Segunda-feira, 29 de Março de 2010                                   bomdiamercado.com.br


                 Payroll, Meir...
HOJE, tem decisão de política monetária na HUNGRIA, às 11h, com aposta maciça em
                 queda de 0,25 pp, para 5...
uma siderúrgica no Porto do Açu. Pelos cálculos preliminares, seriam mais de US$ 3
                 bilhões.

            ...
23.600 por tonelada. O cobre subiu oitenta dólares, a US$ 7.514,50, o chumbo (US$
                 2.125) ganhou US$ 48,50...
ITAÚ SEGUROS, ALLIANZ e MAPFRE VERA CRUZ venceram 3 licitações da
                 PETROBRAS para renovação de apólice de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bdm 29.03.2010

358 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
358
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bdm 29.03.2010

  1. 1. Segunda-feira, 29 de Março de 2010 bomdiamercado.com.br Payroll, Meirelles, inflação e Vale agitam semana da Páscoa Por MARIANA CISCATO* ... Nesta semana mais curta, cairá em pleno feriado da Sexta-Feira Santa a divulgação do PAYROLL de março, que pegará fechadas as bolsas em NY e aqui. Para as commodities, agora que se aproxima abril, quando vencem os contratos com as siderúrgicas da Ásia, cresce a expectativa em torno do reajuste do minério. Quanto mais alto o preço que as mineradoras consigam emplacar, tanto maior deve ser o rali da VALE, para garantir a BOVESPA. Vai depender, especialmente, da demanda da CHINA, que na noite de quarta-feira divulga os dados de atividade industrial em março, um bom termômetro sobre se Pequim subirá o juro mais cedo ou mais tarde. Por aqui, o Relatório de Inflação, amanhã, prepara para o COPOM de abril e, a qualquer momento, MEIRELLES diz ao povo se fica. ... A evolução dos índices de preços pode trazer a resposta que a ATA do COPOM ficou devendo: se a taxa SELIC sobe meio ponto porcentual ou 0,75 pp em abril, na estréia do ciclo de aperto monetário. Segundo analistas consultados pelo AE Projeções, o BC deverá explicitar no Relatório de Inflação a piora das expectativas para o IPCA, que vem sendo revelada, semana após semana, pelas medianas do indicador na pesquisa FOCUS. O mercado também poderá observar as pressões inflacionárias no IGP-M de março, amanhã. Do lado da atividade, tem para conferir a PRODUÇÃO INDUSTRIAL de fevereiro na quinta-feira, mesmo dia em que sai o saldo da BALANÇA COMERCIAL de março. ... Ainda na agenda, para amanhã, estão previstas as contas do GOVERNO CENTRAL. Na quarta, o BC anuncia o resultado primário do setor público consolidado. No câmbio, tem briga da PTAX esta semana, que vai liquidar o vencimento de contratos futuros. ... Nos EUA, a agenda dos indicadores contará hoje, às 9h30, com o núcleo do índice de preços do PCE em fevereiro, que tem previsão de leve alta de 0,1%. Sai embutido no relatório sobre renda pessoal (+0,1%) e gastos pessoais (+0,3%). Amanhã, tem o índice de confiança do consumidor, medido pela Conference Board em março. Na quinta-feira, são importantes o ISM de atividade industrial e as vendas de automóveis em março. ... No mesmo dia, sai o balanço da RIM. HOJE, dois integrantes do FED discursam em eventos: Elizabeth A. DUKE, às 13h30, além de Dennis LOCKHART (de Atlanta). Na sexta-feira do feriado, os mercados de bônus devem fechar mais cedo nos EUA (13h). ... Na EUROPA, a GRÉCIA continua no foco. O FT divulgou reportagem no sábado, informando que o país poderá lançar um plano bilionário de eurobônus esta semana. O chefe da agência de administração da dívida do governo grego, Petros Christodoulou, disse que a idéia é obter 5 bilhões de euros (US$ 6,7 bilhões). Para isso, deve lançar bônus de três a sete anos ainda este mês, seguido de outra emissão similar em abril, num teste crucial de confiança, segundo o jornal. A Grécia tem de honrar 11 bilhões de euros em obrigações do serviço da dívida em abril, segundo dados da Agência de Administração da Dívida Pública. Em maio, terá de pagar mais 11,646 bilhões de euros em obrigações. ... Ainda no final de semana, em ISRAEL, o juro subiu 0,25 pp neste domingo, a 1,5%. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 29/Mar/2010 9:22 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 1/5
  2. 2. HOJE, tem decisão de política monetária na HUNGRIA, às 11h, com aposta maciça em queda de 0,25 pp, para 5,50%, que estabeleceria nova mínima histórica. Na quarta-feira, é a vez do BC da POLÔNIA definir o juro, que deve ser mantido inalterado, em 3,50%. ... No calendário dos dados econômicos na EUROPA, esta semana, tem para acompanhar os dados de inflação ao consumidor da zona do euro em março (quarta-feira), o PIB final do quarto trimestre do Reino Unido e França (amanhã), além dos dados finais de março de atividade industrial dos gerentes de compras na zona do euro, Alemanha, França e Reino Unido (todos na quinta-feira). HOJE, na zona do euro, saem os índices de ambiente para os negócios, sentimento econômico, confiança da indústria e confiança do consumidor em março. Na Alemanha, tem para acompanhar a inflação ao consumidor (CPI) em março. A EUROPA entrou em horário de verão neste domingo. Com a mudança, as principais bolsas européias passarão a abrir às 4h e fechar às 12h30 (de Brasília). ... Por AQUI, a temporada dos balanços vai chegando ao fim. Hoje, saem os resultados trimestrais de BRADESPAR, LUPATECH e ROSSI RESIDENCIAL. Amanhã, tem ELETROBRÁS, CELESC, FLEURY e SPRINGS GLOBAL. Na quarta-feira, fechando a safra do quarto trimestre, tem TAM, MARFRIG, AGRE e ainda a IDEASNET. Após o resultado abaixo do esperado das quatro primeiras ofertas públicas iniciais (IPO) deste ano, amanhã será a vez da ECORODOVIAS testar a demanda. A oferta da empresa de concessões rodoviárias e logística pode chegar a R$ 2,028 bilhões, caso sejam vendidos todos os lotes pelo teto da faixa de preço indicativa - que varia entre R$ 9 e R$ 12. Fogo amigo ... Desprezando o cenário internacional, que na sexta-feira se mostrou relativamente favorável à tomada de risco (depois do acordo sobre ajuda à GRÉCIA), por aqui, o DÓLAR cravou uma alta diante do real pelo terceiro pregão na semana. A moeda americana subiu 1,05%, fechando o dia a R$ 1,8260. A alta semanal foi de 1,38% e atingiu 1,11% no acumulado do mês de março. Desde o início de 2010, o dólar tem valorização de 4,76%. ... O descolamento entre o dólar aqui e no exterior foi atribuído à continuidade da reação ao anúncio, feito na última quarta-feira, do aumento do prazo para antecipação de compras de dólares pelo Tesouro para o pagamento de dívida externa, que passou de 360 dias para 750 dias. O assunto já tinha incomodado na quinta-feira. Mas foi na sexta-feira que a maioria dos analistas admitiu que a mudança cria uma demanda a mais por dólares. O cálculo da TENDÊNCIAS CONSULTORIA, segundo apurou a jornalista Cristina Canas (AE), é de que o Tesouro precisa de mais de US$ 14 bilhões em 2010 e 2011. ... Alguns economistas, como Roberto PADOVANI (do WESTLB) já se apressaram a revisar suas projeções de longo prazo para a taxa de câmbio. Agora, ele arrisca um intervalo de R$ 1,70 a R$ 1,75 no final deste ano de 2010. Anteriormente, esperava R$ 1,65 a R$ 1,70. Já Alessandra RIBEIRO (da TENDÊNCIAS CONSULTORIA) acredita que o ruído nas cotações do dólar tende a se esgotar em poucos pregões. ... Fato é que o Brasil continua entre os destinos preferidos dos investidores estrangeiros, favorecendo as apostas no fluxo. Neste domingo, o Estadão publicou reportagem mostrando que a CHINA investirá pesado nos setores de petróleo, siderurgia e mineração brasileiros. O presidente do País, Hu JINTAO, visita o Brasil nos dias 15 e 16 de abril e deve confirmar a assinatura de contratos como o da LLX, do empresário EIKE Batista, com a estatal chinesa WISCO (Wuhan Iron and Steel Corporation) para a construção de AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 29/Mar/2010 9:22 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 2/5
  3. 3. uma siderúrgica no Porto do Açu. Pelos cálculos preliminares, seriam mais de US$ 3 bilhões. ... Na BOVESPA, apesar das recentes entradas diárias mais modestas, o saldo de investimentos estrangeiros já supera os R$ 2 bilhões neste mês (R$ 2,080 bilhões). ... Na sexta-feira, novamente sem inspiração que convencesse os investidores a romperem o teto de 70 mil pontos, a bolsa ficou próxima da estabilidade, como NY. Fechou em leve alta de 0,35%, aos 68.682,66 pontos, oscilando entre a mínima de 68.024 pontos (-0,61%) e máxima de 68.910 pontos (+0,68%). O volume ficou em R$ 5,699 bi. ... Às voltas com seu processo de capitalização, os papéis da PETROBRAS fecharam em queda: PETRO PN, -1,99%, a R$ 34,50, e PETRO ON, -0,51%, em R$ 39,25. Os investidores não gostaram da afirmação do gerente de RI da estatal, Alexandre QUINTÃO, de que pode ser feita uma chamada de capital apenas entre acionistas preferenciais, caso a capitalização não seja aprovada pelo Senado até o final do primeiro semestre. Ele disse também que, para cumprir o plano de negócios de até US$ 220 bilhões até 2014, a empresa precisa da capitalização. Caso contrário, os investimentos serão reduzidos. ... Já as ações da VALE continuaram respondendo às expectativas positivas para o reajuste do preço do minério de ferro e à alta dos metais lá fora. VALE PNA subiu 0,79%, para R$ 48,55, enquanto o papel ON registrou valorização de 0,90%, a R$ 55,80. GERDAU PN (+3,18%) foi o destaque de alta do IBOVESPA, seguida por ELETROBRAS ON (+2,90%) e USIMINAS ON (+2,86%). As maiores quedas do dia ficaram com JBS ON (-4,58%), ROSSI RESIDENCIAL ON (-3,58%) e LOJAS RENNER ON (-2,69%). ... O mercado dos JUROS FUTUROS teve um pregão sem grandes emoções na sexta-feira e encerrou o dia optando pela cautela, à espera das evidências sobre qual deve ser a intensidade da elevação da taxa SELIC em abril. O DI junho de 2010 fechou a 8,94% (de 8,93%) e o julho de 2010 encerrou a 9,18% (de 9,16%) no dia anterior. Já o janeiro de 2011 subiu a 10,40%, de 10,36% na véspera, quanto o janeiro de 2012 terminou a sexta-feira em 11,71% (de 11,70%) e o janeiro de 2014 foi a 12,14%, contra 12,11%. Band-Aid ... Pelo menos num primeiro momento, a operação coordenada de socorro dos líderes da União Européia (UE) e do FMI à GRÉCIA conseguiu conter a derrocada do EURO, que vinha batendo nas mínimas em onze meses. No pregão da última sexta-feira, a moeda européia chegou a subir 1%, retomando a marca de US$ 1,34 (a US$ 1,3417 no fechamento), enquanto o iene encerrou a 92,50/US$. "Foi uma alta de alívio", como disse a estrategista Jessica HOVERSEN (da MF GLOBAL). Agora, se daqui para frente, continuará tudo assim é o que todo mundo quer saber e o que alguns duvidam. "Não vemos o mais recente anúncio da UE como um fator que 'muda o jogo' para o euro", disse para a agência DJ o estrategista de câmbio Vassili SEREBRIAKOV (da WELLS FARGO). ... Também profissionais da BROWN BROTHERS HARRIMAN afirmaram que a promessa de ajuda a Atenas não parece ser suficiente para realmente reverter o sentimento negativo com relação ao euro. A resistência na faixa entre US$ 1,3425 e US$ 1,350 precisa ser superada para disparar outra onda de ajustes de posição, segundo eles. ... Apesar disso, na sexta-feira, a corrida de recuperação do euro favoreceu o interesse pelos METAIS. Em Londres, o níquel liderou os ganhos, avançando US$ 780, para US$ AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 29/Mar/2010 9:22 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 3/5
  4. 4. 23.600 por tonelada. O cobre subiu oitenta dólares, a US$ 7.514,50, o chumbo (US$ 2.125) ganhou US$ 48,50 e o alumínio teve alta de dois dólares, a US$ 2.220. Em NY, o ouro (junho) subiu para cima de US$ 1.100 por onça-troy (US$ 1.105,40), ganho de 1,03%. Apesar desta reação, analistas observam que os preços permanecem exibindo dificuldade para romper suas recentes faixas de oscilação, diante das preocupações sobre a perspectiva para a política monetária da CHINA, com potencial impacto nas commodities. ... As incertezas sobre a demanda, potencializadas antes do final de semana pela revisão final do PIB americano do quarto trimestre, para +5,6% (quando o mercado esperava 5,8%), acabaram inibindo o PETRÓLEO, que já teme que o consumo de gasolina na temporada de férias de verão no hemisfério norte não cresça tanto quando seria desejável. A oferta está se aproximando da máxima dos últimos 17 anos para esta época do ano e a demanda está pouco acima do nível do ano passado, que foi bastante baixo. Falhando em se manter acima de US$ 81, na NYMEX, o WTI para maio caiu 0,66% e fechou aos oitenta dólares. Em Londres, o BRENT acompanhou, em queda de 0,4%, cotado a US$ 79,27. ... Divididas entre as boas e as más notícias do dia, as bolsas em NY preferiram não se comprometer nem com um nem com outro lado, fechando estáveis. Enquanto agradaram o plano de socorro à Grécia e o sentimento do consumidor medido pela Universidade de Michigan em março (73,6), acima da previsão (73), na ponta inversa, acabaram promovendo alguma cautela a revisão final do PIB americano do quarto trimestre e ainda o afundamento de um navio, após uma explosão numa região de fronteira entre as Coréias. ... "As pessoas estão se esforçando para encontrar desculpas que justifiquem as compras e vendas. Nada, aparentemente, aponta de verdade para uma direção ou outra", disse o gerente de carteiras Howard WARD (do GAMCO GROWTH FUND). O DOW Jones quase não saiu do lugar (+0,08%), aos 10.850,36 pontos, embora tenha acumulado alta de 1,01% na semana e, só este mês, já tenha subido 5%. O Nasdaq fechou aos 2.395,13 pontos (-0,1%) na sexta-feira, e o S&P 500 foi a 1.166,59 pontos (+0,07%). ... Operadores identificaram relativo apelo pela segurança dos TREASURIES, assim que estourou a notícia sobre o naufrágio do navio sul-coreano. Mas já antes os compradores voltavam ao mercado, atraídos pelos juros elevados dos papéis. A taxa da NOTE de dez anos caiu para 3,852% (de 3,888%), mas o chefe de renda fixa Kevin GIDDIS (do MORGAN KEEGAN), acredita que, já num "futuro próximo", possivelmente esta semana, o mercado venha a testar a marca de 4% para o yield, na expectativa do PAYROLL. Em tempo... SABESP informou na noite de sexta-feira que teve lucro líquido de R$ 1,373 bilhão em 2009, alta de 2.061% contra os R$ 63,571 milhões registrados em 2008... ... No quarto trimestre do ano passado, a companhia registrou lucro líquido de R$ 457,3 milhões, mostrando evolução de 303% em relação a igual período do exercício anterior. COPASA registrou lucro líquido consolidado de R$ 525,3 milhões em 2009, evolução de 91,6% sobre exercício anterior. A receita líquida cresceu 17% e totalizou R$ 3,262 bilhões. VOTORANTIM confirmou emissão de bônus de US$ 750 milhões, com vencimento em abril de 2021. A demanda pelos títulos chegou a três vezes o total emitido... ... Papéis foram emitidos com juros (cupom) de 6,75% ao ano. O spread foi de 289 pb contra os Treasuries, o que significa um retorno ao investidor (yield) de 6,875%. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 29/Mar/2010 9:22 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 4/5
  5. 5. ITAÚ SEGUROS, ALLIANZ e MAPFRE VERA CRUZ venceram 3 licitações da PETROBRAS para renovação de apólice de seguro envolvendo prêmios de US$ 49,6 mi. AVISO IMPORTANTE. Bom Dia Mercado é um serviço produzido pela Mídia Briefing, em parceria comercial com a Agência Estado, EXCLUSIVAMENTE, para assinantes. O repasse do serviço para terceiros NÃO É PERMITIDO - assim como a sua reprodução ou republicação. Bom Dia Mercado está disponível para ASSINATURAS no Sistema AE Broadcast ou na página da Mídia Briefing na WEB: < http://www.bomdiamercado.com.br>. *interina de ROSA RISCALA Aos assinantes do Bom Dia Mercado, Bom Dia e Bons Negócios! Esta coluna é produzida pela Mídia Briefing com propósito exclusivamente informativo. As análises não consistem em recomendações de investimentos financeiros. A Mídia Briefing não se responsabiliza pelos resultados de decisões tomadas com base nesse conteúdo. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 29/Mar/2010 9:22 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 5/5

×