Fé e suaVivência
Para viver uma      autentica   espiritualidade                         Qualquertemos a necessidade       tipo de  da Fé; ...
Em todas as Escrituras Sagradas, nosmostra, reiteradamente, a Fé do povo deDeus. Desde o AT. Ao NT.Os quatro Evangelistas,...
• Mt.: 8,10; 8,26; 9,2; 9,22; 9,29; 15,31; 15,28; 16,8;  16,17; 17,20; 21,21; (11 vezes)• Mc.: 2,50; 4,40; 5,34; 6,6; 9,23...
Antes de      fazermos umadefinição,     seria melhor definir     o que não é fé:
Não é fé-Sentimentalismo ...-Emoção ...-Supertição ...-Folclore ...-Beatice ...A falta de compreensão sobre oque é fé, nos...
Exemplo: - Cristão só de missa de 7ºdia, formatura, casamento, batizado.Somente nestas ocasiões vais a igreja,ou quando sã...
-Outros processa, uma religião de rotina;-Outros são os promesseiros profissionais,Trocam os atos litúrgicos da Igreja e b...
Fé é um Dom do Espírito Santo, umpresente gratuito de deus, um convitepara aceitação do seu amor. A Fé é aantecipação daqu...
Fé é uma aceitação incondicional daPessoa e da doutrina de JESUS CRISTO,que se compromete a vida com Deus,com os irmãos e ...
Ter fé em Jesus Cristo é um ato deinteligência e de bom senso.Citações: .....
Dimensões da Fé  I Pessoal ... II Comunitária ...III Social ...
Dúvidas na FéMuitas vezes nossas dúvidas na fé, advémda   nossa    ignorância      religiosa. Nãoconhecendo o plano de Deu...
O que não é vivência da fé:Há dois erros fundamentais, provocadores derespostas equivocadas, à proposta do plano deDeus:a)...
Também não é vivência da fé, a falsaimagem do Cristianismo, gerada pelosfalsos conceitos de Deus, e por falsasatitudes, al...
Puebla: Já nos alertava enos dava uma orientaçãosegura e clara daautenticidade do leigo e doseu papel e responsabilidadena...
Vivência na féFé, alegria, otimismo. – Mas nãoa estupidez de fechar os olhos àrealidade. (S. J. M. Esquivar)       Livre c...
Alguns passam pela vida como porum túnel e não compreendem oesplendor, a segurança e o calordo sol da fé. (S.J.M. Esquivar...
A vivência da fé gera um estilo de vida eque se da o nome de espiritualidade.- O que é espiritualidade?É a maneira de nos ...
Para       viver     uma      autenticaespiritualidade é preciso entrar namaneira de viver de Jesus Cristo. E,para aqueles...
D.A – 2 – Bento XVI – Confirma-nos no primado da fé em Deus. 4 – A visitação de        Nossa     Senhora de  Guadalupe foi...
Palestra:                           Arte:José Humberto Delalibera   Eliana
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra a fé e sua vivência

13.338 visualizações

Publicada em

aula apresentada na escola vivencial no dia 02/05/2012, pelo Economista, Contador e mensageiro Jose Humberto Delalibera.

2 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
368
Comentários
2
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra a fé e sua vivência

  1. 1. Fé e suaVivência
  2. 2. Para viver uma autentica espiritualidade Qualquertemos a necessidade tipo de da Fé; a Fé é um relação entre imperativo da pessoas exige própria natureza uma grandehumana, diante da dose de Fé. impossibilidade de uma afirmação plena, imediata de afirmação.
  3. 3. Em todas as Escrituras Sagradas, nosmostra, reiteradamente, a Fé do povo deDeus. Desde o AT. Ao NT.Os quatro Evangelistas, Mt., Mc., Lc., e Jo.,reiteram constantemente que para Jesus, aFé era o valor decisivo do discípulo.
  4. 4. • Mt.: 8,10; 8,26; 9,2; 9,22; 9,29; 15,31; 15,28; 16,8; 16,17; 17,20; 21,21; (11 vezes)• Mc.: 2,50; 4,40; 5,34; 6,6; 9,23; 10,52; 11,22; 16,14,16; (08 vezes)• Lc.: 5,20; 7,9; 7,50; 8,25. 48,50; 12,28; 17,6; 18,8, 42 (oito vezes)• Jo.: 2,11; 3,15,16; 4,42; 4,50,53; 5,24; 6,29.36.40.47; 12,44; 14,12.29; 16,31; 20,29; (treze vezes)
  5. 5. Antes de fazermos umadefinição, seria melhor definir o que não é fé:
  6. 6. Não é fé-Sentimentalismo ...-Emoção ...-Supertição ...-Folclore ...-Beatice ...A falta de compreensão sobre oque é fé, nos leva a fazer falsosconceitos de Deus e viver falsasatitudes:
  7. 7. Exemplo: - Cristão só de missa de 7ºdia, formatura, casamento, batizado.Somente nestas ocasiões vais a igreja,ou quando são incomodados comdoenças, problemas financeiros. Aí buscam ajuda de Deus.
  8. 8. -Outros processa, uma religião de rotina;-Outros são os promesseiros profissionais,Trocam os atos litúrgicos da Igreja e buscamuma espécie de troca com Deus.-Outros são Cristãos de antigamente. Nãoaceitam mudanças.
  9. 9. Fé é um Dom do Espírito Santo, umpresente gratuito de deus, um convitepara aceitação do seu amor. A Fé é aantecipação daquilo que se espera, éuma prova das realizações que nãovemos.
  10. 10. Fé é uma aceitação incondicional daPessoa e da doutrina de JESUS CRISTO,que se compromete a vida com Deus,com os irmãos e com a transformação domundo.
  11. 11. Ter fé em Jesus Cristo é um ato deinteligência e de bom senso.Citações: .....
  12. 12. Dimensões da Fé I Pessoal ... II Comunitária ...III Social ...
  13. 13. Dúvidas na FéMuitas vezes nossas dúvidas na fé, advémda nossa ignorância religiosa. Nãoconhecendo o plano de Deus, a pessoa deNosso Senhor Jesus Cristo.- As dúvidas na Fé, também, se dá pelo orgulho, a soberba, achar que não tem necessidade de Deus, e nem do semelhante.- As dúvidas na fé, está nos que buscam status, poder, prazer, etc.
  14. 14. O que não é vivência da fé:Há dois erros fundamentais, provocadores derespostas equivocadas, à proposta do plano deDeus:a) Falsos conceitos de Deus: Achar que Deus é divindade passiva que vive muito longe da terra, que gosta de ser adorado, por isso de vez em quando vão a igreja e o adoram: Cumpriu sua obrigação.b) Outros só se preocupam, com atos externos de piedade, esquecendo-se do principal que é a interiorização do coração. Usam a imagem de Deus numa espécie de toma lá, dá cá. Acham que Deus é um perfeito quebra galho.
  15. 15. Também não é vivência da fé, a falsaimagem do Cristianismo, gerada pelosfalsos conceitos de Deus, e por falsasatitudes, alienação do Cristão perante adimensão, social e fraterna da fé. Fugasda realidade temporais.
  16. 16. Puebla: Já nos alertava enos dava uma orientaçãosegura e clara daautenticidade do leigo e doseu papel e responsabilidadena sociedade, realizandocomo cristão, não fugindo domundo, mas, antescomprometendo-se na suatransformação de acordocom os critérios evangélicos.O Cristão não pode refugiar-se na igreja, para nãoassumir os compromissos deordem temporal ...
  17. 17. Vivência na féFé, alegria, otimismo. – Mas nãoa estupidez de fechar os olhos àrealidade. (S. J. M. Esquivar) Livre caminho nº 40
  18. 18. Alguns passam pela vida como porum túnel e não compreendem oesplendor, a segurança e o calordo sol da fé. (S.J.M. Esquivar) Livrocaminho nº 57
  19. 19. A vivência da fé gera um estilo de vida eque se da o nome de espiritualidade.- O que é espiritualidade?É a maneira de nos relacionarmos comDeus. É a ação do Espírito Santo de Deusno homem chamado a Santidade, atransformar o mundo, levando-o aorientação a sua vida em Deus e paraDeus, de acordo com os critériosevangélicos. Espiritualidade, é um modode vida. É dentro desses critérios quedevemos viver nosso dia a dia, no julgaros fatos, no decidir, no agir diante dosacontecidos.
  20. 20. Para viver uma autenticaespiritualidade é preciso entrar namaneira de viver de Jesus Cristo. E,para aqueles que querem segui-lo, deve –se viver seus ensinamentos.Ensinamentos contidos no sermão damontanha. As Bem Aventuranças.
  21. 21. D.A – 2 – Bento XVI – Confirma-nos no primado da fé em Deus. 4 – A visitação de Nossa Senhora de Guadalupe foi o acontecimento decisivo para o anuncio e reconhecimento decisivo de seu filho, pedagogia e sinal deinculturação da fé.
  22. 22. Palestra: Arte:José Humberto Delalibera Eliana

×