Retículo endoplasmático

15.040 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.040
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Retículo endoplasmático

  1. 1. Retículo Endoplasmático<br />Aline Martins, Gustavo Morais, Leonardo Fernandes, PietraPossapp e Sofia Lins<br />
  2. 2. Formação do Retículo Endoplasmático<br /> O Retículo Endoplasmático é composto de canais delimitados por membranas. Esses canais se comunicam com a carioteca. <br /> É uma “Rede de Distribuição”, leva o material que a célula precisa de um ponto qualquer até onde o ponto de utilização. Sua função, portanto, é transportar. <br />
  3. 3. Retículo Endoplasmático Não-Granuloso<br /> O Retículo Endoplasmático Não-Granuloso tem sistemas de túbulos mais cilíndricos e sem ribossomos aderidos à membrana. Esse retículo é encontrado em células do fígado e das gônadas. Suas funções são a participação na síntese de esteroides, fosfolipídios, entre outros lipídios, como o colesterol e degrada o Álcool ingerido em bebidas.<br />
  4. 4. Retículo Endoplasmático Granuloso<br /> O Retículo Endoplasmático Granuloso tem sistemas de tubos achatados e ribossomos aderidos à membrana. A função desse Retículo é sintetizar as proteínas, que poderão ser, ou não enviadas para o exterior das células. <br />
  5. 5. Doenças Relacionadas ao Retículo Endoplasmático<br />Icterícia - É o amarelamento da pele, da esclera dos olhos, e das mucosas devido ao alto nível de bilirrubina no sangue. Pode acontecer pelo mau funcionamento do Retículo Não-Granuloso.Diabetes - Os primeiros passos para a formação da insulina, hormônio que auxilia na absorção da glicose e controla a quantidade de açúcar no organismo, ocorre no Retículo Endoplasmático. Pode ocorrer, quando o Retículo sofre mutações.<br />

×