SSaannttaa CCaassaa ddaa 
MMiisseerriiccóórrddiiaa ddee CCaassccaaiiss 
CCEENNTTRROO DDEE 
AALLOOJJAAMMEENNTTOO 
TTEEMMPPO...
História
A casa 
Encontra-se localizada na Quinta de 
Santo António de Tercena, Rua 
Comendador Alvaro Vilela, nº 23 
2730 – 051 Ba...
CCoonnssttiittuuííddaa ppoorr::
Missão e Valores
Equipa 
A equipa de trabalho é constituída por 32 elementos, divididos por três 
turnos, e conta com o apoio semanal de um...
OO oobbjjeeccttiivvoo éé ccoommuumm!!
Pretendemos:
Crianças e jovens em risco
Problemática do Acolhimento
Plano de Intervenção 
Pressupõe: 
•um correcto diagnóstico da situação de cada criança; 
• a elaboração de um plano indivi...
Articulação com a 
Comunidade
Voluntariado 
O voluntariado, quer na sua vertente de apoio individualizado ao 
estudo, quer no enquadramento de diversas ...
Voluntariado
Voluntariado
Comemoração Anual do 
Dia do Voluntário
Responsabilidade Social 
O espaço físico tem vindo a ser progressivamente melhorado através de 
acções de mecenato e de re...
Famílias Amigas
Parceria com o Nucleo de 
Intervenção Familiar
Parceria com o Nucleo de 
Intervenção Familiar
Resultados da 
intervenção 
desde 2004 •O acolhimento das ccrriiaannççaass ee jjoovveennss 
ppeerrmmiittee oo aaffaassttaa...
Resultados da intervenção 
Autonomização
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Resultados da intervenção
Projecto Famílias Amigas 
RReessuullttaaddooss 
AAccoollhhiimmeennttoo eemm FFaammíílliiaa
Projecto Famílias Amigas 
RReessuullttaaddooss
Projecto Famílias Amigas 
Este projecto permite que as crianças/jovens institucionalizados criem 
vínculos estáveis e perm...
Acreditamos que esta missão… 
ÉÉ uummaa lloonnggaa ccaammiinnhhaaddaa 
ffeeiittaa ddee ppeeqquueennooss ppaassssooss,, 
nn...
Obrigada!
Apresentação CATT
Apresentação CATT
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação CATT

191 visualizações

Publicada em

Centro de Alojamento Temporário de Tercena

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação CATT

  1. 1. SSaannttaa CCaassaa ddaa MMiisseerriiccóórrddiiaa ddee CCaassccaaiiss CCEENNTTRROO DDEE AALLOOJJAAMMEENNTTOO TTEEMMPPOORRÁÁRRIIOO DDEE TTEERRCCEENNAA
  2. 2. História
  3. 3. A casa Encontra-se localizada na Quinta de Santo António de Tercena, Rua Comendador Alvaro Vilela, nº 23 2730 – 051 Barcarena
  4. 4. CCoonnssttiittuuííddaa ppoorr::
  5. 5. Missão e Valores
  6. 6. Equipa A equipa de trabalho é constituída por 32 elementos, divididos por três turnos, e conta com o apoio semanal de uma médica pediatra e terapeuta familiar.
  7. 7. OO oobbjjeeccttiivvoo éé ccoommuumm!!
  8. 8. Pretendemos:
  9. 9. Crianças e jovens em risco
  10. 10. Problemática do Acolhimento
  11. 11. Plano de Intervenção Pressupõe: •um correcto diagnóstico da situação de cada criança; • a elaboração de um plano individual de intervenção; •a definição atempada de um projecto de vida; •a articulação com as famílias, •a sinalização e o encaminhamento para a adopção; •a preparação para a autonomia de vida; • o estabelecimento de um plano individual de educação e formação; •o apoio a crianças com necessidades educativas especiais •o planeamento, gestão e avaliação das actividades curriculares, desportivas e de tempos livres, formativas e de rotina diária; •a prestação de cuidados de saúde; •a dinamização de projectos de voluntariado; •a capacidade de captação de apoio da sociedade civil.
  12. 12. Articulação com a Comunidade
  13. 13. Voluntariado O voluntariado, quer na sua vertente de apoio individualizado ao estudo, quer no enquadramento de diversas actividades lúdicas, desportivas e culturais constitui uma mais valia e um valioso contributo da sociedade civil, para o sucesso da nossa intervenção. AAccttuuaallmmeennttee::
  14. 14. Voluntariado
  15. 15. Voluntariado
  16. 16. Comemoração Anual do Dia do Voluntário
  17. 17. Responsabilidade Social O espaço físico tem vindo a ser progressivamente melhorado através de acções de mecenato e de responsabilidade social de várias empresas que o vão tornando mais acolhedor e confortável. São também realizadas acções que promovem actividades diversas junto das crianças.
  18. 18. Famílias Amigas
  19. 19. Parceria com o Nucleo de Intervenção Familiar
  20. 20. Parceria com o Nucleo de Intervenção Familiar
  21. 21. Resultados da intervenção desde 2004 •O acolhimento das ccrriiaannççaass ee jjoovveennss ppeerrmmiittee oo aaffaassttaammeennttoo ddaass ssiittuuaaççõõeess ddee ppeerriiggoo aa qquuee eessttiivveerraamm eexxppoossttooss.. • OO tteemmppoo ddee ppeerrmmaannêênncciiaa nnoo CCAATTTT éé oo nneecceessssáárriioo aattéé qquuee sseejjaa ddeeffiinniiddoo uumm pprroojjeeccttoo ddee vviiddaa ccoonnddiiggnnoo,, tteennddoo eemm vviissttaa ::
  22. 22. Resultados da intervenção Autonomização
  23. 23. Resultados da intervenção
  24. 24. Resultados da intervenção
  25. 25. Resultados da intervenção
  26. 26. Resultados da intervenção
  27. 27. Projecto Famílias Amigas RReessuullttaaddooss AAccoollhhiimmeennttoo eemm FFaammíílliiaa
  28. 28. Projecto Famílias Amigas RReessuullttaaddooss
  29. 29. Projecto Famílias Amigas Este projecto permite que as crianças/jovens institucionalizados criem vínculos estáveis e permanentes para que, no seu projecto individual possam construir a sua família.
  30. 30. Acreditamos que esta missão… ÉÉ uummaa lloonnggaa ccaammiinnhhaaddaa ffeeiittaa ddee ppeeqquueennooss ppaassssooss,, nnoo sseennttiiddoo ddee ccoonnccrreettiizzaaççããoo ddooss ssoonnhhooss ddaass ccrriiaannççaass ee jjoovveennss qquuee aaccoollhheemmooss.. OO ssuucceessssoo ddeessttaa ccaammiinnhhaaddaa ddeeppeennddee ttaammbbéémm ddoo ccoonnttrriibbuuttoo qquuee oo ccoommuumm ddooss cciiddaaddããooss qquuiisseerr ee ppuuddeerr ddaarr.. AAffiinnaall,, eessttee éé uumm pprroojjeeccttoo ddee ttooddooss nnóóss,, eennqquuaannttoo ssoocciieeddaaddee rreessppoonnssáávveell ee ssoolliiddáárriiaa..
  31. 31. Obrigada!

×