Bdm 08.04.2010

335 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bdm 08.04.2010

  1. 1. Quinta-feira, 8 de Abril de 2010 bomdiamercado.com.br IPCA de março pode estimular novas apostas para a SELIC Por ROSA RISCALA* ... O dia começa com as decisões do BOE (8h) e do BCE (8h45) para as taxas de juro no Reino Unido e Zona do Euro, sem susto, porque devem ser mantidas em 0,5% e 1,0%, respectivamente... Se até nos EUA, o FED afastou esse estresse, não seria a EUROPA a surpreender. Ainda ontem, BERNANKE voltou a garantir que não mexe em nada, por enquanto... Juro por juro, a expectativa está focada no aperto na CHINA, que complica as projeções do crescimento mundial, e nas apostas de ajuste maior da SELIC, no BRASIL. ... HOJE, essa percepção de que o COPOM estreará o ciclo de altas com 0,75 pp no final do mês poderá ganhar força se o IPCA de março (que o IBGE divulgará às 9h) extrapolar as estimativas. Pesquisa do AE Projeções com 23 instituições do mercado apurou resultados entre 0,45% no piso e 0,57% no teto, com a mediana em 0,50%... Antes, mais dois índices de preços serão conhecidos, ambos às 8h: o IGP-DI de março, que pode mostrar alta de 0,70% a 0,90%, mediana de 0,77%, e a primeira prévia do IPC-S de abril. ... Nesta quarta-feira, indicadores fortes da ANFAVEA e da CNI estimularam o avanço de prêmios nos contratos futuros do DI, na BM&F (abaixo), enquanto a BOVESPA perdia os 71 mil pontos com a correção das COMMODITIES, depois que a CHINA deu o "aviso em dois" para o aumento do juro, ainda neste trimestre. O ressurgimento desse fator de incerteza no cenário global também ajudou a interromper a trajetória de baixa do DÓLAR frente ao real, embora, no caso do câmbio, tenha pesado a expectativa de que o governo defenderá o piso de R$ 1,75, seja por intermédio do Banco Central ou do Tesouro. ... Além da CHINA, persistem as preocupações com as dificuldades fiscais da GRÉCIA, o que não dá nenhuma chance de recuperação ao EURO. A moeda comum européia já acumula a desvalorização de 6,9% contra o dólar, neste ano. Atenas tem pela frente uma dívida de 21 bilhões de euros entre este mês e maio, e os investidores não parecem estar seguros de que a ajuda financeira articulada pela UE será suficiente. Ontem, o governo anunciou que o déficit orçamentário de 2009 pode ter ficado levemente acima do previsto. ... Grécia, China e índices elevados em WALL STREET formaram o ambiente propício da realização de lucros nas bolsas americanas, apesar de BERNANKE ter insistido, em Dallas, numa cautelosa análise sobre a recuperação da economia dos EUA, e assegurado os compromissos da Ata na véspera, de manter os juros baixos até que o emprego dê sinais consistentes de reação (abaixo). Nesse contexto, caiu mal a informação da queda do crédito ao consumidor em fevereiro, muito maior do que o esperado por analistas. ... Nesta quinta-feira, são importantes as vendas das redes varejistas em março. Entre os indicadores, o auxílio-desemprego (9h30) é o único destaque, com estimativas de nova queda nos pedidos (-1 mil), na semana passada. O presidente do FED, Ben BERNANKE, volta a falar sobre política monetária em Washington, mas só à noite (21h30 de Brasília). ... Em Pequim, o secretário Tim GEITHNER (Tesouro), reúne-se hoje com o vice primeiro ministro chinês Wang Qishan, em meio a especulações de que a CHINA analisa a possibilidade de mudar a política cambial para o YUAN. O encontro foi solicitado por eles. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 8/Abr/2010 9:28 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 1/5
  2. 2. ... Ainda na EUROPA, sairão as vendas no varejo da Zona do Euro e dados da produção industrial na Alemanha e Reino Unido - todos de fevereiro. Jean-Claude TRICHET concede entrevista 9h30 para comentar a reunião do BCE. Deve anunciar nova estrutura referente aos colaterais aceitos pelo banco, segundo expectativa de analistas na DJ. BELO MONTE... Camargo Corrêa e Odebrecht estão fora da parceria com a Eletronorte. Leia essa e outras notícias das companhias abertas abaixo, no Em tempo... DI antecipa ajuste maior ... Cautela com o exterior e notícias boas da economia brasileira, boas mas inflacionárias, justificaram mais uma rodada de alta das taxas dos contratos de DI, nesta quarta-feira. O contrato de janeiro de 2011 fechou com taxa de 10,45% (de 10,40% na véspera). DI julho de 2010 subiu de 9,22% para 9,26%. E o DI janeiro de 2012 foi a 11,68% (de 11,63%). O novo desenho da curva a termo já projeta probabilidade maior de um ajuste inicial da SELIC de 0,75 ponto porcentual, quando o COPOM se reunir no final deste mês (dia 28). ... Já se esperava um número forte do setor automotivo em março, mas os índices que a ANFAVEA apresentou, ainda pela manhã, superaram as melhores expectativas. A produção de veículos cresceu 32,5% sobre fevereiro e 20,3% em relação a março do ano passado. As vendas no mercado interno registraram variações positivas de 60,1% na margem, sobre fevereiro, e de 30,3% na comparação com março de 2009. Dois recordes. ... Não parou por aí. A CNI anunciou que as vendas industriais reais cresceram 3,3% em fevereiro sobre janeiro e saltaram 11,3% em relação a fevereiro de 2009. As horas trabalhadas avançaram pelo sexto mês consecutivo: alta de 1% em relação a janeiro e de 5,3% ante fevereiro de 2009. O emprego avançou 0,9% em fevereiro ante janeiro e 2,8% em comparação ao segundo mês de 2009, na sétima expansão mensal consecutiva. Só o NUCI não veio tão bem, mas também não foi ruim. Ficou estável em 80,4%. ... Apoiado nesses números, o economista Júlio CALLEGARI, do JP Morgan, estimou, em entrevista ao repórter Ricardo Leopoldo (AE), que o Brasil pode ter crescido mais de 1,5% na margem, no primeiro bimestre do ano. Isso representa 6,13% no cálculo anual. É inflação à vista. Sua estimativa é de um IPCA de 5,2% neste ano e 5,1% em 2011. Mas, ainda assim, ele espera que o aperto monetário comece neste mês com uma alta de 0,50 ponto porcentual, prosseguindo até janeiro de 2011, com a SELIC a 12,25%. ... Na avaliação do economista-chefe do M. SAFRA, Marcelo FONSECA, feita ao repórter Francisco Carlos de Assis (da AE), a economia está perto do superaquecimento. Ele tomou por base os dados da ANFAVEA e o crescimento de consumo de energia: 8,5% no mês passado em relação a março de 2009, segundo o Operador Nacional do Sistema. ... HOJE, as coisas podem ficar ainda mais complicadas se, associada a esse ritmo forte da atividade, os preços derem sinais de pressão no IPCA de março. ... Na BOVESPA, a virada no cenário externo mudou o rumo das coisas; a bolsa perdeu a marca dos 71 mil pontos, fechando o pregão em 70.792,94 pontos (-0,43%). Só não caiu mais porque a força da VALE sustentou o índice... As ações da mineradora subiram, apesar da queda das commodities metálicas. VALE PNA ganhou 0,46%, aos R$ 50,20, e VALE ON, +1,01%, cotada a R$ 58,07. No Broadcast, traders justificavam o bom desempenho com rumores de que a companhia vai abrir capital na bolsa de Hong Kong. ... Já PETROBRAS seguiu a queda do petróleo lá fora, com baixa de 0,78% da PN, para R$ 35,80, e de -0,49% para a ON, negociada no fechamento a R$ 40,39. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 8/Abr/2010 9:28 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 2/5
  3. 3. ... USIMINAS ON (-3,0%) liderou as perdas do índice, juntamente com PDG Realty ON e ROSSI Residencial. A alta do minério de ferro, e consequentemente do aço, castiga o setor de construção. Do lado positivo, a liderança coube a KLABIN PN (+5,1%) e Pão de Açúcar PNA (+5,12%), seguidas por Gol PN (+3,2%). O volume somou R$ 6,3 bilhões. .... No CÂMBIO, mais do que China e Grécia, as cotações do dólar foram impulsionadas, ontem, por fatores domésticos. Depois de seis pregões de quedas, saindo de R$ 1,826 para R$ 1,754, a moeda norte-americana recuperou 1,25% do valor, a R$ 1,7760 no final da tarde. O que mais pesou foi o receio dos investidores diante de uma cotação que estava muito próxima de R$ 1,75, abrindo a possibilidade de o Tesouro atuar comprando. ... Os investidores também ficaram desconfortáveis com os dados do fluxo cambial, e em especial, com o saldo negativo da conta financeira (em US$ 280 milhões). Foram as entradas pelas exportações (US$ 2,394 bi) que salvaram o saldo do mês (US$ 2,114 bi). A fila anda ... Ainda que o FED não pareça ter mesmo nenhuma pressa de elevar o juro, o fato de a CHINA se projetar neste momento como maior candidata a apertar sua política monetária no curtíssimo prazo surge agora como um fator de incômodo em WALL STREET, porque afeta as commodities e pode atrasar o cenário de recuperação global. Com esta preocupação em primeiro plano, ficou mais fácil de as bolsas em NY se posicionarem pra uma realização, ontem. O ajuste foi facilitado ainda pelos sinais de que, mesmo com as evidências de retomada, o consumidor americano ainda reluta em assumir novas dívidas. ... Segundo dados desta quarta-feira, o crédito ao consumidor encolheu US$ 11,5 bilhões nos EUA, em fevereiro, surpreendendo os analistas, que contavam com uma retração muito menor (US$ 1 bilhão).. Já há um bom tempo defendendo as máximas em um ano e meio, o DOW Jones acabou abrindo espaço para uma correção, antes de buscar a marca dos 11 mil pontos. Fechou em queda pela segunda sessão consecutiva, perdendo 0,66%, aos 10.897,52 pontos. O Nasdaq teve declínio de 0,23%, para 2.431,16 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,59%, aos 1.182,45 pontos. ... Confirmando aquilo que o mercado já imaginava, que o juro será mantido perto de zero nos EUA, enquanto a situação do mercado de trabalho continuar fraca e a inflação não ameaçar, BERNANKE disse ontem que seu "melhor palpite é que o crescimento, apoiado pela política monetária de estímulo do FED, será suficiente para reduzir lentamente o desemprego ao longo do próximo ano". Sobre as pressões inflacionárias, afirmou que "há pouca evidência de poder de preço" e que as expectativas de inflação parecem estáveis. ... Já em PEQUIM, a coisa é bem diferente... Diante da perspectiva de que o PIB CHINÊS possa superar 11% e do risco de que a inflação avance os 3% neste segundo trimestre, o conselheiro do Banco do Povo da China, Li DAOKUI, advertiu o mundo que esses números podem levar o governo do país a apertar sua política monetária muito em breve. ... Mais do que para as ações, uma puxada do juro chinês tende a ser especialmente ruim para as commodities, que têm na CHINA a maior promessa de retomada do consumo. Já nesta quarta-feira, essa cautela esteve por trás da correção em baixa dos METAIS, que vinham de um rali. Em Londres, o cobre para três meses caiu US$ 45, para US$ 7.945. O chumbo (US$ 2.290) recuou dez dólares, o zinco declinou US$ 49, para US$ 2.399, o alumínio perdeu US$ 14, a US$ 2.350, e o níquel caiu cem dólares, cotado a US$ 24.700. ... Também o PETRÓLEO, que vinha numa arrancada (desde o dia 26 de março, o preço disparou 8%), colocou ontem na conta a CHINA, a queda nas bolsas em NY, a alta do AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 8/Abr/2010 9:28 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 3/5
  4. 4. dólar e o crescimento dos estoques para entrar em realização.. Interrompendo sequência de seis pregões positivos, na NYMEX, o WTI (abril) fechou caiu 1,1%, em US$ 85,88. Em Londres, o BRENT perdeu 0,7%, encerrando negociado a US$ 85,59. ... As reservas semanais voltaram a lembrar a fragilidade dos fundamentos. Superando a previsão de crescimento de 1,3 milhão de barris, os estoques de óleo subiram 2 milhões, embora a oferta de gasolina tenha caído (2,5 milhões de barris) mais do que o esperado (um milhão).. Mas os números não conseguiram garantir alívio, porque a demanda ainda continua muito fraca (subiu só 1,7% nas quatro semanas encerradas em 2 de abril). Para Tim EVANS (CITI FUTURES PERSPECTIVE), "trata-se de um recuo abaixo da média". ... No câmbio, por mais um dia, o EURO não conseguiu esquecer a GRÉCIA e o risco de que a crise fiscal envolva outros países europeus. Abaixo de US$ 1,34 no fechamento, a US$ 1,3355, a moeda européia ainda pode ter se ressentido ontem da impressão de que nem hoje nem tão cedo o BCE deve elevar o juro. Por outro lado, a queda parece ter sido limitada pela advertência de BERNANKE, de que a economia dos EUA "ainda está longe de estar fora de perigo". O iene subiu para 93,33/US$, encorajado pela avaliação do BOJ de que a economia do JAPÃO tem "ganhado estímulo". ... Desde cedo, com os temores recorrentes sobre a Grécia, os TREASURIES ganhavam apelo de investidores em busca de segurança. A procura pelos títulos ainda se fortaleceu ao longo do dia, quando foi observada forte demanda no leilão de NOTES de dez anos. "Isto indica a possibilidade de um bom leilão de T-BONDS de 30 anos (US$ 13 bilhões) nesta quinta-feira", disse o estrategista Aaron KOHLI, do RBS SECURITIES. Ao que tudo indica, o interesse nos bônus parece ter muito a ver com o fato de a taxa do papel de dez anos ter chegado a romper esta semana, no intraday, a marca de 4%. Ontem, encerrou o dia projetando 3,866%, contra 3,958% na véspera. Em tempo... ELETRONORTE informou que será divulgado hoje o nome das empresas que vão se juntar ao grupo Eletrobras para participar da disputa por Belo Monte... ... Mesmo após desistência da Odebrecht e Camargo Corrêa, o leilão pode ser disputado por pelo menos mais um consórcio, além do liderado pela ANDRADE GUTIERREZ... ... Conforme apurou a AE com fontes do setor, um segundo grupo, constituído pela OAS, ALUSA e BERTIN, teria sido formado para participar da licitação... ... O presidente da ELETROBRÁS, José Antonio MUNIZ, não descartou a chance de as construtoras Camargo Corrêa e Odebrecht entrarem sozinhas na disputa. PETROBRAS informou, após o fechamento, que a perfuração de mais um poço em TUPI confirma o potencial de óleo leve nos reservatórios do pré-sal daquela área. BRASKEM informou, na noite de ontem, que o aumento de capital da companhia atingirá R$ 3,742 bilhões, 83,2% do total aprovado pela empresa, de R$ 4,5 bilhões. ITAÚ UNIBANCO vai oferecer spread entre 237,5 e 250 pontos-base sobre os Treasuries em seus bônus de dez anos que deverão ser precificados hoje, disse fonte à DJ. AVISO IMPORTANTE. Bom Dia Mercado é um serviço produzido pela Mídia Briefing, em parceria comercial com a Agência Estado, EXCLUSIVAMENTE, para assinantes. O repasse do serviço para terceiros NÃO É PERMITIDO - assim como a sua reprodução ou republicação. Bom Dia Mercado está disponível para ASSINATURAS no Sistema AE Broadcast ou na página da Mídia Briefing na WEB: < http://www.bomdiamercado.com.br>. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 8/Abr/2010 9:28 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 4/5
  5. 5. *com MARIANA CISCATO Aos assinantes do Bom Dia Mercado, Bom Dia e Bons Negócios! Esta coluna é produzida pela Mídia Briefing com propósito exclusivamente informativo. As análises não consistem em recomendações de investimentos financeiros. A Mídia Briefing não se responsabiliza pelos resultados de decisões tomadas com base nesse conteúdo. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 8/Abr/2010 9:28 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 5/5

×