breve tornar-se realidade em Alcântaras. Mais uma vez o penhasco do Talhado é foco de um projeto milionário que visa sua revitalização e equipação para receber melhor visitantes e turistas de todo o Ceará. O local cujo é conhecido devido a vista panorâmica de toda a planície sertaneja do Vale do Coreaú teve no ano de 2010 um projeto aprovado via convênio junto ao Ministério do Turismo, mas conforme consta no Sinconv os recursos da ordem de R$ 195 mil não chegaram a ser liberados por falta de prestação de contas. Em 2015 onde a Prefeitura de Alcântaras já enviou uma nova proposta de construção do Mirante com o intuito de angariar recursos junto ao Governo Federal a ídeia é modernizar o ponto turístico mas com um designer mais natural e que ofereça conforto. No novo projeto, além de escadarias, iluminação, calçadão e quiosque, está previsto melhorias de infraestrutura de acesso, segurança e alimentação. No mesmo rol de projetos na área de turismo para Alcântaras existem também idéias fascinantes no que tende a urbanização do Morro da Santa Cruz e construção de um Hotel Resort no Sitio Pinga. No município as últimas obras financiadas pelo MTur aconteceram com a construção de pavimentação de corredores turísticos nas localidades de Maracajá,São Bernado, São Luís e Rosápoles, além da revitalização da Praça Gregório Cunha, que foi reinaugurada em dezembro de 2013 durantes as alusões aos 56 anos de emancipação política de Alcântaras SERRANO TERÁ MODIFICAÇÕES EM 2015 Prestes a completar cinco anos de circulação em Alcântaras, mais uma vez o informativo o Serrano deve passar por modificações em 2015. Importante veiculo de comunicação semanal para cerca de 30% da população municipal o período hoje está disponível nos formatos impresso e virtual e tem mais de 250 edições publicadas e que arquivam noticias importantes de Alcântaras. Para os próximos meses a ECOS estuda melhorias no projeto e irá realizar pesquisa junto a leitores e assinantes para aprimoramento de sua atividade. Redação do Serrano NA BOCA DO POVO # A TRADIÇÃO DA QUARESMA Há quase um mês estamos vivendo um período de abstinência e de reflexão em memória a crucificação de Cristo. Durante quarenta dias, no período denominado Quaresma pela comunidade católica é costumeiro ocorrer atos penitenciais entre os fiéis, jejum e o não consumo de carne nas Quartas e Sextas-Feiras. No pequeno município é também neste período que ocorrem doações de mantimentos e a tradicional partilha do pão. Apesar de tratar-se de um marco religioso, muitas práticas contradizem os preceitos bíblicos como o Jejum declarado, divulgação de doações e orar em voz alta. Nas escrituras sagradas cita-se que o ato de jenjuar deve ocorrer ocultamente sem deixarmos transparecermos este sacrifício, bem como doar com a mão direita sem que a erqueda saiba e orar em um quarto fechado em concentração com nosso Espírito. Diante destes ensinamentos pensemos que o bom católico e fiel é aquele que no entendimento da Biblia faz cumprir sua palavra e não pratica seus deveres religiosos como um roteiro a ser vivenciado com o amplo conhecimento da sociedade. Por: Francisco Freire ROSAPOLES SEDIA PRIMEIRA REUNIÃO DA APA O Distrito de Rosapoles foi sediou no último dia 11 de março a primeira de outras seis reuniões que acontecerão no muniípio de Alcântaras para difusão, discurssão e participação da comunidade no que tende ao processo de criação do Conselho Consulivo da Àrea de Proteção Ambiental da Serra da Meruoca. O encontro que reuniu estudantes, agricultores, membros da comunidade, sindicalistas, técnicos ambientes e outras pessoas ocorreu na Delegacia Sindical de Santa Rosa e expôs dentre outros assunto a importância da participação popular no gerenciamento das Unidades de Conservação. Redação do Serrano CRISE ECONÔMICA AFETA ALCANTARAS A crise econômica que o Brasil vive em virtude do arrocho salarial e constante aumento de impostos já tem impacto negativamente na economia alcantarense. A pequena cidade que tem a maior parte de sua renda concentrada na comercialização de mercadorias do ramo varejista já registra uma redução da margem de lucro e do volume de vendas. Segundo os empresários do setor, a seca, o aumento dos combustíveis e da energia são os principais fatores que levam o alcantarense a consumir menos, devido o dinheiro ser aplicados em várias situações prioritárias como a garantia do abastecimento de água seja este por sistema ou comprado, compra de remédios e de petróleo.Com menos capital circulante a ressaca do Carnaval enfraqueceu as relações comerciais e o dinheiro aplicado nem sempre tem retorno a curto prazo.porém com a chegada do Período da Pascoa e Dia das Mães a expecativa é que a situação começe a se estabilizar, garantido a geração de renda e consequentemente o crescimento da pequena cidade serrana. Redação do Serrano SINDICATO TEM DIRETORIA RENOVADA No último dia 08 de março o STR de Alcântaras realizou em nove pontos de votação as eleições para a escolha da nova diretoria sindical que terá gestão de 10/06/15 a 10/06/2019. Amtônio Costa que foi reeleito com 76% dos votos válidos conquistou novamente a confiança dos associados e deve em companhia de Joaquim Benício Filho guiar a instituição pelos próximos quatro anos. Conforme o Sindicato que tem hoje 2,100 sócios ativos em todo o município, 908 participaram da votação de um total de 1.115 que estariam aptos a votarem. O índice de abstenção foi de 24% e não comprometeu o processo eleitoral que ocorreu tranquilamente na sede e em outras oito delegacias sindicais. Em suas palavras, o novo presidente salientou que vair continuar investindo em parcerias e que pretende seguir lutando pelo crescimento da instituição. Em Alcântaras o Sindicato dos Trabalhadores Rurais deve completar este ano 43 anos de fundação e nos últimos anos apresentou importantes conquistas como reforma de seu prédio, aquisição de veículos próprio e mobilização de sócios para o inicio dos trabalhos de uma nova sede que já teve terreno comprado na Av. Antônio Rocha Freire, no Centro. Redação do Serrano

×