Folhas deOUTONO    Confesso que aquela idéia deviajar até a Irlanda foi tomada pelo calordo momento, mas eu não podia espe...
Folhas deOUTONO    _Não, de maneira alguma – Digo– Se buscarmos por reforços da policiafederal nós não poderíamos fazer na...
Folhas deOUTONO   _Pretende viajar querida? –Questiona Bryan         _Sim, irei fazer uma breveviagem na Austrália – Minto...
Folhas deOUTONO    _Claro – Respondo – Pronto,terminei, agora falta apenas esperar onascer do sol – Digo, animada. Deito e...
Folhas deOUTONO   _A noite foi meio desagradável, aansiedade da viagem me tomou o sono         _Nunca havia visto uma pess...
Folhas deOUTONO    _Tem Razão – Levanto-me dacama, apronto-me rapidamente e sigo atémeu carro. Realmente o transito estava...
Folhas deOUTONO    _Seja otimista, lembre-se, iremosacabar com o pesadelo de milhares defamílias que tiveram parentes traf...
Folhas deOUTONO    _Temos que encontrar abrigo,vamos até um hotel e lá pensamos emque fazer – Digo. O dia passa e a noitec...
Folhas deOUTONO   _Qual será nosso próximopasso, já estamos na Irlanda e não temosnenhuma pista que nos leve até este tald...
Folhas deOUTONO    _Tem razão, antes eu queria sódar uma olhada no depoimento daquelasenhora, mãe daqueles meninosenganado...
Folhas deOUTONO    _Olhe isso Miguel – Eleprontamente segue em minha direção –Olhe este trecho do depoimento: “Meusfilhos ...
Folhas deOUTONO    _E o que tem haver esta parte dodocumento? – Questiona Miguel          _Como não pude perceber isto?Qua...
Folhas deOUTONO   _Tem razão, ainda não temoscerteza, certeza a qual só teremosquando prendemos e interrogarmosMackenzie  ...
Folhas deOUTONO    _E o que você constata? –Questiona Miguel          _Eu fui traficada da mesmaforma, fui transportada po...
Folhas deOUTONO   _E também procurarmos porpraias desertas no litoral da Irlanda, ondesempre atraque um navio extremamente...
©2013 Portal Machado de
Cap 16
Cap 16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cap 16

95 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
95
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cap 16

  1. 1. Folhas deOUTONO Confesso que aquela idéia deviajar até a Irlanda foi tomada pelo calordo momento, mas eu não podia esperarnem um segundo a mais para reencontrarSean e acabar com o assassino de minhamãe _Você tem certeza disto? –Questiona Miguel – Pelo que você disse,essa quadrilha é muito perigosa, não achaque devíamos buscar por reforços dapolicia federal?
  2. 2. Folhas deOUTONO _Não, de maneira alguma – Digo– Se buscarmos por reforços da policiafederal nós não poderíamos fazer nada,seria uma burocracia terrível e comcerteza perderíamos o controle dasituação – Concluo – O próximo vôo paraa Irlanda sai amanhã de manhã, às setehoras nos encontramos no aeroporto –Miguel então responde com o movimentoda cabeça, indicando que faria o que euhavia dito. O dia passa tranquilamente, anoite chega e eu estou a preparar minhasmalas
  3. 3. Folhas deOUTONO _Pretende viajar querida? –Questiona Bryan _Sim, irei fazer uma breveviagem na Austrália – Minto, pois sabiaque não podia revelar o verdadeiro motivode minha viagem, Bryan nunca entenderiaos meus sentimentos e com certeza iriatentar me impedir de cumprir minhamissão _Mande uns cartões postais,nunca consegui conhecer a Oceania – Dizele animado
  4. 4. Folhas deOUTONO _Claro – Respondo – Pronto,terminei, agora falta apenas esperar onascer do sol – Digo, animada. Deito emminha cama, a ansiedade me impede dedormir, confesso que estava animada porter a chance de reencontrar Sean, mastinha em mente que devia agir com friezapara poder acabar com o esquema deTráfico humano. Levemente meus olhosse fecham e logo adormeço. _Querida, acorde – Diz Bryan,despertando-me de meu pequeno cochilo– Não conseguiu dormir direito? – Diz ele,como se pudesse ler meus pensamentos
  5. 5. Folhas deOUTONO _A noite foi meio desagradável, aansiedade da viagem me tomou o sono _Nunca havia visto uma pessoatão animada com uma viagem – Brincaele _Pois é – Digo _Já coloquei suas malas nocarro, agora você precisa levantar, a quehoras sai este vôo? – Pergunta _As oito – Digo _Então vá, já são seis horas damanhã e com este transito terrível...
  6. 6. Folhas deOUTONO _Tem Razão – Levanto-me dacama, apronto-me rapidamente e sigo atémeu carro. Realmente o transito estavahorrível, em cerca de uma hora chego aoaeroporto, vou logo comprar minhapassagens para a Irlanda, então encontroMiguel na bilheteria _Esta preparado? – Questiono _Mesmo achando que isto é umaloucura, estou sim – Responde
  7. 7. Folhas deOUTONO _Seja otimista, lembre-se, iremosacabar com o pesadelo de milhares defamílias que tiveram parentes traficados,vamos, nosso vôo esta para decolar.Confesso que a viagem fora nadatranqüila, novamente a ansiedade metirava à paz. As horas passam e logochegamos até a Irlanda _Pra onde iremos agora? –Questiona Miguel
  8. 8. Folhas deOUTONO _Temos que encontrar abrigo,vamos até um hotel e lá pensamos emque fazer – Digo. O dia passa e a noitechega vagarosamente enquanto eu eMiguel alugávamos um quarto em ummotel a beira da estrada _Realmente este não deve ser omelhor lugar que passei a noite – BrincaMiguel _Eu já passei em um lugar bempior, você não deve imaginar como é viveracorrentado em uma senzala – Respondo
  9. 9. Folhas deOUTONO _Qual será nosso próximopasso, já estamos na Irlanda e não temosnenhuma pista que nos leve até este talde Mackenzie – Constata Miguel _Você esta certo, realmenteestamos de mãos atadas – Digo _Deixe para lá, esta tarde,vamos descansar e amanhã pensamos deonde devemos começar – Diz Miguel
  10. 10. Folhas deOUTONO _Tem razão, antes eu queria sódar uma olhada no depoimento daquelasenhora, mãe daqueles meninosenganados _Esta em uma pasta, dentro deminha mala – Diz ele, prontamente pego atal pasta e começo a ler o depoimentodaquela mãe, a procura de pistas, entãoum pequeno trecho me chama a atenção
  11. 11. Folhas deOUTONO _Olhe isso Miguel – Eleprontamente segue em minha direção –Olhe este trecho do depoimento: “Meusfilhos trabalhavam no interior, na fazendade café de um velho coronel nazista” eeste outro: “Eles então receberam oconvite por parte deste coronel, para iremtrabalhar na Europa, mas não especificoubem aonde”
  12. 12. Folhas deOUTONO _E o que tem haver esta parte dodocumento? – Questiona Miguel _Como não pude perceber isto?Quando era criança eu tambémtrabalhava na fazenda deste mesmocoronel – Constato _Então quer dizer... _Que este homem é o chefe dotráfico de pessoas! – Concluo _Meu Deus! – Miguel sesurpreende – Mas isto é apenas umasuposição
  13. 13. Folhas deOUTONO _Tem razão, ainda não temoscerteza, certeza a qual só teremosquando prendemos e interrogarmosMackenzie _Mas como poderíamosencontrar este homem? – QuestionaMiguel _Não sei... – Digo ainda lendo odepoimento – Espere! – Digo, mesurpreendendo com outro trecho do texto _O que há Rachel? _Olhe este outro trecho “elesentão embarcaram em um precário navioque estava atracado na cidade de LitlleVillage”
  14. 14. Folhas deOUTONO _E o que você constata? –Questiona Miguel _Eu fui traficada da mesmaforma, fui transportada por um navio queestava atracado em Litlle Village, que eracomandado por um homem chamadoRiam, o navio então atracou em umapraia deserta _Então se seguirmos por umalinha lógica, é só procurarmos por ummarinheiro franzino chamado Riam –Constata Miguel
  15. 15. Folhas deOUTONO _E também procurarmos porpraias desertas no litoral da Irlanda, ondesempre atraque um navio extremamenteprecário, cujo qual o proprietário sechame Riam e apresente ascaracterísticas presentes em minhamemória – Digo animada - meu Deus, nãoconsigo acreditar que esta tudo dandocerto Miguel, tudo! – Comemoro,abraçando Miguel, este então me beija,espanto-me com o ato e então bofeteioseu rosto com uma ação reflexivainvoluntária, então o silêncio toma contado quarto e ambos se olham perplexos eespantados com o ocorrido.
  16. 16. ©2013 Portal Machado de

×