NA00000000000000000000000000 sssaf
MESMO PROIBIDO QUEIMADAS ACONTECEM NA APA SERRA DA MERUOCA
Apesar desta regulamentação ...
Nº 272 – ANO V - Alcântaras, 22 de agosto de 2015 Nº 272 – ANO V - Alcântaras, 21 de agosto de 2015
ELEIÇÕES: CANDIDATOS A...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Serrano 272

285 visualizações

Publicada em

SERRANO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
92
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Serrano 272

  1. 1. NA00000000000000000000000000 sssaf MESMO PROIBIDO QUEIMADAS ACONTECEM NA APA SERRA DA MERUOCA Apesar desta regulamentação o que se observa são grandes área afloradas pelo efeito destruidor do fogo que ainda continua a ser a principal ferramenta de manejo utilizada pelos agricultores. Em 2015 onde visando reduzir os impactos das queimadas uma parceria institucional entre Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade, Secretarias Municipais de Agricultura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Conselhos Municipais de Defesa do Meio Ambiente implantou o cadastro de brocas na área da abrangência da APA Serra da Meruoca a derrubada e queimada de madeira foi proibida até a visita in loco de uma equipe de fiscalização do Ibama, porém mesmo com a orientação os focos continua a serem registrados pelo Centro de Pesquisas Espaciais do INPE que até a última sexta-feira,21, identificou cerca de 30 focos na região, sendo que alguns aconteceram em território alcantarense, como registrado pelo Serrano na região do Sitio Pau Ferrado. Redação do Serrano Nº 272 – ANO V - Alcântaras, 22 de agosto de 2015 Nº 272 – ANO V - Alcântaras,22 de agosto de 2015– Impresso Oficial da ECOS SAFRA DE CAJU PODE CAIR 70% NO CEARÁ Entre os maiores produtores de castanha de caju no Brasil o Ceará poderá registrar neste ano nova queda na produção do fruto. Devido o prolongamento da estiagem e as poucas chuvas que caíram na região durante a estação chuvosa, os pomares de cajueiros registraram mortificação de muitas plantas, bem como infestação de pragas como a mosca branca. Em condições climáticas desfavoráveis para a produção normal do Cajú, estimasse que a safra possa ser reduzida em 70% neste ano. Em Alcântaras, na zona norte do Estado, o cultivo da planta que por muitas décadas foi a segunda atividade agrícola mais rentável economicamente também está comprometida e, em muitas localidades os produtores estão realizando a remoção e/ou corte de cajueiros na perspectiva de substituição ou declínio da infestação de pragas. Em comparação a 2014 no município o cenário é animador devido a renovação da copa e florescimento homogêneo da cultura, apesar do estágio vegetativo das plantas o tempo seco associado as fortes ventanias pode interferir na frutificação. Redação do Serrano . RAPIDINHAS 1. Moradores do Bairro São José reclamam na não conclusão de pavimentação asfáltica nas ruas; 2 - Governo pagará 13ª de aposentados somente em Dezembro; 3 – Vândalos depredam e saqueiam veículos e comércios em Alcantaras; 4– PRE intensifica fiscalização na CE 241; 5– Câmara promove sessão itinerante em Carmolândia; 6 – Corpo de Bombeiros faz fiscalização em Alcantaras;. 10 – Ministério Publico recomenda que 33 prefeituras do Ceará divulgem lista do Bolsa Familia. “TODAS AS INFORMAÇOES AQUI CONTIDAS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS AUTORES E/OU FONTES CITADAS” . ADRIANO VARIEDADES POSTO ALIANÇA Combustível de Qualidade é Aqui! Rua Pedro Carmo – Sâo José ALCANTARAS-CEARÁ Casa do Frango O WALFRIDO 15 anos servindo qualidade Mesmo proibido por lei as queimadas continuam a serem registradas na Unidade de Conservação Federal da Serra da Meruoca. Criada em dezembro de 2008 a reserva administrada pelo icmBIO e que abrange os municípios de Alcantaras, Massapê, Meruoca e Sobral permite o uso sustentável dos recursos naturais como a extração vegetal desde que autorizado por autoridade ambiental competente como a Semace e Ibama.
  2. 2. Nº 272 – ANO V - Alcântaras, 22 de agosto de 2015 Nº 272 – ANO V - Alcântaras, 21 de agosto de 2015 ELEIÇÕES: CANDIDATOS AO CONSELHO TUTELAR FARÃO CAMAPNHA EM RÁDIO Candidatos que disputam as eleições unificadas para o Conselho Tutelar de Alcântaras, zona norte do Ceará, passarão na próxima semana a fazer também campanha através da emissora de rádio local. Nesta última sexta-feira, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDA que esteve participando do programa Manhã 98, prestou esclarecimentos a população a respeito do processo de votação, tramites da campanha e ocorrência do pleito eleitoral. No município, onde treze pessoas concorrem as 5 (cinco) vagas ofertadas, assim como no restante do país a votação deve acontecer no próximo dia 04 de outubro, quando eleitores ativos e em dias com a Justiça Eleitoral poderão participar da escolha dos novos conselheiros por meio de votação direta. Na Bela Vista FM, conforme explanado pelo CMDCA, um candidato irá expor suas propostas por dia,a fim de levar ao conhecimento da população o plano de ações a qual cada candidato tem a propor e contribuir para a politica municipal dos direitos da criança e do adolescente. O blog Portal Jovem informou que também irá abrir espaço para a campanha dos trezes candidatos que concorrem estas eleições. Os eleitos serão empossados no dia 10 de janeiro de 2016 e ficarão a serviço exclusivo do ótgão colegiado até o ano de 2020. Redação Online NA BOCA DO POVO # A PREÇO DE BANANA A atual crise financeira registrada no Brasil tem tirado o sossego de muitas pessoas que a todo instante se surpreendem com a alta dos impostos. No país onde se cobra mais impostos em todo o mundo o custo de vida está cada vez mais caro, e o valor do salário mínimo não compensa nem a diferença de preços aplicado apenas na compra da cesta básica. Com menos dinheiro, o brasileiro busca se reprogramar para evitar gastos e economizar mais, porém se de um lado tanto esforço acaba muitas vezes interferindo no conforto de muitas famílias, do outro o governo abocanha o dinheiro que ao invés de voltar para o povo vai parar na cueca, no bolso ou nas contas de muitas empresas e/ou empresários. Mensalão, Petrolão, Lava Jato, Cartel e tantos outros casos de corrupção viraram matérias rotineiras na mídia e o velho ditado que as coisas estão a preço de banana, já não faz mais sentido, uma vez que a preciosa fruto mesmo sendo considerada banana prata, a muito tempo tem sido valorizada a preço de ouro... Por: Francisco Freire ALCANTARAS DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA PELA 13ª VEZ O município de Alcantaras decretou pela décima terceira vez situação de emergência devido as anormalidades ambientais provocadas pelo fenômeno seca. Na cidade onde a prorrogação da situação de emergência devido a falta d’água é renovada a cada 90 dias pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – COMDEC desde o ano de 2012, a publicação do último decreto emergencial listou 28 comunidades rurais como as mais atingidas pela seca em 2015. No mesmo documento também foram considerados para efeitos legais da declaração a baixa pluviometria, a perca da lavoura e a baixa oferta de água para o consumo humano e dessedentação de animais. Para os opositores, a postura da prefeitura seria contraditória uma vez que há cerca de dois meses o decreto emergencial sobre a seca haveria sido revogado “às vésperas” da realização do Festival de Quadrilhas que teve investimentos da ordem de R$ 180.000 provinientes do Tesouro Estadual e Municipal e que apesar da recomendação do Ministério Publico enfatizando a crise hídrica acabou acontecendo, mesmo a cidade continuar exclusivamente a ser abastecida via adutora. Apesar da publicação do Diário Oficial, para fins de captação e aplicação de recursos em ações emergências contra o fenômeno o decreto precisa ser reconhecido e validado pela Cordenação Estadual de Defesa Civil – CEDEC. Redação do Serrano TJCE RECONSIDERA LEGALIDADE DE GREVE DURANTE AUDIÊNCIA Apesar de resolvido parcialmente parte da pauta reivindicativa travada na queda de braços entre o Sindicato dos Servidores Publicos Municipais de Alcantaras (SINDICAN) e a Prefeitura Municipal de Alcantaras, o embate poderá continuar. Na última quarta-feira,19, durante a audiência de conciliação entre as partes envolvidas,o Tribunal de Justiça do Ceará acordou que a Prefeitura deverá pagar até o próximo dia 10 de setembo os dias descontados daqueles que participaram da greve e que a reposição dos dias parados deverá ser compensada pelos servidores. Na mesma reunião, conforme informado pela Assessoria Jurídica do SINDICAN em uma página na internet, as demais pautas não foram acordadas e por este motivo o Sindicato deverá em até 45 dias protocolar uma nova ação principal (Dissídio Coletivo) onde também se espera que seja julgado o mérito, considerando que segundo a presidencia do Sindicato haveria sido reconsiderada a legitimidade da greve pelo TJCE. Com a ocorrência da audiência de conciliação, fica portando a greve suspensa conforme o teor do termo da audiência sendo permitido a Prefeitura de Alcantaras descontar na folha de pagamento os dias caso não haja reposição. Redação do Serrano

×