SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Agrupamento Vertical de Escolas Dr. Garcia Domingues de Silves

                         Ano Lectivo 2010/2011




                            EMRC – 9ºAno
        Catarina Mora, Catarina Branco, Jessica Pacheco




               Projecto de Voluntariado




Este Projecto seria em Moçambique, e nele pretendia-mos
ajudar a população a establizar a sua vida. Leváva-mos a nosso
cargo a parte social, cultural, ambiental, familiar e medicinal.
Objectivos:
Os objectivos a serem alcançados com este projecto são:

      Ajudar no Desenvolvimento Comunitário;
      Partilhar vivências e promover a solidariedade;
      Estimular as competências sociais e pessoais;
      Melhorar a qualidade de vida;
      Melhorar a assistência às pessoas;
      Contribuir para a estabilidade emocional e de segurança;
      Proporcionar momentos de lazer/ocupação.



Justificação:
 Este projecto é feito, acima de tudo, para ajudar estas populações
desfavorecidas.
 Uma missão deste projecto é o desenvolvimento de acções de formação de
voluntários e de informação e sensibilização da comunidade e instituições
para a área do voluntariado, realizadas através de reuniões e acções de
sensibilização.
  Então, depois de realizadas estas acções e juntarmos o nosso grupo de
trabalho, concentremo-nos em Moçambique, que depois de realizar o seu
diagnóstico chegamos a um ponto em que observámos o fraco
desenvolvimento deste país e o quanto ele é pouco ajudado.



Grupo de Trabalho:
  Para a realização deste projecto contamos com variados apoios,
principalmente Bancos Alimentares.
Contamos com a ajuda de todos os que queiram participar, e assim sendo, a
todos os voluntários que pretendam desenvolver o seu programa de
voluntariado neste projecto será exigida a participação e o compromisso de
disponibilização para o nosso voluntariado.
Recursos Necessários:
 No âmbito deste programa específico, o nosso voluntariado vai promover 3
acções específicas de sensibilização de voluntários e entidades, bem como,
da comunidade em geral para a área de intervenção do projecto:

1 – Organização de uma acção de informação e sensibilização para o estado
de Moçambique;

2 - Realização de uma confraternização entre todas as entidades,
voluntários e até população Moçambicana, ect.

 Para o desenvolvimento do projecto propomos como equipa técnica:

- O nosso grupo principal como coordenadoras e para acompanhamento do
projecto, inserindo tudo o que nele é preciso, como a mobilização dos
recursos necessários à implementação do projecto, contactos com pessoas e
entidades e avaliação do projecto.

- A Assistente Administrativa para apoio técnico e administrativo,
contactos, recepção das inscrições dos voluntários, etc.



Divulgação do projecto:
 Serão utilizados meios de divulgação, tais como, os jornais locais, com a
publicação de publicidade, cartazes e, principalmente página na Internet.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentaçãoCras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Marley Marques
 
Campanha tocar
Campanha tocarCampanha tocar
Campanha tocar
tocar
 
Apresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espiritaApresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espirita
Orlei Almeida
 
Caderno Do Cras Internet[1][1]
Caderno Do Cras Internet[1][1]Caderno Do Cras Internet[1][1]
Caderno Do Cras Internet[1][1]
Maria Gold
 
Apresentação pim1-2(1)
Apresentação pim1-2(1)Apresentação pim1-2(1)
Apresentação pim1-2(1)
Daiana Vignolo
 
Slide Saúde Coletiva - Cras
Slide Saúde Coletiva  - CrasSlide Saúde Coletiva  - Cras
Slide Saúde Coletiva - Cras
Helena Damasceno
 
Projeto: Educação ambiental.
Projeto: Educação ambiental.Projeto: Educação ambiental.
Projeto: Educação ambiental.
PNTCBR
 

Mais procurados (19)

0.803176001366390261 5 servico_de_protecao_social_basica_no_domicilio_para_pe...
0.803176001366390261 5 servico_de_protecao_social_basica_no_domicilio_para_pe...0.803176001366390261 5 servico_de_protecao_social_basica_no_domicilio_para_pe...
0.803176001366390261 5 servico_de_protecao_social_basica_no_domicilio_para_pe...
 
Acolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFVAcolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFV
 
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentaçãoCras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
 
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
 
Paif e scfv
Paif e scfvPaif e scfv
Paif e scfv
 
Campanha tocar
Campanha tocarCampanha tocar
Campanha tocar
 
Scfv 6 a 15 anos apresentacao (1)
Scfv 6 a 15 anos apresentacao (1)Scfv 6 a 15 anos apresentacao (1)
Scfv 6 a 15 anos apresentacao (1)
 
Apresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espiritaApresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espirita
 
Missão jovem 2017
Missão jovem 2017Missão jovem 2017
Missão jovem 2017
 
Caderno Do Cras Internet[1][1]
Caderno Do Cras Internet[1][1]Caderno Do Cras Internet[1][1]
Caderno Do Cras Internet[1][1]
 
Apresentação pim1-2(1)
Apresentação pim1-2(1)Apresentação pim1-2(1)
Apresentação pim1-2(1)
 
Primeira Infância Menor
Primeira Infância MenorPrimeira Infância Menor
Primeira Infância Menor
 
Diego Fernandes
Diego Fernandes  Diego Fernandes
Diego Fernandes
 
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência SocialCRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
 
Slide Saúde Coletiva - Cras
Slide Saúde Coletiva  - CrasSlide Saúde Coletiva  - Cras
Slide Saúde Coletiva - Cras
 
Slides, estrutura do cras
Slides, estrutura do crasSlides, estrutura do cras
Slides, estrutura do cras
 
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
 
Projeto: Educação ambiental.
Projeto: Educação ambiental.Projeto: Educação ambiental.
Projeto: Educação ambiental.
 
296158
296158296158
296158
 

Destaque (8)

Ley de coulomb
Ley de coulombLey de coulomb
Ley de coulomb
 
Alex laiton
Alex laitonAlex laiton
Alex laiton
 
Fluzz pilulas 68
Fluzz pilulas 68Fluzz pilulas 68
Fluzz pilulas 68
 
O embuste da conspiração da direita
O embuste da conspiração da direitaO embuste da conspiração da direita
O embuste da conspiração da direita
 
Trabalho de moral david
Trabalho de moral davidTrabalho de moral david
Trabalho de moral david
 
calendario_escola_2011_2012
calendario_escola_2011_2012calendario_escola_2011_2012
calendario_escola_2011_2012
 
Física Telecurso 2000 Aula 3
Física Telecurso 2000 Aula 3Física Telecurso 2000 Aula 3
Física Telecurso 2000 Aula 3
 
Congresso Nacional de Gestão de Projetos
Congresso Nacional de Gestão de ProjetosCongresso Nacional de Gestão de Projetos
Congresso Nacional de Gestão de Projetos
 

Semelhante a Projecto de voluntariado..

carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
Cristinapg
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
Cristinapg
 
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RSRp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
agexcom
 
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio aOrganizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
R C
 

Semelhante a Projecto de voluntariado.. (20)

carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
 
carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011carta apresentaçao 2011
carta apresentaçao 2011
 
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentaçãoILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
 
Apresentação Faculdade Luciano Feijão 2024.pptx
Apresentação Faculdade Luciano Feijão 2024.pptxApresentação Faculdade Luciano Feijão 2024.pptx
Apresentação Faculdade Luciano Feijão 2024.pptx
 
RELATÓRIO-DE-ATIVIDADES-2019.pdf
RELATÓRIO-DE-ATIVIDADES-2019.pdfRELATÓRIO-DE-ATIVIDADES-2019.pdf
RELATÓRIO-DE-ATIVIDADES-2019.pdf
 
Rede Iberoamericana
Rede IberoamericanaRede Iberoamericana
Rede Iberoamericana
 
Instituto do Câncer infantil
Instituto do Câncer infantilInstituto do Câncer infantil
Instituto do Câncer infantil
 
Relatório de Atividades - 2010
Relatório de Atividades - 2010Relatório de Atividades - 2010
Relatório de Atividades - 2010
 
Projeto de Responsabilidade Social
Projeto de Responsabilidade SocialProjeto de Responsabilidade Social
Projeto de Responsabilidade Social
 
Missão Para Nações
Missão Para NaçõesMissão Para Nações
Missão Para Nações
 
Apresentação Animador Comunitário
Apresentação Animador Comunitário Apresentação Animador Comunitário
Apresentação Animador Comunitário
 
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RSRp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS
 
Plano de estágio ênfase em psicopatologia
Plano de estágio   ênfase em psicopatologiaPlano de estágio   ênfase em psicopatologia
Plano de estágio ênfase em psicopatologia
 
Conheça o COEP
Conheça o COEPConheça o COEP
Conheça o COEP
 
Institucional apresentando o makanudos
Institucional   apresentando o makanudosInstitucional   apresentando o makanudos
Institucional apresentando o makanudos
 
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio aOrganizações da sociedade civil que prestam apoio a
Organizações da sociedade civil que prestam apoio a
 
Conhecendo o Ministério de Comunicação da RCC
Conhecendo o Ministério de Comunicação da RCCConhecendo o Ministério de Comunicação da RCC
Conhecendo o Ministério de Comunicação da RCC
 
Programa Cuida-te
Programa Cuida-tePrograma Cuida-te
Programa Cuida-te
 
ONG OIKOS
ONG OIKOS ONG OIKOS
ONG OIKOS
 
Manual Gestão de Projetos Sociais 2012
Manual Gestão de Projetos Sociais 2012Manual Gestão de Projetos Sociais 2012
Manual Gestão de Projetos Sociais 2012
 

Mais de Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes

Mais de Tito Romeu Gomes de Sousa Maia Mendes (20)

Trabalho de grupo 5ºa
Trabalho de grupo 5ºaTrabalho de grupo 5ºa
Trabalho de grupo 5ºa
 
Silves cristã
Silves cristãSilves cristã
Silves cristã
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da água
 
áGua
áGuaáGua
áGua
 
A importancia da água
A importancia da águaA importancia da água
A importancia da água
 
A arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silvesA arte religiosa na cidade de silves
A arte religiosa na cidade de silves
 
Arte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºaArte cristã em silves 5ºa
Arte cristã em silves 5ºa
 
Joao arez e pedro
Joao arez e pedroJoao arez e pedro
Joao arez e pedro
 
Historia do rock
Historia do rockHistoria do rock
Historia do rock
 
O nosso planeta
O nosso planetaO nosso planeta
O nosso planeta
 
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
 
Apresentação moral
Apresentação   moralApresentação   moral
Apresentação moral
 
Apresentação joana...
Apresentação joana...Apresentação joana...
Apresentação joana...
 
Religião
ReligiãoReligião
Religião
 
Monoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmoMonoteísmo e politeísmo
Monoteísmo e politeísmo
 
Projecto vida
Projecto vidaProjecto vida
Projecto vida
 
Projecto ines costa 9 a
Projecto  ines costa 9 aProjecto  ines costa 9 a
Projecto ines costa 9 a
 
Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..Projecto de voluntariado..
Projecto de voluntariado..
 
Projecto vida
Projecto vidaProjecto vida
Projecto vida
 
O preconceitoines
O preconceitoinesO preconceitoines
O preconceitoines
 

Projecto de voluntariado..

  • 1. Agrupamento Vertical de Escolas Dr. Garcia Domingues de Silves Ano Lectivo 2010/2011 EMRC – 9ºAno Catarina Mora, Catarina Branco, Jessica Pacheco Projecto de Voluntariado Este Projecto seria em Moçambique, e nele pretendia-mos ajudar a população a establizar a sua vida. Leváva-mos a nosso cargo a parte social, cultural, ambiental, familiar e medicinal.
  • 2. Objectivos: Os objectivos a serem alcançados com este projecto são:  Ajudar no Desenvolvimento Comunitário;  Partilhar vivências e promover a solidariedade;  Estimular as competências sociais e pessoais;  Melhorar a qualidade de vida;  Melhorar a assistência às pessoas;  Contribuir para a estabilidade emocional e de segurança;  Proporcionar momentos de lazer/ocupação. Justificação: Este projecto é feito, acima de tudo, para ajudar estas populações desfavorecidas. Uma missão deste projecto é o desenvolvimento de acções de formação de voluntários e de informação e sensibilização da comunidade e instituições para a área do voluntariado, realizadas através de reuniões e acções de sensibilização. Então, depois de realizadas estas acções e juntarmos o nosso grupo de trabalho, concentremo-nos em Moçambique, que depois de realizar o seu diagnóstico chegamos a um ponto em que observámos o fraco desenvolvimento deste país e o quanto ele é pouco ajudado. Grupo de Trabalho: Para a realização deste projecto contamos com variados apoios, principalmente Bancos Alimentares. Contamos com a ajuda de todos os que queiram participar, e assim sendo, a todos os voluntários que pretendam desenvolver o seu programa de voluntariado neste projecto será exigida a participação e o compromisso de disponibilização para o nosso voluntariado.
  • 3. Recursos Necessários: No âmbito deste programa específico, o nosso voluntariado vai promover 3 acções específicas de sensibilização de voluntários e entidades, bem como, da comunidade em geral para a área de intervenção do projecto: 1 – Organização de uma acção de informação e sensibilização para o estado de Moçambique; 2 - Realização de uma confraternização entre todas as entidades, voluntários e até população Moçambicana, ect. Para o desenvolvimento do projecto propomos como equipa técnica: - O nosso grupo principal como coordenadoras e para acompanhamento do projecto, inserindo tudo o que nele é preciso, como a mobilização dos recursos necessários à implementação do projecto, contactos com pessoas e entidades e avaliação do projecto. - A Assistente Administrativa para apoio técnico e administrativo, contactos, recepção das inscrições dos voluntários, etc. Divulgação do projecto: Serão utilizados meios de divulgação, tais como, os jornais locais, com a publicação de publicidade, cartazes e, principalmente página na Internet.