Introdução Bíblica - O Entendimento das Escrituras - aula 5

1.011 visualizações

Publicada em

Última parte do estudo sobre introdução bíblica.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.011
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução Bíblica - O Entendimento das Escrituras - aula 5

  1. 1. Introdução BíblicaAula 05O Entendimento dasEscriturasIgreja Cristã15/08/2012
  2. 2. DeusRevelação / Inspiração Transmissão Tradução Interpretação Aplicação Sua vida
  3. 3. Revelação / InspiraçãoEvento milagroso como Deus revela a simesmo e à sua Verdade para certas pessoas, eas inspira, através do poder do Espírito Santo.- Autógrafos;- A.T - Guardados na arca do segundo templo;- N.T – Guardados pelos discípulos e escribas.
  4. 4. TransmissãoAutógrafo copiado cuidadosamente por umescriba treinado.- Método utilizado até o advento da impressora no século XV d.C.- A igreja primitiva examinou tudo o que foi transmitido – At 17:11.- Jesus ensinou a partir das transmissões.
  5. 5. TransmissãoCópias de hoje:- Textos Massoréticos (tradicionais) 600d.C a 1000d.C;- Manuscritos do Mar Morto 400 a.C;- Torá (preservação comunitária).
  6. 6. TraduçãoTransmitir para os que não conheciam oidioma original.- Septuaginta – hebraico para o grego – 250 d.C a 150 d.C.- Vulgata – grego para o latim – 400 d.C – por São Jerônimo, levando em torno de 20 anos.- Vulgata - Primeiro livro impresso, na Prensa de Gutenberg, em 1456.
  7. 7. Tradução400 d.C – Vulgata;1250 d.C – Divisão por capítulospelo cardeal Hugo de Sancto Caro;1388 d.C - Finalizada a traduçãopara o inglês, por John Wycliffe eJohn Purvey;1456 d.C – Vulgata impressa;1546 d.C - No Concílio de Trento, oslivros apócrifos são acrescentados avulgata (bíblia em latim).1551 d.C – Acrescentados osversículos por Robert Stephen;1555 d.C – Segunda impressão daVulgata;
  8. 8. Tradução1644/91 d.C – Tradução para o português de Portugal porJoão Ferreira de Almeida;1809 d.C – A versão Almeida se torna oficialmente a 32 versãointegral nas línguas modernas (Cânon Português);1814 d.C – Navios saem de Lisboa ao Brasil trazendo versõescompletas em português - pt;1856 d.C – Robert Kalley, representante da Sociedade bíblicaBritânica e Estrangeira, abre um depósito permanente dasescrituras no Rio de Janeiro;1879 d.C – N.T Almeida;1917 d.C – Lançada a primeira bíblia completa em português –br;1948 d.C – Impressa a Almeida Revista e Corrigida.
  9. 9. InterpretaçãoLer e compreender através da capacitação doEspírito Santo.- Exegese – Levar para fora;- Eisegesis – Levar para dentro;- Cada texto da bíblia possui só um e verdadeiro significado.
  10. 10. A Bíblia deveser interpretadaliteralmente?
  11. 11. A Bíblia deveser interpretadaliteralmente? Of couse, Manolo!
  12. 12. InterpretaçãoExistem porções literais efigurativamente literais.“Como você é linda, minha querida! Ah,como é linda! Seus olhos são pombas”.Cânticos 1:15
  13. 13. InterpretaçãoExistem porçõesliterais efigurativamenteliterais.“Como você é linda,minha querida! Ah,como é linda! Seusolhos são pombas”.Cânticos 1:15
  14. 14. InterpretaçãoPrecisamos obedecer a todosos mandamentos do A.T?
  15. 15. InterpretaçãoPrecisamos obedecer a todosos mandamentos do A.T? A lei se cumpriu em Jesus. Mateus 5: 17-18
  16. 16. InterpretaçãoPrecisamos obedecer a todosos mandamentos do A.T? A lei se cumpriu em Jesus. Mateus 5: 17-18Os 3 tipos de lei:- Cerimoniais (sacerdócio, sacrifícios, templo e purificação);- Civis (obediência e cidadania);- Morais (9 dos 10 mandamentos);
  17. 17. AplicaçãoPegar o que aprendemos a partir dosprincípios da Bíblia e fazer mudanças emnossos pensamentos e ações através dagraça capacitadora que o Espírito Santoaplica sobre nós.
  18. 18. AplicaçãoPegar o que aprendemos a partir dosprincípios da Bíblia e fazer mudanças emnossos pensamentos e ações através dagraça capacitadora que o Espírito Santoaplica sobre nós.Interpretação Aplicação Uma interpretação várias aplicações
  19. 19. DeusRevelação / Inspiração Transmissão Tradução Interpretação Aplicação Sua vida
  20. 20. Os 4 tipos detraduções BíbliasProcesso que surgiu a partir datradução para o inglês.
  21. 21. Os 4 tipos detraduções BíbliasProcesso que surgiu a partir datradução para o inglês.• Palavra por Palavra;• Ideia por Ideia;• Paráfrase;• Deturpações.
  22. 22. "A leitura da Bíblia em si,é uma educação.“Alfred Lord Tennyson Fim

×