SlideShare uma empresa Scribd logo
A importância das Escrituras
 Razão da necessidade das Escrituras
 Como devemos estudar a Bíblia
A Bíblia como um livro
 Os livros antigos;
 A estrutura da Bíblia;
 O Tema Central;
 Algumas observações úteis e práticas;
Bibliologia é o estudo dos assuntos
introdutórios à Bíblia. Um dos pontos
mais altos da bibliologia é a exposição
milagrosa de como ela é formada e de
chegou até nós.
https://www.youtube.com/watch?v=lDWvkSP2_Ss
https://www.youtube.com/watch?v=AZIxbpPgP_4
Importância das Escrituras
1. Prepara o crente para responder àqueles
que lhe pedem a razão da esperança que
nele há (1 Pe 3.15);
2. Torna o obreiro preparado (2 Tm 2.15);
3. Acrescenta a fé (Is. 34.16);
4. Dá luz e entendimento aos simples (Sl
119.130)
Razão da necessidade da Bíblia
 Deus tem se revelado através da criação (Rm
1.20; Sl 19.1-6). Porém, na palavra de Deus
temos uma revelação especial e maior.
1. Na Bíblia – a Palavra Escrita (Rm 15.4)
2. Em Cristo – a Palavra Viva (Jo 1.1)
1 Pedro 3.15
2 Timóteo 2.15
Isaías 34.16
Salmo 119.130
Porque estudar a Bíblia
1. É o único manual de vida.
 É o livro texto do cristão, por isso, precisa
manejar bem (2 Tm 2.15);
2. Alimenta a alma.
 O estudo da palavra proporciona nutrição e
crescimento espiritual (Mt 4.4; Jr 15.16; 1Pe 2.2)
3. É o instrumento que o Espírito Santo usa
(Ef. 6.17).
Porque estudar a Bíblia
4. Enriquece espiritualmente nossa vida (Sl
119.72)
 O autor da Bíblia é Deus, seu real intérprete é o
Espírito Santo e seu tema central é o Senhor Jesus
Cristo.
Como estudar a Bíblia?
1. Ler a Bíblia conhecendo Seu Autor;
2. Ler a Bíblia diariamente;
3. Ler a Bíblia com a melhor atitude mental e
espiritual;
4. Ler a Bíblia em oração, devagar, meditando;
5. Ler a Bíblia toda.
Os livros Antigos
Formato dos livros antigos
• Pedra;
• Peças de cerâmica;
• Rolos feitos de:
– Papiro
– Pergaminho
• Codex
Os textos da Bíblia foram
escritos em diversos
materiais, pequenas placas
de argila, em e em
pergaminho.
Cilindro de Ciro
O cilindro de Ciro é um artefato cilíndrico de
barro que registra o decreto de Ciro autorizando
o retorno dos judeus. Encontra-se exposto no
museu Britânico, em Londres.
O tipo de livro mais comum era o rolo
– uma folha grande que podia ser
enrolada. Os rolos antigos eram
guardados em segurança em potes
de barro.
https://www.youtube.com/watch?v=QJXeYBmjrZ4
Papiro
Planta aquática que cresce junto aos rios,
lagos e banhados do Oriente, sua entrecasca
servia para escrita;
As tiras extraídas do papiro eram coladas
umas às outras até formarem um rolo de
qualquer extensão;
Papiro
Papiro
1. A casca é removida;
2. O papiro é cortado em tiras e fica de molho por algumas
semanas;
3. As tiras são organizadas verticalmente e horizontalmente;
4. Coloca-se outra camada de pano em cisma e bate com a
marreta para unir as partes ou leva-se a uma prensa por
algumas semanas;
5. Usa-se uma pedra para dar o polimento final;
6. O papiro está pronto para o uso.
Papiro
Mencionado na Bíblia em:
 Ex. 2.3; Jó 8.11 e Is 18.2
Algumas versões da Bíblia o chamam de
junco;
A palavra papel é derivada de papiro;
Seu uso é de aproximadamente 3.000 a.C;
Êxodo 2.3
Papiro - planta
Papiro - planta
II Co 11.33 – 12.9
João 1
Pergaminho - Περγαμηνή
Feito com peles de carneiro ou ovelha;
Submetidas a um banho de cal;
Raspadas e polidas com pedra-pomes;
 é uma rocha vulcânica de muito baixa densidade. É
formada quando gases e lava formam um coloide que,
por arrefecimento, solidifica-se sob a forma de uma
rocha esponjosa.
Lavadas e rapadas;
Colocadas para secar;
Uma ou mais demãos de alvaiade
Pigmento branco, consituído de carbonato de
chumbo.
Pergaminho - Περγαμηνή
 Originário da cidade de Pérgamo, onde o processo
foi desenvolvido, provavelmente no século II a.C.
 O pergaminho tem durabilidade melhor que o
papiro.
 Citado na Bíblia em 2 Timóteo 4.13
 “Quando você vier, traga a capa que deixei na casa de
Carpo, em Trôade, e os meus livros, especialmente os
pergaminhos.”
τον φαιλονην ον απελιπον εν τρωαδι παρα
καρπω ερχομενος φερε και τα βιβλια
μαλιστα τας μεμβρανας
Códice - Codex
 Os códices (ou codex, da palavra em latim que
significa "livro", "bloco de madeira") eram os
manuscritos gravados em madeira, em geral do
período da era antiga tardia até a Idade Média.
Manuscritos do Novo Mundo foram escritos por
volta do século XVI.
Papel
• Século II – invenção do papel pelos chineses;
• 1450 A.D. – Prelo de tipos móveis pelo alemão
Guttemberg;
Vocábulo Bíblia - βίβλια
• Não é encontrada a palavra βίβλια - Bíblia
no texto em Português das Escrituras
Sagradas mas encontra-se no texto original
em grego, veja o exemplo:
τον φαιλονην ον απελιπον εν
τρωαδι παρα καρπω
ερχομενος φερε και τα βιβλια
μαλιστα τας μεμβρανας
2 Timóteo 4.13 - Grego
Quando você vier, traga a capa
que deixei na casa de Carpo, em
Trôade, e os meus livros,
especialmente os pergaminhos.”
2 Timóteo 4.13 - NVI
Vocábulo Bíblia - βίβλια
• A palavra grega βιβλω (biblos) refere-se a
folha de papiro preparada para escrita;
περι δε των νεκρων οτι
εγειρονται ουκ ανεγνωτε εν τη
βιβλω μωσεως επι της βατου
ως ειπεν αυτω ο θεος λεγων
εγω ο θεος αβρααμ και ο θεος
ισαακ και ο θεος ιακωβ
Marcos 12.26 - Grego
Quanto à ressurreição dos
mortos, vocês não leram no livro
de Moisés, no relato da sarça,
como Deus lhe disse: “Eu sou o
Deus de Abraão, o Deus de
Isaque e o Deus de Jacó”
Marcos 12.26 - NVI
Vocábulo Bíblia - βίβλια
• Um rolo de tamanho pequeno era chamado
βιβλιον (biblion) e vários destes era uma
“bíblia”.
και επεδοθη αυτω βιβλιον
ησαιου του προφητου και
αναπτυξας το βιβλιον ευρεν
τον τοπον ου ην
γεγραμμενον
Lucas 4.17 - Grego
Foi-lhe entregue o livro do
profeta Isaías. Abriu-o e
encontrou o lugar onde está
escrito:
Lucas 4.17 - NVI
Vocábulo Bíblia - βίβλια
• Portanto, Bíblia significa literalmente “coleção
de livros pequenos”;
• Com o desaparecimento dos rolos a palavra
“biblos” passou a significar livros, daí surgiram:
biblioteca, bibliografia, bibliófilo, etc.
Nomes canônicos
• Escrituras: Mt 21.42
• Sagradas Escrituras: Rm 1.2
• Livro do Senhor: Is 34.16
• Palavra de Deus: Mc 7.13; Hb 4.12
• Os Oráculos de Deus: Rm 3.2
Construção
40 Autores
1.600 anos
3 Línguas
Hebraico
Aramaico
Grego
3 Continentes
Europa
Ásia
África
As línguas da Bíblia
As mudanças culturais dos povos bíblicos produziu escritos originais em
diferentes línguas dominantes na época
Estrutura da Bíblia
• 66 Livros
– 39 no Antigo Testamento
– 27 no Novo Testamento
LEI HISTORICOS POÉTICOS PROFETAS
MAIORES
PROFETAS
MENORES
1. Gênesis
2. Êxodo
3. Levítico
4. Números
5. Deut.
1. Josué
2. Juízes
3. Rute
4. I Sam
5. II Sam
6. I Reis
7. II Reis
8. I Cron.
9. II Cron.
10. Esdras
11. Neemias
12. Ester
1. Jó
2. Salmos
3. Proverbios
4. Eclesiastes
5. Cantares
1. Isaias
2. Jeremias
3. Lamentações
4. Ezequiel
5. Daniel
1. Oséias
2. Joel
3. Amós
4. Obadias
5. Jonas
6. Miquéias
7. Naum
8. Habacuque
9. Sofonias
10. Ageu
11. Zacarias
12.
Malaquias
Gen: Deus tratou com indivíduos/Patriarcas
Exod-Deut: Lei dada à nação de Israel
História de Israel:
Dos Juízes aos Reis
Maior/menor pelo
tamanho, não
pela significânciaPrincipalmente
escritos poéticos
Bíblia - Antigo Testamento
EVANGELHOS HISTORIA EPÍSTOLAS
PAULINAS
EPÍSTOLAS
GERAIS
PROFECIA
1. Mateus
2. Marcos
3. Lucas
4. João
Atos dos
Apóstolos
1. Romanos
2. I Coríntios
3. II Coríntios
4. Gálatas
5. Efésios
6. Filipenses
7. Col.
8. I Tes.
9. II Tes.
10. I Tim
11. II Tim
12. Tito
13. Filemon
1. Hebreus
1. Tiago
2. I Pedro
3. II Pedro
4. I João
5. II João
6. III João
7. Judas
Apocalipse
BIOGRAPIA de
JESUS CRISTO
Propósito: Provar
que Jesus Cristo é
o Filho de Deus
-Atos dos apóstolos:
principalmente de
Paulo e Pedro.
-História do início do
Cristianismo.
-Escritas por Paulo
-Propósito: Instruir os
cristãos
Propósito: Instruir os
cristãos nas Igrejas
-Escrito por João
1 parte: lida com as
questões presentes das
Igrejas da Ásia.
- 2 parte: futuro
Bíblia - Novo Testamento
Tabela periódica da Bíblia
LEI
TORA [5]
‫תורה‬
 Gênesis
 Êxodo
 Levítico
 Números
 Deuteronômio
 Josué
 Juízes
 Samuel (1 e 2)
 Reis (1 e 2)
 Isaias
 Jeremias
 Ezequiel
 Os 12 Profetas
 Oséias, Joel, Amós, Obadias,
Jonas, Miquéias, Naum,
Habacuque, Sofonias , Ageu,
Zacarias, Malaquias
 Salmos
 Provérbios
 Jó
 Cantares
 Rute
 Lamentações
 Eclesiastes
 Ester
 Daniel
 Esdras - Neemias
 Crônicas (1 e 2)
Bíblia Judaica -Tanach ‫תנ״ך‬
PROFETAS
NEVIIM [8]
‫נביאים‬
ESCRITOS
KETUVIM [11]
‫כתובים‬
“E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse
estando ainda convosco: Que convinha que se
cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei
de Moisés, e nos profetas e nos Salmos” Lc 24.44
Pentateuco – 5 - Lei
Histórico – 12
Poéticos - 5
Profetas Maiores - 5
Profetas Menores - 12
VT
NT
Evangelhos - 04
Histórico - 01
Cartas pessoais - 14
Cartas gerais - 07
Profético - 01
39 livros escritos em língua Hebraica
27 livros escritos em Grego “koine” (comum)
A numeração em capítulos - foi em 1228
feita por Langton
A numeração em versículos – foi em 1528
feita por Pagnini
Organização bíblica
Versículo
Epígrafe
Título atribuído pela equipe da Sociedade Bíblica do Brasil
Título atribuído pela equipe de tradução, não está no original
A equipe de tradução
entendeu que era uma
parábola, mas o texto
demonstra que não é.
Nas parábolas não há
nomes de
personagens, não são
literais como esse o é.
Bibliologia - Introdução - Aula 01

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de JoãoEstudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de JoãoRODRIGO FERREIRA
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraGesiel Oliveira
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaAntonio Fernandes
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de BibliologiaSergio Silva
 
Introdução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo TestamentoIntrodução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo TestamentoViva a Igreja
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Os livros Apócrifos
Os livros ApócrifosOs livros Apócrifos
Os livros ApócrifosViva a Igreja
 
Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução BíblicaViva a Igreja
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoRODRIGO FERREIRA
 
Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipseRespirando Deus
 
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capri
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. CapriRevelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capri
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capricapriello
 

Mais procurados (20)

Estudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de JoãoEstudo do evangelho de João
Estudo do evangelho de João
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da Bíblia
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
Introdução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo TestamentoIntrodução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo Testamento
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
 
Os livros Apócrifos
Os livros ApócrifosOs livros Apócrifos
Os livros Apócrifos
 
Aula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da BíbliaAula 1 - História da Bíblia
Aula 1 - História da Bíblia
 
Hermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblicaHermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblica
 
2. introdução ao novo testamento
2.  introdução ao novo testamento2.  introdução ao novo testamento
2. introdução ao novo testamento
 
Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução Bíblica
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
O pentateuco
 
Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - Apocalipse
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
Os Quatro Evangelhos
Os Quatro EvangelhosOs Quatro Evangelhos
Os Quatro Evangelhos
 
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capri
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. CapriRevelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capri
Revelação Progressiva de DEUS a humanidade Prof. Capri
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 

Destaque

A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017
A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017
A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
sermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíbliasermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na BíbliaDjalma C. Filho
 
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURAO DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURATiago Silveira
 
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humildePr. Andre Luiz
 
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Pr. Andre Luiz
 
Lição 08 a igreja de cristo
Lição 08  a igreja de cristoLição 08  a igreja de cristo
Lição 08 a igreja de cristoPr. Andre Luiz
 
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09  a necessidade de termos uma vida santaLição 09  a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santaPr. Andre Luiz
 
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016Pr. Andre Luiz
 
Lição 10 as manifestações do espirito santo
Lição 10  as manifestações do espirito santoLição 10  as manifestações do espirito santo
Lição 10 as manifestações do espirito santoPr. Andre Luiz
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 

Destaque (20)

A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017
A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017
A formação do caráter cristão - Lição 1 - 2º Trimestre 2017
 
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
O Socorro de Deus Para Livrar o Seu Povo - Lição 11 - 4ºTrimestre 2016
 
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
Paciência, evitando as dissensões - Lição 06 - 1ºTrimestre 2017
 
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
O milagre está em sua casa - Lição 9 - 4º Trimestre 2016
 
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
O perigo das obras da carne - Lição 3 - 1ºTrimestre 2017
 
sermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíbliasermão os diáconos na Bíblia
sermão os diáconos na Bíblia
 
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
José fé em meio as injustiças - Lição 07 - 4º Trimestre 2016
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
 
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
Adorando a Deus em Meio a Calamidade - Lição 10 - 4ºTrimestre 2016
 
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURAO DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
 
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
Sabedoria divina para a tomada de decisões - lição 12 - 4ºTrimestre de 2016
 
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
Abraão, a esperança do pai da fé - Lição 03 - 4º Trimestre de 2016
 
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
A provisão de Deus no monte do sacrifício - Lição 04 - 4º Trimestre 2016
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
 
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
Jônatas, um exemplo de lealdade - lição 6 - 2º Trimestre 2017
 
Lição 08 a igreja de cristo
Lição 08  a igreja de cristoLição 08  a igreja de cristo
Lição 08 a igreja de cristo
 
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09  a necessidade de termos uma vida santaLição 09  a necessidade de termos uma vida santa
Lição 09 a necessidade de termos uma vida santa
 
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
As Consequências das Escolhas Precipitadas - Lição 5 - 4º Trimestre 2016
 
Lição 10 as manifestações do espirito santo
Lição 10  as manifestações do espirito santoLição 10  as manifestações do espirito santo
Lição 10 as manifestações do espirito santo
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
 

Semelhante a Bibliologia - Introdução - Aula 01

1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptxCleomarCarvalho
 
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)Fórmula do Sucesso
 
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPTMárcio Azevedo
 
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPTMárcio Azevedo
 
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018
Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018Ramón Zazatt
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoFrancelia Carvalho Oliveira
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01Joel de Oliveira
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01Joel Silva
 
0 a bíblia
0 a bíblia0 a bíblia
0 a bíbliaPib Penha
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Paulinho Silva
 
MEGA ULTRA ENGANO.pptx
MEGA ULTRA ENGANO.pptxMEGA ULTRA ENGANO.pptx
MEGA ULTRA ENGANO.pptxDigenesSoares3
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aulaJoel Silva
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aulaJoel Silva
 

Semelhante a Bibliologia - Introdução - Aula 01 (20)

0 a bíblia
0 a bíblia0 a bíblia
0 a bíblia
 
1 - BIBLIOLOGIA.doc
1 -  BIBLIOLOGIA.doc1 -  BIBLIOLOGIA.doc
1 - BIBLIOLOGIA.doc
 
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdf
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdfLição 1 e 2 _ Edilson.pdf
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdf
 
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
 
Apostilavidanova
ApostilavidanovaApostilavidanova
Apostilavidanova
 
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)
I workshop - Especialidade: Estudos da Bíblia - 1a parte (web)
 
Bibliologia aula 3
Bibliologia aula 3Bibliologia aula 3
Bibliologia aula 3
 
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS.PPT
 
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT
29052014060457BIBLIA___CURSO_DE_FORMACAO_DOS_MINISTROS (1).PPT
 
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018
Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018Unidade 1 -  Descobrindo a Bíblia-  Introdução - versão 2018
Unidade 1 - Descobrindo a Bíblia- Introdução - versão 2018
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
 
0 a bíblia
0 a bíblia0 a bíblia
0 a bíblia
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02
 
Explicando a biblia
Explicando a bibliaExplicando a biblia
Explicando a biblia
 
MEGA ULTRA ENGANO.pptx
MEGA ULTRA ENGANO.pptxMEGA ULTRA ENGANO.pptx
MEGA ULTRA ENGANO.pptx
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aula
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aula
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aula
 

Bibliologia - Introdução - Aula 01

  • 1.
  • 2. A importância das Escrituras  Razão da necessidade das Escrituras  Como devemos estudar a Bíblia A Bíblia como um livro  Os livros antigos;  A estrutura da Bíblia;  O Tema Central;  Algumas observações úteis e práticas;
  • 3.
  • 4. Bibliologia é o estudo dos assuntos introdutórios à Bíblia. Um dos pontos mais altos da bibliologia é a exposição milagrosa de como ela é formada e de chegou até nós.
  • 7. Importância das Escrituras 1. Prepara o crente para responder àqueles que lhe pedem a razão da esperança que nele há (1 Pe 3.15); 2. Torna o obreiro preparado (2 Tm 2.15); 3. Acrescenta a fé (Is. 34.16); 4. Dá luz e entendimento aos simples (Sl 119.130)
  • 8. Razão da necessidade da Bíblia  Deus tem se revelado através da criação (Rm 1.20; Sl 19.1-6). Porém, na palavra de Deus temos uma revelação especial e maior. 1. Na Bíblia – a Palavra Escrita (Rm 15.4) 2. Em Cristo – a Palavra Viva (Jo 1.1)
  • 13.
  • 14. Porque estudar a Bíblia 1. É o único manual de vida.  É o livro texto do cristão, por isso, precisa manejar bem (2 Tm 2.15); 2. Alimenta a alma.  O estudo da palavra proporciona nutrição e crescimento espiritual (Mt 4.4; Jr 15.16; 1Pe 2.2) 3. É o instrumento que o Espírito Santo usa (Ef. 6.17).
  • 15. Porque estudar a Bíblia 4. Enriquece espiritualmente nossa vida (Sl 119.72)  O autor da Bíblia é Deus, seu real intérprete é o Espírito Santo e seu tema central é o Senhor Jesus Cristo.
  • 16.
  • 17. Como estudar a Bíblia? 1. Ler a Bíblia conhecendo Seu Autor; 2. Ler a Bíblia diariamente; 3. Ler a Bíblia com a melhor atitude mental e espiritual; 4. Ler a Bíblia em oração, devagar, meditando; 5. Ler a Bíblia toda.
  • 19. Formato dos livros antigos • Pedra; • Peças de cerâmica; • Rolos feitos de: – Papiro – Pergaminho • Codex
  • 20. Os textos da Bíblia foram escritos em diversos materiais, pequenas placas de argila, em e em pergaminho.
  • 21. Cilindro de Ciro O cilindro de Ciro é um artefato cilíndrico de barro que registra o decreto de Ciro autorizando o retorno dos judeus. Encontra-se exposto no museu Britânico, em Londres.
  • 22.
  • 23. O tipo de livro mais comum era o rolo – uma folha grande que podia ser enrolada. Os rolos antigos eram guardados em segurança em potes de barro.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 28. Papiro Planta aquática que cresce junto aos rios, lagos e banhados do Oriente, sua entrecasca servia para escrita; As tiras extraídas do papiro eram coladas umas às outras até formarem um rolo de qualquer extensão;
  • 30. Papiro 1. A casca é removida; 2. O papiro é cortado em tiras e fica de molho por algumas semanas; 3. As tiras são organizadas verticalmente e horizontalmente; 4. Coloca-se outra camada de pano em cisma e bate com a marreta para unir as partes ou leva-se a uma prensa por algumas semanas; 5. Usa-se uma pedra para dar o polimento final; 6. O papiro está pronto para o uso.
  • 31. Papiro Mencionado na Bíblia em:  Ex. 2.3; Jó 8.11 e Is 18.2 Algumas versões da Bíblia o chamam de junco; A palavra papel é derivada de papiro; Seu uso é de aproximadamente 3.000 a.C;
  • 35. II Co 11.33 – 12.9
  • 37. Pergaminho - Περγαμηνή Feito com peles de carneiro ou ovelha; Submetidas a um banho de cal; Raspadas e polidas com pedra-pomes;  é uma rocha vulcânica de muito baixa densidade. É formada quando gases e lava formam um coloide que, por arrefecimento, solidifica-se sob a forma de uma rocha esponjosa. Lavadas e rapadas; Colocadas para secar; Uma ou mais demãos de alvaiade Pigmento branco, consituído de carbonato de chumbo.
  • 38. Pergaminho - Περγαμηνή  Originário da cidade de Pérgamo, onde o processo foi desenvolvido, provavelmente no século II a.C.  O pergaminho tem durabilidade melhor que o papiro.  Citado na Bíblia em 2 Timóteo 4.13  “Quando você vier, traga a capa que deixei na casa de Carpo, em Trôade, e os meus livros, especialmente os pergaminhos.” τον φαιλονην ον απελιπον εν τρωαδι παρα καρπω ερχομενος φερε και τα βιβλια μαλιστα τας μεμβρανας
  • 39. Códice - Codex  Os códices (ou codex, da palavra em latim que significa "livro", "bloco de madeira") eram os manuscritos gravados em madeira, em geral do período da era antiga tardia até a Idade Média. Manuscritos do Novo Mundo foram escritos por volta do século XVI.
  • 40. Papel • Século II – invenção do papel pelos chineses; • 1450 A.D. – Prelo de tipos móveis pelo alemão Guttemberg;
  • 41.
  • 42. Vocábulo Bíblia - βίβλια • Não é encontrada a palavra βίβλια - Bíblia no texto em Português das Escrituras Sagradas mas encontra-se no texto original em grego, veja o exemplo: τον φαιλονην ον απελιπον εν τρωαδι παρα καρπω ερχομενος φερε και τα βιβλια μαλιστα τας μεμβρανας 2 Timóteo 4.13 - Grego Quando você vier, traga a capa que deixei na casa de Carpo, em Trôade, e os meus livros, especialmente os pergaminhos.” 2 Timóteo 4.13 - NVI
  • 43. Vocábulo Bíblia - βίβλια • A palavra grega βιβλω (biblos) refere-se a folha de papiro preparada para escrita; περι δε των νεκρων οτι εγειρονται ουκ ανεγνωτε εν τη βιβλω μωσεως επι της βατου ως ειπεν αυτω ο θεος λεγων εγω ο θεος αβρααμ και ο θεος ισαακ και ο θεος ιακωβ Marcos 12.26 - Grego Quanto à ressurreição dos mortos, vocês não leram no livro de Moisés, no relato da sarça, como Deus lhe disse: “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó” Marcos 12.26 - NVI
  • 44. Vocábulo Bíblia - βίβλια • Um rolo de tamanho pequeno era chamado βιβλιον (biblion) e vários destes era uma “bíblia”. και επεδοθη αυτω βιβλιον ησαιου του προφητου και αναπτυξας το βιβλιον ευρεν τον τοπον ου ην γεγραμμενον Lucas 4.17 - Grego Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías. Abriu-o e encontrou o lugar onde está escrito: Lucas 4.17 - NVI
  • 45. Vocábulo Bíblia - βίβλια • Portanto, Bíblia significa literalmente “coleção de livros pequenos”; • Com o desaparecimento dos rolos a palavra “biblos” passou a significar livros, daí surgiram: biblioteca, bibliografia, bibliófilo, etc.
  • 46. Nomes canônicos • Escrituras: Mt 21.42 • Sagradas Escrituras: Rm 1.2 • Livro do Senhor: Is 34.16 • Palavra de Deus: Mc 7.13; Hb 4.12 • Os Oráculos de Deus: Rm 3.2
  • 47.
  • 48. Construção 40 Autores 1.600 anos 3 Línguas Hebraico Aramaico Grego 3 Continentes Europa Ásia África
  • 49. As línguas da Bíblia As mudanças culturais dos povos bíblicos produziu escritos originais em diferentes línguas dominantes na época
  • 50.
  • 51. Estrutura da Bíblia • 66 Livros – 39 no Antigo Testamento – 27 no Novo Testamento
  • 52. LEI HISTORICOS POÉTICOS PROFETAS MAIORES PROFETAS MENORES 1. Gênesis 2. Êxodo 3. Levítico 4. Números 5. Deut. 1. Josué 2. Juízes 3. Rute 4. I Sam 5. II Sam 6. I Reis 7. II Reis 8. I Cron. 9. II Cron. 10. Esdras 11. Neemias 12. Ester 1. Jó 2. Salmos 3. Proverbios 4. Eclesiastes 5. Cantares 1. Isaias 2. Jeremias 3. Lamentações 4. Ezequiel 5. Daniel 1. Oséias 2. Joel 3. Amós 4. Obadias 5. Jonas 6. Miquéias 7. Naum 8. Habacuque 9. Sofonias 10. Ageu 11. Zacarias 12. Malaquias Gen: Deus tratou com indivíduos/Patriarcas Exod-Deut: Lei dada à nação de Israel História de Israel: Dos Juízes aos Reis Maior/menor pelo tamanho, não pela significânciaPrincipalmente escritos poéticos Bíblia - Antigo Testamento
  • 53. EVANGELHOS HISTORIA EPÍSTOLAS PAULINAS EPÍSTOLAS GERAIS PROFECIA 1. Mateus 2. Marcos 3. Lucas 4. João Atos dos Apóstolos 1. Romanos 2. I Coríntios 3. II Coríntios 4. Gálatas 5. Efésios 6. Filipenses 7. Col. 8. I Tes. 9. II Tes. 10. I Tim 11. II Tim 12. Tito 13. Filemon 1. Hebreus 1. Tiago 2. I Pedro 3. II Pedro 4. I João 5. II João 6. III João 7. Judas Apocalipse BIOGRAPIA de JESUS CRISTO Propósito: Provar que Jesus Cristo é o Filho de Deus -Atos dos apóstolos: principalmente de Paulo e Pedro. -História do início do Cristianismo. -Escritas por Paulo -Propósito: Instruir os cristãos Propósito: Instruir os cristãos nas Igrejas -Escrito por João 1 parte: lida com as questões presentes das Igrejas da Ásia. - 2 parte: futuro Bíblia - Novo Testamento
  • 55.
  • 56. LEI TORA [5] ‫תורה‬  Gênesis  Êxodo  Levítico  Números  Deuteronômio  Josué  Juízes  Samuel (1 e 2)  Reis (1 e 2)  Isaias  Jeremias  Ezequiel  Os 12 Profetas  Oséias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias , Ageu, Zacarias, Malaquias  Salmos  Provérbios  Jó  Cantares  Rute  Lamentações  Eclesiastes  Ester  Daniel  Esdras - Neemias  Crônicas (1 e 2) Bíblia Judaica -Tanach ‫תנ״ך‬ PROFETAS NEVIIM [8] ‫נביאים‬ ESCRITOS KETUVIM [11] ‫כתובים‬ “E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos” Lc 24.44
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60. Pentateuco – 5 - Lei Histórico – 12 Poéticos - 5 Profetas Maiores - 5 Profetas Menores - 12 VT NT Evangelhos - 04 Histórico - 01 Cartas pessoais - 14 Cartas gerais - 07 Profético - 01 39 livros escritos em língua Hebraica 27 livros escritos em Grego “koine” (comum) A numeração em capítulos - foi em 1228 feita por Langton A numeração em versículos – foi em 1528 feita por Pagnini Organização bíblica
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 67. Título atribuído pela equipe da Sociedade Bíblica do Brasil
  • 68. Título atribuído pela equipe de tradução, não está no original A equipe de tradução entendeu que era uma parábola, mas o texto demonstra que não é. Nas parábolas não há nomes de personagens, não são literais como esse o é.