Liberopinion: uma Plataforma para Eleições 2.0

1.129 visualizações

Publicada em

Liberopinion: uma Plataforma para Eleições 2.0
Artur Afonso Sousa, ESTGV
ajas@di.estv.ipv.pt
Luis Borges Gouveia, UFP
lmbg@ufp.edu.pt

CISTI, 16 de Junho
Santiago de Compostela, Espanha

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.129
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Liberopinion: uma Plataforma para Eleições 2.0

  1. 1. Artur Afonso Sousa ESTGV ajas@di.estv.ipv.pt Luís Borges Gouveia UFP lmbg@ufp.edu.pt www.liberopinion.pt Liberopinion: uma Plataforma para Eleições 2.0
  2. 2. Interacção tradicional durante a campanha Debates TV TV clips Sitios web de campanha Facebook, twitter Emails, telefone Emails, telefone Blogs Facebook, twitter, Sitios web de campanha candidatos Cidadãos Cidadãos candidatos
  3. 3. • Debate Obama V Mccain 2008: - 6 milhões de mensagens enviadas aos candidatos antes do debate - 25000 registadas questões no sítio Web oficial fonte: NBC • 74 % dos americanos utilizadores de Internet estiveram online durante as últimas eleições presidenciais para participar, obter notícias e informação acerca da campanha eleitoral. Isto representa 55% da população adulta americana. fonte: “The Internet's Role in Campaign 2008”. Pew Research Center’s Internet & American Life Project Report, April 2009 Ponto de viragem– envolvimento dos cidadãos
  4. 4. Objectivo Melhorar a interacção entre candidatos e cidadãos durante o período eleitoral. cidadãoscandidatos  abordagem centrada nos cidadãos e nos candidatos  reunir num único local os intervenientes de uma eleição  comunicação em rede estruturada e multidireccional  deliberação baseada em perguntas, sugestões, respostas e programas eleitorais
  5. 5. Perguntas & Respostas Sugestões & Comentários Programas eleitorais Liberopinion – Eleições 2.0
  6. 6. Interface
  7. 7. Interface
  8. 8. Interface
  9. 9. Interface
  10. 10. Interface
  11. 11. Interface
  12. 12. Interface
  13. 13. Interface
  14. 14. Interface – submeter uma questão
  15. 15. Interface – submeter uma questão
  16. 16. Interface – submeter uma questão
  17. 17. Interface – submeter uma questão
  18. 18. Interface – submeter uma questão
  19. 19. Interface – submeter uma questão
  20. 20. Interface – respostas
  21. 21. Interface – respostas
  22. 22. Interface – respostas
  23. 23. Interface – respostas
  24. 24. Sumário – Como interagem os cidadãos? Os cidadãos podem:  formular questões e sugestões  votar em questões e sugestões de outros cidadãos  votar programas eleitorais  comentar (em torno de questões, sugestões, respostas e PE)  publicar questões e sugestões nas redes sociais facebook e twitter
  25. 25. Os candidatos podem:  responder a questões e comentar sugestões  publicar o seu programa eleitoral  debater com outros candidatos  debater com cidadãos Sumário – Como interagem os candidatos?
  26. 26.  duas versões (beta). Uma para as legislativas e outra para as autárquicas  3000 visitantes distintos e 380 utilizadores registados  eleições legislativas: 118 questões, 43 sugestões, 1 candidato activo  eleições autárquicas - Viseu: 2 candidatos activos responderam a grande parte das questões colocadas (97% de um total de 33 questões) As eleições portuguesas de 2009
  27. 27. Liberopinion em tempo real - candidatos a deputados numa blogconf
  28. 28. Conclusões  Os partidos têm vindo a fazer grandes investimentos em ferramentas de comunicação baseadas na Web para fins eleitorais  Acreditamos que as ferramentas baseadas na Internet de suporte a iniciativas de democracia digital irão tornar-se fundamentais.  O desenvolvimento deste tipo de ferramentas ainda está num estado embrionário  Os cidadãos, utilizadores de Internet, passam também a ser maiores produtores de informação, além do seu tradicional papel de consumidores.
  29. 29. Trabalho futuro  Suporte para gestão de Workflow entre assessores e candidatos  Implementação de funcionalidades características das redes sociais  Melhorar a prevenção de duplicação de questões e sugestões.
  30. 30. Obrigad www.liberopinion.pt

×