1
Expocietec 2012
Cristiana Pereira
Diretora de Desenvolvimento de Empresas
Outubro/2012
2
Representatividade da bolsa no mundo …
EMPRESAS LISTADAS
7º maior mercado em captação de recursos do mundo (2011) *
1º m...
3
2 1 1 1 1 7 9
26
64
4 6
11 11
3
1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 jul...
4
4,3 8,5 15,1 14,5
26,8
22,2
63,2
10,8 5,84,5
5,4
15,4
55,6
7,5 23,7
11,2
7,2 3,9
2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011...
5
Evolução da indústria de Private Equity
Complementaridade entre Bolsa e Private Equity
IPO de Companhias Investidas por ...
6
Tornar mercado de acesso brasileiro viável para
empresas de todos os portes...
Alternativa para um maior número de empre...
7
Captação de volumes menores
 Inferior ao usualmente captado por empresas que se listaram no Novo Mercado
(superior a R$...
8
BOVESPA MAIS: principais requisitos
• Emitir apenas ações ordinárias após adesão: caso existam ações preferenciais
emiti...
9
NUTRIPLANT: produtora de micronutrientes
Empresas listadas no BOVESPA MAIS
Fonte: Prospecto Definitivos e Anúncio de Enc...
10
Esforços para promover ofertas menores
Iniciativas da BM&FBOVESPA
Análise de mercados no
exterior
Objetivo: Análise de ...
11
Esforços para promover ofertas menores
Iniciativas da BM&FBOVESPA
Mapeamento de empresas
Projeto AMCHAM
Objetivo: Mapea...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação de Cristiane Pereira

163 visualizações

Publicada em

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Uma das atuais iniciativas da BVMF que gostaria de destacar é o nosso esforço para a ampliação do acesso ao mercado para todos os portes de empresas.

    Nem sempre o mercado de ações vai ser a melhor opção para todas as companhias, dependendo do seu grau de maturidade, mas temos a convicção de que existe um importante número de empresas preparadas e com necessidades de capital menores que os USD 500 milhões que hoje constitui o atual piso das ofertas.

    O Bovespa Mais é o segmento da bolsa criado para acolher essas empresas. O objetivo deste segmento é assegurar alguns dos princípios presentes no Novo Mercado, mas ao mesmo tempo reconhecer que o modelo de governança da empresa esta em evolução e por isso algumas regras são flexibilizadas, por exemplo, as exigências de conselho. Também não é exigido da empresa que já cumpra o mínimo de ações em circulação do Novo Mercado, que é de 25%. Na verdade, a empresa tem 7 anos para atingir esse patamar.

    Também esperamos que as ofertas neste segmento sejam mais concentradas, envolvendo um número bem menor do que o Novo Mercado e se traduzindo num menor custo no esforços de distribuição.
  • Expocietec, 15/10/2012 - Apresentação de Cristiane Pereira

    1. 1. 1 Expocietec 2012 Cristiana Pereira Diretora de Desenvolvimento de Empresas Outubro/2012
    2. 2. 2 Representatividade da bolsa no mundo … EMPRESAS LISTADAS 7º maior mercado em captação de recursos do mundo (2011) * 1º mercado de opções sobre ações do mundo (2011) * EXPRESSIVO MERCADO DE CAPITAIS Maior bolsa de ações e derivativos da América Latina 3ª maior bolsa listada do mundo (10/Out/12): US$ 12,03 bilhões Número de companhias listadas no mercado de bolsa: 455 (Setembro/12) Valor de Mercado das companhias listadas**: R$ 2,4 trilhões / USD 1,2 trilhões (Setembro/12) **Capitalização bursátil das empresas com ações negociadas em setembro/2012 * Fonte: WFE
    3. 3. 3 2 1 1 1 1 7 9 26 64 4 6 11 11 3 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 jul-12 Histórico de ofertas na BM&FBOVESPA Ticket médio muito elevado desde 2004 Histórico de oferta pública inicial (IPO) (de 1995 a julho de 2011) Fonte: BM&FBOVESPA. Média de ofertas muito alto, inviabilizando captações menores Acirramento pós- crise financeira internacional • 2004: 641,0 • 2005: 605,2 • 2006: 591,2 • 2007*: 694,1 • 2008*: 261,0 • 2009*: 562,9 •2010: 1.009,8 •2011: 652,3 • Para evitar distorções não foram consideradas as ofertas: -2007 – Bovespa Holding (R$ 6.6 bilhões) e BMF (R$ 5,9 bilhões) - 2008 – OGX (R$ 6.7 bilhões), e -2009 – Visanet (R$ 8.3 bilhões) e Santander (R$ 13.1 bilhões) Volume médio captado (MM R$) Inclui oferta da Nutriplant de R$ 20,7 milhões Novo Mercado é lançado
    4. 4. 4 4,3 8,5 15,1 14,5 26,8 22,2 63,2 10,8 5,84,5 5,4 15,4 55,6 7,5 23,7 11,2 7,2 3,9 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 set/12 Follow-On IPO Parcela relativa da cessão onerosa - Oferta Petrobrás 30,4 70,1 8,8 13,9 34,3 45,9 149,2 8,88,88,8 74,81 9,7 18,0 Mercado de capitais brasileiro tem viabilizado captação de recursos para empresas Volume captado em Ofertas Públicas de ações (em R$ bilhões) Fonte: BM&FBOVESPA. IPO: 7 Follow on: 8 IPO: 9 Follow on: 10 IPO: 26 Follow on: 16 IPO: 64 Follow on: 12 IPO: 4 Follow on: 8 IPO: 6 Follow on: 18 IPO: 11 Follow on: 11 IPO: 11 Follow on: 11 IPO: 03 Follow on: 05
    5. 5. 5 Evolução da indústria de Private Equity Complementaridade entre Bolsa e Private Equity IPO de Companhias Investidas por Private Equity (R$ milhões) 892 842 1.903 7.842 150 4.624 4.122 164 1.012 1.069 3.006 1.855 0 1.348 775 2.133 109 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Secundária Primária 9.697 1.904 1.911 4.909 1.622 5.399 6.255 273 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 set-12 TOTAL Total de IPOs 7 9 26 64 4 6 11 11 3 141 Empresas Investidas 3 4 9 16 2 3 5 9 1 52
    6. 6. 6 Tornar mercado de acesso brasileiro viável para empresas de todos os portes... Alternativa para um maior número de empresas, de todos os portes e com estratégia gradual de acesso ao mercado + Características das empresas que buscam acesso gradual ao mercado =
    7. 7. 7 Captação de volumes menores  Inferior ao usualmente captado por empresas que se listaram no Novo Mercado (superior a R$ 500 milhões) mas suficientes para financiar projetos e acelerar crescimento Listagem sem oferta ou distribuições mais concentradas  Possibilidade de listagem sem oferta com objetivo de aumentar visibilidade junto a investidores  Junto a poucos investidores (sem buscar colocação pulverizada) com perspectivas de médio e longo prazos Apoio da BM&FBOVESPA  Isenção da taxa de registro (R$ 51 mil) e da taxa de manutenção da listagem (R$ 35 mil) no primeiro ano e desconto gradativo nos anos seguintes  Patrocínio de relatório de análise (research) por um período de 2 anos  Articulação junto a escritórios de advocacia e auditoria para redução de custo para estruturação de oferta  Articulação junto a potenciais investidores para colocação da Oferta Vantagens de abrir capital no BOVESPA MAIS
    8. 8. 8 BOVESPA MAIS: principais requisitos • Emitir apenas ações ordinárias após adesão: caso existam ações preferenciais emitidas, essas não serão admitidas à negociação e deverão ser conversíveis em ordinárias • Conselho de Administração composto por 3 membros • Tag-along de 100% em caso de alienação do controle • Oferta pública em caso de saída do BOVESPA MAIS ou fechamento de capital, no mínimo, pelo valor econômico • Estatuto social adaptado a cláusulas mínimas (enforcement adicional: CVM) Societário • free float (ações em circulação) de 25% até o 7º ano de listagem • Lock-up para acionistas controladores e administradores: apenas nos 6 meses iniciais Dispersão e Lock-up
    9. 9. 9 NUTRIPLANT: produtora de micronutrientes Empresas listadas no BOVESPA MAIS Fonte: Prospecto Definitivos e Anúncio de Encerramento. Data: 13/fev/08 DESENVIX: energia renovável Data: 3/out/11 SENIOR SOLUTION: Aplicativos de TI Data: 10/maio/12
    10. 10. 10 Esforços para promover ofertas menores Iniciativas da BM&FBOVESPA Análise de mercados no exterior Objetivo: Análise de mercados no exterior para promover melhorias no mercado de acesso a PMES brasileiras. Órgãos governamentais: CVM (Comissão de Valores Mobiliários), BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação) 7 Mercados visitados: Reino Unido (AIM Market); Polônia (New Connect); Espanha (MAB–EE); Canadá (TSX Venture); Austrália (ASX); Coreia do Sul (KOSDAQ); e China (Shenzhen) Imersão em Abertura de Capital Fórum Abertura de Capital Objetivo: Instruir empresas de capital fechado sobre adequações necessárias, papel dos intermediários e outros aspectos relevantes durante todo o processo de abertura de capital. Dinâmica do evento: parceria com auditoria, banco de investimento, assessor legal e apresentação de case de empresa que acessou o mercado recentemente Resultados: • 30 empresas participaram do treinamento em 4 edições realizadas; • Follow up continuo com empresas participantes; • 1 empresa abriu o capital em 2009 Objetivo: Roda de negócios, onde empresas fechadas inovadoras apresentam uma proposta de valor à potenciais investidores e intermediários, com objetivo de gerar negócios entre as partes. Parceiros: FINEP e consultor contratado Resultados: • 25 empresas se apresentaram em 6 edições realizadas; • 6 companhias abriram o capital (30% de sucesso); • Volume de negócios (IPO, aportes de PE e operações de M&A) totalizou em R$ 2,6 bilhões em operações; • 16 matérias publicadas na mídia na última edição do Fórum
    11. 11. 11 Esforços para promover ofertas menores Iniciativas da BM&FBOVESPA Mapeamento de empresas Projeto AMCHAM Objetivo: Mapear empresas com alto potencial de crescimento e divulgar conteúdo sobre fontes alternativas de financiamento através do mercado de capitais. Parceira de 3 anos: AMCHAM, Goldman Sachs, E&Y Terco, Souza Cescon e SAP Seminários em 9 praças: Recife, Fortaleza, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Joinville e Campinas Resultado: Mapeamento de mais de 250 empresas fechadas Mapeamento de empresas Valor Econômico Objetivo: Parceria com mídia de grande expressão para mapeamento e visibilidade às PMES brasileiras. Objetivo: Disseminar acesso às empresas sobre os tramites para abertura de capital e sobre os custos para acessar o mercado. Ranking 2010 1.000 empresas com faturamento entre R$ 60 milhões e R$ 230 milhões anuais em 2009. Ranking 2011 2.000 empresas com faturamento entre R$ 18 milhões e R$ 300 milhões anuais em 2010 Guia de Abertura de Capital PWC Guia de Custos Deloitte Guias direcionados à empresas fechadas

    ×