Recrutamento e Seleção - Psicologia do Trabalho

2.453 visualizações

Publicada em

Trabalho: Falar sobre Recrutamento e Seleção; Selecionar 2 ou 3 currículos da internet e selecionar um candidato e dizer o porquê tal pessoa foi escolhido.

Obs: Não foram pegos currículos pela internet, foram elaborados por mim.

Publicada em: Recrutamento e RH
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recrutamento e Seleção - Psicologia do Trabalho

  1. 1. 1 CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE ALAGOAS - CET CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO DAYANNE VASCONCELLOS CRIAÇÃO DE PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA O CARGO DE TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO. MACEIÓ 2014
  2. 2. 2 DAYANNE VASCONCELOS CRIAÇÃO DE PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA O CARGO DE TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO. Pesquisa apresentado ao Centro de Educação Tecnológica de Alagoas como requisito para obtenção parcial de nota da disciplina Psicologia do Trabalho, orientado pela professora Carolina Carnaúba. MACEIÓ 2014
  3. 3. 3 SUMÁRIO  Técnico de Segurança do Trabalho – CBO 0-39.45 ...................... 04  Recrutamento....................................................................................05  Currículo 1.........................................................................................06  Currículo 2..........................................................................................07  Currículo 3..........................................................................................09  Seleção...............................................................................................11  Candidato Selecionado.....................................................................13  Referência Bibliográficas..................................................................14
  4. 4. 4 TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO – CBO 0-39.45  inspeciona locais, instalações e equipamentos da empresa, observando as condições de trabalho, para determinar fatores e riscos de acidentes; estabelece normas e dispositivos de segurança, sugerindo eventuais modificações nos equipamentos e instalações e verificando sua observância, para prevenir acidentes;  inspeciona os postos de combate a incêndios, examinando as mangueiras, hidrantes, extintores e equipamentos de proteção contra incêndios, para certificar-se de suas perfeitas condições de funcionamento;  comunica os resultados de suas inspeções, elaborando relatórios, para propor a reparação ou renovação do equipamento de extinção de incêndios e outras medidas de segurança;  investiga acidentes ocorridos, examinando as condições da ocorrência, para identificar suas causas e propor as providências cabíveis;  mantém contatos com os serviços médico e social da empresa ou de outra instituição, utilizando os meios de comunicação oficiais, para facilitar o atendimento necessário aos acidentados;  registra irregularidades ocorridas, anotando-as em formulários próprios e elaborando estatísticas de acidentes, para obter subsídios destinados à melhoria das medidas de segurança;  instrui os funcionários da empresa sobre normas de segurança, combate a incêndios e demais medidas de prevenção de acidentes, ministrando palestras e treinamento, para que possam agir acertadamente em casos de emergência;  coordena a publicação de matéria sobre segurança no trabalho, preparando instruções e orientando a confecção de cartazes e avisos, para divulgar e desenvolver hábitos de prevenção de acidentes;  participa de reuniões sobre segurança no trabalho, fornecendo dados relativos ao assunto, apresentando sugestões e analisando a viabilidade de medidas de segurança propostas, para aperfeiçoar o sistema existente.
  5. 5. 5 RECRUTAMENTO Publicada em: 25/03/2014 VAGA: Técnico de Segurança do Trabalho – 1 vaga DADOS DA VAGA Descrição:  Irá atuar com rotinas da área de segurança do trabalho, acompanhando obras e realizando relatórios e demais atividades pertinentes ao cargo. Qualificação:  Formação técnica em Segurança do Trabalho;  Vivência com programas de prevenção de acidentes e saúde ocupacional;  Registro de CAT;  Elaboração de laudos técnicos;  Domínio nas NR 10, NR 18, NR 35 e NR 33. Vantagens:  Oportunidade de carreira dentro da organização Local de Trabalho:  Maceió / AL DADOS DA EMPRESA Nome da Empresa: Autonôma Ramo: Construção Civil Contato: Enviar currículo anexo para: rh@rh.com.br colocando no assunto: Técnico em Segurança do Trabalho Prazo de recebimento de currículos: até dia 02/04/2014.
  6. 6. 6
  7. 7. 7 DADOS PESSOAIS Nome: Luiz Pedro dos Santos Data de Nascimento: 25/06/1982 (31 anos) Sexo: Masculino Endereço: Maceió- AL DADOS PROFISSIONAIS Cargo: Técnico em Segurança do Trabalho Período: 10/2012 até 02/ 2014 Empresa: Monte Klinikum Hospital Atribuições: Inspeções nos setores de procedimento hospitalar; Inspeção de extintores; Treinamentos; Elaboração de CAT/PPP; Apoio à CIPA; Entrega de EPI’S ; Dentre outras atividades pertinentes.); Cargo: Técnico em Segurança do Trabalho Período: 03/2012 até 09/2012. Empresa: Daniel Empreendimentos e Terraplenagem Ltda. Atribuições: Análise dos métodos e processos de trabalho; Identificação dos fatores de risco de acidentes do trabalho, doenças profissionais e do trabalho; Execução dos procedimentos de segurança e higiene do trabalho; Inspeção de equipamentos de proteção contra incêndios; Elaboração e acompanhamento de check-lists; Inspeções de campo; Apoio à CIPA; Treinamentos; Dentre outras atividades pertinentes.); Curso: Assessor Técnico de Brigada de Incêndio Nível do Curso: 2º Grau / Técnico Instituição: Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Brigada de Incêndio – Cefabi Período: 2012 EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS Técnico em Segurança do Trabalho (2012 - 2014) Atividades: Inspeções nos setores de procedimento hospitalar; Inspeção de extintores; Treinamentos; Elaboração de CAT/PPP; Apoio à CIPA; Entrega de EPI’S ; Dentre outras atividades pertinentes.
  8. 8. 8 FORMAÇÃO ACADÊMICA  Assessor Técnico de Brigada de Incêndio  Bombeiro Profissional Civil Curso: Bombeiro Profissional Civil Nível do Curso: 2º Grau / Técnico Instituição: Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Brigada de Incêndio – Cefabi Período: 2012 Curso: Técnico em Segurança do Trabalho Nível do Curso: 2º Grau / Técnico Instituição: Escola Técnica de Maracanaú Período: 2010 até 2012 OUTROS CURSOS  Informática Básica (Sigma Informática);  Programa de Prevenção de Riscos Ambientais/PPRA (Instituto Juscelino Kubitschek de Ensino Profissional e Gerencial);  Espaço confinado (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Brigada de Incêndio – CEFABI).
  9. 9. 9 DADOS PESSOAIS Nome: João Carlos do Nascimento Data de Nascimento: 18/07/1978 (35 anos) Sexo: Masculino Cidade: São Paulo - SP DADOS PROFISSIONAIS Faixa Salarial:De 2.000 até 3.000 Trabalha Atualmente: Não FORMAÇÃO ACADÊMICA Curso: Técnico em Segurança do Trabalho Nível do Curso: 2º Grau / Técnico Instituição: Senac Período: 2011 até 2012 OUTROS CURSOS  Power Point – básico;  Word – básico;  Excel – básico;  Águia de Fogo - Formação de Prevenção e Combate a Incêndio Teórico e Prático de Acordo com o IT nº17 do Corpo de Bombeiros - Carga horário: 8 horas (2012); Plano de Abandono IT nº 16;  Instrutor de trabalho em altura – Carga horária: 40 horas (2012). EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS Cargo:Técnico Segurança do Trabalho Período: Setembro de 2013 até Março 2014 Área de Atuação:Engenharia Civil Nível Hierárquico:Técnico Empresa: RR Compacta Segmento: Engenharia Porte:Média - entre 100 e 499 funcionários Atividades:  Responsável pela elaboração e participação na implementação do SGI.  Atuando no desenvolvimento de PPRA, PPP, PCMSO, PCMAT.  Liberação de APR, PT.
  10. 10. 10  Elaboração de CIPA.  Responsável pelo controle de documentações no setor de Segurança do Trabalho, (CAT, ASO, Ficha de EPI, PPRA, PCMSO) dando apoio nas realizações de inspeções em ambientes de trabalho, extintores de Incêndio, elaborando Check list.  Analise Preliminar de Risco, e Diálogo Diário de Segurança (DDS).  Treinamentos específicos de segurança do trabalho e instrutor de trabalho em altura. Cargo: Técnico Segurança do Trabalho Período: Julho de 2013 até Setembro de 2013 Área de Atuação: Engenharia Civil Nível Hierárquico: Técnico Empresa: Construtora Cyrela Segmento: Construção Civil Porte: Grande - acima de 500 funcionários CONHECIMENTOS GERAIS  Atuar na prevenção de acidente, informar o empregador e os trabalhadores sobre os riscos presentes no ambiente de trabalho, promovendo campanhas, cursos e outros eventos de divulgação das normas de segurança e saúde no trabalho, como também ações de prevenção ao meio ambiente. Além de executar inspeções, recomendações e, quando necessário, auditorias técnicas, realizar estudos, avaliações e inspeções das condições de trabalho, quanto aos aspectos de segurança, meio ambiente e saúde, ministra treinamento teórico e prático sobre segurança, com o objetivo de manter os trabalhadores informados e treinados sobre os riscos, normas e procedimentos aplicáveis. Com capacidade de liderança e boa comunicação.
  11. 11. 11 SELEÇÃO Técnicas de Seleção  Entrevista  Provas de conhecimento ou capacidade - São Instrumentos para avaliar o nível de conhecimentos gerais e específicos dos candidatos exigidos pelo cargo a ser preenchido.  Testes psicométricos – Os testes psicométricos focalizam principalmente as aptidões. Servem para determinar os quantos elas estão presentes em cada pessoa, com a finalidade de prever o seu comportamento em determinadas formas de trabalho.  Testes de personalidade - são chamados específicos quando pesquisam determinados traços ou aspectos da personalidade, como equilíbrio emocional, frustração, interesses, motivação etc.  Técnicas de simulação - são utilizadas nos cargos que exijam relacionamento interpessoal: como direção, gerência, supervisão, vendas, compras, contatos etc. A simulação promove retroação e permite o autoconhecimento e a auto-avaliação. As técnicas de simulação devem ser conduzidas por psicólogos ou especialista no assunto. PASSO A PASSO DA ENTREVISTA  Prepar-se. Leia o perfil do cargo, o formulário padrão e o CV do candidato antes de falar com ele;  O “Cenário” - Dê preferência a fazer entrevista em um lugar onde possa falar com calma e sem distrações;  O “Quebra-Gelo” - Ponha o candidato á vontade, no ínicio, falando sobre assuntos alheios aos que você deseja mesmo falar;  Abrangência e estruturação – Começano com assuntos menos “ameaçadores”, evolua para questões mais comportamentais. Fuja da entrevista focada em informações superficiais;  Estimule a fala do candidato;
  12. 12. 12  Exclua o “sim/não”. Perguntas como “explique-me”, “conte para mim”, etc.., tornam a entrevista mais rica;  Evite direcionamentos – Cuide que suas perguntas não tenham uma “resposta certa” implícita;  Naturalidade – Mesmo as perguntas envolvendo pontos técnicos ou comportamentaiscríticos, devem ser apresentadas em tom equilibrado e no momento certo;  Prospectar – Frases como “com aquele tipo de gente é difícil trabalhar” podem relevar um problema de atitude e potencial ou apenas um desabafo. Disfarce e cheque isto mais a diante, com outras perguntas;  Escute as entrelinhas – Alguns candidatos nos enviam mensagens além do que estão apenas nos dizendo. Devemos esperar por elas;  Julgamentos – Devemos colocar sob controle nossos sentimentos sobre padrões morais e sociais, principalmente quando forem diferentes dos candidatos, por motivos óbvios;  O corpo fala – A linguagem gestual do candidato pode até informar o oposto do que ele diz. Fique atento;  Releve-se – Gradualmente mostre também suas opniões e maneira de ser. Isto desenvolve o clima da entrevista e reduz a tensão do candidato;  Energia e entusiasmo – A maioria dos candidatos julgará a organização pelo comportamento do entrevistador. Uma entrevista excessivamente formal, também pode afetar a boa vontade do candidato em revelar-se;  Atitude e personalidade – Encoraje o candidato a dizer o que gostava ou não em empregos anteriores. O que ele considerar sucesso ou fracasso revela muito sobre sua postura pessoal;  Discutir o cargo – Uma vez tendo a painel de informações sobre o candidato, é apropriado discutir com ele o escopo do cargo e a organização. Se tiver percebido que o candidato tem potencial apara aproveitamento, trate-se de interessá-lo ao máximo, “venda” a organização. Se ele não se encaixar no perfil, pule esta parte;  Cotejar a cultura – Mesmo excelente candidatos podem, eventualmente, não se encaixar na cultura organizacional. Não crie “estranhos no ninho”;
  13. 13. 13  Equilíbrio – Candidato pode contatar-se mutuamente depois do processo seletivo (principalmente internos). Este é mais um motivo para tratá-los todos com igualdade e fazendo sempre as mesmas perguntas;  Tomar notas – Mesmo em entrevistas bem feitas, algum dado relevante pode se perder. Não tenha receio de escrever o CV do candidato ddos que lhe serão referênciais, depois do mesmo ter ido embora;  Timing – Seja flexível com o relógio. Não encerre a entrevista enquanto não tiver tirado do candidat tudo que precisa saber para tomar sua decisão. Se o tempo escassear, acelere o ritmo da entrevista, mas não perca os dados.  Conclusão – No encerramento, sempre diga qual será o próximo passo, quanto tempo deverá esperar, quem e quando fará contato. CANDIDATO SELECIONADO Nossa construtora é um empresa no ramo de engenharia e construção civil, atendendo vários clientes e consumidores interessados nos serviços da mesma. A empresa em questão é considerávelmente grande e renomeada e, para manter a fama e conseguir profissionais capacitados e de qualidade, a mesma procura oferecer remunerações atrativas para que os funcionários possam exercer suas atividades e funções com préstigio, além de manterem uma vida pessoal estável fora de seu período de atuação. O candidato selecionado foi João Carlos do Nascimento. Justificativa: Trata-se de um profissional capacitado e treinado, com amplo conhecimento na área de técnico em segurança do trabalho - construção civil, além da remuneração desejada se enquadrar dentro do que nossa empresa oferece, mostra-se uma pessoa que tem total interesse em agregar conhecimentos, experiências e valores em sua vida profissional. Acredito que nós só tenhamos a ganhar com a contratação do mesmo.
  14. 14. 14 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  http://www.atualizaocupacional.com.br/tecnico-de-seguranca-do- trabalho-cbo-0-39-45/  http://www.atualizaocupacional.com.br/tecnico-de-seguranca-do- trabalho-cbo-0-39-45/  http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Provas-De-Conhecimento-e- Capacidades/382020.html  http://www.cursosnocd.com.br/recursos-humanos/testes- psicometricos.htm  http://pt.slideshare.net/ppconsul/aula-4-adm-rh-seleo-de-pessoas#

×