1Distritos de UberlândiaO mapa do município de Uberlândia mostra que a área rural é bem maior doque a área urbana. Esta fi...
2MiraporangaAo adentrar o Distrito de Miraporanga, antes denominado Santa Maria, o visitantedepara se com pequenascasas ap...
3Martinésia, Tapuirama e Cruzeiro dos PeixotosSegundo dados da Prefeitura deUberlândia, alguns aspectos da história dosdis...
4Particularidades dos DistritosO Distrito de Martinésia, antes conhecido como Martinópolis, teve como umdos fundadores Joa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Distritos de Uberlândia

4.000 visualizações

Publicada em

Distritos do município de Uberlândia e suas particularidades

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.000
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Distritos de Uberlândia

  1. 1. 1Distritos de UberlândiaO mapa do município de Uberlândia mostra que a área rural é bem maior doque a área urbana. Esta fica na parte central do distrito-sede. Mas nos demaisdistritos há também pequenos núcleos urbanos que são importantes espaços. Naárea rural dos distritos se localizam fazendas e empresas agropecuárias doMunicípio.Os distritos são divisões administrativas subordinadas ao governo municipalcom sede na cidade de Uberlândia. Os distritos são: Miraporanga, Martinésia,Tapuirama, Cruzeiro dos Peixotos.Diferentemente da vida no distrito-sede, onde se localiza a cidade deUberlândia, nos demais distritos a população vive de maneira diversa do mundodas grandes concentrações urbanas. Com poucas casas comerciais paracomprar os bens necessários à vida cotidiana, os moradores buscam alternativascom o que têm em casa: no cultivo da horta que ajuda no sustento da família, eno uso caseiro de plantas medicinais para curar gripes e bronquites.
  2. 2. 2MiraporangaAo adentrar o Distrito de Miraporanga, antes denominado Santa Maria, o visitantedepara se com pequenascasas aparentandoabandono. Em meio aopercurso, vê-se uma escolaem atividade, a EscolaDomingas Camin, que serveaos alunos do Distrito e dosarredores.Em frente à escolasobressaem duas ruínas deconstruções antigas,desabitadas. De acordo comos moradores do local umadelas, no passado, serviu demoradia à família da mulherque deu nome à escola. Naoutra, funcionou umapequena fábrica de queijos.A área central deMiraporanga possui pequenas casas comerciais, um cartório, que guarda importante acervodocumental e um cemitério, em que as inscrições dos túmulos estão quase apagadas.Há duas igrejas católicas na comunidade. A igreja Nossa Senhora do Rosário,construída por volta de 1850/1852, que chama a atenção pela arquitetura de estilo colonial. Aoutra, a Igreja Nossa Senhora do Carmo, foi edificada em meados de 1960.A história deste povoado está ligada ás primeiras caravanas dos bandeirantes queprocuravam encontrar minas de ouro. Havia no povoado um número considerável de populaçãoescrava, confirmada pelos documentos sobre o comércio de escravos que se encontram nocartório. O povoado se transformou num importante ponto de atração, devido à localizaçãoentre Uberaba, Prata, Monte Alegre de Minas e Araguari. Próximo ao povoado foi construída aEstrada Real de Goiás, um dos fatores do desenvolvimento econômico da localidade.O nome Miraporanga, que significa “gente bonita”, foiadotado em 1943 para diferenciá-la da cidade de SantaMaria, localizada no Rio Grande do Sul.As festas juninas são uma manifestação culturaltradicional em Miraporanga. A reza do terço e olevantamento dos mastros em homenagem aos santos SãoJoão, São Pedro e Santo Antônio continuam sendopraticadas a cada ano que passa. Nesse ambiente, apopulação faz uma viagem histórica, compartilhandomemórias sobre o passado distante nos primeiros temposdo Distrito. Capela Nossa Senhora do Rosário
  3. 3. 3Martinésia, Tapuirama e Cruzeiro dos PeixotosSegundo dados da Prefeitura deUberlândia, alguns aspectos da história dosdistritos de Martinésia, Tapuirama e Cruzeirodos Peixotos são semelhantes. O ponto departida para o surgimento das povoações foi afixação de um cruzeiro, em torno do qual seestabeleceram os primeiros moradores. Ao pédos cruzeiros os habitantes rezavam terços,promoviam festas, leilões e rifas para aarrecadação de recursos financeiros, coma finalidade de construir a capela.Os povoados cresciam com fixaçãode moradia pelas famílias que chegavam e comdesenvolvimento de práticas econômicas desobrevivência: pequenas atividades comerciaise oficinas de consertos. Os meios fundamentaisde vida eram as atividades agrícolas e pecuária.A rotina nessas povoações era quebradapor festas que se tornaram tradicionais e quepersistem ainda hoje: a comemoração dospadroeiros, festas juninas, Folias de Reis,bailes e forrós, campeonatos de futebol nosfinais de semana. Outras atividades de lazer sãoos jogos de baralho, a sinuca e os comíciosrealizados em épocas de eleição.
  4. 4. 4Particularidades dos DistritosO Distrito de Martinésia, antes conhecido como Martinópolis, teve como umdos fundadores Joaquim Mariano da Silva, que ao saber que a mãe fizera umapromessa a São João Batista, construiu um cruzeiro no alto da colina, onde hojeestá a Capela de São João Batista de Martinópolis. No decorrer dos anos, muitosdevotos do santo se reuniam nesse local para rezar e comemorar.A Escola Estadual Cristiano Machado foi construído em 1920. Além doensino fundamental contatambém com o ensino médio,proporcionando educação aosalunos tanto do Distrito deMartinésia como de Cruzeirodos Peixotos, da região doSobradinho e das chácaras ValParaíso.Na foto ao lado está umadas construções mais antigasdo Distrito. A imagem mostra omodelo das residências daépoca em que o Distritocomeçou a ser construído.A povoação do Distrito de Tapuirama formou-se em meados de 1819, como nome originário de Rocinha, às margens do ribeirão do mesmo nome.O nome Tapuirama é originário dos tapuios, denominação dos índios do Brasil,atribuída pelos brancos e que significava gentios, bárbaros e inimigos. Osíndios Caiapós que viviam onde é hoje o Município de Uberlândia, não sereconheciam como tapuios.A povoação do Distrito de Cruzeiro dos Peixotos foi fundada em 1905quando a família Peixoto cravou um cruzeiro no alto da colina, onde hoje se situaa Igreja Santo Antônio. Nesse local, as pessoas faziam suas rezas e, aos poucosem torno dele foram surgindo casas.

×