Curso Introdução à Educação Digital             40 Horas      NÚCLEO DE TENOLOGIA         DA EDUCAÇÃO
O Curso Introdução à EducaçãoDigital, promovido pela Secretaria deEducação a Distância Seed/MEC, integrao Programa Naciona...
Componentes articulados pelo Proinfo   A instalação de ambientes tecnológicos nas    escolas;   A formação continuada do...
Objetivo do Programa Inserção de tecnologias da informação e  comunicação (TICs) nas escolas públicas  brasileiras, visan...
Objetivo do Curso        Contribuir para a inclusão digital deprofissionais    da    educação,    buscandofamiliarizá-los,...
Unidades de Estudo   Tecnologias no cotidiano: desafios à inclusão digital   Nevegação, pesquisa na Internet e segurança...
Proposta Pedagógica   Formação contextualizada significativa que busca    envolver o cursista na análise e solução de    ...
Estrutura e organização  Cada unidade prevê atividades de aprendizagem,  envolvendo conceitos, procedimentos, reflexões e ...
Avaliação         Serão consideradas, para fins decertificação, a freqüência nos encontrospresenciais de formação e ativid...
Professores Formadores Claudemir Oliveira dos Santos Edemar Francisco Guimarães       Araguaína 2011
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso introdução 40 horas 2011

263 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso introdução 40 horas 2011

  1. 1. Curso Introdução à Educação Digital 40 Horas NÚCLEO DE TENOLOGIA DA EDUCAÇÃO
  2. 2. O Curso Introdução à EducaçãoDigital, promovido pela Secretaria deEducação a Distância Seed/MEC, integrao Programa Nacional de FormaçãoContinuada em Tecnologia Educacional –Proinfo Integrado, voltado para aformação de professores e gestores daeducação básica.
  3. 3. Componentes articulados pelo Proinfo A instalação de ambientes tecnológicos nas escolas; A formação continuada dos professores e outros agentes educacionais para o uso pedagógico das TICs; A disponibilização de conteúdos e recursos educacionais multimídia e digitais, nos próprios computadores, por meio do Portal do Professor, da TV/DVD Escola etc.
  4. 4. Objetivo do Programa Inserção de tecnologias da informação e comunicação (TICs) nas escolas públicas brasileiras, visando principalmente a:a)Promover a inclusão digital dos professores e gestores escolares das escolas de educação básica e comunidade escolar em geral.b)Dinamizar e qualificar os processos de ensino e de aprendizagem com vistas à melhoria da qualidade da educação básica.
  5. 5. Objetivo do Curso Contribuir para a inclusão digital deprofissionais da educação, buscandofamiliarizá-los, motivá-los e prepará-los paraa utilização significativa de recursos decomputadores (sistema operacional LinuxEducacional e softwares livres) e recursosda Internet, refletindo sobre o impactodessas tecnologias nos diversos aspectosda vida, da sociedade e de sua práticapedagógica.
  6. 6. Unidades de Estudo Tecnologias no cotidiano: desafios à inclusão digital Nevegação, pesquisa na Internet e segurança na rede Comunicação mediada pelo computador; correio eletrônico Debate na rede: bate-papo, lista e fórum de discussão, netiqueta Elaboração e edição de textos Apresentação para nossas aulas Criação de blogs Cooperação e interação em rede Solução de problemas com planilhas eletrônicas
  7. 7. Proposta Pedagógica Formação contextualizada significativa que busca envolver o cursista na análise e solução de problemas/questões que fazem parte de sua vivência. Promoção da autonomia do sujeito Interação na aprendizagem e construção do conhecimento Tecnologias como meio e não como fim Relação ação /reflexão/ação constante Ênfase na aplicação prática no trabalho docente
  8. 8. Estrutura e organização Cada unidade prevê atividades de aprendizagem, envolvendo conceitos, procedimentos, reflexões e práticas para 4 horas semanais que podem ser totalmente presenciais ou distribuídas em: Encontros presenciais semanais de, no mínimo, 2 horas; Estudo a distância, guiado pelas unidades de estudo e prática, de 2 horas por semana.
  9. 9. Avaliação Serão consideradas, para fins decertificação, a freqüência nos encontrospresenciais de formação e atividades pelocursista ao longo do cursos, segundo asorientações e critérios fornecidos em cadaunidade de estudo e pelos formadores.
  10. 10. Professores Formadores Claudemir Oliveira dos Santos Edemar Francisco Guimarães Araguaína 2011

×