EDUCAÇÃO
TIPOS DE ANALFABETISMO        ABSOLUTO:   O indivíduo recebeu pouca ou nenhuma instrução para aprender a ler. A grande mai...
FUNCIONAL:  O analfabeto funcional consegue ler e escrever frases curtas, mas não tem noção do seu significado; decodifica...
ALGUNS NÚMEROS DO  ANALFABETISMO BRASILEIRO   - O Brasil possui 9,8% de analfabetos.   - Cerca de 28% da população ainda p...
COMBATE AO ANALFABETISMO   Que a educação brasileira é deficitártia, todo mundo sabe. Mas o que fazer para melhorá-la? Ela...
Porém, a era digital e a exploração de seus recursos constituem apenas uma das facetas da educação. É preciso fazer muito ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educacao

402 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educacao

  1. 1. EDUCAÇÃO
  2. 2. TIPOS DE ANALFABETISMO       ABSOLUTO: O indivíduo recebeu pouca ou nenhuma instrução para aprender a ler. A grande maioria não consegue nem mesmo assinar o próprio nome.          ILETRISMO: Quando não há compreensão do que se lê. Tal problema  atinge todas as camadas sociais  e, geralmente, está ligado a um ensino deficiente. Uma das causas do iletrismo no Brasil é a falta de incentivo aos sistemas educacionais.   
  3. 3. FUNCIONAL: O analfabeto funcional consegue ler e escrever frases curtas, mas não tem noção do seu significado; decodifica os símbolos, mas não o que eles querem dizer. O problema atinge 70% dos indivíduos economicamente ativos do país.         TECNOLÓGICO: o indivíduo não possui informações necessárias para operar computadores e outras ferramentas tecnológicas. O governo tem criado programas de incentivo para combater o problema, promovendo a chamada inclusão digital.
  4. 4. ALGUNS NÚMEROS DO  ANALFABETISMO BRASILEIRO   - O Brasil possui 9,8% de analfabetos.   - Cerca de 28% da população ainda pode ser classificada como analfabeta funcional.   - Somente 25% dominam plenamente o uso da língua.   - 10% dos brasileiros que estudaram até a 4ª série são analfabetos; destes, apenas 6% atingem o nível pleno de alfabetização.     - Entre os que cursaram ou cursam da 5ª a 8ª série, apenas 24% ainda permanecem no nível rudimentar  e apenas 15% podem ser considerados plenamente alfabetizados.  
  5. 5. COMBATE AO ANALFABETISMO   Que a educação brasileira é deficitártia, todo mundo sabe. Mas o que fazer para melhorá-la? Ela está diretamente ligada ao crescimento de um país em vias de desenvolvimento. Qualificar é preciso, mas o âmago da questão é mais complicado do que aparenta, pois muitos indivíduos com curso superior não tiveram nas bases de seu ensino uma educação de qualidade. Hoje, educar é um ato muito mais complexo do que na geração de nossos pais. Vivemos na era digital, o que por si só exige o domínio de novas técnicas. Fala-se em analfabetismo tecnologico, surgido justamente pela deficiência em operar máquinas e softwares , os quais possibilitam um vasto leque de oportunidades profissionais. 
  6. 6. Porém, a era digital e a exploração de seus recursos constituem apenas uma das facetas da educação. É preciso fazer muito mais.    Investimentos em infraestrutura e na qualificação de professores são alguns dos fatores vitais no processo, bem como alertar os jovens contra os malefícios das drogas, haja vista que o consumo os aproxima da criminalidade e afasta das possibilidades de terem uma vida digna e produtiva enquanto cidadãos e seres humanos.    A cidadania, aliás, alicerça as bases para uma educação sólida, pois somente assim os indivíduos deste p   aís poderão ter a real noção não apenas de seus deveres, mas também de seus direitos.  A educação, portanto, é vital em suas mais diversas esferas e deve ser tratada pelo governo de nosso país como algo primordial, o que, infelizmente, não ocorre na atual gestão, como não ocorreu nas anteriores...

×