USABILIDADE DA PROPAGANDA E
PROPAGANDA DA USABILIDADE.
Aproximações entre Publicidade e Usabilidade com
outro olhar: Comunicação e Design de Interação
PROPAGANDA
DA USABILIDADE.
DESODORANTE
PARA O CORPO TODO
Axe
Do documento da Univeller
sobre a história da marca.
Lançada no Brasil em 1985, com sua
inconfundível embalagem preta, foi...
USE CONTRA HIGIENE ANTIQUADA,
ABORRECIMENTOS E MARCAS
Modess
Incomodada ficava a sua avó p.69
"...na década de 40 surgiu (...) o primeiro
absorvente vendido em massa no Brasil.
Modess...
www.youtube.com/watch?v=ISfRmck-PD0
ESTE CELULAR ABRE E FECHA
Motorola RAZR
PARA CADA PÚBLICO,
UM USO
Colgate Tripla-Ação
TECNOLOGIA
ACALMA-CRIANÇA
Scénic Kids
www.youtube.com/watch?v=Nxs51k6_fLI
A comunicação direciona o uso.
A compreensão da interface antes da interação
Usabilidade percebida
USABILIDADE
NA PROPAGANDA.
Quando a Publicidade fala da Usabilidade
E se os seus problemas acabarem?
“ • É fácil de usar
• Intuitivo
• Simples
• Ergonômico
Como a publicidade informa a usabilidade?
”
Aspectos sociais do “fácil de usar” e
"Depois que a gente aprende, fica fácil"
USABILIDADE
DA PROPAGANDA.
Como a Propaganda é usada?
Como usamos a Publicidade?
Como o espaço publicitário pode ser usado?
Apenas para anunciar produtos e marcas?
(E, algumas vezes, informações públicas?)
São possíveis outros usos
para a Publicidade?
OBRIGADO! VAMOS
DISCUTIR O ASSUNTO?
RODRIGO GONZATTO
@GONZATTO
RODRIGO.GONZATTO@FABERLUDENS.COM.BR
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade

1.713 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada no Dia Mundial da Usabilidade 2010, no Instituto Faber-Ludens de Design de Interação.

Publicada em: Design, Tecnologia, Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.713
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
158
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ADD LA EM CIMA: no uso imaginado, o uso esperado, o uso concebido antes do uso. porque as pessoas conversam sobre as coisas, e criam espectativas e trocam promessas socialmente, de que o produto eh bom (que o filme eh bom) que a pessoa vai gostar, que vai ser util para ela...
  • Qual a resposta que uma pessoa tem que dar para pertencer a um grupo onde todos acham algo fácil de usar, mas aquele pessoa, não? É facil para todo mundo? Design universal? Queremos apenas o facil de usar?
  • Será que o fácil de usar é uma "fase" do Design de Interação (que pode estar sendo já suplantada pelo UX) tal como foi o minimalismo, e em breve teremos o auge do DxI estilo Art Nuveau, cheio de detalhes e sutilezas de intereação?
  • Usabilidade da Propaganda e Propaganda da Usabilidade

    1. 1. USABILIDADE DA PROPAGANDA E PROPAGANDA DA USABILIDADE.
    2. 2. Aproximações entre Publicidade e Usabilidade com outro olhar: Comunicação e Design de Interação
    3. 3. PROPAGANDA DA USABILIDADE.
    4. 4. DESODORANTE PARA O CORPO TODO Axe
    5. 5. Do documento da Univeller sobre a história da marca. Lançada no Brasil em 1985, com sua inconfundível embalagem preta, foi responsável pela introdução de um conceito inusitado no mercado: o de desodorante colônia para o corpo inteiro. Homens vaidosos: Esse novo homem era o público-alvo do desodorante Axe, surgido na França em 1983 e lançado no Brasil dois anos depois, com a inédita proposta de um produto para ser aplicado no corpo todo. A propaganda procurava fixar essa idéia dando pouca ênfase à proteção desodorante e destacando o poder de sedução das fragrâncias. ” “
    6. 6. USE CONTRA HIGIENE ANTIQUADA, ABORRECIMENTOS E MARCAS Modess
    7. 7. Incomodada ficava a sua avó p.69 "...na década de 40 surgiu (...) o primeiro absorvente vendido em massa no Brasil. Modess virou imediatamente o nome genérico do produto e, na posição de líder absoluto, encarregou-se também do trabalho educativo. Seus concorrentes, estamos falando da década de 40, notem vem, não eram outros absorventes, mas os "métodos antiquados" como toalhinhas digiênicas. Uma pesquisa feita pelo IBOPE mostrava que menos de 5% das mulheres usavam qualquer produto industrial. Vejam estes dois anúncios publicados na Revista da Semana de 1949 e notem a preocupação minunciosamente didática e os verdadeiros malabarismos verbais para não ir diretamente ao assunto ainda tabu." ” “
    8. 8. www.youtube.com/watch?v=ISfRmck-PD0
    9. 9. ESTE CELULAR ABRE E FECHA Motorola RAZR
    10. 10. PARA CADA PÚBLICO, UM USO Colgate Tripla-Ação
    11. 11. TECNOLOGIA ACALMA-CRIANÇA Scénic Kids
    12. 12. www.youtube.com/watch?v=Nxs51k6_fLI
    13. 13. A comunicação direciona o uso. A compreensão da interface antes da interação
    14. 14. Usabilidade percebida
    15. 15. USABILIDADE NA PROPAGANDA. Quando a Publicidade fala da Usabilidade
    16. 16. E se os seus problemas acabarem?
    17. 17. “ • É fácil de usar • Intuitivo • Simples • Ergonômico Como a publicidade informa a usabilidade? ”
    18. 18. Aspectos sociais do “fácil de usar” e "Depois que a gente aprende, fica fácil"
    19. 19. USABILIDADE DA PROPAGANDA. Como a Propaganda é usada?
    20. 20. Como usamos a Publicidade? Como o espaço publicitário pode ser usado?
    21. 21. Apenas para anunciar produtos e marcas? (E, algumas vezes, informações públicas?)
    22. 22. São possíveis outros usos para a Publicidade?
    23. 23. OBRIGADO! VAMOS DISCUTIR O ASSUNTO? RODRIGO GONZATTO @GONZATTO RODRIGO.GONZATTO@FABERLUDENS.COM.BR

    ×