Resumo Das Lições do III Trimestre E.B.D

2.797 visualizações

Publicada em

Resumo das Lições do III Trimestre E.B.D elaborado pelo diácono Zaquel Andrade e montado por Felipe e Rodrigo Cordeiro.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.797
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
378
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo Das Lições do III Trimestre E.B.D

  1. 2. Superintendentes
  2. 5. <ul><li>Enumerar algumas características pessoais do autor da epístola.Ele era o mais intimo entre os discípulos do senhor, e o que conseguiu apresentar verdades incontestáveis e doutrinas sem ser austero. Antes as ensinava com amor. </li></ul><ul><li>Defender os fundamentos doutrinários da fé cristã na cidade de Éfeso e região, área sobre a qual o apostolo João exercia seu ministério pastoral, muitos enganadores, que estavam induzindo os crentes ao erro, razão pela qual João escreve três cartas. </li></ul>
  3. 6. <ul><li>Descrever as principais heresias defendidas pelo gnosticismo e refutadas por João. </li></ul><ul><li>Eles ensinavam que o corpo é apenas outro lucro da alma, e nada que fizéssemos através do corpo prejudicaria a alma, que seu comportamento não comprometeria o aspecto espiritual. </li></ul>
  4. 7. A visão panorâmica da presente lição realça a importância desta carta do apostolo João e que toda a bíblia, é sempre atual.
  5. 10. <ul><li>Entender a filiação de Cristo como uma forma de identificá-lo como Deus e de demonstrar o seu relacionamento com o pai. Jesus tornou-se humano. Mas sem pecado e sem abrir mão da sua divindade, do seu poder de sua onisciência e do seu atributo de ser eterno. </li></ul>
  6. 11. <ul><li>Demonstrar a eternidade de Jesus com exemplos de AT e NT. Jesus sempre esteve presente e ativo antes e depois da sua vinda a este mundo como homem </li></ul><ul><li>(Gm 1.26;C/1.16,17; Rm 11.36). </li></ul><ul><li>Assumir as responsabilidades inerentes ao fato de ser participante da natureza de Cristo. </li></ul>
  7. 12. O nascimento de Jesus, seu ministério, morte, sepultamento, ressurreição e ascensão, são expressões máximas da sua perfeita humanidade e divindade.
  8. 15. <ul><li>Reconhecer que o testemunho cristão só pode ser real se estiver baseado na fonte de luz. A luz é uma das mais perfeitas figuras que expressa a santidade, perfeição, justiça e sabedoria de Deus . </li></ul><ul><li>Entender o uso diferente das expressões “luz” e “trevas” nos vários contextos da bíblia. As trevas representam o nível de degradação espiritual e moral em que o mundo e o homem sem Deus se encontram. </li></ul><ul><li>Conscientizar-se do que de fato significa ser “luz”, somos participantes da natureza divina e temos a imagem moral de Cristo. </li></ul>
  9. 16. Jesus é a luz do mundo, por ele fomos feitos filhos da luz. E o seu desejo é que nossa luz resplandeça no meio de uma geração, alienada de Deus, corrompida e incrédula, que vejam as nossas boas obras e glorifiquem ao pai que está no céu.
  10. 19. <ul><li>Compreender que a certeza do perdão não é uma incentivo ao pecado, mas justamente contrário. Embora nascido de novo tenhamos cuidado de vigiarmos para não da lugar a natureza velha da qual surge o desejo pecaminoso. </li></ul>
  11. 20. <ul><li>Considerar mesmo que a salvação nada custou para nós, não podemos esquecer que Jesus pagou um alto preço para ela. Jesus abriu o caminho para a nossa justificação. </li></ul><ul><li>Mostrar em atitudes que realmente conhece a Deus. Guardar os mandamentos de Deus é mostrar que estamos nele e igualmente, ele em nós. </li></ul>
  12. 21. Cristo morreu pelos nossos pecados, para salvar-nos, santificar e fazer-nos agradáveis a Deus.
  13. 24. <ul><li>Explicar porque o amor é atemporal : Ensinamento bíblico é claro quando afirma que, havendo cessado os dons espirituais, o amor ainda adentrará os portais da eternidade </li></ul><ul><li>(1 Co 13.8). </li></ul>
  14. 25. <ul><li>Entender que amar ao irmãos é a prática que evidência a sua salvação. </li></ul><ul><li>Praticar o amor segundo o padrão bíblico. </li></ul>
  15. 26. Os que pregam e ensinam precisam motivar a igreja a buscar esses valores e se aperfeiçoar em todos os aspectos (Cl 3.12-17)
  16. 28. 09/08/09
  17. 29. Mundo não-Cristão Não a Deus. Verdades relativas. Fundamentos mundanos. O homem é o centro. Hedonismo Egoísmo Cristianismo Um só Deus, criador e senhor. Verdades absolutas Fundamentos bíblicos. Deus é o centro. Fazer a vontade de Deus. Amor altruísta <ul><li>Explicar o significado da palavra “mundo” de acordo com às sagradas escrituras. </li></ul><ul><li>Designa a forma de viver organizada, conduzida por satanás e características pela rejeição e oposição à Deus. </li></ul><ul><li>Saber que a Bíblia adverte a não </li></ul><ul><li>amarmos o mundo. </li></ul>
  18. 30. O autentico crente, que pratica os princípios do Cristianismo bíblico, não deve adequar-se ao presente sistema mundano.
  19. 33. <ul><li>Identificar que o espírito do anticristo já opera no mundo, “O espírito do anticristo já está no mundo” (1 Jo 4.3). Ele exercerá domínio sobre </li></ul><ul><li>todas as nações. </li></ul><ul><li>Entender que apesar do seus feitos e poder, o anticristo já possui um fim pré-determinado na bíblia. </li></ul>
  20. 34. O espírito do anticristo já está no mundo, usando homens enganadores na realização de falsos milagres e manifestações, tentando iludir as igrejas. Se estas não estiverem cultivando a presença do Espírito de Deus, poderá cair em seus laços.
  21. 37. A salvação Pode ser vista em três tempos <ul><li>Explicar o processo da redenção humana mediante a morte expiatória de Jesus Cristo. </li></ul>
  22. 38. <ul><li>Compreender como a regeneração é operada pelo Espírito Santo no interior do crente. Ele habita permanente na pessoa que arrependida dos seus pecados, pela fá aceitou a Cristo e nasceu de novo. </li></ul><ul><li>Conscientizar-se de que a salvação é obtida pela graça. </li></ul>
  23. 39. Vemos que nesta lição trindade empenhada na salvação do homem, unida prol da relação do intimo do homem com Deus.
  24. 42. <ul><li>Conscientizar sobre sua posição diante do pecado, o salvo não vive na prática do pecado. Sua vida deve refletir seu desejo de servir a Deus com fidelidade e santidade. </li></ul>
  25. 43. <ul><li>Explicar como a salvação habita o crente para o serviço Cristão, quando alguém aceita ao Senhor Jesus Cristo como seu salvador e Senhor deixa de ser “Servo do Pecado”E passa a ser servo de Deus. </li></ul><ul><li>Destacar que o crente deve valorizar mais a salvação que as bênçãos que acompanham a salvação. </li></ul>
  26. 44. Quando o crente tem a consciência e a disposição de buscar o seu crescimento e aperfeiçoamentos espirituais, Deus, por sua graça o fará alcançar essas bênçãos e é nesse ato, que o precioso nome de Jesus é glorificado.
  27. 48. <ul><li>Explicar como se julgam as profecias e os profetas; As profecias devem ser julgadas de acordo com as orientações expostas na bíblia, e os profetas pelos seus frutos. </li></ul><ul><li>Apontar os falsos ensinos ressaltados na lição. Os ensinos consistem geralmente na busca do ser humano pela prosperidade e no menosprezo da glória de Cristo </li></ul>
  28. 49. Deus sempre advertiu seus servos contra os falsos profetas. Portanto devemos estar prevenidos contra todo e qualquer ensino ou preferência que nos esteja consonante com a palavra de Deus
  29. 52. <ul><li>Conceituar o amor divino; O amor incondicional, imutável e perfeito de Deus e manifesto em Cristo . </li></ul><ul><li>Enfatizar o amor como a identidade do Cristão. </li></ul><ul><li>Apontar as evidencias daqueles que são filhos de Deus; aqueles que são filhos de Deus amam ao próximo, confessam que Jesus é o filho de Deus e confiam no amor divino. </li></ul>
  30. 53. Ao finalizar a lição deste domingo e capítulo 4 da epístola, é imprescindível refletirmos a respeito da questão proposta no versículo 20: “Se alguém diz: eu amo a Deus a aborrecer o seu irmão é mentiroso.”
  31. 55. Texto Áureo: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo! A nossa fé.”
  32. 56. <ul><li>Explicar o novo nascimento; o novo nascimento possibilita ao homem ter um relacionamento de filho com Deus. </li></ul><ul><li>Relacionar aos filhos de Deus ao amor; </li></ul><ul><li>o amor é a essência do cristianismo. </li></ul><ul><li>Descrever o perfil dos filhos de Deus: Os filhos de Deus são obedientes, vencem o mundo e conhecem o seu pai. </li></ul>
  33. 57. É requerido dos filhos de Deus amar ao próximo. Quem ama á Deus e ao próximo tem prazer em seguir os mandamentos divinos, demonstrando – se um verdadeiro cristão.
  34. 60. <ul><li>Conceituar o termo vida eterna: a vida eterna a que se referi e transformação, a imagem de Cristo pelo Espírito Santo. (2 Co 3.18) </li></ul><ul><li>Identificar o perfil daqueles que tem suas orações ouvidas por Deus; Deus ouve dos que estão em Cristo, se achegam a ele e amando próximo </li></ul><ul><li>Apresentar as evidencias do novo nascimento; Os nascidos de novo demonstram uma vida santa e guardam-se dos ídolos. </li></ul>
  35. 61. Mediante a fé em Cristo, nos tornamos filhos de Deus. Agora, o Pecado não tem mais domínio sobre nós e, conseqüentemente, podemos viver uma vida santa e entrar na presença de Deus com plena confiança de que seremos ouvidos.

×