Guiadoaluno

87 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
87
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guiadoaluno

  1. 1. Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED GUIA DO ALUNO LinuxEducacional
  2. 2. 2 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED SUMÁRIO 1 MENSAGEM DE BOAS VINDAS 3 2 ESTRUTURA DO CURSO 4 3 PÚBLICO-ALVO 5 4 OBJETIVOS 5 5 CONTEÚDO E NAVEGAÇÃO 7 6 CURSISTAS ONLINE E OFFLINE 12 7 DICAS DE COMO SE ORGANIZAR PARA O ESTUDO 12
  3. 3. 3 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED Programa Linux Educacional Créditos Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância – SEED Diretoria de Produção de conteúdos e formação em educação a distância Carlos Eduardo Bielschowsky (Secretário de Educação a Distância) Demerval Guildarducci Bruzzi Alexandre Mathias Pedro Cláudio André Coordenação Geral Rosa Maria Vicari Coordenação de Equipe e de Metas Alexandra Lorandi Macedo Marta Rosecler Bez Design de Interface Eliseo Berni Reategui (coordenador) André Barbosa Hernandez Neto Ilustração Jaire Éderson Passos Produção de Conteúdos Alexandra Lorandi Macedo Ana Paula Frozi de Castro e Souza Andréa De Carli Cláudia Zank Jaqueline Maissiat Produção de Atividades e Passatempos Patricia Alejandra Behar (coordenadora) Kétia Kellen Araújo da Silva Letícia Rocha Machado
  4. 4. 4 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED Revisão Bernadete Marcon de Oliveira (ortográfica) Cláudia Zank (conteúdo) Marta Rosecler Bez (conteúdo e interface) Telmo Mylius Júnior (interface) Produção de Vídeos Diretor Alexandre Peres de Pinho Roteiro Alexandra Lorandi Macedo Ana Paula Frozi de Castro e Souza Apresentadora Claudia Xavier Assistente de Direção Carolina Borges de Andrade Supervisão Técnica Felipe Jaino Laval Daniel Operador de Câmera Junior Robson Produtor Luciano Trevisol Finalização e Vinhetas Guilherme Lópes Souza Edição Milena Abreu Chiaranda Patrícia Herkenhoff Pesquisa de Imagens Bárbara Andrade Gabriela Miranda Marques
  5. 5. 5 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED 1. MENSAGEM DE BOAS VINDAS Prezado Cursista, seja bem-vindo ao curso Linux Educacional! Devido à expansão do acesso aos meios de comunicação e informação, como a televisão e o computador, crianças e adolescentes estão cada vez mais habituados a aprender por meio de sons e imagens. Esses processos de aprendizagem, no entanto, também devem fazer parte do contexto escolar, de maneira que as vivências dos alunos nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) sejam aliadas às práticas pedagógicas. O papel do docente é, portanto, de grande relevância nesse processo: ele é atuante e coadjuvante na interação aluno-meio, propondo ações que levem ao questionamento e à reflexão e que possam provocar a criticidade do aluno e desenvolver seu raciocínio, possibilitando, assim, a construção do conhecimento. O professor, nesse contexto que ora se apresenta, deixa de ser a única fonte de informação dos estudantes e passa a ter a oportunidade de tornar-se um mediador entre o conhecimento acadêmico e o aluno. Ao elaborar práticas baseadas em situações contextualizadas com a realidade dos educandos, os professores possibilitam que as aprendizagens se tornem mais significativas para os seus alunos. Aliar as TICs à educação é acreditar que as práticas pedagógicas podem ser enriquecidas e podem despertar a curiosidade, a criatividade e a postura crítica do aluno. O curso Linux Educacional surge, portanto, com a intenção de que o professor, ao fazer uso pedagógico das tecnologias digitais, tenha suas ações otimizadas e valorizadas no contexto escolar. Para tanto, a pesquisa, o planejamento e a prática apoiada por critérios de análise são favorecidos no curso, o qual também oportuniza a socialização e o debate acerca de propostas pedagógicas. Dedicado ao uso do computador e da internet no âmbito escolar, e com fins pedagógicos, o curso foi desenvolvido para que você, professor, possa se tornar um multiplicador. Multiplicador de entusiasmo, de criatividade, de práticas vinculadas às TICs e de uso adequado do laboratório de informática. Essas, entre tantas outras possibilidades, desencadear-se-ão a partir do estudo dos módulos que compõem o curso. Portanto, ao fazer esse curso, você estará contribuindo para a melhoria do seu trabalho e cooperando com toda a comunidade escolar. Que este curso seja um despertar para as inúmeras possibilidades do fazer pedagógico! Bom curso e boas práticas! Equipe Linux Educacional
  6. 6. 6 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED 2. ESTRUTURA DO CURSO O curso é estruturado por módulos, os quais apresentam diferentes temáticas. Dessa maneira, o módulo I apresenta conteúdos introdutórios aos módulos posteriores. Nos módulos II e III são trabalhados assuntos relacionados diretamente aos aplicativos do Linux Educacional. Por fim, nos últimos dois módulos (IV e V) são trabalhados os conteúdos relacionados a diferentes recursos digitais disponíveis na web. A direção dos estudos pode seguir a ordem proposta pelo material (partindo do Módulo I ao Módulo V) ou pode ser decidida pelo cursista, considerando seus conhecimentos prévios. Há um indicativo de 140 horas de duração do curso. Esse tempo foi estimado pela equipe de desenvolvimento e prevê: exploração completa do material, leituras reflexivas, realização de atividades e aplicação de práticas pedagógicas. Abaixo as temáticas trabalhadas em cada módulo: Módulo I - Introdução a Informática 1.1 Inclusão Digital 1.2 Informática na Educação 1.3 Práticas Pedagógicas 1.4 Laboratório de Informática 1.5 Conhecendo o Computador Módulo II - Aplicativos Linux Educacional 2.1 Aplicativos funcionais do Linux educacional 3.0 2.2 Edubar 2.3 Como instalar Módulo III - Aplicativos BrOffice 3.1 Writer (Processador de Texto) 3.2 Calc (Planilha Eletrônica) 3.3 Impress (Apresentação Eletrônica) 3.4 Draw (Desenho Vetorial) 3.5 Match (Fórmula) Módulo IV - Objetos de Aprendizagem 4.1 Compreendendo OAs 4.2 Repositórios 4.3 Práticas Pedagógicas Módulo V - Ferramentas de autoria 5.1 Ferramentas Áudio-Visual 5.2 Ferramentas Colaborativas 5.3 ferramentas de Construção de Atividades
  7. 7. 7 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED 5.4 Ferramentas Diversas 3. PÚBLICO-ALVO Professores da rede pública. 4. OBJETIVOS O curso tem como objetivo principal potencializar a participação do docente no contexto escolar, valorizando sua ação e os momentos de aprendizagem com o apoio das tecnologias digitais. Pretende-se também que o curso favoreça a pesquisa, o planejamento e a prática apoiada por critérios de análise, além de oportunizar a socialização e discussão de propostas pedagógicas entre os participantes. São também objetivos do Curso: a) explorar o Linux Educacional e seus aplicativos, favorecendo o desenvolvimento de projetos inovadores e a ampliação das possibilidades de ensino e aprendizagem com apoio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) a professores e alunos de escolas públicas. b) proporcionar espaços de debate em relação às TICs, refletindo sobre sua utilização em situações de ensino e aprendizagem no contexto escolar e fortalecendo uma cultura de produção e reflexão metodológica sobre o uso da tecnologia digital na educação básica. c) contribuir para o gerenciamento do laboratório de informática, favorecendo o seu uso eficaz para a inclusão digital de alunos, professores e comunidade. Cada módulo possui também objetivos distintos: Módulo I - Introdução a Informática - promover a inclusão digital da comunidade escolar por meio de atividades contextualizadas; - realizar novas práticas pedagógicas que incluam a tecnologia no cotidiano escolar; - refletir sobre o processo de ensino e aprendizagem apoiado pelas TICs, aproveitando as suas possibilidades de interação, colaboração, cooperação e autoria; - dominar diferentes tecnologias para proporcionar aos alunos experiências ricas e criativas com as ferramentas da web;
  8. 8. 8 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED - gerenciar o uso do laboratório de informática, a fim de que se torne um espaço de apoio à prática dos professores. Módulo II - Aplicativos Linux Educacional - conhecer os diferentes aplicativos do sistema operacional Linux Educacional 3.0 e suas funcionalidades; - operar com o Linux Educacional, identificando os principais aplicativos de utilização em funções básicas, como internet, imagens e som; - encontrar e instalar aplicativos conforme necessidade; - integrar o uso de jogos educacionais na prática pedagógica, visando à construção do conhecimento através de simulações e atividades práticas. Módulo III - Aplicativos BrOffice - conhecer os aplicativos do BrOffice e suas finalidades; - incluir os aplicativos nas práticas pedagógicas por meio de atividades desafiadoras que privilegiem a produção do aluno; - refletir e colocar em prática uma ação pedagógica que se utilize de ferramentas offline de maneira integrada e instigante, proporcionando a construção de conhecimento do aluno. - criar novas formas de utilizar os aplicativos, conectando essas atividades aos conteúdos trabalhados em aula. Módulo IV - Objetos de Aprendizagem - buscar e selecionar objetos de aprendizagem em diferentes repositórios; - oportunizar aos alunos o contato com informações em diferentes mídias; - compreender os objetos de aprendizagem como conteúdos que podem enriquecer a prática pedagógica do professor no uso das TICs; - integrar os recursos ao planejamento pedagógico, relacionando os objetos de aprendizagem com os conteúdos estudados em aula.
  9. 9. 9 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED Módulo V - Ferramentas de autoria - conhecer e selecionar diferentes tipos de ferramentas de autoria; - construir projetos pedagógicos que enfoquem a produção do aluno; - criar atividades desafiadoras e interativas ou propor que os alunos as criem; - planejar aulas no laboratório de informática que envolvam os alunos e instigue-os a construir coisas novas.
  10. 10. 10 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED 5. CONTEÚDO E NAVEGAÇÃO O curso Linux educacional foi elaborado com o intuito de contribuir para a construção de práticas pedagógicas com apoio das TICs. Para tanto, os diferentes módulos apresentam conteúdos relacionados a recursos informáticos aplicados à educação. Tais conteúdos são apresentados sob a forma de textos, exemplos, sugestões de práticas pedagógicas e atividades. É, portanto, navegando que se tem a possibilidade de explorar todos os elementos que formam o curso Linux Educacional. Ícones e imagens auxiliam para que essa navegação seja fácil e intuitiva. Além disso, as indicações abaixo também contribuirão para que você explore os conteúdos com facilidade, seguindo tranquilamente pelas páginas. A página inicial (Figura 01) refere-se à tela de boas vindas, que possibilita visualizar e acessar todos os módulos do curso por meio de cliques nos ícones em formato de esferas (A). Observe que os módulos são indicados pelo número e pelo título. O Guia do Aluno (B), ou seja, este material que você está lendo, também está disponível na página inicial. Acesse sempre que precisar! Outros elementos apresentados nessa página são os Créditos, o Glossário, as Referências e o Baixar Versão para Impressão. Os Créditos (C) informam acerca das equipes e instituições envolvidas no desenvolvimento do material do curso. Já o Glossário (D) é um dicionário de termos utilizados na informática educativa. Portanto, sempre que você tiver alguma dúvida sobre palavras, termos e expressões que aparecem nas páginas do curso, consulte o Glossário, que está em formato .PDF e pode ser impresso. Também o item Referências (E) está em formato PDF e traz todos os autores utilizados na elaboração dos textos do curso. Autores e instituições, aliás, nacionais e internacionais, que possibilitaram a construção de um conteúdo atual, rico em informações e bem fundamentado. Ainda nessa página, há o "Baixar versão para impressão (F)", também em formato .PDF, o qual disponibiliza todo o conteúdo do curso para imprimir. Desta forma o aluno também poderá estudar, sem que, para isso, seja necessário utilizar o computador em todos os momentos. Para visualizar os arquivos em formato .PDF é necessário utilizar o Acrobat Reader. Caso ainda não possua esse programa, faça o download gratuito em http://www.adobe.com/br/.
  11. 11. 11 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED Figura 01 - Página Inicial Sempre que você clicar em uma das esferas correspondentes aos módulos, abrirá a página introdutória do Módulo selecionado (Figura 02). Todos eles contêm os mesmos elementos, os quais passam agora a ser descritos. Na parte superior da tela, à esquerda, há o menu de subitens do módulo, (A) ou seja, uma divisão do módulo por temáticas, o que proporciona maior clareza aos conteúdos. Observe que, sempre que você quiser voltar para a página inicial, basta clicar no ícone do Linux Educacional (B), ou seja, no pinguim do cabeçalho, o qual fica à esquerda, no canto superior. Esse retorno também pode ser feito clicando nas palavras "Página Inicial" no indicativo de navegação (C), que fica abaixo do cabeçalho do Linux Educacional e mostra a sua navegação, ou seja, mostra o caminho trilhado desde a página inicial. Todos os módulos possuem um texto introdutório (D), o qual transmite de forma abrangente o conteúdo a ser trabalhado e os objetivos propostos, ou seja, o que o estudo A B C D E F
  12. 12. 12 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED daquele material pode lhe proporcionar. Além dos textos introdutórios, os módulos apresentam também um vídeo (E), o qual faz uma breve apresentação do seu teor. Figura 02 - Página Inicial de módulo Observe que, nas páginas iniciais dos módulos, aparecem novamente os elementos Créditos, Glossário, Referências e Baixar Versão para Impressão. Para aprofundar-se no conteúdo dos módulos, é necessário navegar por suas páginas. Para isso, basta clicar em um de seus subitens a fim de abrir a página de conteúdo. (Figura 03) Cada página de conteúdo refere-se, portanto, a uma temática e possui seu próprio texto(A). É muito importante a leitura desse texto, pois ele trata especificamente do tema que será trabalhado. Observe que todos os textos possuem links, destacados na cor verde e sublinhados, os quais dão acesso a outras informações disponíveis no material ou remetem a páginas da web. Navegue nas ondas das informações disponibilizadas pelos links, pois elas contribuirão para a construção do seu conhecimento. A B C D E
  13. 13. 13 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED Figura 03 - Página de submódulo - conteúdo As páginas de conteúdo possuem elementos em comum, são eles: A B C D E F
  14. 14. 14 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED - Curiosidades (B): informações interessantes e úteis. Entre e confira! - Você já leu? (C): personalidades dos meios acadêmicos nacional e internacional que contribuem de modo expressivo para os estudos acerca da aplicação da informática na educação. - Saiba Mais (D): é um dos espaços mais importantes do curso, pois ele proporciona o enriquecimento da construção do conhecimento ao oferecer materiais que complementam e detalham os conteúdos trabalhados. Nesse local são encontrados textos de sites na internet, artigos científicos, vídeos, exemplos de práticas pedagógicas etc. Por meio do "Saiba Mais", portanto, você aprofunda seus conhecimentos acerca da temática que está sendo trabalhada. - Atividades (E): Que tal exercitar um pouco sobre o que foi visto no módulo?! Nesse espaço há a possibilidade de fazer a aplicação e revisão dos conteúdos trabalhados. - Passatempos (F): atividades lúdicas, ou seja, que agregam diversão aos trabalhos propostos. 6. CURSISTAS ONLINE E OFFLINE O curso Linux Educacional foi desenvolvido para ser aplicado na modalidade à distância. No entanto, além do acesso online, ou seja, conectado à internet, há também a possibilidade de acesso offline, isto é, sem conexão com a internet. Para ter acesso offline ao curso é necessário, porém, ter a mídia eletrônica (CD). O curso online constitui-se em uma mídia digital, a qual é disponibilizada no ambiente E- ProInfo. Tanto a mídia digital quanto a mídia eletrônica englobam todos os conteúdos do curso. As diferenças, basicamente, se restringem ao fato de que o cursista offline não tem acesso, por meios dos links, às páginas da web e o cursista online tem a possibilidade de contar com o auxilio de um tutor, podendo, ainda, participar de atividades em conjunto com os colegas. 7. DICAS DE COMO SE ORGANIZAR PARA O ESTUDO O curso Linux Educacional foi desenvolvido para ser aplicado na modalidade à distância. Essa modalidade exige que o cursista se organize para que o curso tenha aproveitamento total. Para ajudar nessa organização, seguem algumas dicas :
  15. 15. 15 Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância - SEED Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação - CINTED - Autonomia: posicionar-se de forma aberta para a construção de novos conhecimentos, percebendo, ainda, as particularidades do cotidiano. O estudante autônomo tem liberdade e segurança no pensar e agir em direção aos seus processos de aprendizagem. - Metacognição (aprender a aprender): é primordial compreender como se aprende, ou seja, quais os melhores métodos para que aconteça a sua construção de conhecimento. Por exemplo, há pessoas que apreciam mais as atividades práticas, outras preferem leituras. Como é com você? Essa reflexão pode auxiliar no aproveitamento do curso e em outras aprendizagem ao longo da vida. Aprender a aprender é essencial ao aprendiz. - Utilização do tempo: para poder se dedicar ao curso é necessário fazer uma programação. Estabeleça as prioridades do seu dia a dia e reserve um espaço para os estudos. - Motivação: motivar-se é descobrir as razões que levam a alcançar determinados objetivos, mantendo-se uma pessoa disposta e interessada a aprender, a aperfeiçoar as práticas e agregar novos conhecimentos. - Autoavaliação: a autoavaliação constante permite rever as dicas anteriores. Na medida em que há confiança e segurança no processo, é possível avançar nos conteúdos.

×