G 2 em (2007)

289 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

G 2 em (2007)

  1. 1. Uruana, ________ de ___________________ de 2007. Professor(a):__________________________________ Aluno(a):_____________________________________ Valor: 30 Avaliação de Geografia PII – 1º Bimestre – 2ª série EM* Permitida a formação de duplas:1. Leia o texto, analise e responda: RACISMO: ESTA LUTA É DE TODOS Kabengele Mumanga, entrevistado por Beth CaloAntropólogo fala da discriminação das crianças negras nas escolas e convida a sociedade a rever seusvalores para construir um país mais justo e mais rico.Raça Brasil – Como o senhor avalia a situação da criança negra, hoje, no país?Kabengele Munanga – O racismo no Brasil mantém os negros em péssimas condiçõessocioeconômicas e dificulta seu acesso à educação de boa qualidade e ao mercado de trabalho, entreoutros prejuízos. A conseqüência disso é que as crianças, já maltratadas pelo baixo poder aquisitivodos pais, também sofrem ao entrar para o ensino público. O sistema foi construído com base narealidade da minoria abastecida, ou seja, da classe média brasileiro. Assim, além de serem excluídasdas escolas particulares, não recebem nas unidades públicas tratamento adequado ao seudesenvolvimento intelectual e emocional.Raça – Até na escola ela sofre desvantagem?Kabengele – Sem dúvida. Todos os preconceitos e discriminações que permeiam a sociedadebrasileira são encontrados na escola, cujo papel deve ser o de preparar futuros cidadãos para adiversidade, lutando contra todo o tipo de preconceito. Mas, na prática, ela acaba é reforçando oracismo.(…)Raça – As crianças negras não conhecem sua própria história…Kabengele – Exatamente. E isso aprofunda sua alienação. Ela abre os livros, lê a história de outrospovos e não vê a sua. Ou seja, fica sem passado. Os outros povos estão lá: os portugueses, italianos,japoneses A dedução natural dessa criança, ainda que inconsciente, é: não sou parte da história,portanto não pertenço à humanidade.Raça – Isso dificulta a construção de uma identidade nacional?Kabengele – Claro. A diversidade é uma riqueza e não deveria criar problemas. Não podemosconstruir a identidade brasileira a partir de uma única cultura, considerada superior, que é aocidental. A criança precisa aprender na escola como os portugueses, os japoneses, os negroscontribuíram para o desenvolvimento do país. E que nenhuma dessas contribuições é melhor do quea outra.(…)Raça – Racismo na escola, na mídia, nas ruas… A família acaba sendo, o único porto seguro dacriança negra?Kabengele – O papel dos pais é fundamental nesse processo todo, embora nem sempre eles consigamassumir os comportamentos adequados. Alguns negros se identificam tão profundamente com aimagem negativa de inferioridade que passam isso para os filhos. Os pais que dizem à criança quesomos todos iguais somos filhos de Deus, também não ajudam a enfrentar a realidade. Ela vaiencontrar obstáculos, discriminação, sem estar preparada para isso. Deveriam ensiná-la a lutar pelosseus direitos, não a baixar a cabeça. Um dos papéis fundamentais dos pais é o de reforçar a auto-estima da criança. Ela precisa se gostar, saber que tem apoio e que pode derrubar muitas barreiras,sim. Ainda que seja difícil. RAÇA, Brasil. Uol.
  2. 2. a) Explique a função e a atuação contraditória da Escola, referente à questão do racismo noBrasil:_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________b) A diversidade cultural é um fator positivo ou negativo para o nosso país? Explique:____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________c) O racismo faz parte da herança histórica que recebemos do período colonial. Como aescola, a mídia e a sociedade em geral podem contribuir para o racismo?_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________2. Sobre PEA e PEI:a) O que significam essas siglas?______________________________________________________________________________________________________________________________________________________b) Quem faz parte da PEA e da PEI?____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________c) Segundo o censo 2000, qual a porcentagem da PEA no Brasil?___________________________________________________________________________3. Assinale as questões com “D” se for países Desenvolvidos e “S” se for Subdesenvolvidos:( ) A PEA é baixa, em torno de 35%, porque predomina a população jovem.( ) A participação feminina exercendo altos cargos e tomando decisões ocorre com maiorintensidade.( ) Devido aos costumes, preconceitos ou preceitos religiosos, a mulher ainda é consideradaapenas dona de cãs, submissa ao marido.( ) A maior parte da PEA está concentrada no setor primário.( ) Os setores Terciários e Secundários absorvem maior parte da PEA.
  3. 3. 4. Responda de acordo com o enunciado:4.1. (Enem – 1998) Depois de estudar as migrações no Brasil, você lê o seguinte texto:O Brasil, por suas características de crescimento econômico, e apesar da crise e do retrocesso dasúltimas décadas, é classificado como um país moderno. Tal conceito pode ser, na verdadequestionado se levarmos em conta os indicadores sociais: o grande número de desempregados, oíndice de analfabetismo, o déficit de moradia, o sucateamento da saúde, enfim, a avalanche debrasileiros envolvidos e tragados num processo de repetidas migrações (…).Analisando os indicadores citados no texto, você pode afirmar que:a) O grande número de desempregados no Brasil está exclusivamente ligado ao grande aumento dapopulação.b) existe uma “exclusão social” que é resultado da grande concorrência entre a mão-de-obraqualificada.c) o déficit da moradia está intimamente ligado à falta de espaços nas sociedades grandes.d) os trabalhadores brasileiros não-qualificados engrossam as fileiras dos “excluídos”.e) por conta do crescimento à categoria de mão-de-obra qualificada.4.2. (Enem-2000) Em 1999, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento elaborou o“Relatório do Desenvolvimento Humano”, do qual foi extraído o trecho abaixo.Nos últimos anos da década de 90, o quinto da população mundial que vive nos países de renda maiselevada tinha: 86% do PIB mundial, enquanto o quinto de menor renda, apenas 1%; 82% das exportações mundiais, enquanto o quinto de menor renda, apenas 1%; 74% das linhas telefônicas mundiais, enquanto o quinto de menor renda, apenas 1,5%; 93,3% das conexões com a Internet, enquanto o quinto de menor renda, apenas 0,2%; A distância da renda do quinto da população mundial que vive nos países mais pobres – que era de 30 para 1, em 1960 – passou para 60 para 1, em 19990, e chegou a 74 para 1, em 1997.De acordo com esse trecho do relatório, o cenário do desenvolvimento humano mundial, nas últimasdécadas, foi caracterizado pela:a) diminuição da disparidade entre as nações.b) diminuição da marginalização de países pobres;c) inclusão progressiva de países no sistema produtivo;d) crescente concentração de renda, recursos e riqueza;e) distribuição eqüitativa dos resultados das inovações tecnológicas.4.3. (PUC-RJ) Ocorrem hoje mudança na legislação e na distribuição setorial e espacial do trabalho.Qual das afirmativas é falsa com relação às tendências do mercado de trabalho no Brasil?a) redução do número de pessoas ocupadas no mercado informal de trabalho;b) adoção da “demissão temporária” e da “demissão voluntária”;c) transferência de postos de trabalho do setor industrial para os setores de comércio e serviços;d) redução no número de empregos nos bancos e na indústria automobilística em virtude deautomação.e) redução da oferta de empregos nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro.

×