VIVA Sustentabilidade
em Eventos
D O
E V E N T O
ENGAJAMENTO
DE
STAKEHOLDERS
RELATÓRIO
GRI
S U S T E N T A B I L I D A D E
LEVE OU
DE ALTO IMPACTO
O LEGADO...
SUSTENTABILIDADE
DO EVENTO
ENGAJAMENTO
DE
STAKEHOLDERS
APEX/ASTM
RELATÓRIO
GRI
Coleta de expectativas
sobre impactos
ambie...
SUSTENTABILIDADE
DO EVENTO
ENGAJAMENTO
DE
STAKEHOLDERS
APEX/ASTM
RELATÓRIO
GRI
Coleta de expectativas
sobre impactos
ambie...
COMPORTAMENTO SUSTENTÁVEL
CATEGORIAS
Ambiental
Social Econômica
CRITÉRIOS
Informação; Gestão
de resíduos;
Energia;Qualidad...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
3) DEFINIÇÃO DE
EXPECTATIVAS
4)
RECOMENDAÇÕES
PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
5) AÇÕES PARA
MINIMIZAÇÃO DE
IMPACTOS
6) AVALIA...
TRANSEVENTOPRÉ-EVENTO
1) Elaborar Declaração de
Princípios, com objetivos;
2) Definir stakeholders;
3) Determinar aspectos...
POR QUE IMPLANTAR?
 Agregar valor ao negócio, consolidando a boa imagem junto ao mercado;
 Participação em mercados naci...
Patricia Rabello
patricia@vivasustentabilidade.com.br
51 8144 1624
OBRIGADA!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Viva conteudo sustentabilidade em eventos - slide share

699 visualizações

Publicada em

O inicio do planejamento de um evento sustentável é a identificação do LEGADO que se pretende, de leve ou alto impacto, envolvido na sua execução. A partir disso, trabalhar a sustentabilidade de um evento é adequar, à gestão do evento, o conceito de tríplice resultado: a minimização de impactos,diretos e indiretos, causados para a sua execução, nos âmbitos social, ambiental e econômico.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Viva conteudo sustentabilidade em eventos - slide share

  1. 1. VIVA Sustentabilidade em Eventos
  2. 2. D O E V E N T O ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS RELATÓRIO GRI S U S T E N T A B I L I D A D E LEVE OU DE ALTO IMPACTO O LEGADO de um evento começa no ESTÁGIO DO PLANEJAMENTO e demonstra o nível de CONSIDERAÇÃO SOBRE A SUSTENTABILIDADE QUE SE PROPÕE, ao envolver questões sociais, econômicas e/ou ambientais LEVES ou de ALTO IMPACTO. . ISO20121:2012 - SISTEMA DE GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DE EVENTOS LEGADO APEX/ASTM
  3. 3. SUSTENTABILIDADE DO EVENTO ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS APEX/ASTM RELATÓRIO GRI Coleta de expectativas sobre impactos ambientais, sociais e econômicos do evento Relatório internacional baseado em princípios e diretrizes, para divulgar os resultados obtidos dentro de determinado período, no contexto dos compromissos assumidos sobre desempenho ambiental, social e econômico. Norma internacional de reuniões ambientalmente sustentáveis (Environmentally Sustainable Meeting Stardards) ISO20121:2012 - SISTEMA DE GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DE EVENTOS
  4. 4. SUSTENTABILIDADE DO EVENTO ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS APEX/ASTM RELATÓRIO GRI Coleta de expectativas sobre impactos ambientais, sociais e econômicos do evento ISO20121:2012 - SISTEMA DE GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DE EVENTOS ENGAJAMENTO CONSULTAR STAKEHOLDERS É A AÇÃO DE MAIOR RELEVÂNCIA NA GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE , pois assegura que os gestores do evento, ao utilizarem uma plataforma de ENGAJAMENTO, conectam ao planejamento os interesses de seus principais públicos de interesse na busca de maior eficiência ambiental, social e econômica.
  5. 5. COMPORTAMENTO SUSTENTÁVEL CATEGORIAS Ambiental Social Econômica CRITÉRIOS Informação; Gestão de resíduos; Energia;Qualidade do ar; Água; Aquisições; Comunidade. ISO20121:2012 ESPECIFICAÇÕES Acomodações; Áudio visual; Alimentação e Bebidas; Comunicação & Mkt; Destino; Expositores; Local; Instalações internas; Transporte ISO20121:2012 - SISTEMA DE GESTÃO PARA A SUSTENTABILIDADE DE EVENTOS CATEGORIAS, ESPECIFICAÇÕES E CRITÉRIOS
  6. 6. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS COMPORTAMENTO SUSTENTÁVEL MEIO AMBIENTE SOCIEDADE ECONOMIA EVENTO SUSTENTÁVEL DETERMINAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS, AMBIENTAIS E ECONÔMICOS PADRÃO GRI (Global Reporting Iniciative) ISO20121:2012 PROCESSO
  7. 7. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Especificações do evento ISO20121:2012 PROCESSO
  8. 8. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Envolvimento na coleta de expectativas sobre impactos ambientais, sociais e econômicos do evento 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS ISO20121:2012 PROCESSO
  9. 9. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS . 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS ISO20121:2012 PROCESSO
  10. 10. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Critérios: Porcentagens; composição de materiais; quantidades; políticas internas; modos de envio; variedades; registros necessários; publicações; convenções; etc. PARA: Organizadores e fornecedores 4) RECOMENDAÇÕES PRA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS ISO20121:2012 PROCESSO
  11. 11. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Escolhas adequadas em relação aos critérios ligados às especificações do evento 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS ISO20121:2012 PROCESSO
  12. 12. 3) DEFINIÇÃO DE EXPECTATIVAS 4) RECOMENDAÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 5) AÇÕES PARA MINIMIZAÇÃO DE IMPACTOS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE 1) DEFINIÇÃO DE ASPECTOS QUE CAUSAM IMPACTO 2) ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS 6) AVALIAÇÃO E REPORTE Avaliação de indicadores e elaboração de relatório internacional GRI (Global Reporting Iniciative) ISO20121:2012 PROCESSO
  13. 13. TRANSEVENTOPRÉ-EVENTO 1) Elaborar Declaração de Princípios, com objetivos; 2) Definir stakeholders; 3) Determinar aspectos causadores de impactos; 4) Coletar expectativas de stakeholders ; 5) Elaborar recomendações; 6) Definir governanças; 7) Engajar governanças e outros stakeholders; 8) Acompanhar implantação, coletando indicadores. CRONOGRAMA PÓS-EVENTO 1) Coletar informações; 2) Auxiliar na implementação das recomendações. 1) Estruturar relatório GRI; 2) Apresentar relatório.
  14. 14. POR QUE IMPLANTAR?  Agregar valor ao negócio, consolidando a boa imagem junto ao mercado;  Participação em mercados nacionais e internacionais exigentes nas questões da sustentabilidade;  comprovação do comprometimento da organização com o desenvolvimento sustentável;  Racionalização e otimização de processos;  Ecoeficiência do evento;  Incorporação de práticas sustentáveis em um processo sistemático de melhoria contínua;  Desenvolvimento de sistemas de aferição, controle e correção das ações para que o próximo evento seja mais sustentável que o anterior;  Conquista de reconhecimento de seus colaboradores, fornecedores, consumidores, comunidade e governo.
  15. 15. Patricia Rabello patricia@vivasustentabilidade.com.br 51 8144 1624 OBRIGADA!

×