Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti 
Prefeito Municipal 
Mamoru Nakashima 
Vice-Pre...
Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti 
APRESENTAÇÃO 
A Secretaria Municipal de Educaç...
Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti 
SUMÁRIO 
Páginas 
INTRODUÇÃO.....................
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Manual de boas práticas 2 apresentação

207 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de boas práticas 2 apresentação

  1. 1. Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti Prefeito Municipal Mamoru Nakashima Vice-Prefeita Ondina da Cruz Secretária Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação Maria do Carmo Fernandes da Costa Filha Secretário Adjunto Charles Couto de Camargo Junior Coordenadoria Pedagógica Verônica Cosmo Barbosa Elaboração Luciana de Almeida Chaves Romanholo Selma Braga da Silva Rego Colaboradores Departamento de Nutrição Secretaria Municipal de Saúde Vigilância Sanitária Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU ___________________________________ Revisão de Texto Fátima de Queiroz Cosmo Lopes Katia Regina Harder Martins Marília Damas
  2. 2. Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti APRESENTAÇÃO A Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba, elaborou um Manual de Boas Práticas com o objetivo de orientar os profissionais que cuidam de crianças nas instituições de educação infantil sobre higiene e cuidados com a saúde para prevenção de doenças e acidentes. O Manual de Boas Práticas reúne normas técnicas e você encontrará recomendações importantes para garantir um serviço de boa qualidade, protegendo a saúde das crianças e dos profissionais envolvidos. As informações contidas no Manual pretendem ser um ponto de partida para promover ações e referenciar estratégias para a educação em saúde iniciando na educação infantil e evoluindo para outros estágios. A escola é o canal de comunicação que evidencia as principais situações problemas que emergem no cotidiano e medidas de prevenção simples podem ser adotadas para diminuir a transmissão de doenças e acidentes nos ambientes. Ressalto que as práticas e ações sobre o tema, não restringem o professor como único responsável por desenvolver ações educativas, mas, sim, envolver toda a comunidade escolar na busca de melhorias e prevenção. Portanto, complementando à missão da família, a escola cumpre um papel destacado na formação dos cidadãos para a construção de hábitos saudáveis, na medida em que há capacitação para o autocuidado e a compreensão de que a saúde é um direito individual e coletivo. “Promover ações educativas para a população adotando hábitos saudáveis é essencial para melhorar a qualidade de vida!” Profª. Maria do Carmo Fernandes da Costa Filha Secretária Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação Junho 2014
  3. 3. Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação - Semecti SUMÁRIO Páginas INTRODUÇÃO.............................................................................................................................. 05 1. Higiene e Saúde ...................................................................................................................... 07 2. Condições de Saúde ................................................................................................................ 15 3. Cuidados no Preparo de Alimentos ......................................................................................... 16 4. Higiene do Ambiente de Trabalho – Escola ............................................................................. 17 5. Limpeza de Equipamentos e Mobiliários ................................................................................. 20 6. Limpeza de Utensílios e Acessórios ........................................................................................ 27 7. Programa 5S ............................................................................................................................ 33 8. Prevenção de Acidentes .......................................................................................................... 35 Referências Bibliográficas ........................................................................................................... 45 Anexos ......................................................................................................................................... 49 Tabela 1. Preparo de Solução Clorada Tabela 2. Fórmula para Diluição Tabela 3. Calendário Nacional de Vacinação Documento - Normativa da Equipe Técnica da DDTR/CVE/CCD/SES-SP Folder - Cuidado com a Leptospirose

×