A INFORMÁTICAEDUCATIVA NO PROCESSOENSINOE
APRENDIZAGEM
“No contexto atual, trabalhar com computadores na educação, ou seja, com
a Informática Educativa não significa apenas inse...
“Assim a Informática Educativa pode ser vista como um
domínio da ciência que em seu próprio conceito traz
embutida a ideia...
REFERÊNCIAS
CYSNEIROS, Paulo G. Novas tecnologias na sala de aula: melhoria do ensino ou
inovação conservadora? Informátic...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A informática educativa no processo ensino e aprendizagem

315 visualizações

Publicada em

A importância da informática na pedagogia da educação.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A informática educativa no processo ensino e aprendizagem

  1. 1. A INFORMÁTICAEDUCATIVA NO PROCESSOENSINOE APRENDIZAGEM
  2. 2. “No contexto atual, trabalhar com computadores na educação, ou seja, com a Informática Educativa não significa apenas inserir computadores na escola e deixar os alunos utilizando determinado programa educativo ou pesquisando na Internet. Quem pensava que era apenas isso, seguia uma linha de raciocínio equivocado que afirmava que a inserção do computador iria substituir o professor. Possivelmente esses eram os pensamentos dos que não acreditavam nos benefícios do uso do computador na educação. Na verdade, o computador surge como uma ferramenta de auxílio ao trabalho do professor e para que isso ocorra é preciso que haja no ambiente escolar um profissional qualificado tecnicamente e pedagogicamente, além de um plano metodológico que seja contextualizado com as demais disciplinas.”
  3. 3. “Assim a Informática Educativa pode ser vista como um domínio da ciência que em seu próprio conceito traz embutida a ideia de interdisciplinaridade e de intercâmbio crítico entre saberes e ideias desenvolvidas por diferentes teóricos. Por ser uma concepção que ainda está em fase de desenvolver seus argumentos, quanto mais nos valermos de teorias fundamentadas em visões do homem e de mundos coerentes, melhor será para observarmos e analisarmos diferentes fatos, eventos e fenômenos, com o objetivo de estabelecer relações entre eles.”
  4. 4. REFERÊNCIAS CYSNEIROS, Paulo G. Novas tecnologias na sala de aula: melhoria do ensino ou inovação conservadora? Informática Educativa, Lidie - Colômbia, v. 12, n.1, p. 11-24, 2002. TAVARES, R. Animações Interativas Conceituais e Mapas Conceituais. Simpósio Nacional de Ensino de Física, 16., 2005a., Rio de Janeiro-RJ. Anais... Rio de Janeiro, 2006.

×