Introducao Biblica - O caráter da Biblia - Aula1

6.530 visualizações

Publicada em

1 comentário
22 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.530
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
1
Gostaram
22
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introducao Biblica - O caráter da Biblia - Aula1

  1. 1. Introdução BíblicaAula 01O caráter da BíbliaIgreja Cristã18/07/2012
  2. 2. Objetivos e requisitos:- eliminar o caráterespeculativo.- respeitar as opiniões- paciência, caso já domine oassunto.- tirar as dúvidas apenas sobreo assunto abordado.
  3. 3. Bibliografia:Introdução Bíblica - Como a Bíblia chegou aténós. Norman L. Geisler, William E. Nix., Ed. Vida.O Cânon das Escrituras. F. F. Bruce., Ed. HagnosCristianismo Pagão. Frank A. Viola., Ed. AbbaPress.Série Um Livro que Você Realmente vai Ler(Sobre o Novo Testamento; Antigo Testamento;Liderança da Igreja; Quem é Deus). Mark Driscoll,Tempo de Colheita.
  4. 4. Bibliografia Complementar:Estudo Panorâmico da Bíblia - Henriqueta C.Mears, Ed. Vida.Entendes o que lês? – Gordon D. Fee, Ed. VidaNovaManual Popular de Dúvidas, Enigmas e“Contradições”da Bíblia – Norman Geisler,Mundo Cristão.Teologia Sitemática – Paul TillichMerece Confiança o Novo Testamento? – F.F.Bruce, Ed. Vida NovaA Inerrância da Bíblia – Norman Geisler, Ed.Vida.
  5. 5. {Por que estudar sobrea Bíblia?Qual a necessidade dasEscrituras?
  6. 6. Livros sagrados sãocomuns nas religiõesmonoteístas.
  7. 7. Cristianismo: BíbliaHinduísmo: BagavadguitáIslamismo: AlcorãoJudaísmo: Torá, Talmude e BíbliaEspiritismo/Kardecismo: Codificação Espíritade Allan Kardec, Livro dos Espíritos,Evangelho Segundo EspiritismoBudismo: Cânone PaliTestemunhas de Jeová: A Tradução do NovoMundo e BíbliaMormonismo: Bíblia e Livro de Mórmon
  8. 8. A Bíblia é um livro queimpele reverência.
  9. 9. “Toda a Escritura é divinamenteinspirada, e proveitosa paraensinar, para redargüir, paracorrigir, para instruir em justiça;Para que o homem de Deus sejaperfeito, e perfeitamenteinstruído para toda a boa obra.”2 Timóteo 3:16-17“E daí?”
  10. 10. Porque as pessoascomeçam a ler a Bíblia emGênesis e desistem emLevítico?
  11. 11. O fator FÉ.
  12. 12. Até mesmo um filósofoamador pode criar contra-argumentos queneutralizam a lógica daargumentação.
  13. 13. Argumentos NÃO provamque a Bíblia é inspirada.
  14. 14. Harmonia com fatoreshistóricos, morais,científicos e astronômicos.
  15. 15. Bíblia: singular, antiga,bestseller, sobrevivente,reverenciada.É produto do mundo orientalantigo; moldou, porém, o mundoocidental moderno.Mais traduzido, citado, publicadoe influenciador em toda ahistória da humanidade.
  16. 16. A estrutura da BíbliaA palavra Bíblia (Livro) dogrego biblos. Utilizado porvolta do séc. II.
  17. 17. O Antigo Testamento foiescrito pela comunidadejudaica, e por elapreservado um milênio oumais antes da era de Jesus.O Novo Testamento foicomposto pelos discípulosde Cristo ao longo doséculo I d.C. .
  18. 18. A palavra testamento, queseria mais bem traduzidapor "aliança", é traduçãode palavras hebraicas egregas que significam"pacto" ou "acordo"celebrado entre duaspartes.
  19. 19. Unidade:Agostinho dizia que o NovoTestamento acha-se veladono Antigo Testamento,e o Antigo, revelado noNovo.
  20. 20. As seções da BíbliaA Bíblia divide-secomumente em oitoseções, quatro do Antigotestamento e quatro doNovo.
  21. 21. A Bíblia hebraica (II a.C.): livros de Moisés, livros dos profetas, livrosdos homens que tinham o dom da profecia, sem serem profetas“oficiais”.
  22. 22. Não existem razões deordem divina paradividirmos a Bíblia em oitopartes.Contudo, há insistênciacristã em que as Escriturasdevam ser entendidastendo Cristo por centrobaseia-se em Seu próprio.
  23. 23. Representação deConteúdo: Cristocentrismo
  24. 24. Cronologia históricas dostextos das Escrituras
  25. 25. Capítulos e versículos daBíbliaStephen Langton, professor daUniversidade de Paris e mais tardearcebispo da Cantuária, dividiu a Bíbliaem capítulos em 1227.Robert Stephanus, impressorparisiense, acrescentou a divisão emversículos em 1551 e em 1955.
  26. 26. A inspiração da BíbliaA característica mais importante daBíblia não é sua estrutura e sua forma,mas o fato de ter sido inspirada porDeus.Quando falamos de inspiração, não setrata de inspiração poética, mas deautoridade divina.
  27. 27. Descrição Bíblica deInspiraçãoInspiração é a forma pela qualDeus falou aos homens medianteos profetas.2Tm 3.16, 1Coríntios 2.13, 2Pedro1.21, Hb 1.1, l Pe 1.11
  28. 28. Definição Teológica daInspiraçãoÉ um processo total quecontém os três elementosessenciais: a causalidadedivina, a mediação profética ea autoridade escrita.
  29. 29. Causalidade divina.Deus - o Causador originalMediação profética. Homens deDeus - serviram de instrumentosAutoridade escrita.Autoridade escrita - ou SagradasEscrituras, que são o produtofinal.
  30. 30. Algumas distinçõesimportantesA inspiração em contraste coma revelação e a iluminação.
  31. 31. Inspiração dos originais,não das cópiasSó os manuscritos originais,conhecidos por autógrafos,foram inspirados por Deus. Háa inspiração original e ainspiração derivada.
  32. 32. Inspiração do ensino, masnão de todo o conteúdo daBíbliaSó o que a Bíblia ensina foiinspirado por Deus e nãoapresenta erro; nem tudo queestá na Bíblia ficou isento deerro.
  33. 33. Resumindo:A Bíblia é um livroincomum. Compõe-se dedois testamentos formadosde 66 livros, os quaisdeclaram ou comprovam ainspiração divina.
  34. 34. “segundo o NT, Jesus é queé a Palavra de Deusencarnado. Muitos pensamque são as letras daBíblia”.Jung Mo Sung
  35. 35. O que você viu hoje:  O que é a Bíblia  Caráter da Bíblia  Inspiração da Bíblia

×