SlideShare uma empresa Scribd logo

Informática na Educação: Evolução e Tendências

Richard  Reinaldo
Richard  Reinaldo
Richard ReinaldoEducador, Estudante de Pedagogia, Formado como Técnico em Meio Ambiente e Trabalha atualmente com a área de Informática na Educação

GOSTOU? DEIXE SEU COMENTÁRIO OU SUGESTÃO!!!

Informática na Educação: Evolução e Tendências

1 de 44
Baixar para ler offline
Informática na
                                                                                  DSC/ CCT/ UFCG




                                         Educação
                                         E ol ç o e T ê s
                                          v u ã end ncia
{joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                    Profs.: Joseana Macêdo Fechine
                                            José Eustáquio Rangel de Queiroz
                                              {joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br



                                              Carga Horária: 6 horas
Infor áicanaE ç o
                                             mt      duca ã



                                    O que é?
{joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                                          2
Informática na Educação
                                      O que é?
                                   é uma ampla e abrangente abordagem sobre:

                                   ♦ APRENDIZAGEM

                                   ♦ FILOSOFIA DO CONHECIMENTO
{joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                   ♦ DOMÍNIO DAS TÉCNICAS COMPUTACIONAIS

                                   ♦ PRÁTICA PEDAGÓGICA



                                                                               3
Informática na Educação
                                      O que é?
                                   “A utilização de ferramentas que não substituem o
                                             método atual, mas, sim, auxiliam o
                                       desenvolvimento  das atividades educacionais
                                       através do intercâmbio de informações e do
                                       estímulo à consciência crítica, de forma mais
{joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                     ágil, concreta e agradável para o aluno, em que o
                                     conhecimento não é mais unidirecional, somente
                                     do professor, mas vem de várias direções entre
                                                    os próprios alunos.”  
                                                                                         4
Informática na Educação



                                   Educação em Informática
                                             ≠
{joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                   Informática na Educação


                                                             5
Informática na Educação
                                   Educação em Informática

                                           Computador é objeto de estudo.
{joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br




                                                                            6
Anúncio

Recomendados

Treinamento Práticas de Seleção para Líderes
Treinamento Práticas de Seleção para LíderesTreinamento Práticas de Seleção para Líderes
Treinamento Práticas de Seleção para LíderesDeise Tampelini
 
Projecto de vida (9)
Projecto de vida (9)Projecto de vida (9)
Projecto de vida (9)Espaço Emrc
 
Comportamento no Trabalho
Comportamento no TrabalhoComportamento no Trabalho
Comportamento no TrabalhoMaria Lemos
 
Motivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaMotivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaRoselene Rocha
 
Ead Educação a Distância Power Point
Ead Educação a Distância Power PointEad Educação a Distância Power Point
Ead Educação a Distância Power Pointpattyduarte
 
Apresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissionalApresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissionalNosreffej Arierep
 
Planejamento Estratégico Pessoal
Planejamento Estratégico PessoalPlanejamento Estratégico Pessoal
Planejamento Estratégico PessoalMichel Moreira
 
Programas Educacionais do Governo
Programas Educacionais do GovernoProgramas Educacionais do Governo
Programas Educacionais do GovernoProfFernandaBraga
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório crítico. doc
Relatório crítico. docRelatório crítico. doc
Relatório crítico. docMINEDU
 
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSDIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSValdeci Correia
 
Princípios da educação 3 0
Princípios da educação 3 0Princípios da educação 3 0
Princípios da educação 3 0Rafael Parente
 
Educacao A Distancia
Educacao A DistanciaEducacao A Distancia
Educacao A DistanciaAna Claudia
 
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
Alcançar metas  pp.ppt versão jfrAlcançar metas  pp.ppt versão jfr
Alcançar metas pp.ppt versão jfrJaime F. Ribeiro
 
Tudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralTudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralLu Rossetto
 
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01estudosacademicospedag
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Bete Feliciano
 
Carreira e profissões introdução
Carreira e profissões introduçãoCarreira e profissões introdução
Carreira e profissões introduçãoSandra Marques
 
Normas de convivência
Normas de convivênciaNormas de convivência
Normas de convivênciaElisete Nunes
 
Gestão do tempo
Gestão do tempoGestão do tempo
Gestão do tempoLaysa Cunha
 
Slide educação especial
Slide educação especialSlide educação especial
Slide educação especialAndreia Gomes
 
O professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalO professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalGerdian Teixeira
 
Apresentação estágio final
Apresentação estágio finalApresentação estágio final
Apresentação estágio finalfamiliaestagio
 

Mais procurados (20)

Gestao do Tempo
Gestao do TempoGestao do Tempo
Gestao do Tempo
 
FIES
FIESFIES
FIES
 
Relatório crítico. doc
Relatório crítico. docRelatório crítico. doc
Relatório crítico. doc
 
Aula 8 - Perfil profissional
Aula 8 - Perfil profissionalAula 8 - Perfil profissional
Aula 8 - Perfil profissional
 
Empregabilidade
Empregabilidade Empregabilidade
Empregabilidade
 
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSDIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
DIDÁTICA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
 
Princípios da educação 3 0
Princípios da educação 3 0Princípios da educação 3 0
Princípios da educação 3 0
 
Educacao A Distancia
Educacao A DistanciaEducacao A Distancia
Educacao A Distancia
 
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
Alcançar metas  pp.ppt versão jfrAlcançar metas  pp.ppt versão jfr
Alcançar metas pp.ppt versão jfr
 
Tudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integralTudo sobre o programa de ensino integral
Tudo sobre o programa de ensino integral
 
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01Dificuldades de aprendizagem  slides nº 01
Dificuldades de aprendizagem slides nº 01
 
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
Organização do Trabalho Pedagógico - Caderno 1 - Parte 1
 
Carreira e profissões introdução
Carreira e profissões introduçãoCarreira e profissões introdução
Carreira e profissões introdução
 
Normas de convivência
Normas de convivênciaNormas de convivência
Normas de convivência
 
Direitos e deveres do aluno
Direitos e deveres do alunoDireitos e deveres do aluno
Direitos e deveres do aluno
 
Gestão do tempo
Gestão do tempoGestão do tempo
Gestão do tempo
 
Slide educação especial
Slide educação especialSlide educação especial
Slide educação especial
 
O professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalO professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissional
 
Apresentação estágio final
Apresentação estágio finalApresentação estágio final
Apresentação estágio final
 
Teste das Inteligências Múltiplas - Gardner
Teste das Inteligências Múltiplas - GardnerTeste das Inteligências Múltiplas - Gardner
Teste das Inteligências Múltiplas - Gardner
 

Destaque

História da informática educativa no Brasil
História da informática educativa no BrasilHistória da informática educativa no Brasil
História da informática educativa no BrasilMarta Lyrio
 
Linha do tempo da história da informática educativa no brasil
Linha do tempo da história da informática educativa no brasilLinha do tempo da história da informática educativa no brasil
Linha do tempo da história da informática educativa no brasilCarla Restier
 
História da Informática Educativa no Brasil
História da Informática Educativa no BrasilHistória da Informática Educativa no Brasil
História da Informática Educativa no BrasilMarta Lyrio
 
Breve Histórico da Informática na Educação
Breve Histórico da Informática na EducaçãoBreve Histórico da Informática na Educação
Breve Histórico da Informática na Educaçãomichellepotiguara
 
Informática na Educação
Informática na EducaçãoInformática na Educação
Informática na EducaçãoLorena_1
 
Informática Educativa - Histórico e Evolução
Informática Educativa - Histórico e EvoluçãoInformática Educativa - Histórico e Evolução
Informática Educativa - Histórico e EvoluçãoRenata Rios
 
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.Lucirene Matos
 
A história da informática na Educação
A história da informática na EducaçãoA história da informática na Educação
A história da informática na EducaçãoTVSDC
 
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escola
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escolaEvolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escola
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escolaSor Sergio Flores
 
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...Eduardo Araujo Ribeiro
 
Linha do tempo da Informatica
Linha do tempo da InformaticaLinha do tempo da Informatica
Linha do tempo da InformaticaPaulo Natan
 

Destaque (14)

História da informática educativa no Brasil
História da informática educativa no BrasilHistória da informática educativa no Brasil
História da informática educativa no Brasil
 
Linha do tempo da história da informática educativa no brasil
Linha do tempo da história da informática educativa no brasilLinha do tempo da história da informática educativa no brasil
Linha do tempo da história da informática educativa no brasil
 
História da Informática Educativa no Brasil
História da Informática Educativa no BrasilHistória da Informática Educativa no Brasil
História da Informática Educativa no Brasil
 
Breve Histórico da Informática na Educação
Breve Histórico da Informática na EducaçãoBreve Histórico da Informática na Educação
Breve Histórico da Informática na Educação
 
Informática na Educação
Informática na EducaçãoInformática na Educação
Informática na Educação
 
Informática Educativa - Histórico e Evolução
Informática Educativa - Histórico e EvoluçãoInformática Educativa - Histórico e Evolução
Informática Educativa - Histórico e Evolução
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
 
INFOMATICA APLICADA EN LOS NEGOCIOS
INFOMATICA APLICADA EN LOS NEGOCIOSINFOMATICA APLICADA EN LOS NEGOCIOS
INFOMATICA APLICADA EN LOS NEGOCIOS
 
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.
Avaliação do software. Informática Aplicada na Educação Infantil.
 
A história da informática na Educação
A história da informática na EducaçãoA história da informática na Educação
A história da informática na Educação
 
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escola
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escolaEvolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escola
Evolução tecnológica e educação: a invasão das tecnologias na escola
 
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA: MUDANÇAS E POSSÍVEIS CAMINHOS PARA UM NOVO CURRÍCULO D...
 
Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07Evolução histórica da tecnologia educacional   26.07
Evolução histórica da tecnologia educacional 26.07
 
Linha do tempo da Informatica
Linha do tempo da InformaticaLinha do tempo da Informatica
Linha do tempo da Informatica
 

Semelhante a Informática na Educação: Evolução e Tendências

Informática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do PedagogoInformática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do PedagogoDennys Leite Maia
 
Apresentacao final26 07 ok_cecilia
Apresentacao final26 07 ok_ceciliaApresentacao final26 07 ok_cecilia
Apresentacao final26 07 ok_ceciliaintrodutecdigital
 
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professoresInformática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professoresTelEduc
 
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa Aragon
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa AragonSantana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa Aragon
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa AragonCursoTICs
 
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...Dennys Leite Maia
 
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...Dennys Leite Maia
 
Proinfo Integrado Estrutura
Proinfo Integrado   EstruturaProinfo Integrado   Estrutura
Proinfo Integrado Estruturaguest98d751
 
Informática Educativa e Geometria (2011.2)
Informática Educativa e Geometria (2011.2)Informática Educativa e Geometria (2011.2)
Informática Educativa e Geometria (2011.2)Dennys Leite Maia
 
Inclusão Digital
Inclusão DigitalInclusão Digital
Inclusão Digitalmariluci
 
Informática Educativa e Geometria (2011.1)
Informática Educativa e Geometria (2011.1)Informática Educativa e Geometria (2011.1)
Informática Educativa e Geometria (2011.1)Dennys Leite Maia
 
Cartazete ensino da matemática educação infantil
Cartazete ensino da matemática educação infantilCartazete ensino da matemática educação infantil
Cartazete ensino da matemática educação infantilElizabethe Gomes Pinheiro
 
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...Dennys Leite Maia
 
São João do Polêsine - Diana Cervo Cassol
São João do Polêsine - Diana Cervo CassolSão João do Polêsine - Diana Cervo Cassol
São João do Polêsine - Diana Cervo CassolCursoTICs
 
Ricardo gomes de oliveira
Ricardo gomes de oliveiraRicardo gomes de oliveira
Ricardo gomes de oliveiraequipetics
 
Slides do Exame de Qualificação
Slides do Exame de QualificaçãoSlides do Exame de Qualificação
Slides do Exame de QualificaçãoDennys Leite Maia
 
Investigação_areas de interesse_11_12
Investigação_areas de interesse_11_12Investigação_areas de interesse_11_12
Investigação_areas de interesse_11_12Neuza Pedro
 
Tcc nadiane momo_versão final
Tcc nadiane momo_versão finalTcc nadiane momo_versão final
Tcc nadiane momo_versão finalNadiane Momo
 

Semelhante a Informática na Educação: Evolução e Tendências (20)

Informática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do PedagogoInformática Educativa e atuação do Pedagogo
Informática Educativa e atuação do Pedagogo
 
Apresentacao final26 07 ok_cecilia
Apresentacao final26 07 ok_ceciliaApresentacao final26 07 ok_cecilia
Apresentacao final26 07 ok_cecilia
 
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professoresInformática na Educação Especial: cursos a distância para professores
Informática na Educação Especial: cursos a distância para professores
 
Slide bsb g3
Slide bsb   g3Slide bsb   g3
Slide bsb g3
 
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa Aragon
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa AragonSantana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa Aragon
Santana do Livramento - Dionara Teresinha da Rosa Aragon
 
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...
Slides da Palestra na FECLESC - Ensinar Matemática com uso de tecnologias dig...
 
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...
Slides da Palestra na FECLESCH - Ensinar Matemática com uso de tecnologias di...
 
Proinfo Integrado Estrutura
Proinfo Integrado   EstruturaProinfo Integrado   Estrutura
Proinfo Integrado Estrutura
 
Proinfo Integrado Estrutura
Proinfo Integrado   EstruturaProinfo Integrado   Estrutura
Proinfo Integrado Estrutura
 
Informática Educativa e Geometria (2011.2)
Informática Educativa e Geometria (2011.2)Informática Educativa e Geometria (2011.2)
Informática Educativa e Geometria (2011.2)
 
Inclusão Digital
Inclusão DigitalInclusão Digital
Inclusão Digital
 
Informática Educativa e Geometria (2011.1)
Informática Educativa e Geometria (2011.1)Informática Educativa e Geometria (2011.1)
Informática Educativa e Geometria (2011.1)
 
Cartazete ensino da matemática educação infantil
Cartazete ensino da matemática educação infantilCartazete ensino da matemática educação infantil
Cartazete ensino da matemática educação infantil
 
EAD no Brasil
EAD no BrasilEAD no Brasil
EAD no Brasil
 
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...
Slides do CIAEM - Formação de pedagogos, Educação Matemática e tecnologias di...
 
São João do Polêsine - Diana Cervo Cassol
São João do Polêsine - Diana Cervo CassolSão João do Polêsine - Diana Cervo Cassol
São João do Polêsine - Diana Cervo Cassol
 
Ricardo gomes de oliveira
Ricardo gomes de oliveiraRicardo gomes de oliveira
Ricardo gomes de oliveira
 
Slides do Exame de Qualificação
Slides do Exame de QualificaçãoSlides do Exame de Qualificação
Slides do Exame de Qualificação
 
Investigação_areas de interesse_11_12
Investigação_areas de interesse_11_12Investigação_areas de interesse_11_12
Investigação_areas de interesse_11_12
 
Tcc nadiane momo_versão final
Tcc nadiane momo_versão finalTcc nadiane momo_versão final
Tcc nadiane momo_versão final
 

Mais de Richard Reinaldo

Computador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e JogosComputador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e JogosRichard Reinaldo
 
Breve historia dos computadores
Breve historia dos computadoresBreve historia dos computadores
Breve historia dos computadoresRichard Reinaldo
 
Como Estudar Sozinho em Casa
Como Estudar Sozinho em CasaComo Estudar Sozinho em Casa
Como Estudar Sozinho em CasaRichard Reinaldo
 
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...Richard Reinaldo
 
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da EscolaO uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da EscolaRichard Reinaldo
 
O uso do Computador na Educação a Informatica Educativa
O uso do Computador na Educação a Informatica EducativaO uso do Computador na Educação a Informatica Educativa
O uso do Computador na Educação a Informatica EducativaRichard Reinaldo
 
Geração nova na sala de aula
Geração nova na sala de aulaGeração nova na sala de aula
Geração nova na sala de aulaRichard Reinaldo
 
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática Docente
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática DocenteTecnologia e Educação: As Mídias na Prática Docente
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática DocenteRichard Reinaldo
 
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidade
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidadeA Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidade
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidadeRichard Reinaldo
 
Receitas de Massinha de Modelar
Receitas de Massinha de ModelarReceitas de Massinha de Modelar
Receitas de Massinha de ModelarRichard Reinaldo
 
Proposta Curricular de SC Educação e Tecnologia
Proposta Curricular  de SC Educação e TecnologiaProposta Curricular  de SC Educação e Tecnologia
Proposta Curricular de SC Educação e TecnologiaRichard Reinaldo
 
Laptops na Sala de Aula. E agora?
Laptops na Sala de Aula. E agora?Laptops na Sala de Aula. E agora?
Laptops na Sala de Aula. E agora?Richard Reinaldo
 
Nove respostas sobre alfabetização
Nove respostas sobre alfabetizaçãoNove respostas sobre alfabetização
Nove respostas sobre alfabetizaçãoRichard Reinaldo
 
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...Richard Reinaldo
 

Mais de Richard Reinaldo (16)

Computador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e JogosComputador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e Jogos
 
Breve historia dos computadores
Breve historia dos computadoresBreve historia dos computadores
Breve historia dos computadores
 
Facebook para Educadores
Facebook para EducadoresFacebook para Educadores
Facebook para Educadores
 
Como Estudar Sozinho em Casa
Como Estudar Sozinho em CasaComo Estudar Sozinho em Casa
Como Estudar Sozinho em Casa
 
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...
Quais são as melhores ferramentas digitais direcionadas as professor e a educ...
 
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da EscolaO uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
 
O uso do Computador na Educação a Informatica Educativa
O uso do Computador na Educação a Informatica EducativaO uso do Computador na Educação a Informatica Educativa
O uso do Computador na Educação a Informatica Educativa
 
Geração nova na sala de aula
Geração nova na sala de aulaGeração nova na sala de aula
Geração nova na sala de aula
 
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática Docente
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática DocenteTecnologia e Educação: As Mídias na Prática Docente
Tecnologia e Educação: As Mídias na Prática Docente
 
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidade
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidadeA Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidade
A Rotina na Pedagogia da Educação Infantil: Dos binarismos à complexidade
 
Receitas de Massinha de Modelar
Receitas de Massinha de ModelarReceitas de Massinha de Modelar
Receitas de Massinha de Modelar
 
Proposta Curricular de SC Educação e Tecnologia
Proposta Curricular  de SC Educação e TecnologiaProposta Curricular  de SC Educação e Tecnologia
Proposta Curricular de SC Educação e Tecnologia
 
Laptops na Sala de Aula. E agora?
Laptops na Sala de Aula. E agora?Laptops na Sala de Aula. E agora?
Laptops na Sala de Aula. E agora?
 
Literatura, Muito Prazer!
Literatura, Muito Prazer!Literatura, Muito Prazer!
Literatura, Muito Prazer!
 
Nove respostas sobre alfabetização
Nove respostas sobre alfabetizaçãoNove respostas sobre alfabetização
Nove respostas sobre alfabetização
 
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...
O uso dos Computadores e da Internet nas Escolas Públicas de Capitais Brasile...
 

Último

Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfAnaRitaFreitas7
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOColaborar Educacional
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 

Último (20)

Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 

Informática na Educação: Evolução e Tendências

  • 1. Informática na DSC/ CCT/ UFCG Educação E ol ç o e T ê s v u ã end ncia {joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br Profs.: Joseana Macêdo Fechine José Eustáquio Rangel de Queiroz {joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br Carga Horária: 6 horas
  • 2. Infor áicanaE ç o mt duca ã O que é? {joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br 2
  • 3. Informática na Educação  O que é? é uma ampla e abrangente abordagem sobre: ♦ APRENDIZAGEM ♦ FILOSOFIA DO CONHECIMENTO {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ DOMÍNIO DAS TÉCNICAS COMPUTACIONAIS ♦ PRÁTICA PEDAGÓGICA 3
  • 4. Informática na Educação  O que é? “A utilização de ferramentas que não substituem o método atual, mas, sim, auxiliam o desenvolvimento  das atividades educacionais através do intercâmbio de informações e do estímulo à consciência crítica, de forma mais {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ágil, concreta e agradável para o aluno, em que o conhecimento não é mais unidirecional, somente do professor, mas vem de várias direções entre os próprios alunos.”   4
  • 5. Informática na Educação Educação em Informática ≠ {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Informática na Educação 5
  • 6. Informática na Educação Educação em Informática Computador é objeto de estudo. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br 6
  • 7. Informática na Educação Informática na Educação Não significa aprender sobre computadores. Significa aprender com o apoio do computador. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Saber explorar as potencialidades do computador e saber criar ambientes que enfatizem a aprendizagem. 7
  • 8. Informática na Educação  Questionamentos Mecanização da criança {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Indivíduos desumanos e robóticos. 8
  • 9. Informática na Educação  Questionamentos Desumanização da educação {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Professor será substituído pelo computador. 9
  • 10. Informática na Educação  Questionamentos ...Se o professor se colocar na posição de somente transmitir informação para o aluno ... {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Sim!! Será substituído ... ... por outro professor 10
  • 11. Informática na Educação  Por que Informática na Educação? “Desenvolver o raciocínio” ou possibilitar situações que propiciem a resolução de problemas. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Enriquecer e favorecer o processo de aprendizagem. 11
  • 12. Informática na Educação Informática na Educação Formação do professor {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Proposta metodológica 12
  • 13. Informática na Educação O Início Máquina de ensinar Versão computadorizada dos métodos tradicionais de ensino. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br O computador era visto como recurso auxiliar do professor no ensino e na avaliação. 13
  • 14. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil - 1981- ♦ I Seminário Nacional de Informática na Educação, na Universidade de Brasília patrocinado, em conjunto, pela SEI (Secretaria Especial de Informática), MEC e CNPq. ♦ Temas principais: – Implicações sociais, econômicas e políticas da utilização {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br do computador no processo educacional em países em desenvolvimento. – Integração do computador no processo ensino- aprendizagem. – Vantagens, limitações e viabilidade do uso do computador no processo ensino-aprendizagem dentro do contexto da educação brasileira. 14
  • 15. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil - 1982- ♦ II Seminário Nacional de Informática na Educação. Universidade Federal da Bahia, também patrocinado pelo MEC, SEI e CNPq. ♦ Tema central: O Impacto do Computador no Processo Educacional Brasileiro à Nível de 2º grau. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ Estratégias de usos de computadores na Educação: – Educação com computadores – Educação sobre computadores – Incorporação de conceitos e métodos da computação nas diversas disciplinas do currículo convencional 15
  • 16. Informática na Educação Educação com computadores ♦ O uso de sistemas computacionais – apoio ao ensino nas diversas áreas do conhecimento. – meio de fornecer ao educador um conjunto de ferramentas de software para permitir a programação de cursos ministrados com a assistência do professor. – um sistema para atuar na linha da psicologia do {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br desenvolvimento do conhecimento, proporcionando uma linguagem ao nível do aluno, com o objetivo de desenvolver o pensamento lógico abstrato na direção de atividades concretas e criativas. 16
  • 17. Informática na Educação Educação sobre computadores ♦ O ensino da organização de sistemas de computação (hardware e software): aplicação e sua programação mais usuais, visando a formação profissionalizante para a Tecnologia de Informática. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br 17
  • 18. Informática na Educação Incorporação ♦ Incorporação de conceitos e métodos da computação nas diversas disciplinas do currículo convencional, envolvendo a modificação de currículos e de material didático (i.e. livros escolares) com a inclusão de um {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br estudo sobre computadores e sua utilização. 18
  • 19. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil – 1983, 1984- ♦ Comissão Especial de Informática na Educação da SEI – Projeto EDUCOM - primeiro projeto oficial de {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Informática na Educação (1983) – vários projetos EDUCOM (1984) 19
  • 20. Informática na Educação EDUCOM ♦ Sensibilizar e capacitar professores de 1º Grau, interessados em uma melhor prática pedagógica através do uso de computadores. ♦ Facilitar a divulgação de pesquisas e trabalhos realizados junto às comunidades de ensino de 2º e 3º Graus, permitindo uma avaliação adequada do uso do computador nesta área. ♦ Divulgar técnicas e softwares educacionais necessários ao desenvolvimento de programas de ensino com e sobre o uso {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br de computadores para escolas, universidades e empresas interessadas. ♦ Organizar a integração de equipes multidisciplinares, especialistas e órgãos interessados no uso do computador para uma melhoria do ensino. 20
  • 21. Informática na Educação A Influência do LOGO Projeto Logo – UNICAMP Laboratório de Estudos Cognitivos (LEC) da UFRGS {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br uso generalizado e quase exclusivo da Linguagem Logo, na maioria das escolas brasileiras que passaram a adotar os computadores, por quase uma década. 21
  • 22. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil – Década de 90- ♦ I Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (I SBIE) - novembro de 1990, no Rio de Janeiro, organizado pela COPPE/ Sistemas/ UFRJ e pelo Departamento de Educação da PUC-Rio, tendo o apoio da IBM Brasil. ♦ II SBIE - novembro de 1991, organizado pelo Instituto de {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Informática da UFRGS, com o apoio da IBM Brasil, CNPq e FAPERGS. ♦ III SBIE, realizado dentro do XII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), no Instituto Militar de Engenharia, no Rio de Janeiro. 22
  • 23. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil – Década de 90- ♦ Inovações - Introdução do uso da Multimídia, de Redes e do Trabalho Cooperativo na Educação. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br 23
  • 24. Informática na Educação Evolução histórica do uso da Informática na Educação no Brasil – Cenário Atual- ♦ Poucas controvérsias quanto à necessidade do uso dos computadores em sala de aula. ♦ Percepção dos educadores - o processo de informatização da sociedade brasileira é irreversível e {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br que se a escola também não se informatizar, correrá o risco de não ser mais compreendida pelas novas gerações. 24
  • 25. Informática na Educação Quais os paradigmas que poderiam integrar a Informática à Educação? {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br 25
  • 26. Informática na Educação Novos Paradigmas ♦ Software Educativo. ♦ Redes: O Professor conversando com o Mundo. ♦ Tendências e Mudanças na Sociedade e a Informática Educacional. ♦ Multimídia Educacional Hoje...Realidade Virtual Amanhã. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ A Escola Pública na Era da Multimídia: O Direito de Acesso das Crianças às Linguagens do Mundo Moderno ♦ Educação à Distância e Auto-Formação ♦ Novas Tecnologias apoiando a Educação Formal e a Construção do Conhecimento 26
  • 27. Informática na Educação  Forma de utilização do computador? objetivos educacionais {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Algumas formas de utilização são mais adaptadas a certos objetivos, outras se prestam melhor a outros 27
  • 28. Informática na Educação Como utilizar o computador? {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br 28
  • 29. Informática na Educação ♦ Computador como Ferramenta de Trabalho e de Ensino ♦ Alternativas do Uso do Computador no Processo Ensino-Aprendizagem {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ Teorias da Aprendizagem, Metodologias e Didática no Uso de Computadores. 29
  • 30. Informática na Educação Ferramenta de apoio {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Aprendizagem Ensino Utilização de ambientes/software Modelagem/construção 30
  • 31. Informática na Educação Exemplos de Aplicações ♦ Editores de Texto ♦ Jogos ♦ Editores Gráficos ♦ Enciclopédias Eletrônicas {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ Sistemas de Autoria ♦ Linguagens de Programação 31
  • 32. Informática na Educação Exemplos de uso básico da Informática como ferramenta de trabalho do professor ♦ “...A professora passou a fazer planos de aula, provas e testes, fichas de avaliação no Editor de Texto, cálculo das médias bimestrais na Planilha Eletrônica e criou um Banco de Dados particular sobre seus alunos, usando o {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br computador como uma ferramenta facilitadora de seu trabalho.” 32
  • 33. Informática na Educação Exemplos de uso básico da Informática como ferramenta de trabalho do professor ♦ Preparo de Material Instrucional/Institucional – Desenvolver, com mais calma, material educacional, provas, testes e softwares da escola, deixando mais espaço de trabalho para aqueles que não têm computadores em casa." {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ Uso Acadêmico/Pesquisa/Avaliação de Softwares – "Ferramenta de trabalho para o meu curso de Mestrado, na minha pesquisa e na avaliação e produção de softwares educacionais." 33
  • 34. Informática na Educação Exemplos de uso básico da Informática como ferramenta de trabalho do professor ♦ Lazer ♦ Diversão, alguns trabalhos particulares e jogos ♦ Uso/Estudo Particular/Individual – "Expontaneamente, para ampliar meus {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br conhecimentos e conhecer um pouco de programação, ensinada, particularmente pelo irmão." ♦ Uso Profissional – "Atendo, em casa, crianças com dificuldades de aprendizagem." 34
  • 35. Informática na Educação Dificuldades ♦ As mesmas de tudo que é novo e destrói velhos conceitos. ♦ Preços, altos custos e investimentos não só nas máquinas, periféricos e redes mas, também, na {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br formação do corpo docente. 35
  • 36. Informática na Educação Cenário Atual- Dificuldades ♦ Conscientização da necessidade de se unirem os esforços em equipes interdisciplinares para se diminuir a distância - Educação e Informática - para que os educadores não percam mais ainda o seu espaço, já tão {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br invadido, bem como seu poder de decisão sobre processos e assuntos dentro da escola brasileira. 36
  • 37. Informática na Educação ♦ A introdução da Informática na Educação, exige uma formação bastante ampla e profunda do professor. Não se trata de criar condições para o professor {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br dominar o computador ou o software, mas sim auxiliá-lo a desenvolver conhecimento sobre o próprio conteúdo e sobre como o computador pode ser integrado neste. 37
  • 38. Informática na Educação Mudança do Paradigma da Educação ♦ Escola Moderna – centrada no aluno – orientada à comunidade – enfatizando a colaboração e a comunicação {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ O modo de atuação no ambiente de trabalho requer colaboração e trabalho em equipe. 38
  • 39. Informática na Educação O Papel da Informática na Educação ♦ Evitar a mera replicação de situações tradicionais de ensino aprendizagem ♦ Novas abordagens ♦ Novos paradigmas educacionais {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br ♦ Tecnologias de redes para prover suporte 39
  • 40. Informática na Educação O papel do computador é o de auxiliar a provocar mudanças pedagógicas profundas ao invés de “automatizar o ensino” ou somente preparar o aluno para ser capaz de trabalhar com o computador. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br O professor deverá aprender a explorar as potencialidades do computador e saber criar ambientes que enfatizem a aprendizagem. 40
  • 41. Informática na Educação O problema que se apresenta para a maioria dos professores, que durante o curso de formação não teve nenhuma experiência com computador e tampouco o utiliza nas atividades que desenvolve, é, portanto, entender como o {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br computador pode ser útil na sua vida e saber orientar-se na escolha responsável de seu uso. 41
  • 42. Informática na Educação Atualidade Novas modalidades de uso do computador na educação apontaram para novas direções ... ... não como “máquina de ensinar” mas como uma ferramenta educacional, de apoio, aperfeiçoamento e, possível, mudança na qualidade do ensino {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Aprendizagens por descoberta Computador como ferramenta 42
  • 43. Informática na Educação Açoes do Governo ♦ PROINFO - Programa Nacional de Informática na Educação – Visa à introdução das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação na escola pública como ferramenta de apoio ao processo ensino-aprendizagem. – Iniciativa do Ministério da Educação/Secretaria de {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br Educação a Distância - desenvolvido em parceria com os governos estaduais e alguns municipais. – Cada unidade da federação possui uma Comissão Estadual de Informática na Educação. Papel principal: introduzir as novas tecnologias de informação e comunicação nas escolas públicas de ensino médio e fundamental. 43
  • 44. Informática na Educação ... Esta questão já está decidida e não é somente pelo MEC ... ... Mas sim pelo processo histórico que é irreversível. {joseana,rangel}@dsc.ufcg.edu.br À medida em que se consegue unir Educação e Informática, supera-se preconceitos/pré- conceitos. 44

Notas do Editor

  1. Se todos chegamos aonde estamos graças às boas e velhas cartilhas do Ivo viu a uva, por que precisamos agora dos computadores?
  2. O computador deve ser utilizado, não como máquina para ensinar, mas como ferramenta pedagógica para criar um ambiente interativo, que proporcione ao aprendiz, diante de uma situação problema, investigar, levantar hipóteses, testá-las, e refinar suas idéias iniciais, construindo, assim, seu próprio conhecimento
  3. O computador está aí, cada vez mais presente fora da escola. A escola pode até fechar os olhos para ele, mas estará deixando de lado aspectos significativos da realidade extra-escolar e de toda a sociedade. O que se precisa discutir é como incorporá-lo ao processo educacional.