Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá                Comunicação no e-commerce e                  o direcionamento à cl...
IntroduçãoA principio a ideia central era unicamente um estudo sobre o e-commerce direcionado ao consumidor brasileiro da ...
Objetivos   Analisar a comunicação utilizada no ambiente virtual    para este consumidor, assim como a interação;   Anal...
Justificativas   A comunicação virtual é mais interativa e possibilita uma    reação em tempo real, logo os usuários tend...
Comércio Eletrônico   “Comércio eletrônico pode ser definido como a compra e a    venda de informações, produtos e serviç...
Segurança e confiabilidade na rede•Bisbilhotices: roubo de informações de contas.•Espionagem de senhas: utilizados para ob...
Segurança e confiabilidade na rede• pré-pago:                                     Pré-pago Instantâneo Pós-pagodinheiro el...
Sociabilização no varejo eletrônico   Mudanças são constituídas devido as percepções e interesse    por parte dos cliente...
Comunicação de massa x comunicação                interativa   Os meios de comunicação de massa ou mass media podem ser  ...
Comunicação segmentada e as     possibilidades de consumo em rede   Linguagem orientada a um público e satisfaz interesse...
O novo consumidor da classe C               Condições favoráveis da economia: aumento do salário                mínimo, b...
O novo consumidor da classe C   Classe social: agrupamentos nos quais seus membros    participam sem que isso seja requer...
O novo consumidor da classe C    Classe A/B cresceu 33%, classe C 100% e classe D/E 200%.Fonte: Elaborado pelo autor     ...
O novo consumidor da classe C   Apenas um terço dos brasileiros sabem que pertencem à    classe C.   Relacionado a class...
O comportamento do consumidor da                 classe C no varejo eletrônico                 Poder de compra            ...
O comportamento do consumidor da           classe C no varejo eletrônico        Aquisições futuras                        ...
O comportamento do consumidor da        classe C no varejo eletrônico   No varejo eletrônico o consumidor tende a ser mai...
Casas Bahia: varejo eletrônico   Rede varejista de móveis e eletrodomésticos. Fundada em    1952 em São Caetano do Sul – ...
Casas Bahia: varejo eletrônico   Em dezembro de 2009 anuncia seu acordo de associação com    o Grupo Pão de Açúcar.   Em...
Mudanças na interação com o    consumidor por meio do e-commerce   No varejo eletrônico o consumidor decide como interagi...
Mudanças na interação com o    consumidor por meio do e-commerce   A busca de informações sobre o produto é maior no Orku...
Conclusão   Segmentação de mercados;   Criação um espaço para captação de informações;   Estruturação da classe social;...
Referências Bibliográficas   ALBERTIN, A. L. Comércio eletrônico: modelo, aspectos e contribuições de sua aplicação. Cola...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação de monografia

3.233 visualizações

Publicada em

Slides da apresentação de monografia, no dia 21 de dezembro de 2011. Um estudo sobre a comunicação e a interação no site da Casas Bahia, observando o perfil comportamental da classe C brasileira no varejo eletrônico e sua nova conjuntura socioeconômica. Utilizou-se de uma abordagem teórica em cibercultura, comércio eletrônico, comunicação, marketing e sociologia.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação de monografia

  1. 1. Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá Comunicação no e-commerce e o direcionamento à classe C: A análise do site da Casas BahiaRamon Ernani Soares dos Santos BarbosaOrientador: Marcus Vinícius Monteiro Gonçalves Guaratinguetá – SP 2011
  2. 2. IntroduçãoA principio a ideia central era unicamente um estudo sobre o e-commerce direcionado ao consumidor brasileiro da classeC, porém baseado em pesquisas surgiu a necessidade dedelimitar o tema, veio à tona a questão da comunicaçãovirtual, assim como a interação.A análise do trabalho é feita em cima da classe C, observando ocomportamento no varejo eletrônico e as mudanças nainteração, por meio do site da Casas Bahia. A construção dosdados foi elaborada por meio da pesquisa teórica emetodológica. 2
  3. 3. Objetivos Analisar a comunicação utilizada no ambiente virtual para este consumidor, assim como a interação; Analisar o comportamento do consumidor da Classe C no ambiente virtual. 3
  4. 4. Justificativas A comunicação virtual é mais interativa e possibilita uma reação em tempo real, logo os usuários tendem a sociabilizarem mais e a criar um fluxo de informação. O crescimento de renda e populacional da classe C ocasionaram sua evidência como grupo socioeconômico próspero. Empresas virtuais encontram dificuldades em comunicar-se com a classe C por levarem em conta apenas a renda, e não considerarem valores intrínsecos. 4
  5. 5. Comércio Eletrônico “Comércio eletrônico pode ser definido como a compra e a venda de informações, produtos e serviços por meio de redes de computadores” (ALBERTIN, 2010, p.3). Comparação com o varejo tradicional: relacionamento comprador e vendedor; troca de informações e interatividade. Comunidades virtuais: captação de informações e participação de clientes. 5
  6. 6. Segurança e confiabilidade na rede•Bisbilhotices: roubo de informações de contas.•Espionagem de senhas: utilizados para obter acesso a sistemas.•Modificação de dados: modificar conteúdos de certas transações.•Falsificação: utilizados para permitir a uma parte mascarar-secomo outra.•Repúdio: o repúdio pode causar maiores problemas com sistemasde faturamento e acordos de processamento de transações.Fonte: Elaborado pelo autor 6
  7. 7. Segurança e confiabilidade na rede• pré-pago: Pré-pago Instantâneo Pós-pagodinheiro eletrônico Aceitabilidade Baixa Baixa Alta(e-cash);cartão inteligente Anonimato Médio Alto Baixo(smart card). Convertabilidade Alta Alta Alta• instantâneo: Eficiência Alta Alta Baixacartões de débito; Flexibilidade Baixa Baixa Baixadébito direto.• pós-pago: Integração Média Baixa Altacartão de crédito; Confiabilidade Alta Alta Altafatura; Escalabilidade Alta Alta Altacheque eletrônico;pagamento na Segurança Média Alta Médiaentrega. Facilidade Média Média AltaFonte: Elaborado pelo Fonte: Amor (2000 apud ALBERTIN, 2010, p. 204)autor 7
  8. 8. Sociabilização no varejo eletrônico Mudanças são constituídas devido as percepções e interesse por parte dos clientes. Troca de ideias a partir das comunidades virtuais; clareza e liberdade para os clientes se expressarem. 8
  9. 9. Comunicação de massa x comunicação interativa Os meios de comunicação de massa ou mass media podem ser caracterizados como veículos de comunicação de uma única fonte para vários receptores. Ex: televisão, rádio, cinema, jornal. Identificação do homem com o conteúdo (MCLUHAN, 2007, p 38; 59). Comunicação interativa: agir, participação ativa. Mídias híbridas. 9
  10. 10. Comunicação segmentada e as possibilidades de consumo em rede Linguagem orientada a um público e satisfaz interesses específicos. Colaboração humana em rede e produção de informações. Quantificação de dados gera produção de produtos apropriados. 10
  11. 11. O novo consumidor da classe C  Condições favoráveis da economia: aumento do salário mínimo, benefícios sociais e Programa Bolsa Família. Definição de classes econômicas. Rendimentos mensais (R$ a preços de 2009) Inferior Superior Classe E 0 705,00 Classe D 705,00 1.126,00 Classe C 1.126,00 4.854,00 Classe B 4.854,00 6.329,00 Classe A 6.329,00 ou mais Fonte: Adaptado de EconomiaFonte: Economia Brasileira em Perspectiva (2010, p. 37) Brasileira em Perspectiva (2010, p. 11 152)
  12. 12. O novo consumidor da classe C Classe social: agrupamentos nos quais seus membros participam sem que isso seja requerido por um deles e sem que eles obedeçam determinadas imposições (GURVITCH, 1982, p. 172). Consciência de classe: baseada em sua estrutura essa sobrepõe a consciência coletiva (op. cit.). 12
  13. 13. O novo consumidor da classe C Classe A/B cresceu 33%, classe C 100% e classe D/E 200%.Fonte: Elaborado pelo autor 13
  14. 14. O novo consumidor da classe C Apenas um terço dos brasileiros sabem que pertencem à classe C. Relacionado a classe social o que importa em si é sua estruturação (GURVITCH, 1982, p. 190). A busca por equidade da classe C como maior fração da nação brasileira é explorada no plano comercial. 14
  15. 15. O comportamento do consumidor da classe C no varejo eletrônico Poder de compra Tendências 79% 9.65% 68% Mulheres e jovens 64% tendem a cuidar mais da aparência A/B Jovens estudaram mais 46.24% D/E que os pais44.12% C Em relação a propaganda, acreditam na opinião de parentes Valores Classe C Otimistas com as melhorias 84% econômicas no país Sentir que alcançou as inspirações 98.2% Desfrutar da vida 98.5% Valores Segurança para viver 99.1% Respeito pelos outros 99.1% 15 Cultivar respeito próprio 99.2%
  16. 16. O comportamento do consumidor da classe C no varejo eletrônico Aquisições futuras Navegação 94% Busca por comunicação 10% Comprar um carro (novo ou usado) 70%Bens Sites de Adquirir um imóvel relacionamento 54% 19% Impacto de informações nas redes Pesquisa de produtos sociais 60% Busca por fotos e vídeos 34% Endereço virtual de lojas 30% Endereço virtual de fabricantes 16
  17. 17. O comportamento do consumidor da classe C no varejo eletrônico No varejo eletrônico o consumidor tende a ser mais racional do que emocional (GIGLIO, 2005, p. 186). Predominância jovem do consumidor da classe C. A mulher é responsável pelas compras. Linguagem do site clara e concisa; etapas de pesquisa com opções de compra; formas de pagamento opcionais; certificados que garantem a segurança on-line. 17
  18. 18. Casas Bahia: varejo eletrônico Rede varejista de móveis e eletrodomésticos. Fundada em 1952 em São Caetano do Sul – SP, pelo imigrante polonês Samuel Klein. Em fevereiro de 2009 lança sua loja virtual, www.casasbahia.com.br, com investimento de R$ 3,7 milhões no desenvolvimento da loja. Casas Bahia - Faturamento de 2009 Varejo Tradicional R$ 12.805.000.000,00 Varejo Eletrônico R$ 195.000.000,00 Fonte: Elaborado pelo autor 18
  19. 19. Casas Bahia: varejo eletrônico Em dezembro de 2009 anuncia seu acordo de associação com o Grupo Pão de Açúcar. Em fevereiro de 2011 foi lançada a marca Nova Pontocom, empresa brasileira de comércio eletrônico criado a partir da associação entre Casas Bahia e Grupo Pão de Açúcar. A Globex passará a cuidar dos negócios da Casas Bahia, Ponto Frio e Nova Pontocom por meio de ações e acordo feitos pela Companhia Brasileira de Distribuição, Casas Bahia e Globex Utilidades S.A. (DIVULGAÇÃO DE RESULTADO, 2011, p. 1). 19
  20. 20. Mudanças na interação com o consumidor por meio do e-commerce No varejo eletrônico o consumidor decide como interagir. Liberdade de expressão gera um ciclo informacional (RAMONET, 2005, p. 247). Casas Bahia: e-mail, através da central de atendimento, chat com atendentes on-line e links para redes sociais. Na busca por resoluções de problemas o consumidor busca por apoio social (GIGLIO, 2005, p. 151). 20
  21. 21. Mudanças na interação com o consumidor por meio do e-commerce A busca de informações sobre o produto é maior no Orkut; a busca por informações referentes ao produto é mais visual. Comunidades virtuais representam um mercado, uma fração de opinião (LÉVY, 2005, p. 373). Ocorre o conflito, porém o conflito é sadio e uma vez que o laço social já foi criado e esse por vez gera em informação. 21
  22. 22. Conclusão Segmentação de mercados; Criação um espaço para captação de informações; Estruturação da classe social; Busca por sites que atendam suas expectativas e observem sua idiossincrasia. 22
  23. 23. Referências Bibliográficas ALBERTIN, A. L. Comércio eletrônico: modelo, aspectos e contribuições de sua aplicação. Colaboração de Rosa Maria de Moura. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2010. DIVULGAÇÃO DE RESULTADO. São Paulo: Globex Utilidades, 3º trimestre, novembro, 2011. 15 p. Disponível em: < http://www.mzweb.com.br/globex/web/arquivos/GLOB3_ER_3T11_PORT.pdf>. Acesso em: 3 novembro 2011. GIGLIO, E. M. O comportamento do consumidor. 3ª ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005. GURVITCH, G. As classes sociais. São Paulo: Global Editora, 1982. LÉVY, P. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Ed. 34, 1999. ______. Pela ciberdemocracia. In: MORAES, D. de (Org.). Por uma outra comunicação. Mídia, mundialização cultural e poder. 3ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2005. p. 371-373. PRIMO, A. Conflito e cooperação em interações mediadas por computador. Contemporânea: Revista de Comunicação e Cultura, v. 3, n. 1, p. 38-74, Jun. 2005. Disponível em: <http://www6.ufrgs.br/limc/PDFs/conflito.pdf>. Acesso em: 21 nov. 2011. RAMONET, I. O poder midiático. In: MORAES, D. de (Org.). Por uma outra comunicação. Mídia, mundialização cultural e poder. 3ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2005. RECUERO, R. Comunidades Virtuais em Redes Sociais na Internet: Uma proposta de estudo. Ecompos, Internet, v. 4, n. Dez 2005. Disponível em: 23 <http://www6.ufrgs.br/limc/PDFs/com_virtuais.pdf>. Acesso em: 21 nov. 2011.

×