Trabalho de   ufcd2
História da Motherboard  <ul><li>A  Motherboard  é, possivelmente, a mais importante peça de todo computador. É nela em qu...
O Aparecimento da  motherboard <ul><li>Na década de 50, um matemático americano, de nome John Von Neumann (1903-1957) apre...
<ul><li>A primeira  Motherboard  apareceu na IBM em 1982. O design que a IBM criou, é ainda  o que vemos nas placas mãe de...
Constituição de uma motherboard <ul><li>Processador </li></ul><ul><li>Memória RAM </li></ul><ul><li>Memória ROM </li></ul>...
 
Características das  Motherboards <ul><li>A  motherboard  pode, ser designada por &quot;placa mãe&quot;. </li></ul><ul><li...
<ul><li>O tipo de CHIPSET   - conjunto de circuitos que controlam o acesso à memória central, à memória cache externa, aos...
 
 
<ul><li>É vulgar encontrar integrado na motherboard os seguintes  Periféricos : </li></ul><ul><li>Controlador de vídeo - p...
 
<ul><li>Tipos de Motherboard </li></ul><ul><li>É possível classificar as motherboards em duas grandes famílias:  AT e ATX ...
Motherboard AT
Evolução -  1987 <ul><li>Em 1987, a Western Digital introduziu no mercado um novo formato, designado por  LPX . A principa...
LPX
 
1996  – Surge a  ATX <ul><li>As placas  ATX  (especificação desenvolvida pela Intel, em 1996 ) representam uma natural evo...
 
<ul><li>Nem todos dão importância a este componente, mas ele é um dos mais vitais de um computador. É aqui que assentam to...
Trabalho realizado por: <ul><li>Francisco Quissanga </li></ul><ul><li>Bruno Pinto </li></ul><ul><li>Hélio Furtado </li></u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentaçãosem Animaca0

514 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
514
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentaçãosem Animaca0

  1. 1. Trabalho de ufcd2
  2. 2. História da Motherboard <ul><li>A Motherboard é, possivelmente, a mais importante peça de todo computador. É nela em que diferentes peças do computador são conectadas. Felizmente, devido ao nosso progresso tecnológico foi possível evoluir a tecnologia, e manter o tamanho físico da Motherboard o mesmo durante anos mesmo com os avanços significativos introduzidos no computador. </li></ul>
  3. 3. O Aparecimento da motherboard <ul><li>Na década de 50, um matemático americano, de nome John Von Neumann (1903-1957) apresentou um esquema que ilustrava as unidades principais de um computador pessoal. Este esquema ainda hoje é referência de estudo, quando se pretende descrever o interior de um computador </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A primeira Motherboard apareceu na IBM em 1982. O design que a IBM criou, é ainda o que vemos nas placas mãe de hoje em dia – Portas e slots feitos para diferentes tipos de hardwares. Este design foi mais tarde usado pela Apple no seu computador Apple II. O Apple II foi quem mais inovou quando o assunto era adicionar novos periféricos no computador com maior facilidade, e com isso o mercado de peças de computador foi aberto e assim podemos ter toda esta variedade nos dias de hoje. </li></ul>
  5. 5. Constituição de uma motherboard <ul><li>Processador </li></ul><ul><li>Memória RAM </li></ul><ul><li>Memória ROM </li></ul><ul><li>Chips de controlo </li></ul><ul><li>Slots de expansão </li></ul><ul><li>Bus ou barramento </li></ul><ul><li>Conectores ou portas. </li></ul>
  6. 7. Características das Motherboards <ul><li>A motherboard pode, ser designada por &quot;placa mãe&quot;. </li></ul><ul><li>Com efeito, uma determinada motherboard define a &quot;personalidade&quot; do PC que </li></ul><ul><li>nela se baseia, condicionando um vasto conjunto de características do PC, </li></ul><ul><li>nomeadamente : </li></ul>
  7. 8. <ul><li>O tipo de CHIPSET - conjunto de circuitos que controlam o acesso à memória central, à memória cache externa, aos barramentos e a alguns periféricos. </li></ul><ul><li>O tipo de CPU - Central Processing Unit - e a respectiva velocidade; </li></ul><ul><li>O tipo de caixa e da fonte de alimentação </li></ul><ul><li>O tipo de BIOS (ROM, Flash) </li></ul><ul><li>O tipo e dimensão de memória - EDO, SDRAM, RDRAM, ECC, DDR </li></ul><ul><li>O tipo e número de conectores de expansão - ISA, EISA, MCA, VESA, AGP, ou PCI; </li></ul><ul><li>O tipo de conector do teclado. </li></ul>
  8. 11. <ul><li>É vulgar encontrar integrado na motherboard os seguintes Periféricos : </li></ul><ul><li>Controlador de vídeo - pode utilizar parte da memória central </li></ul><ul><li>Controlador de unidades IDE </li></ul><ul><li>Controlador de unidades SCSI </li></ul><ul><li>Controlador de portas série – COM </li></ul><ul><li>Controlador de porta paralela – LPT </li></ul><ul><li>Controlador de portas USB </li></ul><ul><li>Controlador para rato PS/2 e interface para unidades infra vermelhos </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Tipos de Motherboard </li></ul><ul><li>É possível classificar as motherboards em duas grandes famílias: AT e ATX . </li></ul><ul><li>Na família AT, mais antiga (em produção desde 1983 até 1996), podem-se encontrar motherboards de diversos tamanhos, estando mais divulgadas as mais pequena, designadas por Baby AT , por oposição ao formato Full-size AT . </li></ul><ul><li>Tipicamente estes formatos utilizam o mesmo tipo de caixa. </li></ul>
  10. 14. Motherboard AT
  11. 15. Evolução - 1987 <ul><li>Em 1987, a Western Digital introduziu no mercado um novo formato, designado por LPX . A principal </li></ul><ul><li>particularidade deste formato é a existência de uma pequena placa vertical, que encaixa na </li></ul><ul><li>motherboard e que inclui os conectores de expansão. Desta forma, as placas de expansão são </li></ul><ul><li>instaladas, nesta extensão, paralelamente à motherboard , o que permite construir sistemas de baixo </li></ul><ul><li>perfil ( desktop ). O principal inconveniente destas placas reside exactamente na existência de mais um </li></ul><ul><li>conector, o que aumenta a probabilidade de erros de origem mecânica. </li></ul>
  12. 16. LPX
  13. 18. 1996 – Surge a ATX <ul><li>As placas ATX (especificação desenvolvida pela Intel, em 1996 ) representam uma natural evolução relativamente às anteriores, sendo totalmente incompatíveis ao nível da caixa. </li></ul><ul><li>As principais inovações em relação as placas AT podem ser resumidas do seguinte modo: </li></ul><ul><li>Conectores das diversas portas de I/O integrados na motherboard, evitando assim a instalação de cabos e aumentado a fiabilidade; </li></ul><ul><li>Os conectores das unidades de disco estão mais próximos dos espaços reservados para a sua instalação; </li></ul><ul><li>Aumento do desempenho a nivel gráfico com o aparecimento do slot de expansão AGP e PCI-Express </li></ul><ul><li>A posição da CPU e dos conectores de memória facilita o seu manuseamento e promove a capacidade de refrigeração, uma vezque se encontram estrategicamente próximos das ventoinhas da fonte; </li></ul><ul><li>Inversão do fluxo de ar. O ar forçado para refrigeração proveniente das ventoinhas da fonte de alimentação - deverá ser &quot;soprado&quot; para dentro da caixa, o que evita que o computador </li></ul><ul><li>funcione como um &quot;aspirador&quot;. </li></ul><ul><li>Fonte de alimentação liga através de um único conector, que apenas encaixa numa posição (potencial fonte de erros nas placas AT!); </li></ul>
  14. 20. <ul><li>Nem todos dão importância a este componente, mas ele é um dos mais vitais de um computador. É aqui que assentam todas as placas de expansão da máquina e é também à motherboard que se ligam os periféricos. Portanto é fácil perceber que, se esta peça do puzzle não for de qualidade, corremos o risco de obter um mau desempenho – e, na pior das hipóteses, uma máquina instável. Sugerimos então que escolha sempre um modelo de uma marca conhecida, baseada num chipset que já tenha dado provas da sua qualidade. Tenha também em conta a disposiçao de elementos, visto que este pormenor pode ser essencial quando precisar de trocar componentes tais como RAM , CPU , HDD’s e Placa gráficas. </li></ul>
  15. 21. Trabalho realizado por: <ul><li>Francisco Quissanga </li></ul><ul><li>Bruno Pinto </li></ul><ul><li>Hélio Furtado </li></ul><ul><li>Mário Neto </li></ul>

×